Home Divulgação Mês que vem tem asteroide gigante, mas não precisa se preocupar

Mês que vem tem asteroide gigante, mas não precisa se preocupar

3343
34
A nossa sofrida Terra, em imagem capturada na missão Apolo 11 – foto NASA

Melhor continuar se preocupando apenas com o coronavírus: a AFP checou notícias que falavam de um alerta da NASA sobre risco de colisão, daqui a um mês, de um asteroide com a Terra. Mas são notícias falsas, a NASA não alertou nada disso. O Asteroide 1998 OR2 passará ‘perto’ da órbita terrestre mas não impactará. Agora que a preocupação astronômica passou, aproveite para saber mais nesta matéria oferecida pela banda Abduzidos do iê iê iê, que lançou seu novo clipe

Como desgraça pouca é bobagem, em tempos de coronavírus começaram a circular notícias falsas de um alerta da NASA sobre o possível impacto, no próximo dia 29 de abril, de um asteroide na Terra. Segundo a agência AFP, que checou o assunto em busca de fake news, algumas postagens sobre o tema somavam, na semana passada, mais de 29 mil compartilhamentos no Facebook e 40 mil curtidas no Instagram!

Mas a notícia é falsa, embora essas fake news se refiram, em geral, a um asteroide verdadeiro que realmente passará “perto” da órbita da Terra, mas não vai impactar.

A verdade, segundo a AFP, é que dois asteroides foram descobertos em 1998 e denominados 1998 OR2 e 1998 OH. Um deles, o 1998 OR2, deverá passar no próximo dia 29 de abril a uma distância equivalente a 16 vezes a distância da Terra à Lua, conforme dados divulgados em hotsite da NASA que registra a distância de objetos próximos – astronomicamente falando – da Terra.

Ou seja, embora a passagem pela órbita terrestre seja próxima na perspectiva da astronomia, está muito longe de um perigo de impacto, devido à distância equivaler várias vezes à que nos separa do corpo celeste mais próximo, a Lua.

Esta matéria é oferecimento da banda Abduzidos do iê iê iê, que acaba de lançar o clipe VOU SEMPRE A-MAR-TE.

 

Esta série é um oferecimento do trio de rock Abduzidos do iê iê iê, que alega ter sido abduzido nos anos 60. Fato ou fake, uma coisa é certa: a banda está cada vez mais ativa em nosso planeta, fazendo muito sucesso em festivais de música independente e acaba de lançar seu novo clipe, “VOU SEMPRE A-MAR-TE“, um lyric video onde você pode aprender a letra enquanto assiste e curte o som.

Clique no link, na imagem acima ou nas cenas abaixo para conferir esse lançamento da banda, uma superprodução cheia de imagens de perseguições interplanetárias entre carros-discos-voadores e situações surpreendentes!

Conheça a banda!

Esse power trio do outro mundo lançou, há poucos meses, o seu primeiro disco, “Em Órbita”Clique no link ao lado ou na imagem da capa do álbum (abaixo) e acesse a árvore de links (linktree) da banda, onde você escolhe as plataformas de streaming onde o disco já está disponível! Ou clique diretamente nos links abaixo da capa.

Se você não ouve música em plataformas digitais como estas acima, não tem problema: a banda também disponibilizou o álbum inteiro no YouTube, num vídeo com cerca de 36 minutos, com as 12 faixas na sequência. Clique na imagem abaixo para ouvir e curtir!

Está fazendo sua quarentena por causa do coronavírus? Então aproveite para ver uma maratona de videoclipes e lyric videos da banda! 

Os Abduzidos do iê iê iê cancelaram sua agenda de shows de março (tudo bem, era só um show… ) para evitar aglomerações em tempos de muito cuidado com o coronavírus. No momento, estão de quarentena no disco voador. Se você também está de quarentena, mas aqui na Terra mesmo, aproveite o tempo livre em casa para fazer uma maratona nos diversos videoclipes e lyric videos que a banda publicou em seu canal no YouTube. Acesse clicando nas imagens abaixo e aproveite para se inscrever no canal:

 

Ainda não segue os Abduzidos do iê iê iê nas redes sociais? Clique nos links abaixo e acesse os perfis da banda no Instagram e Facebook. Aí basta clicar em seguir e curtir. Pronto! Você acompanhará mais e mais aventuras imperdíveis da banda pelo espaço, além de trechos de shows e tudo o que vem por aí.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
7 meses atrás

É uma pena.

Valdez Oliveira de Araujo
Valdez Oliveira de Araujo
Reply to  Wellington Rossi Kramer
7 meses atrás

Existe alguma arma hoje que pudesse desviar um eventual asteroide grande vindo pra terra?

Bosco
Bosco
7 meses atrás

Não precisamos nos preocupar porque já estaremos todos mortos pela epidemia assassina.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Não tenha medo, Greta Tunberg salvará o Brasil do vírus.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Bosco
7 meses atrás

Bosco quero parabenizá-lo pela paciência de explicar o ÓBVIO lá no forte para certas pessoas que insistem em seguir o caminho da militância e desonestidade intelectual contra o governo atual, deturpando notícias e replicando calúnias e desinformações.

Infelizmente por LIMITAÇÕES que a moderação lá no forte faz a minha pessoa, a grande maioria dos meus comentários na qual não ofendo ninguém são retidos, e portanto não consigo ajudar vc e outros amigos nessa tarefa árdua de dar mais esclarecimentos, ou desmistificar mentiras e calúnias que esses militantes travestidos de “poetas e intelectuais” fazem, mas fica aqui meu apoio.

Bosco
Bosco
Reply to  Alessandro
7 meses atrás

Valeu Alessandro!

Diego
Diego
7 meses atrás

Gostei da música, 👏👏 Varginha-Roswel tb é daora.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Diego
7 meses atrás

Para mim é a melhor hehehehe

Abduzidos do iê iê iê
Abduzidos do iê iê iê
Reply to  Leandro Costa
7 meses atrás

Obrigado, piloto!

Abduzidos do iê iê iê
Abduzidos do iê iê iê
Reply to  Diego
7 meses atrás

Obrigado, terráqueo!
Gostamos do seu capacete.

ednardo curisco
ednardo curisco
7 meses atrás

cada dia com seu apocalipse

Air Lucas
Air Lucas
7 meses atrás

Não tenho certeza se a esta distância poderia atingir Marte ou Júpiter e neste caso, morreríamos antes da COVID-19, com estilhaços de um desses planetas com uma “leve mistura de tinta” deste Asteroide nos atingindo por tabela (Certo, Mestre Bosco!).

Fabio Araujo
Fabio Araujo
7 meses atrás

Esse só vai tirar um fino, a bronca é que só conseguimos identificar quando já estão perto, não temos meios de examinar todo o sistema solar e identificar com bastante antecedência. então pode ter algum que não tenha sido identificado e que pode estar em rota de colisão.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 meses atrás

Quando eu era criança, lembro de um filme catástrofe onde os EUA e a então URSS uniam forças para usar os ICBM de ambos num tentativa de destruir um asteroide gigante que iria colidir com a Terra.

Imagino que planos nesse sentido tenham sido feitos, mas fica sempre a interrogação se iria mesmo funcionar.

https://www.youtube.com/watch?v=SQPnUlQCvek

Wellington Rossi Kramer
Wellington Rossi Kramer
7 meses atrás

De que serviria identificá-lo com antecedência? Ataria o cinto de segurança?

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
7 meses atrás

Se quiserem acompanhar os asteroides ou cometas até agora catálogados é só ir no site da Nasa.

https://cneos.jpl.nasa.gov/sentry/

Antonio Palhares
Antonio Palhares
7 meses atrás

Estava ficando otimista. Torcendo para que a rota do dito cujo espacial. Caísse com a precisão cirúrgica no meio de dois prédios, em determinado lugar de Brasilia.

Billy
Billy
7 meses atrás

A Forca Espacial está a postos.

Okido
Okido
7 meses atrás

Boeing quebrou, vai receber em caixa auxílio americano maior que o valor pago pela Embraer, ex campeã nacional incriticavel e incólume no coração de tantos; agora sob gestão indireta de governo estrangeiro (empregos americanos em ano de eleição é o MÍNIMO que a empresa assumirá como contaparte)
Negocião o do ano passado hein?

SPQR
SPQR
Reply to  Okido
7 meses atrás

Não é verdade, a Boeing só está acessando uma linha de crédito a qual ela tem direito, porque não sabe se em breve terá, graças ao vírus. Outras empresas estão fazendo o mesmo.

Alexandre
Alexandre
7 meses atrás

Todo mes tem

Luiz Antonio
Luiz Antonio
7 meses atrás

Asteroide, covid-19, dengue chicungunha, senadores, deputados, vereadores e chavecadores em geral. Difícil para escolher a pior desgraça.

Hawk
Hawk
7 meses atrás

O que mas preocupa é a felicidade de umas pessoas com as desgraças de outras! Essas pessoas acham que o dinheiro vem de árvore assim como os serviços! Que alegria ficar atrás de um computador, falando o que quiser, jogando COD e achando que nada vai acontecer com ela!
Fora isso, muito legal o som da banda! Me traz esperanças para nossa música!

Abduzidos do iê iê iê
Abduzidos do iê iê iê
Reply to  Hawk
7 meses atrás

Obrigado, Hawk!
Tem mais a caminho. Se o mundo não acabar, é claro.

Marcio
Marcio
7 meses atrás

Esse asteroide ira passar exatamente a 6.290.590 km, o que em termos astronômicos e muito próximo, considerando que durante o seu trajeto ainda há possibilidade de haver perturbação gravitacional da sua órbita, e, considerando o seu diâmetro é de aproximadamente 4 km, em caso de uma hipotética colisão seria o fim da humanidade. O problema que não é só esse corpo celeste que ronda o sistema solar, há muitos outros, e Nasa tenta rastrear todos, além de estudá-los para tentar mitigar os seus efeitos sob a civilização, isso se a tecnologia disponível permitir. Com relação ao corona Vírus, como havia… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
7 meses atrás

não há nada tão ruim que não possa ficar pior: Alemanha e Filipinas registram novos casos de gripe aviária(h5N8) O caso alemão foi registrado em uma fazenda de criação de frangos na Saxônia, no leste do país, segundo informou o Ministério de Assuntos Sociais e Proteção do país. O caso envolve a gripe aviária do tipo H5N8, encontrado em uma fazenda em Bad Lausick, uma cidade perto do distrito de Leipzig. Todas as aves na unidade foram sacrificadas e uma área de quarentena estabelecida ao redor. Um caso anterior havia sido registrado em uma ave selvagem na Alemanha, em janeiro.… Read more »

Raduga
Raduga
7 meses atrás

Caros editores, sabidamente o nosso planeta Terra é plano. Favor trocar a imagem que ilustra a matéria.

André Sávio Craveiro Bueno
André Sávio Craveiro Bueno
7 meses atrás

Faleceu na noite e ontem Al Worden, coronel reformado da USAF e astronauta. Tripulou a missão Apollo 15, quando foi piloto do módulo de comando. Por ocasião, realizou a primeira EVA [atividade extra veicular] em espaço profundo quando já na trajetória de retorno. Desta missão resta apenas o comandante, David Scott, que também tripulou a missão Gemini 8, junto com Neil Armstrong e que realizou o primeiro acoplamento [com um veículo Agena] no espaço.

FRANCISCO CHAO DE LA TORRE
FRANCISCO CHAO DE LA TORRE
Reply to  André Sávio Craveiro Bueno
7 meses atrás

Nada disso (viagens à Lua, EVA, etc) aconteceu… Foi tudo uma grande armação da NASA, com ajuda técnica da indústria cinematográfica de Hollywood… Afinal de contas, como apregoa o guru ideológico do atual (des)governo federal, a Terra é plana… E o Covid-19 é uma praga sino-comunista criada em laboratório que fugiu de controle (para entender melhor, leiam A Dança da Morte, de Stephen King, ou assistam o seriado Tchernobyl, como nos ensinou ontem um certo Deputado Federal que, nas horas vagas, faz “bico” como “Chanceler Supremo do Brasil”… Enfim… Melhor ouvir música… Muito bom o som da banda, parabéns pelo… Read more »

Abduzidos do iê iê iê
Abduzidos do iê iê iê
Reply to  FRANCISCO CHAO DE LA TORRE
7 meses atrás

Obrigado, Francisco. Se estiver isolado em casa, aproveite para maratonar nossos vídeos!

Valdez Oliveira de Araujo
Valdez Oliveira de Araujo
7 meses atrás

Existe alguma arma hoje que pudesse desviar um eventual asteroide grande vindo pra terra?

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Valdez Oliveira de Araujo
7 meses atrás

Acho que estamos bem longe dessa tecnologia Valdez…

Bosco
Bosco
Reply to  Valdez Oliveira de Araujo
7 meses atrás

Valdez, Asteroides com potencial de causar grandes danos são “mapeados” e no caso de um se tornar perigoso muito provavelmente seria previsto com vários anos de antecedência o que poderia sim dar tempo de alguma reação. O que se imagina hoje ser mais efetivo é desviar o asteroide e há várias maneiras disso ser feito, desde que haja tempo. Não é preciso a destruição física dele, mas apenas influenciar um pouco na sua trajetória para que erre a Terra. Desde que ainda muito longe um pequeno “empurrão” pode afetar a trajetória e empurrá-lo pra longe. Esse empurrão pode ser feito… Read more »

Eduardo
Eduardo
7 meses atrás

A pedra tá vindo para matar o Coronas!!!!