Home Espaço Apresentado o módulo Orion para a volta das missões à Lua

Apresentado o módulo Orion para a volta das missões à Lua

7051
59

Em mais uma matéria da série ‘vale a pena abduzir de novo’, que discute assuntos espaciais e correlatos aqui no Poder Aéreo, conheça um pouco sobre o módulo Orion das futuras missões à Lua, cuja prontificação foi anunciada no aniversário de 50 anos do pouso lunar da missão Apollo 11

No sábado, 20 de julho de 2019, foram celebrados os 50 anos do pouso da missão Apollo 11 na Lua, e a NASA realizou cerimônia para comemorar a data e anunciar, com a presença do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, a prontificação da cápsula de tripulação Orion, da futura missão Artemis 1. Essa missão deverá marcar a volta das viagens ao satélite natural da Terra, ainda que o primeiro voo desta nova série seja feito sem tripulantes.

Em seu discurso durante a celebração, o vice-presidente Pence afirmou: “Graças ao trabalho duro dos homens e mulheres da NASA, e à indústria americana, o veículo tripulado Orion da missão Artemis 1 está completo e pronto para iniciar preparações para seu primeiro voo histórico.” Mike Pence estava acompanhado de autoridades políticas, executivos da NASA e de um dos tripulantes da missão Apollo 11, que em 20 de julho de 1969 pousou na Lua: Buzz Aldrin.

Vaso de pressão – No Centro Espacial Kennedy (em Merritt Island, estado da Florida), foi recentemente completada a construção e instalação de equipamentos do módulo de tripulação Orion. A parte estrutural da nave, também chamada de “vaso de pressão”, foi fabricada nas instalações da NASA em New Orleans (Louisiana).

Após construído, o “vaso” foi enviado ao centro espacial, onde equipes integraram milhares de itens ao módulo e conduziram testes para certificar todos os sistemas para o voo.

Pouso tripulado na Lua em 2024 – Enquanto a missão de 50 anos atrás visava provar que a NASA, agência espacial americana, poderia pousar com seres humanos na superfície lunar e trazê-los de volta à Terra em segurança, a meta das futuras missões é voltar à Lua de forma sustentável. Trata-se de um meio para atingir finalidades mais ambiciosas, como o envio de astronautas a Marte pela primeira vez.

Segundo a NASA, a futura missão Artemis 1, com o novo foguete SLS (Space Launch System – sistema de lançamento espacial) e a espaçonave Orion, deverá orbitar a Lua para testar o sistema e preparar o caminho para os próximos voos. Estes culminarão no pouso da primeira mulher e do próximo homem na superfície lunar, previsto para 2024, ou seja, daqui a cinco anos.

Módulo de serviço europeu – De maneira semelhante à antiga nave Apollo, que era composta de um módulo de comando e outro de serviço, este último também faz parte do programa, e é fornecido pela ESA – Agência Espacial Europeia.

O módulo de serviço deverá prover energia e propulsão para o módulo tripulado durante a missão, e foi mandado para o Centro Espacial Kennedy em novembro de 2018 para montagem final e integração. Já foram iniciadas as operações para reunir o módulo tripulado ao de serviço, com as conexões de energia e de fluídos.

Carona no Super Guppy – Quando os dois módulos forem unidos, será instalado o escudo de calor (que protege a cápsula na reentrada na atmosfera terrestre) e o conjunto será preparado para voar, em setembro, dentro da aeronave “Super Guppy” para a estação Plum Brook da NASA, em Sandusky (estado de Ohio). Lá, serão realizados testes para garantir que os módulos, reunidos, suportarão o ambiente espacial.

Após os testes em Ohio, a nave espacial voltará a Kennedy para inspeções finais, abastecimento e transporte para o edifício de montagem, onde será integrada ao foguete SLS para lançamento na plataforma 39B, na missão Artemis 1. Veja no vídeo abaixo como será a missão:

Artemis 1 sem tripulantes – A missão Artemis 1 será de testes, sem levar tripulantes, e a partir dela as missões serão cada vez mais complexas, até culminar no pouso na Lua com astronautas, na missão Artemis 3. Entre estas duas, a missão Artemis 2 será a primeira tripulada, mas sem incluir passeio de seres humanos na Lua.

Tudo isso é parte de um esforço para exploração espacial profunda, ao qual se somará no futuro o “Gateway” (portal) lunar, uma estação/plataforma orbital no satélite natural da Terra que servirá de apoio às viagens para Marte.

Esta matéria é oferecimento da banda “Abduzidos do iê iê iê”, que lançou seu primeiro disco, “Em Órbita” neste sábado, 20 de julho, aniversário de 50 anos do pouso na Lua!

Esta série é uma oportunidade para discutir assuntos espaciais, ufológicos e afins aqui no Poder Aéreo, e é um oferecimento da banda de rock Abduzidos do iê iê iê. O power trio alega ter sido abduzido em 1965, voltando agora à Terra após envelhecer apenas uma fração desses mais de 50 anos no espaço.

Os Abduzidos do iê iê iê acabaram de lançar seu primeiro disco, “Em Órbita”. Clique no link ao lado ou na imagem acima para acessar a árvore de links (linktree) da banda, onde você escolhe as plataformas de streaming onde o álbum já está disponível! Ou clique diretamente nos links abaixo. Em breve, mais plataformas! 

SPOTIFY – Abduzidos do iê iê iê

DEEZER – Abduzidos do iê iê iê 

APPLE MUSIC – Abduzidos do iê iê iê 

Se você não ouve música em plataformas digitais como estas acima, não tem problema: a banda também disponibilizou o álbum inteiro no YouTube, num vídeo com cerca de 36 minutos, com as 12 faixas na sequência. Clique na imagem abaixo para ouvir e curtir!

Veja também os videoclipes e lyric videos da banda: 

Os Abduzidos do iê iê iê já publicaram diversos videoclipes e lyric videos em seu canal no YouTube. Acesse clicando nas imagens abaixo e aproveite para se inscrever no canal:

Ainda não segue os Abduzidos do iê iê iê nas redes sociais? Clique nos links abaixo e acesse os perfis da banda no Instagram e Facebook. Aí basta clicar em seguir e curtir. Pronto! Você acompanhará mais e mais aventuras imperdíveis da banda pelo espaço, além de trechos de shows e tudo o que vem por aí.

Instagram

Facebook 

VEJA TAMBÉM:

59
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
43 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
31 Comment authors
ConanThiagoJadson CabralLúcio SátiroDenis Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Talvez que agora sim, irão a lua pela primeira vez???

nonato
Visitante
nonato

É interessante morar nos EUA, mas defender ideologias comunistas.

Bosco
Visitante
Bosco

Também acho bem curioso. O cara faz pouco caso das conquistas do país que o acolheu. rrsss

C. César
Visitante
C. César

Caráter zero. Mas o que esperar de um es quer di s ta? Esse é o tipo de ¨imigrante¨ que o Obama e os democratas co mu nas lesa-pátria querem por lá.

Joao Moita Jr
Visitante
Joao Moita Jr

Comunista???? Como assim??? Outra vez, não somos todos stormtroopers não. Temos liberdade de opinião e pensamento. Já ouvistes falar de Noam Chomsky? Norman Finkelstein? Ah, já sei. Teu herói é o Kissinger.

Bosco
Visitante
Bosco

Joao,
Sua liberdade de opinião deveria tê-lo feito escolher um país mais alinhado com sua visão de mundo.
Eu sou brasileiro por força do destino e isso me dá o direito de gostar ou não do meu país e de reclamar do que eu bem entender, mas se tivesse utilizado minha liberdade (direito inalienável do ser humano) para escolher um país onde viver, trabalhar e constituir família, eu o amaria sobre qualquer coisa e teria cuidados em tecer críticas a ele , mesmo porquê. a porta de saída dos insatisfeitos está sempre aberta.

Sequim
Visitante
Sequim

João, estamos vivendo tempos muito esquisitos aqui no Brasil. Tempos de um marcartismo histérico anti-comunista. Espero que aí nos EUA a coisa não esteja tão doida e doente assim.

C. César
Visitante
C. César

O que vc chama de ¨ tempos muito esquisitos¨ eu digo que o que aconteceu foi que de repente, um povo, que a escória de es quer dis tas ladrões e traidores no poder espezinhava nos últimos 30 anos com sua conduta execrável, foi para as ruas (a para as urnas!) e disse – BASTA!
E agora depois da ¨experiência¨ so ci a lis ta que experimentaram ninguém tem mais paciência para escutar a conversa fiada de vcs.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Acho que não, dessa vez irão usar o estúdio que os chineses gravaram o pouso de sua Hyper Sonda no “lado escuro da Lua”. Será bem mais barato…

Chris
Visitante
Chris

Se eu fosse os americanos… Filmava todo o processo de achar a bandeira antiga, e dava uma chacoalhada só pra tirar um sarro nessa gente que duvida. Heheh

PS… Adoraria ir nessa viagem… Mas certamente qdo visse a bolinha azul la longe… Olharia para os companheiros e diria: “Mano, a gente é doido”

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

não ia ficar legal, a radiação deve ter tirado toda a cor da bandeira e ela deve ter ficado branca, seria propaganda para a França

Thiago
Visitante
Thiago

Luciano, cara , agora lembra o pais que mais produz e espalha essas mer…as todas atraves de sua produção “artística “, vai pesquisar a origem dos dos caras que detém o controle sobre os estúdios cinematográficos de Hollywood…quase todos JUDEUS. Mas disso vocês não falam, eles não tem responsabilidade sobre espalhar e financiar essas produções, são santinhos, melhor ficar calado e culpar os outros . Não, absolutamente, são os europeus claro. Observa um seriado americano e se você não for cego e surdo vai perceber que eles sempre em algum momento enfiam no meu esses argumentos e piadinhas, sobre identidade… Read more »

Conan
Visitante
Conan

E você segue um monte de bobagens, sem pé nem cabeça!!!

Lúcio Sátiro
Visitante
Lúcio Sátiro

E ainda provaria que a terra não é plana, para terror dos terraplanistas abirobados.

Joaquim de Souza
Visitante
Joaquim de Souza

outro despeitado

Fred
Visitante
Fred

As teorias que apontam conspiração da ida do homem à Lua são tão ou mais antigas que o próprio programa Apollo. Milhões de americanos não creem até hoje que esse evento um dia ocorreu. Os mais jovens, os “millenials”, concentram mais essa visão, graças às fontes “alternativas” de informação a que têm acesso.

Assim, João, o senhor é tão americano quanto uma torta de maçã! E mais, com um espírito jovem! Veja que beleza!

Grande abraço!

Bosco
Visitante
Bosco

Fred, Quem sou eu pra criticar alguém, mas o que vejo no João não tem a ver com ele acreditar ou não que o homem (americanos) foi à Lua e sim com um “padrão” de opinião que ele faz questão de explicitar apesar de já ter deixado igualmente explícito que mora nos EUA e que é membro das forças armadas daquele pais. Esse “padrão” aponta para o fato dele ser avesso a tudo que seja americano ou que de algum modo enalteça o país que escolheu. Daí meu comentário. Em podendo escolher outro país que tenha mais afinidade escolhe os… Read more »

Fred
Visitante
Fred

Li com rara atenção seu texto.
Lhe dou total razão; Quem é você para criticar alguém? (risos)

Take it easy babe.

Thiago
Visitante
Thiago

#Lucio Sátiro
@Lucio Sátiro
*Lucio Sátiro

Thiago
Visitante
Thiago

Ninguém pede desculpa por ser Europeu entendeu Lucio,? seu complexo de inferioridade hoje te deixou nervoso?

Bosco
Visitante
Bosco

Thiago,
Qual o seu problema com judeus? Algum já te so do mi zou?
*Seu complexo de inferioridade em relação aos judeus tá de perturbando. Eles são banqueiros e donos de Hollywood porque trabalham duro. Faça o mesmo, não assista filmes americanos e guarde seu dinheiro no colchão e deixe de ser chorão.
O que o ju deu fez tá feito, fica só entre a gente e é melhor você esquecê-lo e não se comenta mais sobre isso. Vida que segue.

Thiago
Visitante
Thiago

Responda no mérito! Você se diz conservador mas fecha os olhos e passa a mão na cabeça nos patrocinadores desse lixo cultural que você afirma rejeitar. São ou não são eles ? Rsrsrs

Bosco
Visitante
Bosco

Thiago,
Eu tô me lixando para a nacionalidade, etnia ou religião dos donos dos estúdios de Hollywood. A Globo e o Marxismo Cultural difundidos pelo gramscimo fazem mais estrago que todos os filmes americanos juntos.
Também estou me lixando pra quem é dono de banco. Só tenho conta corrente , só compro a vista, não tenho cartão de crédito e nem cheque especial.
Quanto a eu ser conservador, não necessariamente. Diferente dos vermelhinhos eu não penso em bloco.

M.@.K
Visitante
M.@.K

Estou empolgado com essa missão de retorno a Lua.

Minuteman
Visitante
Minuteman

Neil Armstrong: “That’s one small step for a man; one giant leap for mankind.”

nonato
Visitante
nonato

Só não entendi porque abandonaram as missões espaciais.
Se há 50 anos eram capazes de levar humanos para a lua, imagine se o progresso dos vôos se desse na mesma escala dessas missões iniciais que começaram apenas dez anos antes.

Bosco
Visitante
Bosco

Nonato,
Havia uma corrida ideológica numa época que dinheiro não era problema. E apesar dos que fingem não acreditar que o homem pisou na Lua e que foi tudo forjado (geralmente são os mesmos que alegam que o Olavo de Carvalho é terraplanista) a tecnologia para tal não tinha nada de mais.
Na verdade não havia nenhum intenção científica séria em ir à Lua , daí, naturalmente o programa foi extinto.
Hoje, o retorno à Lua faz parte de um programa de larga escala e de longa duração que envolve a conquista de Marte.

Fawcett
Visitante
Fawcett

Custos, riscos e poucos retornos científicos. Não fazia sentido gastar rios de dinheiro e arriscar as vidas dos astronautas só para trazer um punhado de pedras lunares para a terra.

Andrigo
Visitante
Andrigo

Vi outro dia e não sei se procede, mas não duvido, o orçamento da NASA em 1968 consumiu mais de 4% do orçamento federal norte americano! Tem idéia do que isto representa? E como o Bosco bem falou antes, mais do que o viés científico, era uma corrida, quem chegasse antes à lua demonstrava ser superior e era isso. E somado ao desinteresse do público com algo que virou “comum” com o passar do tempo, decretou o fim das missões Apollo. As atenções e esforços se voltaram posteriormente a novos tipos de veículos espacias como o onibus espacial, e estações… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

Embora seja motivo de orgulho hoje, na época metade da população era contra os gastos com o programa, achando que seria melhor investir em programas voltados ao bem estar da população.

Depois que os soviéticos desistiram de ir à Lua, os governo americano achou melhor investir em outras coisas. Lembre-se que nessa época de cancelamento, se financiou o desenvolvimento e compra do F-14, F-15, B-1, A-10, F-16, F-18, C-5, além do tanque M-1, jipe Humvee, o heli Apache, Blackhawk, etc, etc. Não foi pouca coisa, numa época de recessão e baixa índice de voluntariado para as forças armadas.

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Simples. Dinheiro. O programa Apollo custou mas se 100 bilhões de dólares e depois que a corrida espacial havia acabado, o congresso americano cortou os investimentos.

Ricardo Bigliazzi
Visitante
Ricardo Bigliazzi

Que legal, na torcida por mais um sucesso!

Bosco
Visitante
Bosco

Interessante o foguete SLS que é derivado do Space Shutle. Pegaram os boosters de propelente sólido, o tanque de combustível e os motores foguetes dele e formaram o SLS.
Havia uma outra versão possível onde os estágios não seriam empilhados mas montados lateralmente. O chamado HLV: https://www.nasa.gov/pdf/361842main_15%20-%20Augustine%20Sidemount%20Final.pdf

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

Assisti ao vivo em 1969. Os caras que dizem que foi tudo forjado, usam velcro, superbond, joystick (sim crianças, Armostrong e Aldrin pilotaram o Eagle com joystick) e também comeram comida em pasta (do mesmo tipo que suas mamães alimentavam vocês) sem aquelas pesquisas todos estaríamos falando por orelhões e bilhetinhos, e não por celulares ou video-conferencias. Continuam achando que a Terra é plana……meu Deus!

Conan
Visitante
Conan

Eu também, tinha 12 anos e se me recordo foi de madrugada, TV GE preto e branco e la estava eu de cara colada na tela. Minha geração sera a unica que terá a oportunidade de assistir a chegada do homem à Lua e em Marte também.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Em 1969 eu não existia e não consegui ver… espero estar vivo em 2024 para ver desta vez …..

Sinceramente não entendo como ainda em gente que não acredita

https://www.nasa.gov/specials/apollo50th/index.html

Bosco
Visitante
Bosco

Satélites lunares de reconhecimento já fotografaram os estágios de descida dos 6 módulos lunares que estiveram na Lua mas os incrédulos ainda duvidam.
E não bastasse a turma que duvida do homem na Lua e a turma da Terra plana agora tem a turma que acredita que o homem não pode sair do Cinturão de Van Allen porquê seria torrado. Claro, esses também duvidam que o homem esteve na Lua.

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Mais um monte de dinheiro que jogarão fora por puro exibicionismo.

Bosco
Visitante
Bosco

Walfrido, Não acho não! Alguns países do mundo (EUA, China , Rússia, Índia, Japão, CS, etc.) , felizmente, pensam fora da caixa e têm visão de longo prazo da humanidade e tentam fazer o ser humano mais que só esse monte de água com minerais (que não passam de 20 centavos caso fosse comercializado) que acorda, come, defeca, trepa e dorme e começa tudo de novo no dia seguinte até que a inexorável Senhora Morte venha convidá-lo para dançar. Esses países serão os protagonistas do futuro e irão colonizar o Sistema Solar enquanto outros serão os eternos coadjuvantes. Pra mim… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Então seja feliz acompanhando os próximos passos da corrida espacial.
Eu já estou com meu jantar no micro e agora vou pensar na minha conquista para o almoço de amanhã.

Bosco
Visitante
Bosco

Eu também. Sou da turma que acorda , come, defeca e dorme (pela idade avançada nem trepo mais) . Infelizmente não faço parte da turma que faz a diferença . Sou completamente dispensável para o gênero humano e para o futuro da humanidade no Sistema Solar.

Dr. Telêmaco
Visitante
Dr. Telêmaco

Não diga uma coisa dessas. Todos nós temos importância para o Universo.
E lembre-se sempre daquele sábio ditado: “jamais se sinta um completo inútil pois, na pior hipótese, você está servindo de mau exemplo” rsrsrs

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Walfrido, acho deveras interessante você achar o programa espacial um desperdício enquanto esquenta seu jantar no microondas, pois se não fosse pelo programa Apollo essa sua comida não existiria.

SmokingSnake 🐍
Visitante
SmokingSnake 🐍

Já vi em algum lugar que um asteroide de 500 metros pode conter metade das reservas mundiais em minerais, deve ser por isso que oi Japão se interessa tanto em mandar missões para asteroides
comment image

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Conceito do VLS brasileiro se mostrou melhor e adotaram.
Sem uma Base Lunar de respeito (industrial/produtora), pode-se dizer adeus a qualquer tipo de conquista efetiva nas viagens espaciais. Esse tipo ATUAL de aparelhagens/tecnologia é a similar a conquista dos mares costeiros com “jangadas”.
Após ida a Marte, começaremos a ter, analogamente histórico, As Caravelas…ai sim, com uma Base industrial em Marte, (expertise adquirida com a Lunar/ ISS) começaremos os treinos tecnológicos para deixar a “costa e adentrar ao mar profundo”. 100 anos à partir de agora (sem guerras) e 50 anos se houvesse cooperação mundial.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

A grande questão é: COMO produzir no Espaço? Fora de nossa atmosfera.
Precisamos levar TUDO da terra para nossa tecnologia terráquea funcionar no espaço. Só conseguiremos desenvolver e escalar produção industrial estando LÁ..num primeiro instante a Terra será doadora de recursos, depois, será receptora…como sempre ocorreu nas conquistas humanas.

Bosco
Visitante
Bosco

Marcelo,
Muito legal tudo que disse. Só não entendi a parte do VLS.
Um abraço.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Penso que o jeitão dos propulsores do VLS..sempre foi o mais acertado. Os EUA queriam “ostentar” colocando um “avião” entre os buster e no final voltaram ao mais eficiente…que é o padrão do VLS brasileiro. Piorei ou melhorei?! kkk abs

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Marcelo, acho que você confundiu as coisas. O ônibus espacial foi criado para voos orbitais e que fosse reutilizável.
Eles não voltaram ao mais eficiente, o veículo lunar é assim porque tem que ser assim.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Sim. O veiculo Lunar é assim por que não tem posto de abastecimento na Lua. Então ainda estamos na jangada (sem viveres). As caravelas tinham viveres..e escorbuto. Sem base industrial na lua…nada de conquista do espaço…só da praia e olhe lá.

Marcelo Danton
Visitante
Marcelo Danton

Esse veículo de reentrada é análogo a um treno de gelo. Só empetecaram mais a cápsula…também..depois de 50 anos

Fred
Visitante
Fred

Que os projetos em voga reúnam as melhores práticas do Programa Apollo (agressividade) e Luna (pragmatismo) e demonstrem, de uma vez por todas, a importância da exploração espacial.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Alguém avisa a NASA para levar dessa vez o Verdevaldo, assim eu tenho certeza que ele vai arranjar umas “conversas” entre ETs lá na lua e depois divulgar para nós.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Aprendemos muito com as missoes do programa Apollo. Toda uma nova tecnologia foi desenvolvida visando a metas do programa especial lunar. Os resultados vieram depois com aplicacoes diretas no Skylab, no Space Shuttle e a consequente evolucado da medicina espacial. Mas para explorar o sistema solar e por conseguinte o univero; coisa que nao podemos fazer por causa de nossas limitacoes biologicas, as distancias e os perigos inerentes a viagens espaciais, a NASA investiu pesado no desenvolvimento de varias sondas interplanetarias e telescopios espaciais. Claro que estamos atrasados se comparamos com a visao futuristica de Arthur C. Clarke em sua… Read more »

Cils Zayit
Visitante
Cils Zayit

Dessa vez não podem esquecer que os gases do motor deve formar uma cratera em baixo do módulo. Usaram a desculpa que o solo era sólido, mas em volta do módulo mostrava as pegadas afundadas no solo arenoso…

Guizmo
Visitante
Guizmo

Isso eh uma conquista mundial, menos pro Palmeiras, que nao tem mundial 😂

Denis
Visitante
Denis

Enrolaram uma década pra terminarem essa nave aí. Não tinham interesse nenhum. Só o fizeram porque a conquista chinesa e o projeto indiano forçaram a barra. Ficaria mal na fita, né?

Jadson Cabral
Visitante
Jadson Cabral

Errolaram… deve ser muito facil fazer uma nave que vá até a lua e depois retorne a terra reentrando na atmosfera a 20.000km e mais de 1000C° pousando quase que suavemente no meio do oceano.

Bosco
Visitante
Bosco

E que poderá ser reutilizada pelo menos 20 vezes.