segunda-feira, outubro 18, 2021

Gripen para o Brasil

Vale a pena abduzir de novo: sonda InSight da NASA em Marte

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A imagem acima foi divulgada na segunda-feira, 26/11, pela agência espacial NASA, dos Estados Unidos, e mostra foto tirada pela sonda InSight que pousou naquele dia na superfície de Marte. A sonda, chamada de “InSight lander”, possui uma câmera (Instrument Deployment Camera – IDC) em seu braço robótico, e ainda tinha uma cobertura transparente anti-poeira instalada para prevenir que partículas a atingissem. Para enviar a imagem à Terra, ela foi retransmitida pela nave não tripulada Odyssey da NASA, que orbita Marte.

A sonda enviou ao controle na Terra sinais de que seus painéis solares de 2,2 metros de largura estão abertos e coletando energia na superfície de Marte. Esses painéis são baseados nos que equiparam a sonda Phoenix, mas têm tamanho maior para permitir operações durante todo um ano marciano (equivalente a dois anos terrestres). Com os painéis solares abertos, a InSight tem o tamanho de um carro grande. As duas ilustrações abaixo dão ideia das configurações da InSight durante o pouso e em funcionamento pleno.

O programa conta com diversos parceiros europeus. Para ontem (terça-feira) a previsão era realizar experiências com o braço robótico e mais fotos do solo, para definir onde os instrumentos científicos levados pela InSight serão colocados. A expectativa é que em dois ou três meses eles funcionarão a pleno, mandando dados para a Terra. Enquanto isso, a sonda usará seus sensores meteorológicos e magnetômetro (instrumento que mede intensidade de campos magnéticos) para leituras do local de seu pouso, a planície Elysium.

O local do pouso foi escolhido, segundo informe anterior da NASA, por ser “perfeitamente plano”, parecendo-se com um “estacionamento de estádio”. Missões anteriores investigaram a superfície explorando cânions e rochas, mas o papel da InSight é estudar mais fundo o subsolo de Marte, permitindo entender melhor a formação do planeta rochoso, e para isso era necessário um lugar plano – no mapa abaixo, vê-se a posição da InSight e das sondas de missões anteriores.

Para saber mais sobre o interior de Marte a sonda utilizará instrumentos para medir ondas sísmicas, realizará perfurações mais profundas (5 metros) que anteriores para medir a perda de temperatura do solo, e outros instrumentos para coletar informações sobre o eixo de rotação do planeta, que permitirão saber mais sobre o seu núcleo.

Oferecimento dos “Abduzidos do iê iê iê”, com seu novo vídeo “Supernova

Esta série é uma oportunidade para discutir assuntos espaciais, ufológicos e afins aqui no Poder Aéreo, e é um oferecimento da banda “Abduzidos do iê iê iê, um trio de rock que alega ter sido abduzido em meados dos anos 60. Agora eles dizem que finalmente voltaram ao planeta Terra, tendo envelhecido apenas uma parcela dessas cinco décadas de ausência (Einstein explica…).

Os “Abduzidos do iê iê iê” aproveitam para divulgar seu novo vídeo abaixo, com a música “Supernova Clique na imagem para acessar o vídeo no Youtube.

Clique nos links a seguir para curtir as páginas no Instagram e Facebook, inscrever-se no canal da banda no YouTube, e seguir os passos desse trio que voltou ao planeta Terra!

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

20 Comments

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo Bigliazzi

Muito legal, espero que tenham sucesso na Missão.

Não posso perder a piada: “Será que as imagens foram feitas nos mesmos estúdios da “filmagem na Lua???”

Ainda bem que os Americanos passaram as coordenadas perfeitas do pouso, fica mais fácil para o “resto” ir checar se o pouso aconteceu de verdade.

Rui Chapéu

Qual dos editores é dessa banda? oiehaeih

Eu gostei!

abduzidosdoieieie

Saudações, terráqueo.

Os nomes dos integrantes da banda estão na descrição em texto que acompanha o vídeo Supernova, na plataforma que vocês chamam de YouTube:

https://www.youtube.com/channel/UChcqCH03tMaw8AUjLtyXkew/featured

Rui Chapéu

eu vi…. deve ser o poggio aquele baterista…..

Victor Filipe

Das duas uma. ou a banda tem um caixa bom pra bancar a propaganda ou como o Rui disse. um dos editores fazem parte dela kkkkkk

TeoB

Se observarem aquela especie da caixa metálica a esquerda da primeira foto, entre a junção das chapas rebitadas, é nítido no reflexo da chapa metálica a imagem de um marciano alto e magro, provavelmente de calça branca e um smoking preto em pé atrás da sonda…
isso constituí prova irrefutável de que não estamos sozinhos… pois temos vários seres habitando a nossa imaginação kkkkkkkkkk

Agora falando sério, espero que a missão seja um sucesso, não vejo a hora de mandarmos humanos para lá, parabéns a NASA pelo sucesso desse programa até aqui!!! muito show!!!

Victor Moraes

A banda é ruim, infantil, mas a sonda é o máximo! Uma dos motivos que eu gosto dos americanos é este: eles gastam com estas coisas. E compartilham com o mundo.

abduzidosdoieieie

Terráqueo,
Vamos mandar o ET Bilu puxar o dedão do seu pé quando estiver dormindo.

Victor Moraes

kkkk “João Penca e seus miquinhos amestrados” é menos infantil…

abduzidosdoieieie

Já que você gosta de anos 80, mandaremos o Alf também. Cada um pra puxar um dedão.

Ramon Grigio

Essa sonda não possuí um mini reator nuclear como outras?

André Vedoze

Americanos e suas montagens…até quando????

Defensor da liberdade

heuheuheuheuehueheueheu

Diogo araujo

Nossa Senhora eu só queria que o Brasil conseguisse colocar grandes satélites em órbita, tava excelente já, certeza que eu choraria muito se visse isso antes de morrer

Eduardo dos Anjos

É admirável a capacidade dos EUA de conquistar o espaço, quem sabe estes eventos ajudem a inspirar jovens brasileiros a trilharem o mesmo caminho e em um futuro não muito distante nos tornemos mais uma nação capaz de fazer o mesmo feito, sonhar não custa nada, rs

WFonseca

Pousar em marte é sempre arriscado, 40% a taxa de sucesso. Até o momento apenas os USA conseguiram pousar e operar, sendo a Insight a 9 sonda a fazer isso. Europa, Rússia e Reino Unido falharam em suas tentativas. A Insight, irá estudar o interior do planeta por 2 anos, a bateria para 16hs é recarregada por energia solar, por isso pousou na região equatorial. Irá registrar atividade sísmica, dispersão da temperatura no solo e oscilações no movimento de rotação, determinando assim o nível de atividade sísmica e entendendo a formação e evolução de marte. Como disse o Victor Moraes… Read more »

Sérgio Luís

O céu está levemente azul!

paulo santos

esses comentários fizeram-me lembrar duma reportagem no fantástico, anos atrás, dum senhor que queria ir à lua e fez seu próprio traje e o módulo de alunissagem. rsrs

Gilbert

Em vez de querem descer pessoas em Marte deveriam fazer uma pequena estação espacial autopropulsada e para levar pessoas até lá, orbitar o planeta e depois retornar e em uma próxima vez ficar orbitando por 2 anos e pesquisando o planeta, inclusive para pilotar os Hovers onde a resposta seria em segundos para os comandos e não 20 min. comandados da Terra como é hoje ou foi com o Curiosity e o Opportunity. Depois fica mais fácil para bolar algo para pousar lá.

Rene Dos Reis

como e curioso ter essa visão de outro mundo , ta dando a impressão que o solo foi tratorado.

Últimas Notícias

China testa nova capacidade espacial com míssil hipersônico

O lançamento em agosto de um foguete com capacidade nuclear que circulou o globo pegou a inteligência dos EUA...
- Advertisement -
- Advertisement -