Home Aviação de Caça Fotos: caças Hornet e Super Hornet australianos voando juntos sobre o Iraque

Fotos: caças Hornet e Super Hornet australianos voando juntos sobre o Iraque

632
2

Super Hornet e Hornet da RAAF sobre o Iraque - foto Min Def Australia

Em abril, os caças F/A-18F Super Hornet do Esquadrão No.1 da Força Aérea Real Australiana (RAAF), que cumpriam missões sobre o Iraque em apoio à luta de tropas iraquianas contra os combatentes do Estado Islâmico (EI), foram substituídos naquele teatro de operações por jatos F/A-18 Hornet do Esquadrão No.75. Durante algum tempo após a chegada dos Hornets, os dois tipos cumpriram missões junto em formações mistas.

O Ministério da Defesa da Austrália divulgou algumas imagens dessas missões cumpridas em conjunto, sendo a mais recente delas a bela foto acima, publicada apenas no final de junho. Atualmente, segundo o ministério, as aeronaves australianas que realizam missões sobre o iraque são seis caças F/A-18 Hornet, um avião de alerta aéreo antecipado e controle (AEW&C – Airborne Early Warning) E-7A Wedgetail  e um reabastecedor aéreo e transporte multitarefa KC-30A.

Super Hornet e Hornet da RAAF sobre o Iraque - foto 3 Min Def Australia Super Hornet e Hornet da RAAF sobre o Iraque - foto 2 Min Def Australia

Nas imagens dos caças voando juntos em abril, pode-se perceber algumas semelhanças e diferenças nas configurações de armamentos. Em comum, o fato de transportarem três tanques externos cada um (ainda que de capacidades diferentes) e mísseis ar-ar de emprego além do alcance visual (BVR – Beyond Visual Range) AIM-120 AMRAAM nas estações do lado direito das fuselagens, com casulos designadores do armamento ar-solo ocupando as estações opostas.

Já as bombas guiadas são levadas em cabides duplos no caso do Hornet, e uma em cada cabide subalar, no caso do Super Hornet (que possui um cabide extra sob cada asa em comparação a seu predecessor), com duas de maior peso nas estações mais internas das asas. Os mísseis de emprego no alcance visual (WVR – Within Visual Range) levados nas estações das pontas das asas também são diferentes: ASRAAM no caso do Hornet e AIM-9X no caso do Super Hornet. Destacamos partes das fotos da barriga dos jatos para facilitar a comparação dos leitores do Poder Aéreo. Clique para ampliar.

Super Hornet da RAAF sobre o Iraque - destaque foto Min Def Australia Hornet da RAAF sobre o Iraque - destaque foto Min Def Australia

Na última imagem, abaixo, quatro caças Boeing F/A-18F Super Hornet do Esquadrão No.1 em sua volta à Base Aérea de Amberley ao final de abril, após cumprir a primeira rotação na chamada “Operação Okra”, que é a contribuição australiana à luta contra o EI. Confira outras informações e imagens nas matérias já publicadas no Poder Aéreo, sobre esse assunto e outros relacionados, na lista a seguir.

Quatro jatos Super Hornet da RAAF voltam do Iraque - foto Min Def Australia

FOTOS: Ministério da Defesa da Austrália

VEJA TAMBÉM:

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
F15_loboClaudio Moreno Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

INVEJAAAAAAAAAAA!!!!!!!

CM

F15_lobo
Visitante

Iremos de Gripen E/F e F35 A/C e sem corrupção no Brasil
Off
Alguém sabe o lucro de alguma montadora automobilística no Brasil???