Home Aviação de Caça Caças da OTAN e PfP sobre o Báltico: Gripen, F-18, F-16 e...

Caças da OTAN e PfP sobre o Báltico: Gripen, F-18, F-16 e Typhoon

531
7

BRTE-19 - Gripen sueco e F-16 de Portugal sobre o Báltico - foto Forças Armadas da Suécia

Foi a primeira vez em que caças suecos pousaram na Estônia, participando com jatos de Portugal, Holanda, Alemanha, Canadá e Finlândia do exercício BRTE-19, que envolveu treinamentos de cooperação e de combate aéreo

Entre o final de setembro e o início de outubro, foi realizado na Estônia o 19º Evento de Treinamento da Região do Báltico (Baltic Region Training Event – BRTE 19) , com foco em treinar a interoperabilidade e cooperação entre nações da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) da PfP (Partnership for Peace – parceria para a paz). 

BRTE-19 - Gripen sueco - foto Forças Armadas da Suécia

 

BRTE-19 - Gripen sueco e Typhoon alemão na Estônia - foto Forças Armadas da Suécia

 

BRTE-19 - Typhoon alemão - foto Forças Armadas da Suécia

Segundo nota publicada no site das Forças Armadas da Suécia, foi a primeira vez em que caças suecos pousaram na Estônia, no caso, quatro jatos JAS-39 Gripen da Ala 17 (F17) de Ronneby. Outros caças participantes são os F-18 e CF-18 Hornet da Finlândia e do Canadá, F-16 da Holanda e de Portugal, além dos Eurofighter Typhoon da Alemanha. A Estônia, que não possui caças, participa com aeronaves de transporte L-410.

BRTE-19 - linha de voo com Gripen F-16 e F-18 - foto Forças Armadas da Suécia

BRTE-19 - L-410 da Estônia - foto Forças Armadas da Suécia

BRTE-19 - CF-18 do Canadá - foto Forças Armadas da Suécia

Entre os treinamentos, estão situações como perda de contato de rádio com o controle de tráfego aéreo por parte de uma aeronave, quando normalmente um elemento (dois caças) interceptam o avião para garantir que pouse em segurança, podendo passar a missão para um elemento de caças de outra nação, se necessário.

BRTE-19 - F-16 de Portugal e CF-18 do Canadá - foto Forças Armadas da Suécia

BRTE-19 - F-18 da Finlândia - foto Forças Armadas da Suécia

BRTE-19 - Gripen sueco - foto 2 Forças Armadas da Suécia

Além desse tipo de missão, são exercitadas manobras de combate aéreo entre os diferentes caças, para desenvolver as habilidades dos pilotos com a oportunidade de realizar combates dissimilares (entre caças diferentes). Para alguns pilotos suecos, por exemplo, foi a primeira vez que puderam treinar combate aéreo com caças como os CF-18 canadenses, e um deles afirmou que não foi nada tão dramático quanto esperava, evidenciando o bom treinamento recebido.

FONTE / FOTOS: Forças Armadas da Suécia (portal e facebook)

Tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em sueco e em inglês

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos
5 anos atrás

Fotos muito boas.

Bom treinamento, apesar de bem específico …… mas …..

Joner
Joner
5 anos atrás

O sueco disse que combater com os hornets canadenses não foi tão difícil, isso nos interessa,

Iväny Junior
5 anos atrás

Nos exercícios europeus só uma coisa me frustra: os franceses falando que o rafale é melhor que o Typhoon a torto e a direita, que isso teria sido demonstrado em “testes secretos” e um monte de informação “classificada”.

Daí, a Luftwaffe leva os Typhoon e a frança não comparece, e, quando comparece, não leva os rafale e sim os Mirage 2000, pra justificar a surra. 😀

Oganza
Oganza
5 anos atrás

Iväny Junior,

surra? Em treinamento/exercício?

Isso nunca quer dizer muita coisa…

A USAF de F-15, tomou uma “surra” dos MIGs 21 Bisons indianos a uns 2 anos(?) atrás… isso quer dizer alguma coisa?

Acho que não.

Treino é treino, jogo é jogo.

Morro no treino mas venço a batalha.

Ps.: mas os croissant tem dessas mesmo. rs

Grande Abraço.

Iväny Junior
5 anos atrás

Oganza

Eu sinceramente não acredito neste evento da USAF contra os indianos. Na época, só um site indiano publicou a notícia repassada já de outro terceiro. A declaração oficial que houve foi da USAF dizendo que o resultado era “muito pouco provável”.

Mas o treino do Typhoon contra Rafale em vários cenários seria ótimo de assistir. Eu prepararia a pipoca e ficaria olhando maravilhado.

Abração.

Oganza
Oganza
5 anos atrás

Ivany

Como eu disse:

Treino é treino, jogo é jogo.

Acredita quem quiser. 🙂