Home Aviação de Caça Jornal Contexto, de Anápolis, defende decisão breve do F-X2 para não enfraquecer...

Jornal Contexto, de Anápolis, defende decisão breve do F-X2 para não enfraquecer base aérea

501
3

BAAN 2013 - 19

Abaixo, o artigo “Ainda, a Base” do colunista Vander Lúcio Barbosa, publicado na edição 441 do jornal – 25 a 31 de outubro de 2013

ClippingNEWS-PAÉ, de fato, impensável acreditar que a Base Aérea de Anápolis poderia, agora, ou em um futuro próximo, ser desativada. É evidente que isso não passaria pela cabeça de ninguém, pois o patrimônio desta unidade da Força Aérea Brasileira é incalculável. São mais de quatro décadas de muito trabalho e dedicação São milhões e milhões de dólares; cruzeiros, cruzados e reais investidos para a sua operacionalidade e para a sua finalidade, no decorrer de todo esse tempo. Governo nenhum cometeria a desfaçatez, ou, a insensatez, de encerrar um projeto que só deu certo até hoje.

Mas, com certeza, é prudente, necessário e oportuno, o movimento que culminou com a publicação da Carta de Anápolis, assinada pelos representantes dos mais diversos setores da comunidade. É a reação de Anápolis contra um eventual enfraquecimento da estrutura de sua Base Aérea, uma das mais importantes da América do Sul. O Município, de fato, não pode abrir mão desta preciosidade que, desde os anos 70, o coloca na relação das poucas comunidades que têm projetos de tamanha envergadura tecnológica, logística e estratégica, em se falando de defesa da soberania de um povo.

BAAN 2010 - 9
Antecessores dos 12 caças F-2000 recebidos entre 2006 e 2008, caças Mirage III / F-103 da FAB, adquiridos a partir de 1972 e desativados em 2005, vistos estocados num canto da Base Aérea de Anápolis em 2010. Os seis remanescentes dos Mirage 2000 ainda em voo deverão ter o mesmo destino em breve.

 

Assim sendo, tem-se como certo que o Governo Federal entendeu o recado de Anápolis e vai dar uma resposta à altura das aspirações desse povo. É claro que um movimento como este não influenciaria, diretamente, nas decisões nacionais. Seria inocência acreditar nisso. Mas, tem-se a convicção de que o grito dado pelos signatários da Carta de Anápolis, representando todo o povo desta laboriosa comunidade, vai ser ouvido, se já não o foi, no Palácio do Planalto. E, o que todos os anapolinos esperam, com certeza, é que, ao invés de enfraquecimento, seja anunciado um projeto de solidificação e de ampliação da Base Aérea de Anápolis.

Seria, até, desnecessário enumerar os benefícios que esta unidade da FAB trouxe para Anápolis, para Goiás e para o Centro Oeste como um todo. A Base é um dos mais importantes clientes do comércio, da indústria e da prestação de serviços em toda a região. Não só pelo material de consumo, mas, principalmente, pelas famílias de militares que aqui residem, compram nas lojas, nos shoppings, estudam nas escolas e participam, ativamente, da vida socioeconômica e cultural de Goiás.

Decolagem de elemento de F-2000 - foto S Pysklyvicz - Poder Aéreo

Além disso, a Base Aérea trouxe progresso e desenvolvimento tecnológico para Goiás, com centenas de técnicos em eletrônica, informática e outras áreas, promovendo o intercâmbio e aprofundando o relacionamento com a comunidade local, na transferência de conhecimento e logística. Pelas fileiras da Base Aérea de Anápolis passaram milhares e milhares de jovens que serviram à Pátria vestindo a farda azul que tanto enobrece e dignifica a categoria. Sem contar, ainda, o status que esta unidade concede a Anápolis, hoje conhecida mundialmente como a “Cidade dos Mirage”.

Desta forma, o povo de Anápolis espera, ansiosamente, por uma resposta elucidativa do Governo Federal. Que seja anunciada, logo, a decisão sobre que tipo de aeronave vai ser adquirido para substituir os Mirage que estão se aposentando. Uma coisa, entretanto, é certa. Venha que tipo de avião vier, mas, Anápolis, por muito tempo ainda, vai ser lembrada como o “ninho dos supersônicos Mirage” que marcaram duas gerações de muito progresso e muito desenvolvimento. Em resumo, a história da Base Aérea se funde com a História de Anápolis. No mais amplo sentido da palavra.

F-2000 FAB alinhados em Anápolis - Foto Poder Aéreo - S Pyslkyvicz

FONTE: Jornal Contexto

COLABOROU: Fábio

VEJA TAMBÉM:

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
eduardo pereiraedurvaljoao.filho Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
joao.filho
Visitante
joao.filho

Que esperem sentados, em uma poltrona muito confortavel…

edurval
Visitante
edurval

Senhores,

Eu entendo o sentimento do povo de Anápolis, sou cria de Volta Redonda a cidade do aço e tenho um sentimento parecido com a CSN.

Resta a nos que somos otimistas torcer para que a cidade se torne conhecida mundialmente como “O lar das vespas do cerrado”.

Sonhar não custa nada.

Vida longa e prospera a todos.

eduardo pereira
Visitante
Member
eduardo pereira

Espero que esta carta tenha seu efeito e que se necessário o povo saia as ruas na cidade por esta causa que com certeza chamará a atençao dos telejornais e mostrará ao povao a importancia deste projeto expondo declaradamente a morosidade e pouco caso do GF com a nossa soberania !!

Sds,Eduardo o observador.