sexta-feira, outubro 22, 2021

Gripen para o Brasil

Nota da USAF sobre a escolha do Super Tucano para o LAS

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

PAMA-SP 2012 - dom23set - A-29 Super Tucano FAB - foto 5 Nunão - Poder Aéreo

Segundo a proposta atualizada, a primeira entrega para bases operacionais no Afeganistão será em meados de 2014, numa cadência de duas aeronaves por mês

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) divulgou em seu site na quarta-feira, 27 de fevereiro, nota sobre o contrato de US$427.459.708,00 concedido à  Sierra Nevada Corp para o fornecimento de aviões de apoio aéreo leve (light air support – LAS) e serviços associados de manutenção e treinamento à Força Aérea Afegã.

Pelo contrato, 20 aeronaves estão programadas para entrega em bases aéreas operacionais no Afeganistão a partir de meados de 2014, para realizar missões de treinamento de voo avançado, vigilância, apoio aéreo aproximado e interdição. Os requerimentos do contrato são para um projeto conhecido e predominantemente estável, devido às condições austeras, além da possibilidade para uso imediato frente às necessidades de combate e a substancial “curva de aprendizado” para os potenciais pilotos das nações parceiras. A cadência de entregas de aeronaves, a partir do verão de 2014 no Hemisfério Norte, será de dois aviões por mês.

O tenente-general CR Davis, da área de aquisições da USAF, declarou: “Estou confiante de que o processo de seleção de fonrecedor foi disciplinado e meticuloso, e estamos ansiosos em prover uma capacidade muito necessária para nossos parceiros afegãos.”

A-29B - 60 anos da Fumaça - foto 13 Nunão - Poder Aéreo

O contrato, inicialmente concedido à Sierra Nevada Corp em dezembro de 2011, teve que ser interrompido em fevereiro de 2012 e cancelado em março do mesmo ano devido a protestos da Hawker Beechcraft na Corte de Apelações Federal, e após uma investigação interna da USAF revelar deficiências na parte burocrática da documentação de seleção do fornecedor. Como parte das ações corretivas da USAF, uma nova equipe de seleção do programa LAS foi estabelecida, o treinamento para seleção de fornecedores foi reforçado por toda a comunidade de aquisições da Força Aérea, com melhoras no alinhamento e eficiência do processo.

A USAF reiniciou o programa LAS tão rápido quanto possível para responder aos requerimentos afegãos, requerendo um novo pedido de propostas em maio de 2012.

FONTE: USAF (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

NOTA DO EDITOR: relembre todo o processo descrito na nota da USAF (escolha, cancelamento, novo pedido de propostas etc) acessando as matérias dos links abaixo, que são uma parcela do que já foi publicado a respeito do programa LAS aqui no Poder Aéreo, o que inclui as notícias mais recentes.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Tá muito engraçado ler os comentários da esquerdalha na esgotosfera, ahahahahaha…

mateus018

Esgotosfera???

Onde é isso?

[…] seu lado, os EUA, pela primeira vez na história da USAF, escolheu a Embraer em fevereiro para o fornecimento de 20 aviões de ataque leve – um negócio que muito brasileiros viram como fundamental para a escolha do […]

Últimas Notícias

Assista ao primeiro episódio da websérie Colaboração Real 4

Estreou hoje o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal do YouTube da Saab do...
- Advertisement -
- Advertisement -