Home Noticiário Internacional Gripen na Suécia: parlamento aprova novos caças por ampla maioria

Gripen na Suécia: parlamento aprova novos caças por ampla maioria

205
17

Decisão dá sinal verde para que o Governo Sueco compre entre 40 e 60 novos caças Gripen E, o que também está condicionado à encomenda externa de pelo menos 20 exemplares pela Suíça ou outro país

Segundo nota publicada nesta tarde de terça-feira (11 de dezembro) nos jornais suecos Expressen, o Parlamento da Suécia disse sim à aquisição de caças Gripen da nova versão E.

A aprovação foi por ampla maioria: 264 votos a favor, 19 contra e 18 abstenções, com o Partido Verde e a Esquerda expressando reservas quanto à decisão. Assim, foi dado o sinal verde para que o Governo encomende entre 40 e 60 novos caças Gripen.

O custo total, que inclui manutenção e operações, é estimado em 90 bilhões de coroas suecas (aproximadamente 13,5 bilhões de dólares) até 2042, segundo o jornal. Porém, a compra pode ser cancelada até 2014, caso a Suíça ou qualquer outro país interessado não se decida a comprar pelo menos 20 aeronaves do tipo.

FONTES: Expressen e Dagens Nyheter (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de originais em sueco)

FOTOS: Saab

NOTA DO EDITOR: apesar da importância dessa aprovação para o futuro da defesa da Suécia, não é fácil encontrar algum sinal da notícia na página inicial do site do tablóide vespertino Expressen. Isso porque o grande assunto de capa hoje é que Tom Cruise (de qualquer forma, estrela em papel de piloto de caça décadas atrás…) está em visita a Estocolmo. Já o site do matutino Dagens Nyheter (DN) traz a notícia bem visível na sua página inicial, logo abaixo de outro acontecimento importante do dia, que é o jogo de handebol da Suécia contra a Noruega. Tom Cruise ficou bem mais para baixo no DN.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
7 anos atrás

Vejo um Gripen à frente e um F-18 logo atrás.
Não vejo o Rafale.
Talvez seja um Rafale furtivo, fazendo negócios furtivos.

Fabio ASC
Fabio ASC
7 anos atrás

Marcos, Rafa…oquê?!?!?!?!?! kkkkk

Quanto Gripens estão contemplados nesta autorização?

Vader
7 anos atrás

Favas contadas…

Nick
Nick
7 anos atrás

No meu entender foi um erro deixar nas mãos dos suiços, a continuação ou não do desenvolvimento do Gripen E/F. Já imaginaram cancelar o caça por causa de um referendum de outro país?? E se eles tivesse dado autorização sem essa necessidade, a Suiça se sentiria bem mais segura para aprovar a compra dos Gripens E/F.

[]’s

Nick
Nick
7 anos atrás

Caro Nunão, Mas afinal a Suécia quer ou não esses caças? Se querem porque depender de compra externa? E se não tem condições de arcar sozinhos, vão ficar com os Gripen C/D que sem algumas modernizações que virão embutidas no Gripen E/F ( Radar AESA, IRST, Suíte de ESM, etc), não estarão à altura do cenário que eles mesmos projetaram para os próximos 20/30 anos. E se o motivo for para salvar os empregos da SAAB, o comprometimento com esses caças tem de ser independente de compra suiça ou não. Enfim, um erro na minha opinião visto que isso coloca… Read more »

Nick
Nick
7 anos atrás

Caro Nunão,

No caso a Suécia é a SAAB, suas Força Aérea, milhares de empregados, técnicos e engenheiros de alto nível, uma expertise em construção de caças adquirido ao longo de 75 anos. Uma autonomia tecnológica invejável para um país do porte deles. Eles estão colocando tudo isso na dependência de um possível referendum na Suiça.

[]’s

Guilherme Poggio
Editor
7 anos atrás

É. A Suíça está com a faca e o queijo não.

Fizeram um excelente negócio comprando um projeto muito bom, por um preço justo e com participação da indústria local (ainda a ser detalhado).

Poderia ter sido um outro país, mas…

Guilherme Poggio
Editor
7 anos atrás

264 a 19. A vitória no Parlamento foi de lavada.

Isso mostra que o “time do contra” fazia muito barulho na mídia (como sempre), mas não tinha sustentação real entre os parlamentares.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Enquanto isso em Banânia, preparamo-nos p/ facilitar ainda mais a vida dos desempregados franceses.
Se já não bastassem a Helibrás e a “parceira estratégica”…

Fabio ASC
Fabio ASC
7 anos atrás

Obrigado Nunão, é que ficou faando o outro post que irir colocar logo em seguida. Mas vamos lá:

A minha dúvida é: se entre 40 e 60, os 22 da Suiça tem tanto peso assim? Oras, se eles resolverem por apenas 40 sim, mas se por 60…. Acho que a conta não bate.

trackback
7 anos atrás

[…] Gripen na Suécia: parlamento aprova novos caças por ampla maioria […]