Home Nota Oficial Notas da Defesa Suíça e do Governo Sueco sobre ‘acordo quadro’ do...

Notas da Defesa Suíça e do Governo Sueco sobre ‘acordo quadro’ do Gripen

190
2

Departamento Federal de Defesa, Proteção Civl e Esportes (DDPS) Suíço: A Suíça e a Suécia concluíram um acordo quadro para a aquisição do Gripen

24/8/2012 – O Departamento Federal de Defesa, Proteção Civl e Esportes DDPS concluiu com o Governo Sueco um acordo quadro para a aquisição de 22 aeronaves de combate Gripen.

A parceria entre a Suíça e a Suécia, oficializada em 9 de junho com a Declaração de Intenções (Declaration of Intent) assinada em Meiringen pela ministra da Defesa da Suécia, senhora Karin Enström, e o conselheiro federal Ueli Maurer, é agora completada pelo acordo quadro (Framework Agreement).

Esse acordo quadro é um acordo pelo qual a Suíça, representada pela armasuisse, e a Suécia, representada pela agência estatal sueca para exportações militares FXM, fixa os detalhes da aquisição. No caso da Suíça se pronunciar definitivamente pela aquisição do Gripen, já estão regulamentadas as questões particulares ligadas a especificações técnicas, prazos de entrega, o volume total de equipamentos e a infraestrutura no solo e instrução.

Em setembro, o Governo Sueco apresentará ao Parlamento de seu país uma mensagem solicitando a aquisição de 40 a 60 Gripen E. O conselheiro federal Ueli Maurer informará de maneira detalhada  por ocasião do “encontro na caserna” na terça-feira, 28 de agosto de 2012, em Thun.

Nota do Governo Sueco: Suécia investe na nova geração do JAS Gripen

24/8/2012 – A Suécia fez um acordo com a Suíça sobre a aquisição da nova geração do JAS Gripen. No Orçamento de 2013, o Governo Sueco vai propor que o orçamento das Forças Armadas seja aumentado em 300 milhões de coroas suecas em 2013 e 2014 e, em seguida, 200 milhões anualmente. No total, o orçamento das Forças Armadas será aumentado em 2 bilhões de coroas suecas em dez anos. Juntamente com os fundos já alocados, isso vai permitir a aquisição de 40 a 60 JAS Gripen de nova geração para a Suécia.

Karin Enström, ministra da Defesa da Suécia, disse: “A parceria com a Suíça significa que, juntos, nós poderemos adquirir e operar um avançado sistema de aeronave de combate a um custo inferior ao que teríamos que pagar se a Suécia, em vez disso, comprasse sozinha. Assim, encontramos uma solução sustentável para as Forças Armadas Suecas e para a indústria Sueca.”

Histórico

O desenvolvimento do sistema Gripen foi iniciado por uma decisão do Parlamento em 1982 para desenvolver o JAS 39 A / B e subsequentemente tomou diversos passos. A frota consiste principalmente de aproximadamente 100 unidades do JAS 39 C / D. O sistema também inclui armamento, sistemas básicos, sistemas de gerenciamento e recursos para treinamento e manutenção. De acordo com as Forças Armadas, o sistema é relevante, totalmente operacional e atende aos requerimentos até 2020-2030.

As Forças Armadas já relataram que a nova geração do JAS Gripen é o sistema que, pelo menos até 2040, melhor atende às necessidades das Forças Armadas.

FONTES: DDPS e Governo Sueco

FOTOS: Saab

NOTA DO EDITOR: em nota mais longa a respeito do assunto (clique aqui para acessar) o Governo Sueco traz mais detalhes em relação à nota resumida acima. Os pontos principais são de que foi analisada a opção de comprar caças de outros países, mas as análises mostraram que, em muitos aspectos, a opção mais eficaz é adquirir a nova geração do Gripen em conjunto com a Suíça; na Suécia, o sistema é esperado para estar operacional a partir de 2023, por um período de 20 anos; a decisão é positiva para manter empregos na Suécia, assim como pesquisa, desenvolvimento e exportações de uma indústria de defesa que emprega aproximadamente 100.ooo pessoas no país; as ambições suecas de manter seu bem-estar dependem de indústria competitiva, já que é uma pequena economia aberta e dependente de exportações, com indústrias que necessitam constantemente descobrir novas inovações e mercados; com a decisão, a Suécia vai continuar a ser um dos poucos países do mundo com capacidade e conhecimento para produzir avançados aviões de caça; a decisão também dilui as incertezas que existiam em relação à habilidade sueca em financiar sua própria defesa, e as 40-60 novas aeronaves serão adquiridas sem prejudicar os demais setores da Defesa Sueca.

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick
Nick
7 anos atrás

E esse acordo poderia estar com o Brasil incluso, participando nas encomendas, e na fabricação/desenvolvimento dos mesmo. Mas só que não.

Enquanto os “F-X” vão progredindo, aqui ficamos parados esperando pelo pior, que é cancelamento e compra de caças usados.

É isso ae.

[]’s

trackback
7 anos atrás

[…] Notas da Defesa Suíça e do Governo Sueco sobre ‘acordo quadro’ do Gripen […]