centenario La Fayette - passagem Mirage 2000N e Rafale - foto Forca Aerea Francesa

Esquadrilha francesa criada em abril de 1916 voou com pilotos voluntários americanos, e suas tradições são lembradas no atual Esquadrão 2/4 La Fayette, equipado com o Mirage 2000N

Foi comemorado na França, em 20 de abril, o centenário da Esquadrilha “La Fayette”, em cerimônia que contou com desfile aéreo de três jatos de ataque Mirage 2000N (de emprego convencional e dissuasão nuclear) que equipam o esquadrão 2/4 La Fayette, atualmente estacionado na Base Aérea 125, de Istres. A unidade atual herdou o nome da esquadrilha francesa em que voaram pilotos norte-americanos na Primeira Guerra Mundial, combatendo os alemães.

Um caça Rafale do Esquadrão 1/91 Gascogne (que como o La Fayette é especializado em ataque convencional e nuclear) também participou do desfile, em formatura com os três aviões Mirage 2000N do La Fayette, um dos quais com pintura comemorativa do centenário.

Mirage-2000N-pintura-100-anos-La-Fayette-foto-Forca-Aerea-Francesa.jpg

Representando a USAF (Força Aérea dos Estados Unidos), voaram cinco aeronaves, sendo quatro caças F-22 Raptor do 94º Esquadrão de Caça (normalmente baseado em Langley, EUA) e um bombardeiro B-52 da USAF da 5ª Ala de Bombardeiros (normalmente baseada em Minot, EUA).

centenario La Fayette - passagem F-22 - foto Forca Aerea Francesa

centenario La Fayette - passagem B-52 - foto Forca Aerea Francesa

100 anos La Fayette - Stearman - foto Forca Aerea Francesa

Também se apresentou um biplano de treinamento Stearman PT17, com as cores da Marinha dos EUA (US Navy).

A Força Aérea Francesa divulgou notas com informações, fotos e vídeos (ao final) sobre o centenário e o desfile. A esquadrilha N 124 foi criada em 18 de abril de 1916 na Base de Luxeuil, com um punhado de voluntários norte-americanos (antes da entrada dos EUA na Primeira Guerra Mundial), e recebeu o nome La Fayette em homenagem a oficial francês que participou da Guerra de Independência dos Estados Unidos no final do século XVIII, contra os britânicos.

Mirage 2000N pintura 100 anos La Fayette - foto 3 Forca Aerea Francesa

100-anos-La-Fayette-formatura-Mirage-2000N-e-Rafale-foto-Forca-Aerea-Francesa.jpg

Sob o comando do capitão Georges Thenault, a esquadrilha manteve sua forma original até fevereiro de 1918, e nela voaram 43 pilotos, 38 americanos e 5 oficiais franceses. A unidade recebeu oito citações à Ordem do Exército do Ar Francês (Armée de l’air – Força Aérea Francesa) e tem o direito de exibir em suas cores a Cruz de Guerra 1914-1918.

O emblema do índio Sioux da esquadrilha, mantido até hoje como parte do atual brasão do esquadrão, foi inspirado na insígnia pessoal utilizada por um piloto da esquadrilha, de nome Willis.

VEJA TAMBÉM: