‘Fumaça’ em Córdoba para o centenário da Aviação Militar Argentina

    271
    9

    A Esquadrilha da Fumaça estará em Córdoba, na Argentina, nas comemorações do Centenário da Aviação Militar Argentina. Os pilotos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA) vão participar da Jornada de portões abertos da Escola de Aviação Militar, que será realizada nos dias 10, 11 e 12 de agosto, das 10h às 17h30. A cidade de Córdoba é considerada o berço da Aviação Militar da Argentina – por ser a sede da escola que forma os pilotos militares do país – e um importante pólo industrial e aeronáutico.

    A Força Aérea Argentina foi criada por decreto do presidente Roque Sáenz Peña, em 10 de agosto de 1912, na província de El Palomar, em Buenos Aires. Com a construção da Escola de Aviação Militar, a Força Aérea Argentina se estabeleceu definitivamente em Córdoba.

    A cerimônia do Centenário está marcada para o dia 10 de agosto. O público poderá visitar a Escola de Aviação Militar no dia seguinte. Além da Esquadrilha da Fumaça, vão participar do evento a Esquadrilha “Halcón”, do Chile, e os aviões “Pucará”, da Força Aérea Uruguaia.

    Durante o evento serão realizadas demonstrações em voo dos vários sistemas de armas da Força Aérea Argentina, com o sobrevoo das aeronaves C-130 Hércules, IA63 “Pampa”, Douglas A4AR, IA58 “Pucará”, Mirage, Embraer EMB-312 Tucano e helicópteros de busca e resgate, entre outras, assim como uma exposição estática dos meios que a compõem. Haverá, ainda, estandes com maquetes e desenhos aeronáuticos.

    FOINTE: Agência Força Aérea.

    Subscribe
    Notify of
    guest
    9 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Giordani RS
    7 anos atrás

    Dinheiro para ir a Oshkosh não…agora, pra ir prestigiar cumpañero, não falta!

    Fernando "Nunão" De Martini
    Reply to  Giordani RS
    7 anos atrás

    Giordani,

    A indignação pela Fumaça não ter ido a Oshkosh é justa, mas talvez a comparação não seja.

    Córdoba é bem mais perto de Pirassununga do que Oshkosh. Aliás, é bem mais perto do que inúmeras cidades brasileiras onde a Fumaça também vai.

    Saudações!

    Giordani RS
    7 anos atrás

    Sim, sim Nunão, é mais só indignação mesmo, pois em termos de peso de Valor, Oshkosh vale cada centavo, já córdoba…é só prestigiar cumpañero….no mais é só torcer para que, SÊ houver algum sobrevoo de caça(sic!) hermano, não se desmantele em cima da cabeça do público…

    Fernando "Nunão" De Martini
    Editor
    7 anos atrás

    Giordani, acho que a apresentação em Córdoba, numa ocasião como esse centenário, vale cada centavo sim. O que não muda o fato de que Oshkosh também valeria o investimento, e muito (e até como reforço de “lobby”, pois haveria Tucanos em demonstração aérea num evento onde um Super Tucano estava exposto). A FAB / Embraer bem que poderia mandar um Super Tucano para se exibir no lar da indústria aeroespacial argentina, e no futuro não veria com maus olhos um “toma lá dá cá”, com Super Tucano sendo comprado pela Argentina e Pampa II pelo Brasil. Teoricamente, essa versão remotorizada… Read more »

    Fabio ASC
    Fabio ASC
    7 anos atrás

    Aff Nunão, com todo respeito, Pucará aqui não….

    Fernando "Nunão" De Martini
    Editor
    7 anos atrás

    Pucará?

    Fabio ASC
    Fabio ASC
    7 anos atrás

    Ishi, perdão: Pampa II

    Agora sério, você acha que o Pampa II atenderia melhor o Brasil em comparação aos outreos Lift´s disponíveis no mercado.?

    PS: Pucará realmente foi demais rsrsrss 🙂

    Fernando "Nunão" De Martini
    Editor
    7 anos atrás

    Fabio, Depende do que se quer (se é que se quer) para um Lift: 1- Possibilidade de simular o altíssimo desempenho de um quarta geração em aceleração e manobra, a um custo de aquisição consideravelmente elevado, para o que é necessário aeronaves como o Golden Eagle coreano ou o Master italiano. Aeronaves também capazes de simular um desempenho mais “dócil” nas primeiras aulas. 2 – Simplesmente ampliar a arena de combate e a experiência do voo no jato (com necessidade do piloto pensar e reagir mais rápido) para quem saiu de um turboélice, para o que basta o desempenho que… Read more »

    Fabio ASC
    Fabio ASC
    7 anos atrás

    Obrigado.