quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Pacote tunisiano de 12 helicópteros UH-60M Black Hawk com mísseis Hellfire e foguetes Hydra

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

UH-60M - foto 3 US Army

Requisição tem valor total estimado de 700 milhões de dólares, incluindo metralhadoras, motores extras, designadores de alvo, sistemas de alerta, óculos de visão noturna, peças, apoio logístico e outros itens

Segundo nota publicada pelo site Army-technology na segunda-feira, 28 de julho, a Agência de Cooperação em Defesa e Segurança dos Estados Unidos (DSCA) notificou ao Congresso dos EUA sobre uma venda potencial de material militar (FMS) compreendendo helicópteros UH-60M Black Hawk e equipamentos associados à Tunísia. A notificação foi publicada em 24 de julho.

O pacote tem valor estimado de 700 milhões de dólares e compreende 12 aeronaves UH-60M Black Hawk na configuração padrão do Governo dos EUA (USG) acrescida de equipamentos únicos e fornecidos pelo governo (GF), 30 motores T700-GE-701D, 26 sistemas de posicionamento integrados GPS / inercial, 100 mísseis AGM-114R Hellfire (e 20 casulos M299 para os mísseis), 24 casulos de foguetes M261 Hydra-70, 24 metralhadoras M134 7.62mm, 24 metralhadoras GAU-19 .50 cal.

Hellfire sendo carregado - foto US Army

Hydra - foto US Army

Também estão incluídos no pacote 15 designadores eletro-ópticos / infravermelho / laser Wescam MX-15Di ou Brite Star II, seis sistemas de planejamento de missão, 30 óculos de visão noturna AN/AVS-9, 15 sistemas de alerta de mísseis AAR-57, 15 receptores de alerta radar AN/APR-39A(V)4s, 15 sistemas de alerta laser AN/AVR-2B(V)1s, além de rádios, transponders, sistemas de navegação tática e outros itens.

Por fim, o pacote também inclui a capacidade de integração de sistemas de foguetes guiados de precisão, para permitir o lançamento de versões guiadas a laser de foguetes 2.75, assim como 9.100 unidades do foguete 2.75 Hydra, munição, peças de reposição e de reparo, equipamentos de apoio, e elementos relacionados do programa de apoio logístico. A venda foi aprovada pelo Departamento de Estado dos EUA, e os helicópteros deverão aprimorar a capacidade de patrulha das fronteiras da Tunísia, entre outras operações. Os principais contratantes são a Sikorsky  e a General Electric.

UH-60M - foto 2 US Army

UH-60M - foto US Army

FONTE: Army-technology (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS (em caráter meramente ilustrativo): Exército dos EUA – US Army

COLABOROU: Sandro

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
eduardo pereira

É assim que se compra helicópteros ,pacote completasso!!
Alguém sabe me dizer se os nossos (nao sei quantos) vieram com capacidade de lançar misseis e tal??

Guilherme Poggio

Alguém sabe me dizer se os nossos (nao sei quantos) vieram com capacidade de lançar misseis e tal??

Sim, os Sea Hawk da MB podem disparar o míssil Penguin

Carlos Alberto Soares

Eu não sei Eduardo Pereira.

Mas sei que “KOMBI” não é muito popular por lá.

Ademas, concordo contigo …. bela compra.

joseboscojr

Eduardo,
Os nossos BH do exército não podem lançar mísseis não, mesmo porque não possuem o sistema eletroóptico no nariz, que designa os mísseis Hellfire.
Os suportes servem só pra levar tanques de combustível e talvez, lançadores de foguetes e metralhadoras.
Só de curiosidade, alguns BH do EB possuem um radar meteorológico no nariz.

Marcos

Bonitão o heli ai!
Mas não chega aos pés do nosso glorioso Carcará rotativo.

Marcos

BlackHawk

SeaHawk

e

BattleHawk

https://www.youtube.com/watch?v=pGuds5-fSTc

Colombelli

Meio salgado o preço

juarezmartinez

Colombelli tu leste atentamente o que está incluso no pacote: seis motores adicionais, 100 MISSEIS HELLFIRE, 9100 FOGUETES HYDRA, 24 GAU 134,24 GAU 19,15,designadores pqp, se tu comparar com carcara voador nosso aqui que está beirando os 45 milhões de dólares peladex a “deferença” pé grande hem tchê…

Grande abraço

Carlos Alberto Soares

Estimado Colombelli

considerando o pacote todo ?

Deve envolver treinamento da tripulação e equipe de solo e mais uma “tchurma” de todos fornecedores na Tunísia para treinamento e pós venda.

Esse pessoal só compra super hiper “Turnkey”.

Sei lá …. amigo aguardo seus comentários.

Abraços

eduardo pereira

Obrigado Carlos,Poggio e Bosco pelas respostas!! Bem que poderiamos saber comprar assim viu ponte que partiu eta pacotão da fartura !!rs
Pra matar alguns do coração ,sao exatamente 12 a mesma quantia de helis comprados do tio Putin ,deve ter gente chorando com esta noticia !!rs

Sds

Almeida

Ué, a gente pagou U$ 60 milhões por cada engodo francês no osso, desdentados, U$ 58 milhões por um pacote completo como esse é pechincha!

nunes neto

juarezmartinez, não são 6 motores adicionais são “30”!

Guilherme Poggio

Apenas para complementar: em várias notificações da DSCA é comum os motores serem elencados como um item específico, porque há versões diferentes de motor que podem estar nas propostas ou mesmo fornecedores diferentes, dependendo do caso (por exemplo, o F-16 pode ser fornecido com motores PW ou GE). Ao final, fica claro que a nota também informa que a GE é uma das contratantes, juntamente com a Sikorsky. Nunão Também é importante lembrar que ultimamente o Pentágono tem separado os contratos dos aviões e dos motores deste aviões para as próprias Forças Armadas dos EUA, mesmo que exista apenas uma… Read more »

juarezmartinez

Eu ia explicar exatamente isto, mas o Nunão foi mais rápido no gatilho.

Grande abraço

Rafael Oliveira

Cada Mi-35M “Sabre” saiu por cerca de US$ 61 milhões, conforme DOE da época.

E não sei o que e em qual quantidade veio no nosso pacote (armas, foguetes, mísseis, motores sobressalentes, etc).

Tenho a impressão que seria mais negócio ter comprado os BlackHawks armados Logística com padrão ocidental de qualidade e plataforma já utilizada pelas Forças – ainda que o desempenho na missão de ataque possa ser pior.

juarezmartinez

Rafael Oliveira 30 de julho de 2014 at 13:38 # Cada Mi-35M “Sabre” saiu por cerca de US$ 61 milhões, conforme DOE da época. E não sei o que e em qual quantidade veio no nosso pacote (armas, foguetes, mísseis, motores sobressalentes, etc). Tenho a impressão que seria mais negócio ter comprado os BlackHawks armados Logística com padrão ocidental de qualidade e plataforma já utilizada pelas Forças – ainda que o desempenho na missão de ataque possa ser pior. Caro Rafael, eu e o resto da FAB inteira não temos somente a impressão, temos absoluta certeza que seria melhor, mais… Read more »

Ivan

http://www.yourchildlearns.com/online-atlas/images/map-of-tunisia.gif O mapa linkado acima mostra a vizinhança. Tunísia, uma república constitucional e parlamentarista com 10 (dez) milhões de habitantes, no norte da África, com um belo litoral mediterrâneo e vizinho da Líbia. Observando o mapa ‘dá’ para notar o risco provocado pelo vizinho, uma nação em frangalhos e um Estado falido, dominado por quadrilhas, facções beligerantes que podem vagar pelos desertos como os beduínos, assunto que eles entendem bem. Estes UH-60M Black Hawk com foguetes e mísseis nas ‘asinhas’ são verdadeiros caçadores diante das ameaças que o governo de Tunis enfrenta. Atenção para o trecho do texto: “A venda… Read more »

Carlos Alberto Soares

Estimado Juarez Martinez

o traficante que vc se refere desloca-se somente com gente tarimbada em aviões oficiais de governos …. digamos …. “ruim para agir pontualmente.”

Resguarda-se vc sabe onde.

Juarez lembra-se do traficante de armas do Hamas morto em Dubai ? Acho que foi em 2010, não tenho certeza ….

Caso ele vacile …. já era !

Baschera

Mas como são toscos estes tunisianos….. compraram uma aeronave que realmente voa e cumpre a missão…. depois pagaram mais barato que nós…. e ainda por cima com um pacote “full”…. e pior…. com um monte de armamentos inclusos…..

Estes caras não sabem como gastar dinheiro….. putz!

Sds.

juarezmartinez

Basca, é que eles não fizeram o famoso curso de Transferência de Teqnulugia” ministrado em Macapá, por um famos funcionário público expert em “difesa”.

Grande abraço

Últimas Notícias

Eve, da Embraer, e Bristow firmam parceria para desenvolver operações de UAM com pedido de até 100 eVTOLs

Melbourne, Flórida, 23 de setembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility, uma empresa da Embraer, e a...
- Advertisement -
- Advertisement -