domingo, maio 9, 2021

Gripen para o Brasil

Força Aérea Portuguesa com destacamentos na Lituânia e no Mali

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F-16 FAP - foto 4 Força Aérea Portuguesa

Missões são de elevada importância para a segurança e manutenção da paz internacionais

 –

A Força Aérea Portuguesa inicia o mês de setembro com duas missões de elevada importância para a segurança e manutenção da paz internacionais. Na Lituânia, vai desempenhar uma missão de vigilância e defesa (air policing) do espaço aéreo dos países bálticos (BAP 14), no âmbito da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). No Mali, vai participar na missão de estabilização que decorre sob comando das Nações Unidas (MINUSMA).

F-16 - foto Força Aérea Portuguesa

O contingente na Lituânia é composto por seis aeronaves F-16 e por 70 militares. Este destacamento, com a duração de quatro meses, tem como objetivo garantir a segurança do espaço aéreo dos três países bálticos (Estónia, Letónia e Lituânia), os quais não dispõem de meios aéreos que assegurem a execução desta missão. A partir do próximo dia 1 de setembro, Portugal será a nação líder desta missão no Báltico.

O contingente no Mali, para além de dois militares colocados no Estado-Maior da missão, é composto por uma aeronave C-130 e por 47 militares (41 da Força Aérea e 6 do Exército) que durante três meses vão desempenhar uma missão de apoio fundamental para o processo de paz naquele país.

C-130 - foto Força Aérea Portuguesa

FONTE / FOTOS: Força Aérea Portuguesa

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos

Quatro dias no ar e ninguém se interessou pelos “Portuga”. “O contingente na Lituânia é composto por seis aeronaves F-16 e por 70 militares. Este destacamento, com a duração de quatro meses, tem como objetivo garantir a segurança do espaço aéreo dos três países bálticos (Estónia, Letónia e Lituânia), os quais não dispõem de meios aéreos que assegurem a execução desta missão. A partir do próximo dia 1 de setembro, Portugal será a nação líder desta missão no Báltico. O contingente no Mali, para além de dois militares colocados no Estado-Maior da missão, é composto por uma aeronave C-130 e… Read more »

Carlos

Já para a Ucrânia, nada.

Reportagens especiais

PAMA-SP 2014: Poder Aéreo no Domingo Aéreo – parte 2

Aviões de ontem e de hoje no pátio do Campo de Marte, em São Paulo - Na parte 1 desta matéria,...
- Advertisement -
- Advertisement -