Home Noticiário Nacional Disputa do F-X2 está entre suecos e franceses, segundo jornal

Disputa do F-X2 está entre suecos e franceses, segundo jornal

279
19

Super Hornet na AFA em 2012 com pilotos olhando ao longe - foto Nunão - Forças de Defesa Super Hornet na AFA com pilotos olhando ao longe - foto Nunão - Forças de Defesa

Após espionagem, EUA podem ser afastados de compra de caças. No atual cenário, disputa está entre Suécia e França. Rússia corre por fora

ClippingNEWS-PAA comprovada espionagem dos Estados Unidos no Brasil continua repercutindo negativamente nos negócios bilaterais, especialmente na compra de novos caças pela Força Aérea Brasileira (FAB). É cada vez mais forte a possibilidade de os americanos serem deixados de lado, o que configuraria um cenário de disputa só entre franceses e suecos.

— Quando você compra um equipamento dessa natureza, com esse valor, não dá para levar em conta somente questões de natureza técnica. É preciso fazer uma análise geopolítica e todos esses fatos relativos à espionagem, assim como seus desdobramentos, colaboram contrariamente — disse uma fonte do governo brasileiro.

O certo é que a Rússia continua de fora da disputa, uma vez que a concorrência do programa FX-2, da qual os russos não são finalistas, não foi abortada.

O Brasil, no entanto, trata com a Rússia sobre o desenvolvimento conjunto de uma aeronave de quinta geração, com característica de não serem identificadas por radar. Na última semana, durante encontro entre o ministros da Defesa Celso Amorim e o russo Sergei Shoigu, o brasileiro disse que o Brasil está disposto a discutir o trabalho conjunto.

A decisão caberá à presidente Dilma, que tem sido pressionada pelos militares a agir rápido.

FONTE: O Globo, via Resenha do Exército (reportagem de Emane Oliveira)

NOTA DO EDITOR: o título original é a primeira frase do subtítulo.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
19 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick
Nick
6 anos atrás

Se a Dilmona está sendo pressionada, imagina se não estivesse… 🙂

No mais, essa presidente tem que tomar qualquer decisão. Seja o Gripen, Rafale, SH ou SU-35S de leasing. 🙂

[]’s

eduardo pereira
eduardo pereira
6 anos atrás

Tomara que a Dilmissima tome logo a decisao,mas se olharmos as falacias de que os franceses penduraram a chuteira ,entao só sobra o Gripen ( modestia a parte no video onde o cara traça entre os caças qual acertaria qual alvo na tela ,todos interligados pqp que loucura nem precisa de caças de grande porte ,basta distribuilos adequadamente ), e os russos por fora com o Su 35s .

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

blá blá blá blá, hahahahah , sim claro, vamos ver o que vai acontecer nas eleições de 2014 se o SH for alijado da concorrência, algo me diz que poderei candidatar meu cachorro, o Billy para presidência que eel capaz de ganhar, até porque Tio Sam tem C 17 cheio de cocô de elefante para despejar na mídia, segundo o Sr. “Fuentes”, se aguarda apenas o momento masi propício……

Grande abraço

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Nhê, nhê, nhê, nhê, nhê, nhê…
Mais do mesmo! A Presidenta, o F-18, a espionagem, maior compra de aviões da história mundial, não vamos nos submeter, etc e tal.

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

“Esqueceram” de citar no artigo que o Gripen tem boa parte de peças americanas bem como o motor. E se os americanos resolverem retaliar e barrar a utilização de tais componentes?! Não creio que fariam mas, se o fizerem então sobraria apenas o caça francês e uma refermulação de nossa indústria aeronáutica e da FAB visando substituir os componentes e motores do Tio Sam por similares made in Russia !!!! E sairia bem “barato” isso não ?!?! Deveriam usar o episódio da espionagem justamente para derrubar barreiras e estreitar o comércio bilateral, ou será que França, Alemanha que também mostraram… Read more »

Baschera
Baschera
6 anos atrás

E depois falam da “Quanto é”…. mas as organizações Plin-Plin apenas estão cumprindo o acordo… mas tempo para pagar os papagaios com o GF….. enquanto dão apoio a candidatura da Senhora “Z”…..

Sds.

rommelqe
rommelqe
6 anos atrás

Juarez, C-17?
Bota muito, mass muito, B-52, Galaxy….etc. Mas vai precisar disso?
Concordo que essa é uma das váriass razões, mas não é a única e nem a mais importante.
Vai ser F-18 SH.

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

É ,mas o caça françes tb tem componentes americanos, e se o Brasil resolver retaliar, babau super tucano, entre outras coisas, só temos a perder, na boa, vão deixar a poeira baixar, e vão apertar as mãos de novo, mas agora os EUA, vai ser mais cuidadoso na espionagem,mas vai continuar a fazer o mesmo!

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Senhores, sem” uzamericanu”, o KC 390 não vai, sem uzamericanu, Alcantara vai continuar um poço de escoamento de dinheiro público com os UIcranianos dando rizada da nossa cara e ganahando dinheiro fácil, sem uzamericanu, outra coisa muito importante que está rolando por aí não vai, então…..e como eu costumo dizer

Jesuizzzzz está vendo tudo, tudo mesmo, viu “Orestes”

Grande abraço

Baschera
Baschera
6 anos atrás

A tempos que eu venho escrevendo sobre o “deblaquê” da economia nacional….. plenamente disfarçada pelo GF…. de maneira tão acintosa, que até mesmo os números apresentados são fartamente criticados e geram mais dúvidas do que certeza. Assim, se não houver uma escolha imediata (antes da eleições de 2014) o FX-2 morrerá de vez, ou melhor, será enterrado e deixará de perambular por aí como um “walking dead”. Pra corroborar, vejam a declaração de hoje de um dos “candidatos” as eleições majoritárias de 2014: “Independentemente do resultado da eleição do ano que vem, quem quiser governar o Brasil a partir de… Read more »

Baschera
Baschera
6 anos atrás

Outra pista… é só ver o que a administração municipal etá pretendendo fazer em São Paulo…. aumentar os impostos (IPTU é a bola da vez… mas haverão outros) entre 35% e 80%….

Porque ?? Já sabem que no próximo ano, o chapéu que for a Brasilia “passear” em busca de verbas…voltará vazio.

Ou melhor…. voltará com os boletos das contas a pagar.

Sds.

juarezmartinez
juarezmartinez
6 anos atrás

Muito bem colocado Basca junte-se a isto o milionário Prosuper, não é a toa que a MB está juntando os troquinhos do cofrinho e correndo atras de escoltas usadas para tapar os furos apartir de 2015, não é a toa também que viraram os olhos para o lado do “Prorveta”, e vão fazer aquelas corvetinhas a toque de caixa, a escolta de 6.000 vai virar peçla de livro de ficção científica.

Grande abraço

Baschera
Baschera
6 anos atrás

Pois é Juarez….. também achei muito estranho a decisão a toque de caixa, ultra-rápido para quem levou anos para decidir e mais quatorze para construir uma única Barroso.

Nem bem o projeto esta fechado e já querem começar a construir no ano que vem…..

Será tão rápido que decidiram construí-las só com motores a diesel… sem nenhuma turbina.

Sds.

Mayuan
Mayuan
6 anos atrás

É Baschera e Juarez, uma coisa é certa. vai ser interessante o day after dessa eleição. Se tem candidato de partido socialista pregando cortes e responsabilidades nos gastos, imagina os sociais democratas… Os próximos anos prometem ser de mais penúria ainda nas FAs. Por mais que me chamem de louco, corre o risco de futuramente ter gente na caserna com saudade dos tempos atuais. Espero estar errado. Espero estar redondamente errado de qualquer forma.

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Os EUA não irão barrar nada, pois mesmo com o Gripen ainda serão componentes made in USA fornecendo emprego e renda.

Mas que tem gente se borrando em Brasília pelo que pode aparecer perto das eleições tem. A reação desproporcional do governo certamente é diretamente proporcional ao tamanho e a cupidez da sujeira que os EUA devem ter detectado.

Eu apostaria em 10×1 que eles irão divulgar mais adiante. Quem mandou se aproximar de Irã, Cuba, Venezuela e se meter onde não foi chamado.

thomas_dw
thomas_dw
6 anos atrás

ainda o FX2 .. todos estes artigos plantados na imprensa servem apenas para dar a impressão de que algo pode ainda acontecer, o FX2 acabou, qualquer compra, se houve, agora depende de da vontade politica de escolher este ou aquele, só que não ha vontade de comprar algo.

Guilherme Poggio
Editor
6 anos atrás

A verdade é que cada reportagem diz uma coisa. Nem certo nem errado.

Mayuan
Mayuan
6 anos atrás

Fechei com o Colombelli. Porque os americanos embargariam a venda dos Gripens se boa parte dos componentes é americano também. A Boeing pode reclamar mas o governo vai deixar de atender os fabricantes de todos os outros componentes só pra fazer a vontade da Boeing? Menos né?

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás