Home Indústria Aeroespacial Falando em Rafale, Dassault e HAL expressam confiança em parceria

Falando em Rafale, Dassault e HAL expressam confiança em parceria

237
8

Rafale - foto Cyril Amboise - SIRPA Air via Dassault

Executivos das duas empresas se encontraram no Paris Air Show 2013

A Dassault divulgou nota informando que no Paris Air Show 2013, realizado na última semana em Le Bourget, ocorreu um econtro de executivos da Dassault e da empresa estatal indiana HAL (Hindustan Aeronautics Limited) para analisar o progresso dos projetos em andamento.

Entre os executivos presentes ao encontro, estavam o “chairman” da HAL, Dr RK Tyagi, e sua contraparte da Dassault Aviation, Eric Trappier. Ambos expressaram satisfação com o trabalho alcançado até o momento por suas equipes integradas e renovaram seu compromisso para uma finalização bem-sucedida dos variados projetos.

Executivos da francesa Dassault e da indiana HAL em Le Bourget 2013 - foto Dassault

A nota também divulgou informações sobre as duas empresas. A HAL foi criada em 1º de outubro de 1964, pela união da Hindustan Aircraft Limited com a Aeronautics India Limited e o Aircraft Manufacturing Depot, de Kanpur. Hoje, a empresa possui 19 unidades de produção e 10 centros de pesquisa e desenvolvimento (P&D), espalhados por 8 localidades indianas. Quinze modelos de aeronaves e helicópteros já foram fabricados com P&D local e 14 outros foram produzidos sob licença. No total, já foram produzidas 3658 aeronaves (entre modelos de asa fixa e rotativa), 4178 motores, além da modernização de 272 aviões e a revisão de outros 9643, além de 29775 motores revisados.

Já a Dassault tem um histórico de 7500 aeronaves civis e militares entregues ao longo de 60 anos para 83 países, frota que acumulou até hoje 28 milhões de horas de voo. Esta experiência mundial permitiu à empresa construir capacidades consideráveis em projeto, desenvolvimento, produção, venda e apoio a todos os tipos de aeronaves, demonstrando conhecimento, soluções operacionais inovadoras, além de uma abordagem pragmática e dinâmica para cooperação, esta última se destacando em anos recentes pelo seu modelo “passo a passo”.

FONTE / FOTOS: Dassault (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

8
Deixe um comentário

avatar
6 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
HMS TIRELESSGuilherme PoggioFernando "Nunão" De MartiniVaderWagner Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Roberto F Santana
Visitante
Member

“Já a Dassault tem um histórico de 7500 aeronaves civis e militares entregues ao longo de 60 anos para 83 países…”

Parece Chuck Yeager dizendo que já voou 208 aeronaves militares. É tipo de afirmação que se faz, sabendo que ninguém vai parar para contar, ou perguntar o que é “voou”, ou o que é “histórico de aeronaves entregues”.

Tudo bem.

Wagner
Visitante
Wagner

A Dassault é uma empresa de primeira magnitude, e o Rafale é um caça excepcional.

Muita gente misturou política, e como odeiam o PT, por causa das palavras do Lula, passaram a odiar a Dassault e o Rafale.

É óbvio que o Rafale é um excelente vetor.

Mas, tem duas manetes na cabine dele ?? mas qual serve para qual ?

Sds

🙂

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

A Dassault é uma empresa de primeira magnitude, e o Rafale é um caça excepcional.

Caro Wagner

O Rafale é o melhor caça que a Dassault já fez, mesmo considerando os modelos anteriores da Dassault em suas respectivas faixas de tempo. O problema é que os tempos são outros. Quando ele nasceu o mundo era dividido em azul e vermelho. Muita coisa mudou de lá para cá.

Vader
Visitante
Active Member

Minha nossa Wágner, pelamordideus, antes de ficar defendendo Le Jaquê à tôa e desviando o foco do post, misturando caça com a política rastaqüera de Bananalândia, informe-se melhor sobre o alvo de sua defesa ok?

Senão vou ter que explicar pra você pra que que podem servir cada uma das duas manetes… 😉

Wagner
Visitante
Wagner

??????????

Não entendi Vader. de qualquer forma,meus post foi perfeitamente claro.

Não estou defendendo qualquer política do Lula, apenas ressaltava que acho errado odiar uma fábrica, e seu avião, por causa do Lula.

Eu não sou um fã incondicional do Rafale, nem ligo para ele, mas o considero um excelente caça.

Ou vc vai dizer que os sistemas de bordo dele também são desprezíveis ??

Enfim, eu o acho um ótimo avião, essa é minha opinião, e eu não vou mudar.

Roberto F Santana
Visitante
Member

Prezado Wagner,

Na verdade o avião parece ter dois grandes manches, o da esquerda obviamente é a manete de potência, única para os dois motores.
Veja maiores detalhes nesse vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=KLsk6OFAWoY

HMS TIRELESS
Visitante
Member
HMS TIRELESS

Pois é Poggio! O problema são justamente esses 50 tons de cinza…rs!