Home Aviônica Thales assina contrato de apoio aos sistemas do Mirage 2000 francês

Thales assina contrato de apoio aos sistemas do Mirage 2000 francês

253
9

Mirage 2000D com pod designador e bombas guiadas - foto Armee de lair

Contrato de cinco anos assinado com Ministério da Defesa da França refere-se ao apoio a sistemas eletrônicos e radares de cerca de 20 modelos de aeronaves em uso naquele país, incluindo Mirage 2000, ATL2, C160, C130 e Puma – sistemas do Rafale são cobertos por outros contratos

Durante o Paris Air Show 2013, em Le Bourget, a empresa francesa Thales informou que recebeu um contrato “MOREAT” com a organização SIMMAD do Ministério da Defesa da França, referente a cinco anos de apoio logístico e serviços dos sistemas eletrônicos e radares de várias aeronaves militares em uso naquele país.

MOREAT é a sigla para “Maintien Opérationnel des Radars et Equipements Aéronautiques de Thales”, ou manutenção operacional de equipamentos embarcados e radares da Thales . Já SIMMAD é a sigla para “Structure Intégrée de Maintien en condition opérationnelle des Matériels Aéronautiques du ministère de la Défense”, ou estrutura integrada de manutenção em condições operacionais dos materiais aeronáuticos do Ministério da Defesa.

Mirage 2000-5 completa  transferência do Cicognes de Dijon a Luxeuil - foto Armee de lair

São cerca de vinte tipos diferentes de aeronaves militares das Forças Armadas Francesas incluídas no contrato de apoio logístico e serviços, e a Thales destacou, em sua nota sobre o contrato, os modelos Mirage 2000, ATL2 (nota do editor: Atlantique 2, de patrulha marítima), C160/C130 e Puma. A Thales também lembrou, na nota, que o apoio aos equipamentos embarcados do caça Rafale é coberto por contratos separados.

C-160 Transall numa pista na África - foto Força Aérea Francesa

Ainda segundo a empresa, o contrato MOREAT é baseado em um preço fixo por hora de voo, oferecendo a flexibilidade necessária para se adaptar aos requerimentos operacionais, conforme o número de horas de voo cresce ou diminui, assim como o formato da frota evolui.

Pelo contrato, a Thales se responsabiliza por toda a cadeia de fornecedores, trabalhando de maneira próxima com pequenas e médias empresas.

Assinatura contrato MOREAT entre Thales e o SIMMAD do MD Francês - foto Thales

FONTE / FOTO DE BAIXO: Thales (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

DEMAIS FOTOS: Força Aérea Francesa

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ernaniborges
ernaniborges
7 anos atrás

Acho que o anúncio desse contrato para manutenção de apenas 20 caças Mirage 2000 (que deveriam inicialmente ser substituídos pelos Rafales) é pura propaganda para seduzir uns e outros a manter esse vetor no ar.

Vader
7 anos atrás

Ainda ontem estava ouvindo a Rádio Bandeirantes AM e seu correspondente em Paris informando que, segundo se fala ABERTAMENTE na França, o Rafale ainda corre risco de ser cancelado, caso não saia o contrato com a Índia, ou seja: se não sair o contrato com a Índia ou outro contrato de exportação só serão produzidos os Rafale já contratados e a linha de produção será encerrada.

ernaniborges
ernaniborges
7 anos atrás

Fernando “Nunão” De Martini disse:Eranildo, acho que você se confundiu ao ler o texto.

VERDADE ! Realmente, ao ler mais detidamente o texto, vi que entendi errado a matéria.
Desculpem-me e obrigado “Nunão” pela correção.

ernaniborges
ernaniborges
7 anos atrás

But, my first name is Ernani.

Soyuz
Soyuz
7 anos atrás

Uma bela foto do C-160, mostrando o que se espera que um cargueiro tático de verdade faça realmente.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Tinha um vídeo em IR acho que do DEW Line, de um C-160 pousando em uma pista perdida lá pelos cafundós do Malí, durante a recente intervenção no país africano.
Mas era um tanto monótona.
O ac pousava e corria pela pista, só corria, e corria.