Home Aviação de Caça Entra ano, sai ano, e o F-5 não sai da USN

Entra ano, sai ano, e o F-5 não sai da USN

1012
28

F-5 Tiger II do VFC 13 na NAS Fallon - foto USN

O Jacksonville Business Journal noticiou, em 26 de março, que a Northrop Grumman Systems Corp. de St. Augustine (Flórida – EUA) recebeu uma modificação no valor de 42 milhões de dólares de um contrato, previamente concedido, para serviços de manutenção e apoio da frota de 44 jatos F-5 Tiger II operados pela Marinha dos EUA (USN).

F-5 Tiger II do VFC 13 na NAS Fallon - foto 4 USN F-5 Tiger II do VFC 13 na NAS Fallon - foto 5 USN

Esses jatos F-5 Tiger II são empregados na função típica de “agressores” (Aggressors), ou seja, em voos de treinamento de combate aéreo dissimilar em que servem como adversários dos pilotos de caça que voam as aeronaves de primeira linha da USN e do USMC (Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA).

Os serviços contratados à Northrop Grumman incluem inspeções, reparos, revisões e apoio de engenharia em componentes estruturais, com o objetivo de garantir operações seguras e confiáveis na frota.

F-5 Tiger II do VFC 13 na NAS Fallon - foto 2 USN

F-5 Tiger II do VFC 13 na NAS Fallon - foto 3 USN

A maior parte dos trabalhos, que têm período previsto de um ano, serão realizados nas instalações da Northrop Grumman de St. Augustine, com uma parcela menor dos trabalhos alocada a Springville, em Utah (EUA), e a Emmen, na Suíça.

F-5 Tiger II do VFC 111 na NAS Key West - foto USN

FOTOS: USN –  As cinco primeiras imagens mostram jatos F-5 do esquadrão VFC 13 “Saints” baseados na Estação Aeronaval (NAS – Naval Air Station) Fallon, em Nevada, fotografados em fevereiro e março de 2015. A última, logo acima, mostra aeronave do esquadrão VFC 111 “Sundowners” da NAS Key West, na Flórida, em foto de novembro do ano passado.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

Para os entusiastas, das fotos do post para as estantes…

Northrop F-5F Tiger II Diecast Model
USN VFC-13 Fighting Saints, “Red 20”, NAS Fallon, NV, February 2011
http://www.flyingmule.com/products/HM-HA3352

Northrop F-5F Tiger II Diecast Model
USN VFA-127 Desert Bogeys, #84-0456 “Red 30”, NAS Fallon, NV
http://www.flyingmule.com/products/HM-HA3353

Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

Inegavelmente, ao meu gosto, o Tiger II, depois do Falcon, é a aeronave mais “harmônica” do inventário americano atualmente…

E da coleção, não poderiam faltar, é claro, os ‘Sundowners’…

Northrop F-5F Tiger II Diecast Model
USAF VFC-111 Sundowners, #84-0456 “Red 100”, NAS Key West, FL, 2008
http://www.flyingmule.com/products/HM-HA3350

Northrop F-5N Tiger II Diecast Model
USN VFC-111 Sundowners, NAS Key West, FL
http://www.flyingmule.com/products/HM-HA3301

Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

Quando o tempo for imperioso e os Tiger II não puderem mais cumprir esse papel, o que não parece longe de acontecer… quem fará esse papel ? Os Falcon (que aliás já fazem parte do inventário da USN NSAWC TOPGUN – ou os Legacy Hornet ?

Justin Case
Justin Case
5 anos atrás

F54EVER

Marcelo
Marcelo
5 anos atrás

Ozawa
27 de março de 2015 at 19:29 #

Há uma possibilidade do futuro T-X cumprir a função de agressor.

O requisito solicita curvas sustentadas de 7,5 g

Iväny Junior
5 anos atrás

Essas camuflagens dos agressors são maravilhosas. Ademais, uma ótima máquina em que pesem os anos. Ano passado esse contrato foi da Sikorsky. Inclusive, consta na matéria abaixo o link.

Mauricio R.
Mauricio R.
5 anos atrás

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

AWACS chineses KJ-500 e um novo exemplar do KJ-200:

(http://china-defense.blogspot.com.br/2015/03/30471-first-known-serial-number-of.html)

Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

Roberto F Santana 28 de março de 2015 at 9:41 #

Meus efusivos cumprimentos pelo texto primoroso. Uma ode ao dogfight !

jacubao
jacubao
5 anos atrás

Depois desse texto, perdi a capacidade de comentar qualquer coisa sobre o post,
Parabéns Roberto F. Santana, belíssimas palavras.

Clésio Luiz
Clésio Luiz
5 anos atrás

Para quem gostou das imagens e quer salva-las em resolução maior, acesse esse link:

http://www.navy.mil/viewGallery.asp

E no campo de busca digite “F-5”.

Iväny Junior
5 anos atrás

Muito bem escrito Roberto Santana.

Só diria que Garros e Navarre estão ao segmento de Manfred Von Richthofen, são ponta de lanças, combatentes exímios embora tenham uma pequena fração de vitórias em relação ao Barão Vermelho.

Immelmann e Boelcke são estrategistas, conceituadores e doutrinadores de combate e engenharia. Entendiam a máquina perfeitamente, sabiam como tirar o melhor dela e aperfeiçoá-la. A meu ver, geniais.

É só um ponto de vista.

Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

O ‘defletor’ de Garros, após ter sua aeronave abatida em combate, foi aperfeiçoado por ninguém menos que Anthony Fokker, holandês, então radicado na indústria aeronáutica alemã durante o início do século passado, e daí, também por uma aeronave abatida pelos aliados na IWW, o projeto se difundiu naquele conflito…

E os céus nunca mais foram os mesmos desde então até os nossos dias…

Iväny Junior
5 anos atrás

Caro Roberto Santana

Poderia me indicar uma literatura? As informações que eu tenho são que os primeiros defletores sincronizados de tiro frontal seriam alemães da LVG e Franz Schneider. Soube da série Dogfighters do History Channel e das fontes secundárias da wikipedia em inglês.

http://en.wikipedia.org/wiki/Synchronization_gear

Saudações.

Kojak
Kojak
5 anos atrás
Baschera
Baschera
5 anos atrás

Roberto F Santana 28 de março de 2015 at 9:41 # Caro Roberto F. Santana… permita-me parabeniza-lo pelo seu magnifico post !! No entanto, há sim nos dias de hoje ainda, quem se utilize ao menos, do Mig-21. Uma curiosidade sobre o Mig 17 é que na verdade era um Mig-15 tunado com o motor VK-1F com 25% de maior potência e pós-combustão além de corpo e asas maiores. Sobre o assunto “Vietnã” o link abaixo coloca uma interessante comparação entre o vetor americano F-8 Cruzader e o Mig-17F.. escrito (em livro) por Peter Mersky,Jim Laurier e Gareth Hector. https://books.google.com.br/books?id=kDJfBAAAQBAJ&pg=PA15&lpg=PA15&dq=Quem+ainda+utiliza+o+Mig-17&source=bl&ots=UcR0RNXTcH&sig=cj3dCetFtfUBmLLq6x2F8EgK8-I&hl=pt-BR&sa=X&ei=RREYVYaDHczZsATu-oHIDA&ved=0CFMQ6AEwCQ#v=onepage&q=Quem%20ainda%20utiliza%20o%20Mig-17&f=false… Read more »

Iväny Junior
5 anos atrás

Roberto Santana

Acredito que tenho a tradução desse volume Phoebus. Mas do outro já gostei do título “Creative years”. Bem como os volumes da Grub Street que passaram a ser obrigatórios pra mim agora.

Saudações.

Ozawa
Ozawa
5 anos atrás

Nessa fonte tá esgotado há algum tempo, mas eis um belíssimo modelo de Falcon ‘Naval’ da USN NSAWC TOPGUN:

http://www.flyingmule.com/products/WT-WTW72011-02

sergiocintra
sergiocintra
5 anos atrás

Lendo todas as “aulas” só concluo o seguinte: – Pelo menos na função “aggressor”, sairíamos bem na fita.

Roberto genial vosso comentário e excelentes fotos p/ nossa galeria.

Abraços a todos

Soldat
Soldat
5 anos atrás

Os colegas estão de parabéns as repostas nesses post arrebentaram .

Conhecimento puro, muito bom mesmo!!!

Alexandre Fontoura
Alexandre Fontoura
8 meses atrás

Na US Navy não existem aeronaves “Aggressors”. São chamadas de “Adversary”. Coisas de corporativismo deles…