Home Aviação de Transporte Italiana Alenia Aermacchi assina MOU com Enaer do Chile sobre C-27 e...

Italiana Alenia Aermacchi assina MOU com Enaer do Chile sobre C-27 e M-345

587
14

jato de treinamento M-345 HET - foto Alenia Aermacchi

Memorando de Entendimento anunciado oficialmente em 26 de março compreende colaboração em apoio logístico ao transporte C-27J e ao jato de treinamento M-345 HET

Segundo nota divulgada pela empresa italiana Alenia Aermacchi, do grupo Finmeccanica, foi anunciada formalmente a assinatura de um Memorando de Entendimento (MoU – Memorandum of Understanding) de cooperação industrial entre ela e a chilena Enaer (Empresa Nacional de Aeronáutica).

O memorando anunciado na quinta-feira, 26 de março, compreende a colaboração da Enaer com a Alenia Aermacchi para o apoio logístico da aeronave de transporte C-27J e do novo jato de treinamento M-345 HET – sigla em inglês High Efficiency Trainer – treinador de alta eficiência, voltado à instrução básica e avançada de pilotos militares.

C-27 Spartan - foto Alenia Aermacchi

A nota também afirma que o MoU é considerado, pela empresa italiana, como um importante passo rumo a alianças de longo prazo, relacionadas a transferência de tecnologia e de conhecimento.

FOTOS: Alenia Aermacchi (em caráter meramente ilustrativo)

VEJA TAMBÉM:

14
Deixe um comentário

avatar
12 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
9 Comment authors
Fernando "Nunão" De MartiniIväny JuniorWagnerKojakMauricio R. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo Bardo
Visitante
Marcelo Bardo

Olha os chilenos indo de C-27. A Embraer vai deixar escapar a oportunidade de vender o KC-390 pelo visto.

Marcelo
Visitante
Member
Marcelo

novo? trata-se do SIAI Marchetti S-211, 1o voo 1981…

_RJ_
Visitante
_RJ_

“Marcelo Bardo
27 de março de 2015 at 13:30 ”

Putz!, Não vão mais comprar o meu fuzil, porque compraram um facão ali na esquina.

O C-27 carrega metade do que carrega o KC-390. Não são concorrentes.

Claudio Moreno
Visitante
Member
Claudio Moreno

Bardo,

Espero muito que o KC-390 venda como água em beira de congestionamento na Av. Paulista em tarde de verão…mas até que a FAB tenha seus primeiros exemplares em plena operação, tenho quase certeza que muitos potenciais clientes farão primeiro uma aposta naquilo que já é operacional, no caso o C-27.

Sua aquisição não impede futuras compras do KC-390 porque são de classes distintas.

CM

Marcelo Bardo
Visitante
Marcelo Bardo

Fui um pouco pessimista, mas assim como vocês estou torcendo para o KC-390 vender bastante.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“…trata-se do SIAI Marchetti S-211, 1o voo 1981…”

A aeronave foi bastante modificada e remotorizada.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

O mercado de usados em alta:

“Segundo informações, a Fuerza Aérea de Chile (FACH) teria adquirido dois cargueiros Lockheed Martin C-130H Hercules de segunda mão. As aeronaves teriam sido compradas aos Estados Unidos e se somariam aos dois exemplares do mesmo modelo; a…”

(http://www.segurancaedefesa.com/C-130H_2_FACh.html)

Kojak
Visitante
Member
Kojak

1,- Chilenos sempre “com os pés no chão”, exemplo.

2.- Mauricio R.

Eles sabem o que fazem né.

Tem boas relações com os Israeli, esses C 130 vão “longe”.

Esses Chilenos ……

Caso minha negociação dê certo, sou a próxima contratação.

Dona Armênia vai “na marra” ou vai ficar por aqui mesmo.

Chi Chi Chi Le Le Le …..

Wagner
Visitante
Wagner

Dona Armênia ???

Wagner
Visitante
Wagner

A Armênia está comprando C 130 ???

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk !!!!

Iväny Junior
Visitante
Member

Eu gosto dos treinadores da Alenia. Tanto o M-345 quanto o M-346. Agora, ainda tá saindo M-339 pra Itália.

Tem mercado pra tanto avião da mesma classe dentro da mesma empresa?

Acredito que a FAB precisa de um LIFT bom e barato (abaixo dos 15 milhões de dólares a unidade). O problema que nessa faixa de preço só tem o K-8.

Iväny Junior
Visitante
Member

Nunão

Temos um treinador a jato mach 0.75, tem payload de 1700kg e puxa 7.33g/-3g de manobra. Se não for um LIFT propriamente dito (Yak-130, M-346, 345, L-159, Tallon) é bem melhor treinador do que um ST, claro, com os sistemas certos instalados.

Iväny Junior
Visitante
Member

Eu estou falando no caso do brasil, Nunão. Tendo por base que o aviador voou do T-25 pro T-27 e deste para o AT-29. A meu ver, manteria-se esse ciclo e acrescentava-se o ciclo jato, basicamente substituindo o Xavante.