domingo, janeiro 16, 2022

Gripen para o Brasil

Faltam caçadores na USAF

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Linha de voo de F-35A - foto USAF

Segundo jornal americano LA Times, há uma carência de 200 pilotos de caça, que poderá aumentar para 700 em 2021 – Pentágono está melhorando o pacote de salários para tornar a profissão mais atraente

Reportagem do jornal Los Angeles Times publicada na segunda-feira, 22 de julho, afirma que há uma carência de 200 pilotos de caça na Força Aérea dos EUA (USAF), e que medidas para melhorar os salários pretendem atacar o problema, evitando que em 2021 essa lacuna chegue a 700 pilotos. A reportagem começa como um anúncio de empregos:

“Precisa-se: pelo menos 130 aviadores militares veteranos para um compromisso de nove anos pilotando caças a jato. O salário vai de 34.500 a 97.400 dólares, além de bons benefícios e um bônus de 225.000 dólares. Contatar a Força Aérea dos EUA até 30 de setembro.” (nota do editor: é necessário atentar ao detalhe de que salários nos EUA, geralmente, referem-se ao ganho anual e não mensal)

Segundo a reportagem, pode ser difícil imaginar que esse emprego tenha perdido seu apelo, mas o fato é que a USAF revelou que tem 200 pilotos de caça a menos do que deveria, neste ano. Essa carência, dentro de um universo de 3.000 pilotos de caça da USAF, poderia subir para 700 em 2021, caso nada seja feito. Isso se dá num contexto em que já se gasta bilhões de dólares no mais caro programa de defesa do mundo, o caça F-35 (programa que deverá custar cerca de 400 bilhões de dólares no total), enquanto o contribuinte também investe 6 milhões de dólares para treinar cada piloto de caça.

piloto de F-15 - foto USAFEntre os fatores que levam ao êxodo de pilotos de caça, está a demanda para pilotos comerciais com salários maiores, o estresse ligado aos desdobramentos fora da base e transferências para pilotar drones (aviões não tripulados) de combate. No início, pilotos de caça eram transferidos para esquadrões de drones, mas atualmente já se treina pilotos especificamente para os aviões não tripulados, para amenizar a lacuna de pilotos de caça.

Para conter o êxodo, foi revivido um pacote de incentivo do tipo “Aviator Retention Program”, lançado inicialmente em 1989. Entre as novidades, está um bônus de 25.000 dólares anuais por nove anos (cerca de duas vezes mais tempo que o contrato usual).

Atualmente apenas 65% dos pilotos vêm decidindo estender seu tempo de serviço além do 11º ano, quando escolhem se querem ficar para mais cinco anos. Em 1993, esse índice era de 80%. Normalmente, um piloto ganha cerca de 90.000 dólares à época em que chega ao 11º ano. Porém, a média de salário anual de pilotos comerciais é de 103.210 dólares, e as companhias estão caçando os jovens pilotos devido a um crescimento nas aposentadorias, tendo mais dinheiro para contratar pilotos do que o governo.

As companhias de aviação também oferecem o apelo extra de estabilidade e menos dificuldades para manter a família, sem tantas mudanças de endereço. A vida de um piloto de caça, apesar de desafiadora, é também fatigante, tanto para o piloto quanto para a família. Além disso, o aumento das exigências de experiência para pilotos comerciais torna difícil encontrar pilotos civis formados com horas suficientes, e os pilotos militares já têm essas horas de voo necessárias.

caças F-16 desdobrados em exercício no Canadá - foto USAF

O problema da USAF não tem sido apenas a saída de pilotos, mas encontrar e treinar novos pilotos. A carência de veteranos tem resultado numa falta de instrutores.  Como boa notícia, o jornal afirma que alguns pilotos de caça já aceitaram assinar o novo contrato com bônus e serviço de 9 anos na USAF.

FONTE: LA Times (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS: USAF

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar

Aceitam brasileiros? 😀

Pra quem mando meu currículo? 😎

Aceito começar por baixo, pilotando apenas F-15…

Vader

Éééé, num tá fácil pra ninguém.

Joner

Eu sou mais modesto ainda, poderia começar com F 16, ou até um “fe5” dor agrressors, ao menos eles voam bastante!! kkkk

Vader

Coé galera, por US$ 35.000 eu voava de Talon facil, fácil, rsrsrs…

Guizmo

Pessoal, o topo de salario da uns R$ 15 mil por mes. eh sim uma boa grana, porem nada de outro mundo, qualquer empresa de medio porte hoje nos EUA paga isso pra um gerente – sem que o cara tenha que se deslocar, ficar longe da familia, colocar sua vida em risco, etc…Na boa, pra tudo isso, deveria ser o dobro, no minimo.

Requena

Escutei o choro dos pilotos da FAB aqui em casa… 🙁

Fighting Falcon E/F

Por 70 mil verdinhas eu ia para voar qq caça…

Fighting Falcon E/F

Nunão,
Ciente com o valor.
Setenta mil verdinhas é o salário de um 2 estrelas aqui no Brasil.
Mesmo com os impostos e tudo mais a qualidade de vida no país também é outra coisa que deve ser considerado.

andre.dadys

Peço à algum bom samaritano de plantão:

– Envie essa notícia para a mamulenga da PresidenTa DILMA!!!!

Rezo para que ela leia e aprenda…

Ozawa

A atração da iniciativa privada por profissões altamente especializadas na caserna sempre existiu, especialmente nas Forças Aéreas, e em todo o mundo, em maior ou menor grau dependendo do tempo e do lugar. Nos EEUU, por razões culturais e econômicas, essa atração por atividades estatais é bem menor do que em outros países. E mesmo assim, bem peculiar, a exemplo da expressão utilizada para descrever o vínculo de um piloto militar com sua Força Aérea por lá: “contrato”, assim, precário. Como piloto militar isso soaria bem estranho por aqui, só visto em atividades auxiliares das nossas FFAA. Evidentemente que com… Read more »

Baschera

Pronto….. vai ser uma debandada na FAB….. os caras aqui não ganham nem R$ 90 mil /ano que dirá Us$ 90 mil + Us$ 25 mil de bônus anual…..além de voarem muito menos do que o mínimo indicado.

E piloto comercial tem sobrando aqui, só a WEBJet e a Gol demitiram mais de uma centena nos meses passados.

http://paraserpiloto.com/2012/11/25/as-demissoes-na-webjet-e-o-mercado-de-trabalho-para-pilotos/

Sds.

Guilherme Poggio

Baschera

Não esqueça que a comparação não é direta. Os impostos sobre o salário de um piloto da USAF deve ser algo como três vezes menos que dos pilotos daqui.

weber_eng

Lá eles tem ótimos aviões e falta de pilotos…
Aqui, temos ótimos pilotos sem aviões.
Já que para cá os aviões não vem mesmo, eles deveriam abrir uma brecha para os pilotos da FAB irem para lá!

Marcos

Nem tudo é mil maravilhas por lá!
Muitos pilotos reclamam de um problema comum por aqui: dificuldade de manutenção das aeronaves. O cara vai voar e… pane aqui, não aciona ali, não liga, não desliga… e por ai vai.

GBento

Marcos disse:
23 de julho de 2013 às 20:44

Marcos, pane existe em qualquer força aérea.

Agora, querer comparar indisponibilidade da USAF com a da FAB, acho meio descabido.

Renato Oliveira

Repito as perguntas do edgar 🙂

joao.filho

Simples, manda um 747 dar uma paradinha no Brasil, que eles passam imediatamente da falta de 200 pilotos a um excesso de 2000 no dia seguinte…
Por curiosidade, quanto gaha um piloto da FAB com 10 anos de servico???

Fighting Falcon E/F

joao.filho,
Considerando ser um tenente antigo uns R$ 7.000, Se capitão algo em torno de R$ 8.300.

Guizmo

Putz….comparando o salario do “Fabiano” , retiro meu comentario sobre o valor do caçador americano

joao.filho

Holy cow!!! Nao pensei que fosse tao mal assim.

Felipe

Eles aceitam brasileiros mas tem que ser naturalizado e mostrar que é bom, lá eles dão muito valor e respeito, mostrou na TV uns pilotos andando pelo aeroporto e derrepente todos que estavam sentados nos bancos se levantaram e começaram a aplaudir eles de pé, aquela parte do aeroporto parou

Mateus Costa

Se eu não conseguir o quadro complementar da Marinha irei ver isso, pois é dificil desistir de algo que você ama de paixão. Independente das vezes que já quebrei a cara por esse sonho, continuo a buscar uma forma de realiza-lo.

Últimas Notícias

A noite em que 21 OVNIs foram perseguidos por caças da Força Aérea Brasileira

A BBC Brasil publicou extensa matéria sobre a famosa "Noite Oficial dos OVNIs" no Brasil. A seguir, publicamos os...
- Advertisement -
- Advertisement -