Home Noticiário Internacional Gabinete da Bulgária autoriza compra de caças sem abrir concorrência

Gabinete da Bulgária autoriza compra de caças sem abrir concorrência

252
10

Ministério da Defesa da Bulgária recebeu a autorização para negociar com fornecedores – caças poderão ser novos ou usados

Nesta quarta-feira, 19 de dezembro, a Novinite (Agência de Notícias de Sofia) noticiou que o Gabinete da Bulgária autorizou o Ministério da Defesa do país a negociar a aquisição de aviões de caça. O ministro da Defesa, Anyu Angelov, recebeu o mandato para realizar conversações com outros países para a aquisição das aeronaves para a Força Aérea Búlgara, sem a abertura de uma concorrência.

O ministro Angelov disse a respeito: “Não estamos realizando uma concorrência porque queremos preservar a oportunidade de comprar caças de segunda-mão. Não importa que governo fará a decisão final, o que importa é que esse governo seja informado baseado numa análise bem completa.” Assim, a compra de 8 ou 9 caças, que deverá ser o gasto público mais elevado do país nos últimos anos, será realizada sem uma concorrência formal com fornecedores. “Eu preciso relatar os resultados das conversações até 1º de março de 2013”, completou o ministro, que afirmou também que as negociações serão realizadas com potenciais fornecedores dos Estados Unidos, Alemanha, Portugal, Itália, Suécia e Israel, entre outros países.

Estima-se que o gasto com a compra seja de 400 milhões de dólares, valor que ultrapassa o máximo que pode ser aprovado apenas pelo Gabinete. Por isso será necessário que o Parlamento também aprove a compra. Informações não oficiais divulgadas na imprensa búlgara dão conta de que o país está inclinado a comprar nove jatos F-16 usados de Portugal, com aproximadamente 30 anos de idade.

Já foi dito que o general brigadeiro Rumen Radev, vice-comandante da Força Aérea Búlgara e que está estudando as ofertas, afirmou que diversas das propostas atendem às necessidades do país, incluindo a compra de novos caças Gripen da Suécia, de F-16 usados de Portugal, assim como dos jatos Eurofighter Typhoon de segunda-mão da Itália. Nos últimos dois anos, foram essas as três opções mais aventadas pelo Governo Búlgaro.

A compra de caças pela Bulgária vinha sendo adiada por falta de fundos, pois ao invés do Ministério da Defesa receber um orçamento equivalente a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB), essa fatia foi reduzida para 1,2%.

FONTE: Novinite – Agência de Notícias de Sofia (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS: Forças Aéreas Portuguesa, Sueca e Italiana

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daglian
Daglian
7 anos atrás

E falta dinheiro no Brasil???? Como que a Bulgária, na situação econômica que está, comprará caças (claro, em menor quantidade, mas ainda assim…) e o Brasil não!!

Essa desculpa de crise econômica não cola mais, GF.

Observador
Observador
7 anos atrás

O GF tem que ir para a terra dos antepassados da “Intrometida-Chefe” (apelido inventado pelo “Economist”) para aprender como um país deve fazer uma compra destas, com humildade e respeito ao suado dinheiro do contribuinte.

Marcos
Marcos
7 anos atrás

Não dá para a gente vender nossos Mirage 2000 para eles?

Renato Oliveira
Renato Oliveira
7 anos atrás

Chupa, brasil!!! (minúsculo mesmo)

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Já já, não haverão usados em boas condições de manutenção e integridade de célula, p/ comprarmos.
Aí quem sabe, compraremos enfim aeronaves novas.

glaison
glaison
7 anos atrás

Mauricio R

Minha teoria, é que se não houverem mais usados para comprarmos, vai ser a desculpa para esperar mais um tempo, até que os hoje novos aviões que estão sendo entregues agora, torne-se então, usados, daí sim compraremos.

Edgar
Admin
7 anos atrás

Nossa solução:

http://www.aereo.jor.br/2012/12/20/forca-aerea-sueca-da-adeus-ao-gripen-ab/

Dilma, CORRA antes que os búlgaros comprem!

Vader
7 anos atrás

Os F-16 da FAP irão para lá. É barbada.

Walfrido Strobel
3 anos atrás

Uma coisa interessante é que o Vice-CMT da Força Aérea General Brigadeiro RUMEN RADEV citado neste artigo assumiu depois o Comando e surpreendendo a todos anunciou sua candidatura a Pres. da Bulgaria pelo Partido Socialista que é pro-Russia e de virada ganhou a eleição, é o atual Pres. da Bulgária. Ele se despediu da Força Aérea fazendo com 51 anos este belo show de Mig-29, não foi invenção exibicionista de ultima hora, ele pilota o Mig-29 desde o início da carreira como piloto de caça e era a anos o piloto autorizado a fazer demonstrações ao público, assim é que… Read more »