domingo, setembro 19, 2021

Gripen para o Brasil

Ministro da Defesa da Bulgária visita Saab – entre os assuntos, o Gripen

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Saab informou que o ministro da Defesa da Bulgária, Anuy Angelov, visitou no dia 3 de fevereiro as instalações da Saab, em Linkoping, onde são produzidos os caças Gripen. O Ministro encontrou-se com autoridades da Defesa Sueca e da Saab, como parte de uma visita bilateral oficial à Suécia.

O delegação búlgara foi recebida pelo Vice Presidente Executivo e chefe da área de negócios aeronáuticos da Saab, Lennart Sindahl. Foram discutidos assuntos sobre a modernização da Força Aérea Búlgara e as possibilidades da Suécia fornecer caças Gripen à Bulgária.

Segundo Sindahl, a “Bulgária é um importante mercado para a Saab e nós vemos uma forte possibilidade de desenvolver os laços industriais entre nossos dois países”. O Ministro Angelov deverá também encontrar-se com o Ministro da Defesa Sueco  Sten Tolgfors e o Presidente e CEO da Saab, Håkan Buskhe.

Recentemente, o Ministério da Defesa Búlgaro emitiu um Pedido de Informações (Request for Information) para caças multitarefas para a Força Aérea Búlgara, sendo o Gripen um dos competidores. A empresa informou que tanto ela quanto a Suécia mantém-se totalmente comprometidos com o proceso de modernização da Força Aéra Búlgara, oferecendo caças Gripen novos e totalmente interoperáveis  com a OTAN, num acordo intergovernamental.

FONTE / FOTOS (P. Kustvik): copywright Saab AB

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Pelo visto lá os políticos são mais rápidos que aqui…

Um ou dois esquadrões de Gripen bem armados já estaria bom demais para a Bulgária, um país pobre e pequeno. Pior que bem ou mal ela fica próxima da Turquia e da Grécia, ambos países bem fornidos de armamento (a Turquia em breve muito mais que a Grécia, por conta do F-35). E não muito longe de Rússia e Irã.

Mas infelizmente talvez até mesmo o Gripen esteja acima das possibilidades desse país. Provavelmente eles acabem pegando algum F-16 MLU que esteja dando sopa.

Mauricio R.

Ufa, ainda bem, imagina a tragédia que seria esses caras comprando os “nossos” Gripen C/D, com os equiparemos a FAB e a MB, após o cancelamento dos upgrades dos AMX/A-1 e dos A-4 e a sumária desativação dos M-2000…
Ah, me desculpem, estava sonhando acordado!!!

Últimas Notícias

Força Aérea Indiana vai comprar 24 caças Mirage 2000 de segunda mão

A frota Mirage 2000 de 35 anos da IAF, que teve um desempenho excepcional durante a operação Balakot de...
- Advertisement -
- Advertisement -