quinta-feira, outubro 21, 2021

Gripen para o Brasil

Começaram os voos do demonstrador* Gripen F na Suíça

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O jornal suíço Tages Anzeiger informou que, pela primeria vez, o demonstrador do Gripen F deixou o hangar desde que chegou na quarta-feira à Base Aérea de Emmen, na Suíça. Nesta sexta-feira, 5 de outubro, começaram os voos de teste na aeronave, que antecedem a participação no show aéreo de Axalp e apresentação aos políticos suíços.

No próximo dia 9, membros do Comitê de Política de Segurança verão a aeronave em demonstrações aéreas e no solo, tendo nos comandos pilotos da Força Aérea Suíça e da armasuisse (monitorados por um piloto de testes do fabricante do jato, a sueca Saab).

Já nos dias 10 e 11, o público em geral poderá ver os voos do jato, que é o demonstrador da versão biposta (F) do caça que o Conselho Federal Suíço pretende adquirir, o Gripen E.  Não deverão ser adquiridos modelos F pela Suíça porque a Suécia também não planeja a compra dos bipostos, apenas dos monopostos E.

FONTE / FOTOS (Reuters e Keystone): Tages Anzeiger (tradução, adaptação e edição: Poder Aéreo)

*NOTA DO EDITOR: a mídia suíça, assim como o Departamento de Defesa, estão denominando essa aeronave em especial como “demonstrador Gripen F”, ao passo que o fabricante, a Saab, já a denomina “Aeronave de testes do Gripen E/F” (Gripen E/F test aircraft), pois a fase de demonstração de conceito já foi cumprida e, hoje, a principal função desta célula (denominada 39-7) é realizar a campanha de certificação de sistemas aviônicos e de radar, enquanto um protótipo planejado para voar no ano que vem (denominado 38-9), fará a campanha de certificação relacionada ao envelope de voo.

Sobre a notícia acima, vale lembrar que se trata da primeira vez que esta aeronave voa na Suíça (a avaliação da concorrência suíça foi feita com aeronaves Gripen C/D), já que voos anteriores de suíços neste exemplar foram feitos na Suécia. Já a  informação ao final da matéria original em alemão sobre a aquisição apenas do modelo Gripen E, monoposto, é um item presente no acordo-quadro assinado pela Suíça e Suécia, e que tem gerado controvérsia na mídia suíça. Veja mais informações sobre todos esses assuntos nos links a seguir.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

O Brasil perdeu uma enorme oportunidade de desenvolver essa aeronave em conjunto com a Saab.

O Mundo segue em frente e o Brasil…

Marcos

Não seria o caso de os suíços optarem somente pelo modelo F?

HRotor

ToT somente participando do desenvolvimento, assumindo parte dos custos e riscos.
Fora isso, conversinha fiada para justificar sobre-preco…

Marcos

Você pode fazer policiamento aéreo com uma aeronave biplace. Lhe sobrará ainda uma série de opções do que fazer com uma aeronave assim, inclusive treinamento.

Últimas Notícias

Assista ao primeiro episódio da websérie Colaboração Real 4

Estreou hoje o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal do YouTube da Saab do...
- Advertisement -
- Advertisement -