quinta-feira, abril 15, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer aluga hangar por 10 anos para montar Super Tucano nos EUA

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A-29 Super Tucano Indonésia - foto Embraer

Embraer assina contrato de locação com o Aeroporto de Jacksonville para instalações da montagem do A-29 Super Tucano

Em nota publicada em  15 de março de 2013, a Embraer Aircraft Holding, Inc. anunciou a assinatura, na mesma data, de um contrato de locação de 10 anos para um hangar de 3.716 metros quadrados no qual realizará a montagem da aeronave A-29 Super Tucano para o programa LAS (Light Air Support), ou Apoio Aéreo Leve, da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês). A preparação das instalações já se encontra em andamento. As aeronaves para o programa LAS atendem a uma necessidade urgente de apoiar a retirada segura das tropas dos Estados Unidos do Afeganistão.

O Prefeito de Jacksonville, Alvin Brown, deu boas-vindas à Embraer. “Fico feliz com esse marco econômico, uma vez que a fabricação do A-29 da Embraer representa a primeira operação plena de montagem de aeronaves em Jacksonville”, disse o Prefeito. “Isto mostra tanto a confiança que temos nos nossos trabalhadores quanto a expansão do papel de Jacksonville como uma das cidades mais receptivas aos militares e veteranos da América. Parabenizo a Embraer por abraçar esses valores e esperamos uma relação longa e produtiva.”

Super Tucano Mauritânia - foto Embraer

“Aguardávamos ansiosamente o dia em que finalmente poderíamos estabelecer a nossa presença em Jacksonville e estamos prontos para trabalhar”, disse Gary Spulak, Presidente da Embraer Aircraft Holding, Inc. “Este importante passo é o primeiro de muitos que vão consolidar a nova parceria que criamos entre a Embraer e a comunidade de Jacksonville.”

Com o apoio do Estado da Flórida, da cidade de Jacksonville e da Autoridade Aeroportuária local, as instalações no Aeroporto Internacional do município já estão passando pelas modificações necessárias. Essas instalações receberão as etapas de pré-equipagem, montagens mecânica e estrutural, instalação e testes de sistemas, e testes de voo da aeronave LAS.

Super-Tucano-Chile-foto Embraer

“Um time formidável foi formado para apresentar argumentos consistentes para a fabricação deste avião no nordeste da Flórida, resultando numa grande vitória para a economia da região e para a nossa defesa nacional”, disse o Deputado Ander Crenshaw (Republicano da Flórida), que representa o 4° Distrito do Estado. “A implementação dessas instalações realça a posição de Jacksonville como centro de excelência para a aviação militar.”

“É um orgulho podermos abrigar a produção dessa importante aeronave”, disse Steve Grossman, Diretor-Executivo da Autoridade Aeroportuária de Jacksonville. “Isto traz investimentos financeiros e bons empregos para a região.”

Super Tucano Repúblic Dominicana - foto Embraer

“Este é um exemplo maravilhoso da internalização das atividades, e é exatamente o que nossa região e nação precisam. Estas instalações vão gerar empregos altamente qualificados e representam milhões de dólares em investimentos. A produção da aeronave envolverá fornecedores em todos os Estados Unidos, contribuindo assim para muito mais empregos americanos”, disse a Deputada Corrine Brown (Democrata da Flórida), que representa o 5° Distrito do Estado.

A Embraer possui sede nos EUA, na cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, há mais de 30 anos e emprega mais de 1.200 colaboradores no país. A unidade em Jacksonville junta-se à expansão recente das operações da Empresa na Flórida. Em 2011, a Embraer inaugurou, na cidade de Melbourne, uma unidade de produção para os jatos Phenom 100 e Phenom 300 e um Centro Global de Atendimento ao Cliente. Em 2012, a Empresa começou a construção de um novo Centro de Engenharia e Tecnologia, também em Melbourne, que empregará 200 engenheiros. Outros 1.400 postos de trabalho serão sustentados por meio do contrato LAS.

Super Tucano do Equador - foto via Embraer

Como a aeronave escolhida para o programa LAS, o A-29 Super Tucano será utilizado para fornecer capacidades de apoio aéreo leve, vigilância e treinamento às Forças Armadas do Afeganistão. O avião representa um elemento vital para a estratégia de retirada dos Estados Unidos do Afeganistão, desempenhando papel central na manutenção do progresso da segurança na região. O programa LAS também oferecerá aos Estados Unidos e outras nações parceiras importantes capacidades para um poderio aéreo ágil, flexível, econômico, de nova geração e múltiplas missões.

FONTE / FOTOS: Embraer (o título original foi utilizado para o subtítulo acima)

NOTA DO EDITOR: para ilustrar a matéria, utilizamos imagens da Embraer com aeronaves Super Tucano nas cores de vários dos clientes estrangeiros que já adquiriram a aeronave. Passe o cursor do mouse sobre as fotos para ver a qual país cada um dos aviões pertence e clique nas imagens para ampliar.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Milton

Muito legal essa sequência de fotos dos tucanos “estrangeiros”!

Vader

Aquela ST com cammo desértica é o mais show.

Milton

Concordo Vader. Na verdade o padrão de pintura que mais me chama atenção é o adotado pela FAB, mas em relação aos operadores estrangeiros do Super Tucano esta pintura “desértica” é demais!

Ivan

O que chama atenção no ST da Mauritânia, meio escondido por trás da porta do trem de pouso frontal, é a torreta com um sensor ótico e infravermelho que deve ser o FLIR AN/AAQ-22 StarSAFIRE II.

Guilherme Poggio

Flórida, o estado brasileiro que deu certo!

Requena

Poggio

Acho que se você usar “a América Latina que deu certo” se aproxima mais da realidade… 🙂

Baschera

A Orbisat, está desenvolvendo um radar externo para o ST, baseado na tecnologia do Saber M-60….. a pedido da FAC.

Sds.

Mauricio R.

Ué, não dá p/ faze-lo na fábrica aonde os Phenoms serão construídos???

Marcos

Mauricio:

Penso que não. Os Phenom são um investimento exclusivo da Embraer nos EUA. Já os ST serão um investimento conjunto. Acredito que o objetivo seja deixar bem separado isso.
Na Flórida, hoje, salvo engano, a Embraer possui três unidades: uma de produção dos Phenom, outra de Peças e Suporte aos Clientes e essa última, que á para produção dos ST. Mas é apenas suposição minha.

Mauricio R.

Até aí o tamanho da encomenda, entre 20 e 40 células, não justifica a fabricação local, mas tão somente a montagem de kits, o que poderia ser tocado pela sócia, a Sierra Nevada.

Lyw

Alguém chuta como será a camuflagem dos futuros Super Tucanos da Força Aérea Afegã?

Vader

Provavelmente algo bem próximo aos STs da Mauritânia (bem lembrado Ivan).

Lyw

O mais lógico seria isto Vader, mas a julgar pelas cores do helicópteros deles pode ser que não.

Lyw

dos*

nunes neto

Eu acho o patrão de pintura desértica e o da FAE, com aquele padrão digital show!

Combates Aéreos

VÍDEO: Curvas de alto desempenho em combates aéreos

Este vídeo, o segundo da série, apresenta os aspectos aerodinâmicos para a realização de curvas em combates aéreos. Diferentemente...
- Advertisement -
- Advertisement -