quinta-feira, abril 15, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer é liberada a produzir o Super Tucano para a Força Aérea dos EUA

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

USAFEmbraerSuperTucano

MARIANA BARBOSA
DE SÃO PAULO

vinheta-clipping-aereo

a29-badgeA Embraer e a SNC (Sierra Nevada Corporation) foram liberadas para iniciar a produção do avião Super Tucano para a Força Aérea dos Estados Unidos nesta sexta-feira (15).

Hoje, a Força Aérea do país conseguiu reverter determinação do GAO (Government Accountability Office), responsável por auditar licitações de governo, de segunda-feira, que resultou na suspensão dos trabalhos de produção do avião.

A ordem de suspensão dos trabalhos é uma decorrência automática do processo aberto pela concorrente Beechcraft junto ao GAO, questionando o resultado.

A Embraer venceu a disputa em dezembro de 2011, mas a Beechcraft entrou na Justiça e conseguiu anular a concorrência. Uma nova disputa foi realizada e, fim de fevereiro, a Embraer foi novamente anunciada como vencedora.

O contrato de US$ 428 milhões envolve a compra de 20 aviões Super Tucano, além de peças e serviços de manutenção. Os aviões serão usados para dar apoio à missão militar dos EUA no Afeganistão. Se concretizada, será a primeira venda da Embraer para a Defesa dos EUA.

Beechcraft

“No que concerne à produção de aeronaves para ajudar os americanos a voltar do Afeganistão para casa, a Força Aérea dos EUA hoje concluiu que o ‘melhor interesse’ agora pesa nos ombros do Brasil”, declarou a Beechcraft, em nota.

A empresa americana questionava o valor do contrato. “Simplesmente não entendemos como a Força Aérea pode justificar um gasto adicional de mais de US$ 125 milhões pelo o que consideramos ser uma aeronave com menos capacidades”, disse em comunicado o presidente-executivo da empresa, Bill Boisture, após perder a licitação pela segunda vez.

Ele disse que sua empresa estava “muito perplexa” com a decisão e que há dúvidas sobre eventuais erros cometidos no processo de seleção.

Anteriormente conhecida como HB (Hawker Beechcraft), a Beechcraft saiu de um processo de concordata no mês passado. Em comunicado, ela disse que a decisão a favor da Embraer afetará cerca de 1.400 postos de trabalho no Kansas e em outros Estados americanos.

FONTE: Folha de São Paulo

Colaborou: Baschera

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nick

Duas novelas a menos, só falta a mais longa de todas. 🙂

[]’s

Corsario137

Cheque Mate!

E sim, só falta a novela mestra, a interminável e agonizante.

Marcelo Martins

Engraçado essa Beechcraft. Se tevessem ganhado, iriam tecer os melhores elogios para a USAF. Mas, como perderam, se mostram inconformados e suspeitam, novamente, da lisura do processo.
Para eles, a concorrência só é boa se eles ganharem.
A verdade é uma só: o Tucano dá de 10 a zero no avião deles.

jcsleao

“ ‘Simplesmente não entendemos como a Força Aérea pode justificar um gasto adicional de mais de US$ 125 milhões pelo o que consideramos ser uma aeronave com menos capacidades’, disse em comunicado o presidente-executivo da empresa, Bill Boisture, após perder a licitação pela segunda vez.”
Me espanta a cara-de-pau do sujeito. Essa declaração é pareo duro com a do Maduro que disse que o Chaves no céu influiu na escolha do novo Papa…

Guilherme Poggio

jcsleao disse:

Me espanta a cara-de-pau do sujeito. Essa declaração é pareo duro com a do Maduro que disse que o Chaves no céu influiu na escolha do novo Papa…

Caro jcsleao, o Boisture está literalmente jogando para a torcida dele.

Nem a mãe dele acredita nessa palavras, mas ele precisa dar uma satisfação aos funcionarios da empresa, acionistas, credores e investidores.

Nautilus

O Boisture acredita fielmente que o AT-6 é melhor do que o Super Tucano, assim como acredita quando a mãe dele diz que ele é o homem mais bonito que ela conhece, assim como o filho dele pensa que ele tem mais dinheiro do que ele realmente tem, assim como ele queria tanta mulher fora de casa como a esposa dele diz que ele tem e, finalmente, assim como ele acredita ser tão bom de cama como ele pensa que é…

Mauricio R.

Tem que ter estomago forte, mto forte.

Diegolatm

Segura essa Beechcraft, engulam essa e sem choro!

Parece que a bússola do FX-2 está apontando realmente para o NORTE agora!

Franco Ferreira

Não posso me esquecer que o primeiro ST foi comprado pelos mercenários denominados Blackwater!

Daglian

Creio que minha pergunta seja um pouco inusitada mas… nas instalações da EMBRAER nos EUA, há bandeiras do Brasil estendidas nas paredes/teto tal como o faz aqui?

Sds.

thomas_dw

a fabrica é Americana, o pessoal que trabalha la é Americano, eu imagino que na fabrica da Lenovo nos EUA a bandeira na parede nao é a da China e a musica que eles ouvem no alto falante nao é o Hino do PC da China.

na sede da Embraer, talvez voce veja a a bandeira do Brasil.

Ivan

Franco Ferreira,

Mas é bom lembrar que mercenários, como soldados profissionais
(mesmo que tenham enveredado por um caminho estranho), sabem escolher muito bem suas armas, normalmente as mais adequadas à missão.

Abç.,
Ivan.

Marcos

Daglian:

Se dentro das instalações Embraer na Florida há alguma bandeira, isso eu não sei, mas certamente há no lado de fora, em mastros, bandeiras dos EUA, do Estado da Flórida e do Brasil.

juarezmartinez

Mais uma vez certas pessoas “experts em defesa” após matarem varias galinhas pretas, acenderem velas da mesma cor e rogar todos os tipos de praga, vão ter que engolir, Tio Sam matou a cobra e mostrou o pau, agora Sra. Presidenta, conforme a senhora acordou, cumpra a sua palavra.

Grande abraço

Vader

juarezmartinez disse:
17 de março de 2013 às 20:07

Ahahaha Juarez, hoje mesmo peguei no facebook um comentário do nosso conhecido “jornalista especializado”, kkkk…

Coitado, ainda tá na fase da negação, rsrsrs…

É um escroque mesmo, hehehe…

Combates Aéreos

Atingido, mas não abatido – 1

A foto acima mostra um Mirage IIIC de Israel logo após o mesmo pousar (ou melhor, planar para o...
- Advertisement -
- Advertisement -