segunda-feira, setembro 27, 2021

Gripen para o Brasil

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de acordo com Viktor Alksnis.

O político nacionalista e veterano da Força Aérea Soviética Viktor Alksnis chamou a atenção para imagens recentes do caça-bombardeiro Su-34 Fullback na Síria, escrevendo no Facebook que os pilotos militares usaram receptores GPS comerciais durante suas operações de combate.

Imagens de 2016 mostram a cabine do jato de ataque russo Su-34 Fullback durante missões de combate em apoio às Forças Armadas da Síria no norte do país. Na imagem, Viktor Alksnis percebeu um receptor GPS comercial que foi preso com uma simples braçadeira na cabine do Su-34.

Os especialistas determinaram posteriormente que a foto mostra um receptor GPS fabricado nos EUA, desenvolvido pela empresa Garmin. Os pilotos militares russos usaram o receptor GPS da popular família eTrex Legend da Garmin.

Aparentemente, os militares russos usaram um receptor GPS americano para duplicar seus sistemas de navegação a bordo, que supostamente costumavam funcionar mal em condições reais de combate.

A Gramin diz que, com seu receptor GPS habilitado para WAAS de alta sensibilidade, o eTrex Legend localiza a posição com rapidez e precisão e mantém sua localização GPS mesmo sob nuvens pesadas e desfiladeiros profundos.

FONTE: Defence Blog

- Advertisement -

135 Comments

Subscribe
Notify of
guest
135 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro Costa

Eu procurei esse modelo de GPS (eTrex Legend HCx) para saber o valor e achei usado por pouco mais que 700 reais. O modelo em si já foi descontinuado pela Garmin. E eu realmente boto a mão no fogo pela Garmin. Já tive três GPS deles, inclusive em barcos ainda lá na década de 90 e funcionaram perfeitamente e as novas suítes de navegação comerciais, tanto aéreas quanto navais são excelentes. Os Russos estarão bem servidos quando o equipamento deles falhar.

Fernando C. Vidoto

Comprei um GPS Garmin em 2013 e continuo usando ate os dias de hoje. Recomendo !

Sobre a noticia, os EUA nem precisam fazer esforços para monitorar os Russos.

Att.

Teropode

Também tenho um , comprado em 2012 , perfeito . Esta é a diferença entre os guerreiros reais e os papagaios de pirata , falam mas não pensam !

Antoniokings

Monitorar o quê?
A saída do avião de sua base na Síria para jogar meia-dúzia de bombas em alguns terroristas e voltar para casa?
Nada muito importante ou então os russos não usariam, né?

Leonardo Costa da Fonte

Caro, se o sistema Glonass não funciona, ou não é eficiente ao ponto deles precisarem usar equipamentos de gps para uso civil, os russos têm um problema muito sério!!!!

SGT MAX WOLF FILHO

Esse modelo foi descontinuado, porque não da pra rastrear!

Luis

gps é passivo, aparelhos comprados aleatoriamente no mercado civil, nada a monitorar

Guacamole

Apenas por curiosidade, o que que os GPSs da Garmin fazem que os de smartfones não fazem?
Tava a fim de comprar um do Quatro Rodas pra por no carro porque não quero viciar a bateria do meu celular.
Já tive um da Multilaser e dessa marca, nunca mais.

Leandro Costa

Guacamole, para dia a dia urbano no trânsito não vale o investimento não, melhor smart phone mesmo. Os GPS proprietários são bons em navegação aérea, naval e para se embrenhar no mato. Os receptores são melhores e no caso de barcos e aviões, alguns modelos já vêm com as cartas de navegação aérea e marítimas atualizadas, coisa que não tem nos smartphones.

Mas para trânsito, os telefones são melhores. E realmente não compro nem mouse da multilaser, mas até que a máscara N95 deles é boa heheheheh

SGT MAX WOLF FILHO

Só que a multilaser é a única indústria nacional que temos no setor de tecnologia, acha que Americano, Chines, Alemão, Russo quer ajudar Brasileiro? O que eles querem é vender carne de segunda pra gente com preço de carne de primeira! A China era pior que o Brasil em parque industrial, nós estávamos na frente deles, ai eles investiram no ensino e na indústria nacional e olha o que ela virou! Ai vc vem me dizer mais a china é comunista e trabalha-se muito e paga mal! Ai te respondo vai no interior do Nordeste, muitos lugares pagando mal e… Read more »

Leandro Costa

E isso tudo você imaginou que eu ia falar só porque os periféricos da multilaser são porcaria?

Então, quando eles melhorarem, eu volto à comprar. E olha que já avançaram bastante ao longo dos anos, mas ainda estou fora.

Ao contrário da intelbras, que já tive dois roteadores deles. O primeiro, a quase vinte anos atrás era brabo e durou pouco. Meu atual tem uns cinco anos e funcionando muito bem. Certamente compro equipamentos deles numa boa.

E obs.: Não trabalho debaixo de ar condicionado e nem tenho nem nunca tive ar condicionado em casa.

Antoniokings

É exatamente isso o que eu faço.
Pego o meu GPS antigo e comparo com o Waze.
E quase comprei um rastreador daqueles que ficam escondidos no carro e funcionam com aplicativo de celular.
Mas, como tinha de ter um chip exclusivo, desisti.
Simples curiosidade.

leonidas

Eu não entendo a razão para dar deslike de certas pessoas.
Parece que o cara precisa negativar o comentário …

Rogério Loureiro Dhierio

Quando começa a seção risada?

Vexatório isso. O tão propagado SU-34 eu passou por modernização após a incrível campanha na Síria, sequer tem um sistema GPS eficaz a sua altura.

E o Glonass mandou um abraço!!!

Welington S.

Já já o Antoniokings, amante da Mãe Rússia, aparece para refutá-lo. Aguarde!

Pedro

Kkkkkkkkkkkkkk. Só vou me reportar após o amigo Tonho Kings se manifestar nos autos.

Agressor's

Vexatório é o banho que os eua estão levando dos chineses nas olimpíadas e no campo econômico….O choro é livre…kkk…

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Flanker

Ah é? Pode ser. …não duvido….quero saber das medalhas do Brasil…..mas, que a gambiarra com o GPS Garmin está lá, no painel do avião russo, está. …..

Marcos Cooper

Rapaz,não fala isso! Os sobrinhos do Tio Joe piram o cabeção! KKKKKKKK

Peter nine nine

Amigo, isto não tem nada haver com o equipamento russo, mas sim com o “GPS” russo, que depende de uma constelação mais limitada e, por isso, mais falha.
Sendo isto um facto, e sabendo se do jeitinho russo, a notícia em si nem é de admirar, a crítica, assim como a lição, para Moscovo, é lançar uma net de satélites mais robusta, em número e qualidade, de forma a prover um sinal livre de falhas e, assim, retirar a necessidade, por medo, de fazer uso de um serviço americano como segundo recurso ao serviço russo.

Antoniokings

Quanta baboseira.
O piloto estava calibrando o GPS com o aparelho do avião mais poderoso.
Assim, pode instalar no Lada dele.

Hcosta

Talvez o dinheiro do “torpedo nuclear tsunami” fosse melhor gasto em outras coisas mais úteis.

Helio M

Esse receptor também funciona com o Glonass. Será que o receptor deles é tão ruim que eles realmente necessitam um externo?
Daqui a pouco aparece un fanboy da Russia dizendo que isso é para garantir aos pilotos que o jamming do GPS está funcionando…

Antoniokings

Talvez esse modelo (como dito na reportagem. comercial) estivesse à venda bem mais barato que os dos russos.
E como não é lá grandes coisas, nada extremamente secreto, resolveram comprar no mercado externo.
É muito comum países usarem componentes civis e militares de outros.
Até de inimigos.
Os EUA costumam usar muitos componentes eletrônicos feitos na China

Matheus S

Eu acho que em alguns casos, vale a pena usar o GPS e não o GLONASS, o sistema de posicionamento russo seria usado como back-up no caso de alguma falha no GPS. Como você disse, esse receptor também funciona com o GLONASS. Alguns receptores modernos são capazes de usar os satélites GLONASS e GPS juntos, proporcionando uma cobertura bastante melhorada em desfiladeiros urbanos e proporcionando um tempo de resposta muito rápido devido aos mais de 50 satélites disponíveis dos dois sistemas. Em áreas internas, desfiladeiro urbano ou montanhoso, a precisão pode ser bastante melhorada em comparação com o uso apenas do… Read more »

angelo

Verdade até as torres de celular ajudam com a precisão ( a-gps) .
No Brasil deve funcionar bem temos glonass em Brasília.
Dúvida , alguém sabe se tem torre do glonass na China e beidou na Russia?
O sistema Galileu que parece estar um pouco mais lento sua implantação pois ouço falar dele a tanto tempo mais é mais difícil vê-lo no dia a dia.

Maurício.

Os A-4 da MB fazendo escola rsrsrs.

images (18).jpeg
Taso

ehehehehe

Bardini

Quem voava com GPS pendurado como esse aí era o pessoal do VF-1, antes dos A-4 passarem por modernização…

Antoniokings

É o ‘embargo’ americano funcionando.
Mas, podemos considerar como uma colaboração americana no combate ao terrorismo.

DanielJr

O melhor é o sargento de carpintaria servindo de suporte ao aparelho. Bastou achar uma borda do painel e apertar o bicho.

Marcos Cooper

Já ouvi falar da rusticidade dos equipamentos russos,mas essa foi demais…

Antoniokings

Quem nunca comprou um aparelho baratinho para testar e ver se tem o mesmo resultado de outro melhor que vc tem?
Aí vc fala: Até funciona direitinho.
kkkkkkk

Marcos Cooper

Cara,vc é doente.

Flanker

Rindo aqui, mas por dentro tá uma vergonha só…….huehuehue……..

Maurício.

Agora falando sério, usar esses tipos de GPS em aeronaves velhas e sem modernização eu até entendo, como no caso dos A4 da MB, mas em uma aeronave moderna como o Su-34 ficou feio para os russos, numa pesquisa rápida na internet é possível ver Mig-29 e Su-24 usando gps Garmin também. A USAF fornece relógios Garmin como backup de segurança para os pilotos de U-2, e a Marinha para pilotos de SH, Growler e T-45, inclusive foi um relógio Garmin que salvou a vida de uma tripulação de um Growler em 2018, sem contar que os relógios são lindos,… Read more »

JuggerBR

Vai ver é redundância com algum receptor russo integrado no painel…

Leandro Costa

Está na matéria, Jugger. É redundância caso o equipamento da aeronave falhe.

JuggerBR

Então não acho tão grave assim, redundância é isso, equipamentos paralelos fazendo o mesmo serviço. Num avião americano não vai ter gps de fornecedores diferentes?

Leandro Costa

Jugger, o sistema de GPS/GLONASS é integrado às aeronaves. No caso americano, Rockwell, Raytheon, etc., providenciam esses sistemas. Provavelmente existe redundância sim, mas provável que seja do mesmo fabricante. Nesse caso da foto, a solução é meio ‘caseira.’ Ou seja, eles não esperam ter que fazer manobras evasivas violentas por exemplo, caso contrário estariam arriscando aquele aparelho e o que usaram para fixar ele no painel, sair voando e arrebentando um monte de coisas no caminho, inclusive bater violentamente nos próprios tripulantes. Além do fato de que é um aparelho comercial, ou seja, sua precisão não é tão boa quanto… Read more »

Marcos Cooper

Gambiar…ooopsss! Acerto técnico à moda russa.

Jadson Cabral

Num avião americano vai ter vários equipamentos de vários fornecedores, mas vc não vai ver um piloto americano amarrar um receptor de glonass de 100 dólares no painel de um F-15 pq não confia no GPS, pq caso você não tenha entendido é isso que diz a matéria.

Teropode

O comandante frisou isto , o aparelho deles falhava com grande frequência , tá no post … não se trata de uma só moles redundância , passou a ser utilizado após falhas frequentes do outro .

sergio

Eu sempre fui critico dos Russos por se nos videos de testes de suas novas armas sempre mostra o lançamemento, e nunca o acerto, mais agora que vi que a tecnologia de GPS e Americana estou maios propenso a acreditas na precisão dos sistemas deles!!!

Teixeira

Um avião de ataque com toalete e cozinha, tão completo, acho que é normal ter dois sistemas de navegação.

Maurício.

Teixeira, não sei se você está sendo irônico, mas o “toalete” do Su-34 é um papagaio, e a “cozinha” é uma garrafa térmica.
Já, já o Bardini aparece aqui indignado rsrsrs.

sergio

Normal se vc for aliado, mais no casso Russo que tem seu próprio sistema, não e normal não, sem falar que se os Americanos Descobrem isso em tempos de guerra, eles alteram a sincronia do sistema em tantos graus, que ao invés de bombardear Washington os SU-34 não bombardear Pequim.

Jadson Cabral

Essa foi otima kkkkkkkkkk

Alexandre

É preciso lembrar que os estadunidenses e seu aliados operam tanto no espaço aereo quanto em território sírio e são totalmente dependentes do GPS para suas ações. Para os russos ,ter um GPS instalado é saber que em caso de interferência no glonas eles não ficarão as cegas a não ser que os próprios estadunidenses e seu aliados também fiquem.

Hellen

Normal usar GPS americano,na Síria tanto Israel quanto estados unidos devem dificultar a vida dos russos com guerra eletrônica violenta tentando bloquear o sinal do glonass,comunicação,guerra de sinais !!!!

XFF

Exatamente!

Se os Russos estivessem interferindo no sinal do GPS, os EUA usarão o sistema russo Glonass para navegar em caso de necessidade.

Nilton L Junior

Faz sentido, não tinha pensado nisso, até porque a Síria é infelizmente um “laboratório” para aperfeiçoamento de doutrina.

Leandro Costa

XFF se usarão sistema Russo de navegação via satélite em caso de necessidade, parece também ser uma resposta negativa.

Os EUA andam trabalhando a algum tempo em diversas alternativas para o GPS. Existem N variações sendo estudadas, mas pelo menos a Honeywell acredita ter um sistema pronto para entrega em 2023.

Rommelqe

Com certeza!!!!!!

XFF

Esse Defence Blog é um site Ucraniano. Eles adoram difamar e ridicularizar a Rússia.

Pilotos profissionais tem que aprender a usar todos os tipos sistemas de navegações que existem, independente de países de origem.
Em caso de bloqueio ele tem que esses outros sistemas de de navegação que não seja russo, podendo ser chinês, EUA , Europeus ou Indianos. Duvido que os pilotos dos EUA não utilizem o sistema de navegação russo pra treinar.

José

Zona Militar
DefenseRomania
Press.lv
The Jamestown Fundation
Free Europe

A turma fanboy atribuindo isso a Viktor Alksnis.

Primeiro procurem saber quem é esse Viktor, depois tirem as conclusões.

Kkkkkk

Teropode

Sentiu o golpe ! 😬😬😬😬😬

Leandro Costa

Hmmmm… pois é… mas não. Pelo menos não dessa forma. Custo em ver uma força aérea profissional que use grampo sargento no painel de instrumentos para segurar outro instrumento, comprado em uma loja, para servir de backup para navegação aérea. Mas é aquele negócio… usa-se o que se tem para ações reais. Eu lembro que na década de 90, acho que o Globo Reporter ou algum programa assim, fez um programa sobre a FAB. Mostrou a EDA fazendo um traslado para os EUA para participarem no circuito de shows aéreos de lá. Mas o T-27 não tinha GPS. Os aviões… Read more »

grampo-sagento-tipo-c.jpg
Marcos R

gambiarra nível hard, imagine essa peça de ferro fundido escapando em uma manobra de 5 ou 6 g…

José de Arimatéia

Sabe me dizer se tem esse episodio do Globo Reporter no youtube?
Lembro que assisti isso na época que passou na tv. Acho que foi em 93.
Gostaria de rever.

Leandro Costa

José, infelizmente não sei informar. Na época eu gravei em VHS porque também falava do 1º GAvCa na Itália. Vou procurar.

Flanker

1992 ou 1993

Leandro Costa

José, achei!

https://www.youtube.com/watch?v=T83Ju2XLai8

Quando ele fala do GPS está logo no início do video 2, é só seguir a indicação desse aí.

o vídeo que eu tinha gravado era outro. Esse aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=SwNHjT2-qdU&t=19s

José de Arimatéia

valeu.

Emmanuel

O caçinha da mãe Rúçia usando tecnologia americana pra não se perder.
ha
ha
ha
A piada do ano.

Wagner

Fake news, site ucronazi.
Site ucraniano.
Nada que a Ucrânia fala é verdade.

Emmanuel

Nem a Rússia, nem a China, nem os Estados Unidos…
Só o Brasil.
Eu acredito nas duas frotas e 30 fragatas de 6mil toneladas.
Só não sei de onde vai sair dinheiro. rsrsrsrs

Leandro Costa

Mas no caso o site só replicou uma postagem no Twitter de um político nacionalista Russo que inclusive é ex-piloto militar.

Marcos Cooper

Fake newssss????? Tem certeza?
Entendi. Deve ser um Photoshopóvisky….

Last edited 1 mês atrás by Marcos Cooper
Fernando

Sputinik e suas reportagens são uma piada comparada com os jornais ucranianos que aumentam qualquer coisa em 1000%!

Flanker

Pode ser….não duvido, mas que a imagem mostra o receptor GPS…..ah, isso mostra……

Teropode

Bateu o desespero nos russos de plantão , que pena 😂

Flanker

Eu não sei se esse site é nazista, fascista, comunista, socialista, capitalista, ou qualquer outro “ista”……mas, a imagem do receptor GPS, bem comunzinho, afixado no painel da aeronave russa está ali……

Zeca

Dá nada, a NASA usa foguetes russos até hoje.

JuggerBR

Alemães nazistas, na verdade…

Jadson Cabral

Usa?

Fernando C. Vidoto

Os americanos usam o foguetes russos quando precisam. A parceria começou quando a Russia estava quebrada financeiramente apos o encerramento da URSS.

Os russos não tinham grana direito para manter as suas nukes com boas condições de estoque(com perigo de explosão por falta de manutenção).

Ai os yankes deram uma mãozinha, financiando alguns programas de lançamento espacial dos russos (dai o motivo da Russia fazer parte da do programa da ISS)

A historia +- essa, vi em algum vídeo no youtube… basta dar uma googlada para maiores detalhes.

Att.

Jadson Cabral

Na vdd a NASA passou a lançar seus astronautas e cargas para a ISS depois que aposentaram o ônibus espacial e ficaram sem meios, agora, depois do contrato fechado com a SpaceX o contrato acabou.
Até onde eu sei a ULA ou outra empresa tem um foguete que usa motores russos, mas é só.

DSC

???
Isso não é verdade.

A ULA (não a NASA) que é uma joint venture entre a Lockheed Martin e Boeing, usa o MOTOR russo RD-180 no primeiro estágio de seu foguete Atlas V. Apenas isso.
https://www.ulalaunch.com/rockets/atlas-v

O novo foguete da ULA sucessor do Atlas V, e que está atualmente em desenvolvimento, o Vulcan Centaur, terá em seu primeiro estágio um par de motores BE-4 fabricados pela Blue Origin.
Seu primeiro lançamento acho que será no inicio de 2022…

Last edited 1 mês atrás by DSC
Jadson Cabral

Com motores da Blue Origin não sei não, viu… O Jeff Bezzos só enrola e não entregou os motores ainda que já deveriam ter sido entregues a muito tempo para começar os testes. O Elon Musk até alfinetou ele perguntando ao Ceo da ULA se ele não queria alguns motores quando ele foi visitá-lo

Zorann

Não vejo problema algum. Aliás o pragmatismo é uma característica russa. Parabens aos russos por resolverem um problema com simplicidade, respeitando o contribuinte.

Se fosse nos EUA, iam fazer toda uma concorrencia para desenvolver algo caríssimo de alguma empresa que fez lobby, para se gastar uma fortuna com isso.

Um simples GPS comercial resolve o problema.

Leandro Costa

Não sei quanto à você, mas se isso fosse na FAB eu ficaria bem P da vida. Por que o equipamento embarcado não poderia selecionar entre ambos os sistemas em caso de necessidade? Por que o mecânico usou um grampo de carpintaria que pode voar longe assim que a aeronave fizesse manobras mais violentas, já que obviamente não é feito ser usado para prender algo ao painel de uma aeronave, muito menos de alta performance e que pode colocar em risco a segurança do vôo? Por que o sistema embarcado precisa de um backup comercial para não me deixar na… Read more »

Zorann

O avião estava na Síria em operações reais e eu preciso de um GPS, sei lá por qual motivo. Vou mandar o avião de volta para a Rússia para resolver? Vamos abandonar a missão de combate? Nem sabemos o motivo. Grampo de carpintaria sair voando? Só se for os que você prende. Lógico que é responsabilidade com o contribuinte e vou mais além: é responsabilidade com o cumprimento da missão. O problema foi resolvido de uma forma simples, e ao que tudo indica, eficaz. Se um avião brasileiro um dia voar em combate e cumprir a missão, pouco me interessa… Read more »

Leandro Costa

Zorann, eu não me importaria (tanto) em adotar soluções como esse caso estivessem em uma base avançada, sob fogo, com as linhas de suprimento sendo constantemente acossadas, obrigando à soluções precárias para problemas operacionais. A história está repleta de ‘field mods’ que surgiram para sanar necessidades no campo de batalha. Mas não é esse o caso. No momento em que o equipamento mostrou-se não confiável, uma solução de campo, mesmo que longe do ideal, poderia ser adotada com um nível maior de segurança. Em que pese que o armamento sai lá da Rússia, faz todo aquele caminho até a Síria,… Read more »

MFB

Parabéns aos russos? Meu Deus do céu kkkk

Rodrigo Martins Ferreira

Eu já vi várias fotos do Su25 na Síria operando com ele. Não é novidade… No mundo real, tudo que for auxílio está valendo. A missão precisa ser cumprida e os pilotos e aeronave voltarem a salvo. Mas não deixa de ser engraçado. Na hora que precisa de algo que funcione de verdade, pegam um modelo de caminhada da Garmin e civil ainda por cima, com precisão degradada em comparação ao sinal militar. Para finalizar.. O passapanismo normalizando a situação e elogiando o pragmatismo russo já está comendo solto.. Agora… Se aparecesse em um avião da USAF um Garminvisk o… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Martins Ferreira
Bruno Vinícius

Aaaaa se fosse o F-35 com uma gambiarra dessas….

Antoniokings

Mas o F-35 ‘voaria’, jogaria umas bombas em uns barbudinhos sem armas anti-áereas e voltaria para o hangar para um mês de manutenção.
Melhor esquecer.

Rodrigo Martins Ferreira

Pelo menos ele consegue chegar lá e voltar por si só, não precisa colocar uma “bandeja” soldada no painel, como os antigos toca-fitas.

Helio Eduardo

Tá legal, já arrebentei de tanto rir…
Depois, resolvi colaborar com a piada: afinal, agora acredito nos mega blaster super ultra misseis russos infalíveis desde a prancheta. Com certeza, em cada cabeça de guerra há espaço para um Garmin, desde que produzido na China, porque eles jamais comprariam um made in usa ……

Last edited 1 mês atrás by Helio Eduardo
Nilton L Junior

Parabéns aos Russos, nada como conferir equipamentos de adversários para apurar sua eficácia e eficiência, agora só falta aparelho com o Beidou.
Pergunta aos vira latas, quando fica pronto a rede curupira??

Rodrigo Martins Ferreira

Velho…

Testando GPS civil com sinal degradado ? Conta outra…

No ML você acha o modelo.

Antoniokings

Diversão do piloto russo ou estava ‘calibrando’ o GPS com os poderosos sensores do Sukhoi para instalar em seu Lada Niva.
Assim, pode sair da Base de Hmeimim para passear com tranquilidade.

Flanker

Poderosos sensores do Sukhoi que precisaram do auxílio de um Garmin de uso civil? Poderosos….sei…ahãm….

Nilton L Junior

Pois então Kungs, é só os Russos que fazem isso os outros não fazem, são usuário made in kkkkk, toca o barco.

MAB

Toninho da lua não comentou nada. Que rapazinho imparcial !

Com certeza solução se vira nos 30, sem firulas.

Antoniokings

É que vc não sabe.
Essa é mais uma ‘tecnologia disruptiva’ dos americanos.
Adorei esse termo.

Heinz Guderian

Cadê o kings? kkkkkkkkkk

Antoniokings

Meus comentários ficam retidos.
Mas, creio que os russos estavam apenas comparando seus poderosos aparelhos com um simples aparelho comercial americano.
Curiosidade mórbida, típica dos eslavos.

Marcos Cooper

Ou vc é muito ingenuo ou burro mesmo pra fazer um comentário desses! Comentários com base no “eu acho” ou baseado no sentimento de amor à “mãe Rússia “,que m3rd@ é essa?
Ou vc é somente um palhaço que vem aqui tumultuar o ambiente

Flanker

Aceita que dói menos, Xings. ….

100nick-Elã

Era tanta notícia da Rússia de novos armamentos, testes, etc, que o Aéreo postou essa reportagem, provavelmente fake, com o intuito de “dar uma moral” para os americanófilos. Por exemplo, hoje mesmo entrou em operação um submarino novíssimo, nuclear, da Rússia, sem similares no mundo. Foi noticiado no Naval?

Rodrigo Martins Ferreira

Mas a navegação dele usa GPS Garmin tb ou ainda está no sextante ?

Antoniokings

Prezado 100nick

Deixe esses fanboys acharem que os russos vão bombardear os americanos usando um GPS comprado na feira do Paraguai.

Flanker

Se abracem e chorem…….como a “mãe rússia” faz uma coisa dessas com vcs?? Isso não é mãe!!! Hehehehehehe

Last edited 1 mês atrás by Flanker
Flanker

Minha cara senhora, pode ser verdade tudo que vc falou? Pode ser, ou não. Mas, verdade é o GPS do ML amarrado no painel do Su-34…..o mundo é redondo……tudo que vai, volta…….aceita que dói menos…..hehehehe

Antoniokings

Pegadinha do ‘Mallandro’ para bombar na ‘net’.
Tolinho.

Flanker

Ahãm….vai repetindo até tu acreditar…..kkkkkkkkk

Fabio Araujo

O sistema Glonass não funcionava bem na Síria naquele ano?

Phenix

Uauuu… Eu também uso esse super GPS no meu Cessna 172. Estou me sentindo um piloto russo agora rs

Andre

O pior são as viúvas do stalin dando desculpas.

O motivo de usar o gps comercial americano está no texto: “…GPS americano para duplicar seus sistemas de navegação a bordo, que supostamente costumavam funcionar mal em condições reais de combate.”

Funciona mal em condições de combate.

Pelo menos dessa vez não da para culpar o operador.

Hcosta

Não precisam. Desde que tenham misseis hipersónicos e outras armas espetaculares. Querem lá saber se a maior parte do seu equipamento militar está ultrapassado.
Não havia alguém a comentar a baixa produção do Armata como uma coisa boa?

XFF

Pra quê produzir Armata em em grande quantidade se a Rússia possui dezenas de modelos tanques de combate em operação e produção?. Rússia tem vários modelos de tanques em operação, como modelos T90M, BMPT-72 Terminator, T-80 ,T72 modernizado e vários outros modelos. Esses modelos de tanques são mais do que suficientes para enfrentar qualquer guerra atualmente. Mesma coisa para caça Su-57. A Rússia tem vários modelos de caças em produção e operação que não haveria sentido acelerar a produção do SU-57, pois a Rússia têm modelos da Sukhoi e Mig disponíveis em quantidades para guerra. Além disso, a Rússia não está em… Read more »

Last edited 1 mês atrás by XFF
Hcosta

Está a ser irónico ou a falar a sério?
O T72 já tem 50 anos e foram modernizados, algo muito diferente de estarem atualizados.
A ideia é substituir esses modelos todos pela família Armata, onde inclui outros blindados para além dos MBT’s. Era uma boa iniciativa para modernizar o exército. Mas devem ter outras prioridades.

Andre

Hcosta, parece piada né? Só falta falar que não precisamos do gripen prq temos uma boa quantidade de f5…

Antoniokings

Vc tem de se convencer que os EUA ficaram para trás.
Não bastasse China e Rússia estarem produzindo armas mais sofisticadas que as americanas, as estão construindo em maior quantidade.
Enquanto vc vê o arsenal chinês, por exemplo, crescendo de maneira incrível, vc vê os americanos cortando 1.000 aqui para investir 500 acolá.
Evidentemente que essa equação não vai dar certo para os americanos.
Em tempo: Isso já foi avisado aqui há um bom tempo.
Conforme-se.

Flanker

Não desvia o foco……Os Garmin tão lá, no painel dos aviões russos, amarrados com elásticos…..huehuehue…..para com essa bravata de “o meu é maior que o teu”……

Andre

A Russia está construindo armas mais sofisticadas e em maior quantidade?

Que tipo de delírio é esse??

UMA unidade de su57 entregue, e sem motor, sem ser VLO. 3 dúzias de Armata. Avião com GPS civil. Seu míssil de cruzeiro supersônico segue em testes, assim como o americano.

Sem falar na marinha russa, com aquela porta aviões padrão São Paulo.

Sem contar que você insiste em colocar a China de baba da Russia. Talvez quando a Russia perceber que não vai dar conta de fazer um avião de 5 geração e comprar o J31…

XFF

Rapaz, você deve ter 15 anos, não sabe o que está dizendo…

Hcosta

Uma coisa que não sou é adivinho.
É a idade do t72 ou a baixa produção de veículos modernos?

Andre

Você foi muito bonzinho usando “baixa produção”. UM por ano não deve nem ser isso…

Wagner

Kkkkkkkkk
Pode isso, Arnaldo???

José

A regra é clara!
Mesmo não tendo precisão militar serve para ter noção do que os inimigos e vizinhos então vendo.

Teropode

Se isto te faz bem , tudo bem !

MestreD'Avis

Estes comentários já não são de um site de assuntos militares mas sim de um clube de comédia. Há poucos dias atrás soubemos através dos comentadores do PA que os EUA estão na idade da pedra porque um teste de um novo missil não cumpriu a 100% os requisitos. Hoje descobrimos que um GRAMPO a segurar um GPS COMERCIAL num cockpit de um caça é normal e tem 1000 desculpas para estar desse modo Eu nem critico porque os pilotos sabem melhor que eu as necessidades deles mas o contorcionismo dos comentadores devido ao fanatismo por alguns paises torna comentar… Read more »

Maurício.

Os chineses, no jh-7 além do GPS Garmin ainda “tacam” um tablet só pra garantir rsrsrs.

EMKFLxRX0AIlTWM.jpeg
Maurício.

Os próprios americanos gostam de uma “gambiarra”, aqui no U-2, mas, pelo menos é americano usando equipamento americano, e não russo, aí não fica tão feio

Last edited 1 mês atrás by Maurício.
Maurício.

Aqui no U-2, esqueci de anexar a imagem antes.

20210803_115834.jpeg
Leandro Costa

O que eu acho interessante notar é que tanto o JH-7 quanto o U-2, A-4 e T-27, além de serem aeronaves relativamente antigas, todas elas tiveram um suporte para o GPS que aparentam ser bem feitos, bem mais seguros.

Acredito que depois da modernização anunciada para os Su-34 a necessidade de uso de um aparelho de GPS comercial como backup seja sanado.

Maurício.

Leandro, a gambiarra feita pelos russos nesse su-34 ficou pavorosa mesmo, e pior que na internet tem bastante imagens de mig-29 e Su-24 com esse tipo de gambiarra mas com um “cuidado” maior na “instalação”.
Talvez no caso desse Su-34 não tiveram tempo de adaptar um suporte melhor, mas antes os pilotos terem levado no bolso do que isso que eles fizeram, ficou feio, desleixado.
Aqui um su-24 com um suporte “menos feio” rsrsrs.

EMKFLUTXUAEm_GE.jpeg
Maurício.

Leandro, até no “moderno” mig-29 para a Índia, os russos deram uma “testada” antes com um Garmin.

8688941361_26500e3b87_z.jpg
Leandro Costa

Nesses ficaram BEM melhores mesmo! Nada da possibilidade de sair voando com qualquer manobra.

Agora meu questionamento é se existe fabricante Russo de GNSS comerciais.

Marcos Cooper

Aqui no meu VW. Até a Volks tem uma coisa melhor….kkkkkkkkkk

VW-Polo-interior.jpg
Munhoz

Alguém ai já pensou que pode haver outro motivo para o uso deste aparelho ? Tipo assim, eles podem estar usando um modelo civil com recepção do sinal mais fraco para evitar um possível rastreamento, e só vão usar o modelo militar na fase final do ataque por exemplo, ou então mais simples ainda eles estão apoiando grupos sírios em terra que usam o mesmo modelo então eles precisam estar em sincronia, o que não seria possível com um modelo mais preciso. Eu acho obvio que eles devam ter receptores mais potentes, principalmente em aparelhos de ponta como esse, acho… Read more »

EdcarlosPrudente

Auxilio a navegação e só, não há qualquer integração ao armamento, não duvido ser de propriedade pessoal de algum dos tripulantes.

Últimas Notícias

Pentágono e Lockheed Martin acertam novo programa de produção do F-35

Cronograma atualizado garante previsibilidade e estabilidade da produção FORT WORTH, Texas, 27 de setembro de 2021/PRNewswire/ - O F-35 Joint...
- Advertisement -
- Advertisement -