Home Aviação de Ataque Chile adia o programa de modernização dos F-16

Chile adia o programa de modernização dos F-16

3178
156

Segundo o site infodefensa.com, o subsecretário de Defesa Nacional do Chile, Cristian De la Maza, informou que o programa de modernização dos aviões de caça e ataque Lockheed Martin F-16 da Força Aérea do Chile (FACh) foi adiado por causa da emergência sanitária de coronavírus.

O Departamento de Estado dos EUA tinha aprovado uma possível venda militar estrangeira ao governo do Chile de equipamentos e serviços relacionados à modernização do F-16 por um custo estimado de US$ 634,70 milhões.

A Agência de Cooperação em Segurança de Defesa (DSCA) entregou no dia 23 de julho a certificação exigida, notificando o Congresso sobre essa possível venda.

Subscribe
Notify of
guest
156 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo M.
Leonardo M.
17 dias atrás

Melhor juntar uns trocados a + com a venda de minério e já pedir 2 esquadrões de F-35

Samuel
Samuel
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

E continuar dependendo dos EUA pra usá-lo kk

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Se juntar mais um pouco podem ir de X-wing ou Tie fighter, a depender do gosto.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Fernando Turatti
17 dias atrás

Caro Fernando. Se juntar um pouco mais seria possível ampliar o tratamento contra a Covid19.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Você acha que é só comprar os aviões,colocar no hangar e está tudo certo,né?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Caro Leonardo, o melhor seria juntar uns trocados e comprar máscaras, distribuir renda, comprar suprimentos para UTI.

Anthony
Anthony
Reply to  Camargoer
17 dias atrás

Sério!…. Chega a cansar (p não dizer enausear), ler suas “opiniões”(diarreias mentais), Camargoer…

Verdadeiramente… Me “esforço” a acreditar que alguém lhe de creditos

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Anthony
17 dias atrás

Caro Anthony. Um bom debate se faz por meio de argumentos substantivos, concordando ou discordando das ideias.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Anthony
14 dias atrás

Outro dia , respondi a este Pazzo , depois retirei , mas ele parece fazer questão de se mostrar um Stronzo ! Camargoer és uma Piada , estas perdido na vida !

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  jose luiz esposito
14 dias atrás

Caro José. Não faça do debate de ideias uma questão pessoal.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Camargoer
17 dias atrás

Camargoer

O Chile, que durante anos passava a imagem de um País próspero e equilibrado, na verdade criou, desde a década de 1970, uma legião enorme de pessoas pobres, sem recursos e desassistida pelo Estado.
A gravíssima situação dos aposentados por lá mostra o descaso do Governo com eles e a perversidade do modelo implantado dessa parte da assistência social.

glasquis7
Reply to  Antoniokings
17 dias atrás

Por favor, pense um pouco antes de postar ou tome o seu remédio antes de ligar o computador.

Edmilson Sanches
Edmilson Sanches
Reply to  Antoniokings
17 dias atrás

Morei 3 anos no Chile e vou la com frequencia. La não é essa maravilha que falam. A famosa previdência deles não funcionou e aposentados estão passando dificuldades.

glasquis7
Reply to  Edmilson Sanches
16 dias atrás

Isso é verdade. O sistema previdenciário tem uma série de problemas mas, o Chile continua a ser o país com um dos Maiores IDH da região. A previdencia é apenas uma parte do país. não pode julgar por isso.

Me diga quando e aonde vc morou no Chile?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Engano seu.
Não é só na questão da aposentadoria.
O sistema de saúde pública no Chile é deprimente.
Até a BBC de Londres publicou um artigo cujo título é: A dura realidade da saúde pública no Chile: ‘Se você não tem dinheiro, morre’.A Educação, então, nem se fala.
Com os massivos protestos populares, o Governo foi obrigado a estatizar o ensino superior que era extremamente caro e, consequente, elitista.

J R
J R
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Por mais liberal que qualquer um seja, três áreas tem que ficar com o estado, saúde, educação e segurança, a educação obrigatoriamente até o ensino médio, a superior poderia ser suprida com bolsas, seria até mais barato.

Glasquis7
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Não, não é engano meu.

A saúdo do Chile Segundo a OMS:

https://www.edicionmedica.ec/secciones/latinoamerica/-cu-les-son-los-mejores-sistemas-de-salud-de-am-rica-latina–90453

Segundo o informe, Cuba e Chile estão à frente na América latina quanto a Saúde Pública, sendo o Chile o país com a mais alta esperança de vida.

Já sei “OMS comunista mente!”

El PAIS:

“Chile tiene la sanidad más eficiente de Latinoamérica; Guatemala, la menos”

https://elpais.com/elpais/2018/08/29/planeta_futuro/1535496394_304932.html

PANAM POST:
Ranking de sistemas de salud en América Latina: Chile es líder y Perú la revelación”

https://es.panampost.com/diego-sanchez/2017/05/26/chile-es-lider-y-peru-es-la-revelacion/

Saude.jpg
Glasquis7
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Educação Pública no Chile

PISA Matemáticas.jpg
jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Glasquis7
14 dias atrás

Nós aqui tínhamos uma das melhores Educação do mundo , não era para todos , então passamos a Pior, e Para Todos !

Glasquis7
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Educação Pública no Chile. Ciências

PISA Ciencia.jpg
Glasquis7
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Educação Pública no Chile. Leitura

PISA Lectura.jpg
Glasquis7
Reply to  Antoniokings
16 dias atrás

Educação Pública na América Latina segundo a OCDE

https://www.bbc.com/mundo/noticias-internacional-50643441

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Glasquis7
16 dias atrás

Não se preocupe muito apenas com o Chile, pois o problema da aposentadoria está grave no Brasil e se agravando muito nos EUA, como esperado.

https://www.marketwatch.com/video/sectorwatch/80-of-older-americans-cant-afford-to-retire-covid-19-isnt-helping/61AD778B-C50D-4EC0-A82F-2942D613BC47.html?mod=home-page

Glasquis7
Reply to  Antoniokings
15 dias atrás

Sim maso que vc postou sobre a saúde e a educação públas no Chile é falso.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Como nos EUA !

Edmilson Sanches
Edmilson Sanches
Reply to  glasquis7
14 dias atrás

Em Puente Alto,na Grande Santiago. Meu ex sogro aliás,mora la e trabalha na FAMAE,fabricante de armas chilena.

Glasquis7
Reply to  Edmilson Sanches
14 dias atrás

Grande Puente Alto, Tenho família que mora no setor Alto de Puente Alto.

Pergunta pro teu sogro como é FAMAE

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Edmilson Sanches
14 dias atrás

O problema do Chole e de todo o continente conhecemos , mas sempre o brasileiro que vivi em um Paós regalo de Deus , pensa que o que dizem das maravilhas lá de fora , são verdadeiras

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Antoniokings
14 dias atrás

Camnargoer creio que nunca chegaste a conhecer Cascadura e em español Rojo é Vermelho sabias, a cor de sua cartilha .

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  jose luiz esposito
14 dias atrás

Olá José. Acho que você precisa explicar melhor o que escreveu. Cascadura seria o bairro do Rio de Janeiro? O que cascadura tem a ver com vermelho?

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Se o governo americano permitisse algum país da região ter uma arma de primeira linha, até poderia ser se alem do dinheiro da compra elew tivessem como manter o que comprar.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
17 dias atrás

Olá Cristiano. Não faz sentido aquisições militares baseadas na simples importação em um cenário de retração econômica mundial.

Fernando Turatti
Fernando Turatti
Reply to  Camargoer
17 dias atrás

Até faria sentido… Se eles já literalmente não tivesse a supremacia aérea na vizinhança inteira com vetores que durarão tempo o bastante pra esperar a poeira da crise baixar.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Fernando Turatti
17 dias atrás

Caro Fernando. O contexto geopolítico da América do Sul não é de corrida armamentista, nem o Chile está envolvido em algum conflito, nem a FACh está obsoleta (como estava a FAB durante a primeira Cruzex). Há poucos meses o Chile adquiriu fragatas australianas por quase US$ 200 milhões, um valor bastante alto para qualquer país latino americano. Todos os países sensatos estão adiando compras externas de material militar frente no contexto da atual epidemia de COVID 19.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Camaergoer
16 dias atrás

Amigo, não foi 200 milhões, na verdade, o chile pagou uma mixaria por essas fragatas, em torno de 70 milhões de dólares pelas duas, sendo que 20% foi para treinar os marinheiros do chile na operação da mesma. Então o preço de cada fragata ficou em menos 30 milhões de dólares!
Por esse preço ridículo, certamente vieram desdentadas e serão rainhas da doca!

https://www.eldesconcierto.cl/2020/04/24/chile-compra-dos-buques-de-urra-dados-de-baja-en-plena-pandemia/

Glasquis7
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

MENTIRA!

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Caro Alexandre. Foi bastante difícil encontrar os valores pagos pelo Chile. Acho possível que o Chile tenha negociado os valores com a Austrália (isso é comum). Assumindo o valor de US$ 70 milhões, ainda assim é bastante alto para uma aquisição militar em período de crise como o atual. Apenas para comparação, o A140 custou cerca de US$ 100 milhões, incluindo a docagem do navio e o treinamento da tripulação. Acho que seria muito difícil o Brasil fazer uma compra similar no atual contexto de pandemia.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Só para te informar, os EUA nunca liberaram a venda de armas de primeira linha para a america latina desde a segunda guerra mundial e durante a guerra fria contra a união soviética e o continente com países governados por ditaduras de direita caçando comunistas pela rua.
O qie os faria fazer algo de diferente agora?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Leonardo M.
17 dias atrás

Aí, o Chile terá dois problemas:
1) Arrumar dinheiro para comprar os F-35, visto que estão sem dinheiro até para atualizar os F-16;
2) Se conseguir comprar, não terá como manter ou consertar os infindáveis problemas apresentados pelo F-35 que devem ser caríssimos.

Gabriel
Gabriel
17 dias atrás

“Hoje não…hoje não…hoje sim”!

Gol do “politicamente correto” contra o Chile!

Primeiro um “pacote de modernização água na canela”, agora o cancelamento do mesmo devido a “emergência sanitária”.

É o Chile “mais Argentina” dos últimos 20 anos…kkkk

rui mendes
rui mendes
Reply to  Gabriel
14 dias atrás

Não sei de que te ris, já que o Chile está melhor em meios militares, que o teu país.
Se és daqueles, que te enganas a ti próprio, força, continua.

Fabio Araujo
Fabio Araujo
17 dias atrás

Depois dessa pandemia vamos ter muito trabalho para voltar aos trilhos, muitos países vão estar quebrados.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Fabio Araujo
17 dias atrás

Olá Fábio. Todos os países terão que revisar sejas prioridades e implementar ações de incentivo econômico pela ampliação da demanda. Assim como ocorreu em 2008, será preciso uma ação coordenada dos países.

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Camargoer
17 dias atrás

”Estimular a demanda” não resolve problema algum. Não é tão simples assim… Um monte de gente recebendo caminhões de dinheiro e comprando desenfreadamente gera inflação e uma nova bolha econômica.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Tamandaré
16 dias atrás

Olá Tamandaré.A indústria está com quase 59% de capacidade ociosa. Não vai ter inflação porque a indústria tem capacidade de atender a demanda. Inflação acontece quando a indústria atinge o teto de produção e a demanda continua crescendo.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Fabio Araujo
17 dias atrás

Tal trabalho já teriamos pois já estacamos quebrados. Agora pense fazer isso com politicos defendendo o fim das relações de livre comércio mundial, nacionalização da produção de tudo o que o país precisar e contra a união de países ou regiões para melhor se saírem nas relações geopoliticas?

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
17 dias atrás

Em resumo, usam valores conservadores ocidentais para acabar com tudo aquilo que levou ao progresso e universalização dos valores ocidentais. E colo a união europeia e os países que estão entrando agora. Mudam de lado pela promessa de prósperidade econômica e liberdade más são descriminalizados por querer justamente o que foi prometido. Ai fica dificil.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
17 dias atrás

Olá Cristiano. Há uma queda da demanda em escala mundial devido a ampliação do desemprego e da incerteza para a tomada de crédito para consumo. O comércio exterior também foi afetado. Sera preciso uma política de recuperação baseada em compras públicas, incluindo a contratação de obras de infraestrutura como meio de geração intensiva de emprego.

glasquis7
Reply to  Fabio Araujo
17 dias atrás

Com certeza sim mas, acho que este aiamento obedece mais à falta de aprovação do atual governo do que à real falta de dinheiro.

Alexandre
Alexandre
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Não falta dinheiro no Chile? E por que o Chile pediu cerca de 26 bilhões de dólares ao FMI?

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

E é só no Chile???
Os USA e o UK, e são só exemplos, pois não foram só eles, ligaram as impressoras e foi só pintar papel.

Marcos10
Marcos10
17 dias atrás

É um adiamento. E se duvidar, atualizam os deles antes dos nossos. Quantos anos mesmo para modernizar os AMX, F5 e A4?

Mauro
Mauro
Reply to  Marcos10
17 dias atrás

Gripen E com Meteor faz picadinho desse F16 “modernizado”.

glasquis7
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Nunca vi os Gripen em combate como para ver se isso realmente é fatível.
Por gentileza, poderia publicar os links pra analisarmos esses dados?

Alexandre
Alexandre
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Vc já viu os caças F 22 em combate? e os F 35? já abateram algum outro caça?
Então podemos dizer que F 22 e F 35 não prestam!
Por outro lado, um F 16 da Turquia manda um abraço do fundo do mar depois de ter enfrentado um Mirage 2000-5 da Grécia.
E um F 16 do Marrocos manda outro abraço depois de ter sido atingido e derrubado por um combatente do Iêmen calçado com sandálias havaianas!

Glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

“Vc já viu os caças F 22 em combate? e os F 35?” Já, na Síria e os F 35 já entraram em combate em Israel. “Então podemos dizer que F 22 e F 35 não prestam!” Bom, aí já é vc que está falando, além do mais a sua compreensão de leitura está bem medonha. Eu postei claramente: “Nunca vi os Gripen em combate como para ver se isso realmente é fatível.” O restante sobre se prestam ou não, já é coisa sua. Sempre inventando palavras pra por na minha conta. Mas, de todos esses caças que vc citou,… Read more »

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Marcos10
17 dias atrás

Aeronaves que nem deveriam ser modernizadas diga-se de passagem.Os AMX já deveriam estar sendo substituidos por alguma outra aeronave exclusiva para a função.Os F-5s já deveriam ter virado sucata há décadas.E os A4,sobre esses não vou nem falar nada.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Marcos10
17 dias atrás

Olá Marcos. São programas muito diferentes. A FAB esperava adquirir seu primeiro lote de caças novos por volta do ano 2000 no FX, que foi adiado e depois cancelado. Ao mesmo tempo, ocorreu a primeira Cruzex que mostrou quão grave era a situação da FAB. A modernização dos F5 da FAB foi feita neste contexto visando dar a FAB capacidade BVR e datalink. A situação da FACh hoje seria bem mais confortável que era a da FAB 20 anos atrás.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Marcos10
17 dias atrás

Estranho e ainda querermos atualiza caças que seram substituidos por caças novos.

Ted
Ted
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
15 dias atrás

País rico é assim! Ficamos queimando dinheiro por diversão.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
17 dias atrás

Sensatos.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Heinz Guderian
17 dias atrás

Olá Heinz. Concordo.

Gabriel
Gabriel
17 dias atrás

(Acho que o comentário anterior ficou retido)

Resumo da informação: o Chile sendo “Argentina”: cancelada uma reforma “meia boca”, para parecer “correto” devido a pandemia.

Espero que seja um episódio “esporádico” apenas, na política chilena.

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Gabriel
17 dias atrás

E bota meia boca nisso!

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Gabriel
17 dias atrás

É o jeito América Latina de se “congregar para a batalha”.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Gabriel
17 dias atrás

Olá Gabriel. Os dados da epidemia de Covid19 no Chile pioraram. Será necessário ampliar os gastos no combate ao vírus e na ampliacao do isolamento social.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Gabriel
17 dias atrás

Nâo acho que foi uma decisão errada. Gastar mais de meio bilhão de dolares com uma modernização meia boca. Mesmo que não tivesse pandemia, o mundo estava em situação econômica ruim antes de tudo isso.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
17 dias atrás

Olá Cris. O contexto de epidemia demanda outras prioridades. Eu não sei avaliar a necessidade a urgência da modernização dos F16 chilenos. Isso depende muito dos planos que eles tiverem para o futuro. Isso depende muito do estado das células dos F16 ex-holanda mais antigos, se os chilenos esperam adquirir novos F16 usados ou novos para substituir os F5 ou se eles teriam a intenção de introduzir outra aeronave. A decisão de adiar esse gasto militar é coerente.

glasquis7
Reply to  Camaergoer
17 dias atrás

Os F 5 deverão operar até 2030. Pra isto foram completamente modernizados e até as suas asas foram reformadas com troca da pele.

Não há uma necessidade imediata de modernização dos Falcões Chilenos pois eles já proporcionam uma total superioridade aérea sobre os seus vizinhos.

Este Up Grade seria apenas para atualizar as capacidades dos vetores pra que, caso ter um renovação na próxima década, o salto tecnológico não produza um GAP muito grande.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  glasquis7
17 dias atrás

Ola Glasquis. Obrigado pela informação sobre os F5. Acho que os próximos dois ou três anos serão difíceis para todas as economias, incluindo a chilena e a brasileira. Acho que os F5M da FAB também ainda vão voar mais uns dez anos.

Camargoer
Camargoer
17 dias atrás

Ola Colegas. Ao longo deste e do próximo ano, gastos mitares só fazem sentido no caso de programas em andamento (como o ProSub) ou que envolvam geração de emprego ou aquisições domésticas (como o PrioSub). Simples importações ou aquisições externas sem contrapartida precisam ser adiadas, canceladas ou nacionalizada.

Ted
Ted
Reply to  Camargoer
15 dias atrás

Guerras acontecem por motivos econômicos. Supondo que o mundo entre num colapso econômico onde quem tem recursos como energia, alimentos, água, tecnologia e não esteja disposto a ceder a troco de banana ou pressão política.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Ted
14 dias atrás

Caro Ted. Guerras acontecem por motivos econômicos, por motivos religiosos, por motivos raciais, por motivos políticos ou pela estupidez de um grupo inepto no poder. Há um livro interessante (mas um pouco cansativo de se ler) chamado “A marcha de insensatez” que avalia quatro guerras em diferentes momentos da historia. A revolta dos escravos liderada por Spartacus (ocorreram outras como a que libertou o Haiti da Espanha) foi ideológica (os ex-escravos buscavam liberdade). Creio que um fato importante é que duas democracias nunca entraram em guerra.

Ted
Ted
Reply to  Camaergoer
14 dias atrás

Veremos! Talvez seu escrito seja posto a prova ainda nesta década.

F16 nutela
F16 nutela
17 dias atrás

Sinceramente, uma grande decepção com o Chile, vi ontem essa informação que eles teriam desistido dessa modernização meia boca. O Ministro de defesa chilenos é bem claro que os valores ficaram maiores que os valores disponibilizados pelo Ministério, e que mesmo assim , eles pretendiam fazer essa “modernização” com prazos e pagamentos maiores que 9 anos! “Los precios indicados en el comunicado de la DSCA son referenciales y mayores a los considerados en el proyecto del Ministerio de Defensa el que, a su vez, consideraba fases y pagos parciales en un período mayor a 9 años.” Evidente que a grande… Read more »

Marcos
Marcos
Reply to  F16 nutela
17 dias atrás

E a Lei do Cobre foi abolida. Agora não tem mais dinheiro para cassino e prostituas (acredite, o dinheiro roubado foi gasto com isso). O Milicogate é o maior escândalo de corrupção em uma FFAA da região

glasquis7
Reply to  Marcos
17 dias atrás

Ela foi derogada mas estará vigente por mais 10 anos durante os cuais, o sistema de financiamento pra compra de material bélico migrará gradativamente pra um sistema plurianual controlado pela Camara. Mas os dinheiro que já existem deverão permanecer a disposição das FFAA or ordem Constitucional.

Alexandre
Alexandre
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

É tanto dinheiro que essa modernização mequetrefe, segundo disse o Ministro de Defesa do Chile, seria feita em 9 anos e por etapas! Agora nem isso, aguardar o fim da crise do covid e a crise social!

Glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Fala a verdade, tua mulher te chifrou com um chileno não foi? Ou então, de onde vem tanto ódio e ressentimento contra o Chile KKK

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Tens a mania das grandezas, mas vai se a ver, e estás bem pior dos mequetrefes!!???

Alexandre
Alexandre
17 dias atrás

Eu não tenho decepção nenhuma com o chile, porque já conheço há muitos anos a maneira que eles operam, fazendo compras mínimas de equipamentos de segunda mão já extremamente desgastados por preços mínimos, e depois querendo alegar uma suposta superioridade militar em função dessas aquisições. Foi assim com os 36 F16, que vieram pelados, com um custo de 10 milhões por caça MLU de segunda mão. Esse preço é menor que o preço de um super tucano! Isso tinha sido dito(downgrade) por oficiais da holanda um tempo depois da compra, mas eles negaram. Na verdade, a grande decepção é saber… Read more »

Mauro
Mauro
Reply to  Alexandre
17 dias atrás

O avião radar do Chile ainda voa?? aquele 707 ainda voa?

LeoL
LeoL
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Supostamente está operacional mas raramente voa. É um daqueles mistérios, igual o nível operacional dos Su-30 venezuelanos.

Lu Feliphe
Reply to  LeoL
17 dias atrás

Não creio que os Chilenos deixariam sua única aeronave awacs não operativa.

glasquis7
Reply to  LeoL
17 dias atrás

Vc poderia nos informar quantas horas de voo por mes, ou por ano, que realiza o Condor?

Essa aeronave passou por uma completa modernização em 2016 e deverá permanecer na ativa até 2030.

Tutu
Reply to  glasquis7
17 dias atrás

Vai ser bem sofrível ver esse avião voando até 2030, mesmo que ele tenha sido convertido em 1991 e modernizado posteriormente já é uma celula com mais de meio século nas costas, aquele 707 saiu da linha de montagem em 1965 e foi bem voado pela Lan Chile até o final dos anos 80.

Ao meu ver já deu o que tinha para dar.

glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Então, me diga, quantas horas de voo tem o Condor

Ou esta é mais uma suposição ao estilo fonte:

As vozes da minha cabeça.

Tutu
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Boeing 707-385C
Nº de série: 19000

Vai pesquisar….

Glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Então, o senhor não faz ideia de quantas horas tem o Condor e fez seu comentário em base a achismo seu.

Glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Só um esclarecimento. O Condor da FACh utiliza o sistema Phalcon. O mesmo que utilizam os AW&C de Israel. Este sistema usa um radar de arranjo em fases ativo . Esse radar consiste em uma matriz de módulos de transmissão / recepção (T / R). Acho que este foi o primeiro RADAR AESA da América Latina. Inicial mente conseguia rastrear até 100 alvos tipo caça a uma distância de 370 Km. Mesmo seguindo 100 alvos, ele podia gerenciar e guiar mais de 12 ataques Ar-Ar ou Ar Superfície. Está aeronave supre as necessidades de radar AESA da Flota de caças… Read more »

Lu Feliphe
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Pelo visto, ainda está operacional.

glasquis7
Reply to  Alexandre
17 dias atrás

Tem que mentir muito pra acreditar que os F 16 da FACh não tem GPS/INS O Chile, durante o governo de Ricardo Lagos, comprou da Holanda 18 F 16. 11 A e 7 B. e os levou pro MLU. Neste MLU foram incorporados uma nova computadora de missão modular F-16 (MMC), novas telas de cristal líquido de Honeywell, HUD, instrumentos compativeis con óculos de visão noturna NVG, um INS (Sistema de Navegación Inercial), GPS, AIFF, FCR e a capacidade de portar os misseis BVR AIM-120C5 AMRAAM. Em 2008 foram comprados mais 18 F-16MLU M4, que já vieram modernizados sob o programa Falcon STAR… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Pela primeira vez eu concordo com vc, afinal o debate permite conhecer o nível de conhecimento do individuo e expõe o seu caráter mesmo. Senão vejamos, em 2017, vc estava aqui no aéreo dizendo que os F 16 do chile tinham radar AESA. Onde estão esses radares chileno? Uma graaande mentira de sua parte! Em outro comentário seu aqui na trilogia, vc afirmou com todas as letras que o Brasil não tinha MBT, acabou desmoralizado. Em outro comentário, afirmou que o Brasil não tinha comprado 60 obuses autopropulsados M 109 A 5, mais uma vez desmoralizado pelos fatos. Enfim, é… Read more »

glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Carater, carater. Isso falta.

Alexandre
Alexandre
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Com relação a “modernização” dos F 16 do chile, creio que está muito claro o que não foi feito, porque o Governo Americano não iria mentir, e o próprio Ministro de Defesa do chile confirmou. Então , contra fatos não há argumentos! Os F 16 MLU do chile vieram depenados conforme afirmação de um oficial Holandês à época da compra e por isso custaram 10 milhões de dólares cada, um preço irrisório! A grande constatação nesse caso é o caso dos F 16 bk 50/52, que à época se falava bastante que teriam vindo depenados também. Agora se confirmou, 44… Read more »

glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

A grande constatação nesse caso é o caso dos F 16 bk 50/52, que à época se falava bastante que teriam vindo depenados também.”

Tenha carater e mostre as fontes de que os F 16 block 50 vieram depenados.

Mas lembre, tem que ter carater e mosrar a fonte sem fugir pelas beiradas.

glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Traduz isto: “El F-16 Block 50 Plus por su parte incorpora el radar AN/APG-68 (v)9 (300 km de alcance), casco JHMCS (Joint Helmet Mounted Cueing System) para la designación de blancos con la mirada del piloto, un motor General Electric F110-GE-129 de 29.000 libras de empuje, equipos avanzados de navegación y comunicaciones, y por supuesto la capacidad de operar con avanzados sistemas de armas como el misil AMRAAM (Advanced Medium Range Air to Air Missile), bombas JDAM (bomba guiada por GPS), misiles AGM-65 Maverick y la capacidad de operar con el misil AGM-88 HARM (Misil Anti Radiación de alta velocidad)… Read more »

glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

 Como foi o caso do Paquistão que tomou uma bronca por ter feito isso contra a India!”

Isso sim é ignorância pura. Também irou isso do Tarigá?

A bronca não foi pelo uso dos caças mas sim pela locação dos mesmo. Estes caças não poderiam estar sediados em qualquer base, apenas nas bases previamente acordadas. Isso segundo a Letter of Offer and Acceptance, que é um instrumento legal usado em alguns países pra evitar o vazamento de informações sobre tecnlogias dos caças.

glasquis7
Reply to  Alexandre
15 dias atrás

Quer um site seguro pra se nformar?

https://www.defensa.com/chile/como-encontraba-fuerza-aerea-chilena-hace-decada

Leia e veja como vc postou asneiras sobre os F 16 da FACh.

Sinceramente, vc acreditou em algum momento que os caças chilenos não tem GPS ou IFF ou rádio criptografado?

è muita ignorância pra um cara só. Vc deve ter uma equipe que te ajuda a ser assim. Não pode ser outra coisa.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

Deixa de ser mentiroso, na revista Air forces montly, falam da transferência dos F-16 MLU Holandeses, e seguiram para o Chile como a Holanda os usava, MLU M5, basicamente igual aos blq 50, e os F16 novos Chilenos do blq 50 , são iguais a todos os outros blq 50 e52 que foram vendidos para os outros países não NATO.

Argos
Argos
Reply to  Alexandre
17 dias atrás

“essa força de F 16 com recheio pobre é suficiente para fazer frente a Países como Argentina e Bolívia que hoje não tem força aérea”. Sendo assim com um Super Tucano vc tem supremacia aérea…

glasquis7
Reply to  Argos
17 dias atrás

Falou o piloto de PS 2.

glasquis7
Reply to  Argos
15 dias atrás

Vc poderia nos dizer qual é esse recheio pobre que os F 16 da FACh tem?

Por que tenho a impressão que vc não faz a menor ideia de qual equipamento os F 16 FACh tem na atualidade.

Assim sendo, seu comentário não passa de um achismo que em nada contribui ao debate.

rui mendes
rui mendes
Reply to  Alexandre
14 dias atrás

E faz e de que maneira, frente aos vossos F5, e já agora, por falar em compras de oportunidade baratas, os Ingleses só faltaram vos dar o Ocean, nem o MLU que o navio fez, antes de mudar de mãos, a venda cobre, e falas tanto, mas então porque não compram novo, um navio AOR, em vez de ficarem à espera dos Ingleses e dos seus Wave classe.

Wilson
Wilson
Reply to  rui mendes
14 dias atrás

A MB não está de olho nos Wave.
Em uma matéria recente em outro site de defesa, em que é apresentado o panorama geral dos programas da MB, é apresentado que o futuro navio de apoio logístico da MB deverá ser construído no Brasil, pelo que me lembro só estão considerando escoltas e tem uma outra categoria que não estou lembrando agora, para compra de oportunidades.

Montenegro
Montenegro
17 dias atrás

O problema é esse prazo já dilatado de nove anos para fazer uma modernização que nem podemos chamar de modernização. Trata-se, na verdade, de uma re-qualificação a padrões mínimos de operacionalidade, e sem os quais, ficariam extremamente vulneráveis num combate aéreo. Afinal, consciência situacional é tudo, como se pode combater de maneira eficaz se vc não sabe se o caça plotado no seu radar é amigo ou inimigo? Como saber com precisão a posição do alvo que vc vai bombardear sem GPS? Como fazer uma comunicação segura tentando surpreender seu inimigo sem rádios criptografados? Se o Peru, comprar nos próximos… Read more »

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Montenegro
17 dias atrás

Olá Montenegro. Creio que nos próximos anos nenhuma país latino-americano terá condições de comprar novos caças, com exceção do Brasil que já está com o processo de aquisição em andamento. Há uma redução na atividade econômica mundial, tanto para o Chile quanto para o Peru. Apenas para comparar, o FMI projeta uma queda de -9% no PIB do Brasil.

Ted
Ted
Reply to  Camaergoer
15 dias atrás

O banco central revisou, segundo as exportações do primeiro semestre para 4,6% a recessão 2020

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Ted
14 dias atrás

Olá Ted. O número do FMI é de uma queda de -9,1% no PIB do Brasil em 2020. O boletim Focus do BC (dia 27 de julho) é de -5,77 % (mas essa é a estimativa do mercado, que precisa ser considerado dentro das expectativas e interesses dos operadores). O Ipea faz uma avaliação independente e projeta uma queda de -6%. O Ministério da Economia calcula em -4,7%. Podemos fazer uma média (como se faz em pesquisas eleitorais) que seria -6,4%. Parece ser o número mais realista.

Ted
Ted
Reply to  Camaergoer
14 dias atrás

6.4 melhor que 9

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Ted
13 dias atrás

Caro Ted. Os dois números são ruins. Segundo li, o PIB dos EUA teve uma queda de -32% no segundo trimestre de 2020 sobre uma queda de -5% no primeiro trimestre. O Brasil apresentou uma queda de -2% no primeiro trimestre, saindo de +1,7% no quarto trimestre de 2019 para -0,3% no primeiro trimestre de 2020.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Ted
13 dias atrás

Olá Ted. -6,4% é pior que -4,6% (seguindo seu comentário)

glasquis7
Reply to  Montenegro
17 dias atrás

Falar o que?

Pelo menos,é melhor ler isso do que ser cego.

Tem uns especialistas de conjectura que se mostram expert em armamentos dos outros até que os outros lhe revelam a verdade.

Quer que liste de novo as capacidades dos FAlcons Chilenos ou essa do seu companheiro de cima já é suficiente?

pangloss
pangloss
Reply to  glasquis7
17 dias atrás

Glasquis, eu sinceramente não entendo o comportamento do pessoal que fica criando comparações estapafúrdias entre o Brasil e o Chile.
Não temos fronteiras comuns, e nossos meios não são capazes de atravessar a Argentina para um ataque minimamente expressivo (isso, seja no sentido Brasil-Chile, seja no sentido Chile-Brasil).
Parece só opinião de torcedor, que tenta se sentir o melhor da América do Sul.
Um Chile forte é bom para o Brasil, à medida em que preocupa a Argentina, a Bolívia e o Peru. Por menos preocupação que esses países possam nos causar.

glasquis7
Reply to  pangloss
17 dias atrás

É exatamente isso.

Por fim um comentário lúcido.

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  pangloss
17 dias atrás

Olá Pangloss. Eu também estou sem entender esse debate todo. Geralmente, há pouca contextualização das ameaças aos países da América Latina. Concordo com você que é importante um Chile forte, assim como uma Argentina, Venezuela, Colômbia, Brasil .. fortes para a estabilidade da região. O maior risco são as violações de soberania do espaço aéreo e mar territorial por países de outros continentes. A recente notícia que o dono da Tesla financiou o movimento contra o presidente da Bolívia mostra o risco que a região continua correndo.

Farroupilha
Farroupilha
17 dias atrás

Meu painho! A gurizada persiste com esse raciocínio errado de nos comparar militarmente com nossos vizinhos nanicos. – Óhh! Um Chile assim e asado, uma Venefavela, uma Argentina, Peru etc assim e asado “… vejam, que orgulho, nossas forças são melhores que as deles…” Minha mãesinha! – “Nossas FFAA” devem ser comparadas com quem nos pode enfrentar e nos humilhar, e contra esses (que não estão AQUI na nossa volta americana) estamos na maior fraqueza. Mas, como é difícil de essa gente entender a realidade de fraca capacidade de defesa e de inexistente capacidade de ataque de “nossas FFAA.” O… Read more »

glasquis7
Reply to  Farroupilha
17 dias atrás

O que Chile, Argentina etc possuem aqui na América Latina não nos interessa levar em consideração.”

No caso do Chile concordo. Mas no caso da Argentina, Peru, Venezuela e Colômbia, acho que deveria ser importante pro Brasil sim.

Mauro
Mauro
Reply to  glasquis7
17 dias atrás

Chile vai acabar pedindo arrego ao Brasil no caso da Plataforma Continental que a Argentina expandiu na cara dura e não dando a menor bola pro Chile, na prática, a Argentina tomou foi uma enorme parte do mar territorial chileno, sem tomar conhecimento do que o Chile pensa.

E basta o Brasil concordar com a Argentina para que o Chile não tenha a quem recorrer.

glasquis7
Reply to  Mauro
17 dias atrás

O que o Brasil tem a ver nisso???

Pra sua informação a Argentina já tentou tomar território Chileno em 1978, Nessa época, as FFAA do Chile estavam em condições lastimáveis devido à emenda Kennedy. Mesmo assim o Chile assumiu a bronca e os argentinos recuaram.

Por que agora, que o Chile está em ótimas condições militarmente falando, pediria arrego pro Brasil???

Tem cada besteira publicada nestes tipo d forum.

Ted
Ted
Reply to  glasquis7
15 dias atrás

Estes países não tem escala de mercado para absorver a produção brasileira

Mauro
Mauro
17 dias atrás

Banho de realidade amigo, compraram aviões bem antigos e defasados, se deram conta anos depois, agora mesmo com uma “modernização” bem modesta, se deram conta que o orçamento não alcança.

Isso aí vai é ficar por isso mesmo, não vislumbro nada de modernização ou compra de alguma coisa nova e moderna por um bom tempo.

Ersn
Ersn
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Manter atualizadas aeronaves de quarta geração como o F16 e bem mais difícil que um F5 de terceira geração analógico.

Mauro
Mauro
Reply to  Ersn
17 dias atrás

Um bilhão de dólares custou nosso F5M no estado em que se encontra, e foi a Embraer que fez, não foi ninguém. Te digo mais, com o apoio dos E99 que o Chile não tem – tem um AEWC aterrado – creio que o F5M é superior. Em combates simulados já enquadrou M2000 da França e F16 do Chile sem ser notado. Nosso caça agora é o Gripen E… pensa num salto gigantesco, amigo… não é apenas o caça em si mesmo, é todo o conjunto, incluindo os E99 com radar declarado para 750 Km, Meteor e KC-390 Revo… Aquele… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Nossos F-5M custaram 1 bilhão de dólares? Negativo!! Somando a modernização dos 46 e depois dos 3 F ex-jordanianos, não chega nem a 500 milhoes de dólares.

glasquis7
Reply to  Mauro
16 dias atrás

Em combates simulados já enquadrou M2000 da França e F16 do Chile sem ser notado.”

Vai, posta o link pra agente corroborar isso por gentileza.

E o Condor aterrado, foi modernizado em 2016. Os E99 foram modernizados quando mesmo???

Depois querem falar de supertrunfo

Wilson
Wilson
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

A última notícia sobre a modernização dos E-99 é do ano passado quando a FAB entregou o segundo aparelho para a Embraer para ser modernizado.
Matéria no portal da FAB sobre o E-99 modernizado (primeiro voo de teste, 2018):
https://www.fab.mil.br/noticias/mostra/34481/MODERNIZA%C3%A7%C3%A3O%20-%20Avi%C3%A3o%20radar%20modernizado%20da%20FAB%20realiza%20o%20primeiro%20voo

Sobre o F-5m sei que ele deu uma ótima impressão na sua estréia na CRUZEX 2006, superando e muito as expectativas da FAB, fala-se que teria abatido um Rafale nesse exercício, mas não tem confirmação oficial sobre isso.

glasquis7
Reply to  Wilson
15 dias atrás

Me desculpe mas, pelo que está escrito, ele apenas teve o seu Lay out redesenhado mas não encontrei nenhum novo equipamento nesta modernização. Apenas uma redistribuição pra otimizar as capacidades.

Não que não seja meritório mas, pra quem critica o Up Grade ao que a FACh sinaliza, esta modernização do E 99 é muito mais modesta. A menos que esteja faltando informação nos links que vc mandou.

Jordan
Jordan
Reply to  glasquis7
15 dias atrás

Olá chileno, este link tem informações mais minuciosas:
https://www.infodefensa.com/latam/2020/07/04/noticia-embraer-moderniza-aeronaves-forca-aerea-brasileira.html

Essa modernização é para que o E-99 possa operar em conjunto com os F-39.

Wilson
Wilson
Reply to  glasquis7
15 dias atrás

O meu comentário foi uma resposta a sua pergunta se os E-99 haviam tido uma modernização.
Nesse link tem mais detalhes sobre essa modernização:
https://www.aereo.jor.br/2019/08/19/embraer-e-99m-detalhes-da-modernizacao/

(Detalhe o radar foi modificado tendo seu alcance estendido até os 723Km, entre outras modificações).

Glasquis7
Reply to  Wilson
15 dias atrás

Sim mas foi apenas modificado. Só que li em um outro site que tinha sido feita apenas uma “reorganização” dos sistemas. Não foi trocado o radar mas sim melhorado o ângulo pra aumentar a capacidade. Mais parece uma adequação pra operar com os próximos vetores da FAB.

De qualquer forma, uma modernização é uma modernização e assim sendo, sempre traz benefícios.

Wilson
Wilson
Reply to  Glasquis7
15 dias atrás

Em essência é sim para adequar a aeronave para operar com os novos F-39 Gripen e manter os sistemas atualizados, dado que a tecnologia avança muito rápido, por isso a troca de alguns sistemas, como o sistema de EW.

Flanker
Flanker
Reply to  glasquis7
14 dias atrás

Na imagem, circuladas em vermelho, 4 novas estruturas adicionadas na modernização.

20200728_233207.jpg
Glasquis7
Reply to  Flanker
14 dias atrás

Obrigado Flanker.

glasquis7
Reply to  Mauro
17 dias atrás

Realidade segundo as vozes da sua cabeça.

O Chile comprou F 16 Novinhos de Fábrica. Que vc na sua infinita ignorância não faça ideia disso é outra coisa.

Além disso, os F 16 comprados usados foram amplamente modernizados e deixados no mesmo nível dos F 16 comprados novos.

Pra vc ter uma ideia. os F5BR conseguem atingir um albo a 60 KM de distância. O f 16 Chileno mais antigo faz isso a contar de no mínimo 120 Km.

Aqui se vê o Baixo nível dos comentários.

Parabéns!

Tutu
Reply to  glasquis7
17 dias atrás

Desculpe, porém essa afirmação de que os F-16 ex-Holanda estão no mesmo nível dos Block 50 é completamente falsa.

Tutu
Reply to  Tutu
17 dias atrás

Esse vídeos podem esclarecer qualquer dúvida em relação ao tema.

https://youtu.be/t7fqilw6J4I
https://youtu.be/q_Rs3JwTac0
https://youtu.be/EQME3fxBNQQ

glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Bom, essa é a informação oficial. Em tudo caso, não se refere à aeronave em si mas às suas capacidades de combate.

Eu pessoalmente os definiria como “compatíveis” aos Block 50 tanto em capacidade de combate quanto em Data Link.

Tutu
Reply to  glasquis7
16 dias atrás

Quem diria, aeronaves diferentes porém capacidades iguais, kkkk.

Tenho certeza que não foi sua intenção transparecer esse ponto de vista, né?

Mas agora, poderia dizer qual é sua “fonte oficial”, a que disse que um F-16 MLU M4 tem as mesmas prestações de Block 50, afinal, tem o mesmo radar, o mesmo motor e eletrônica, kkkk.

Glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Mesmo radar, mesmos sistemas (A frota foi estandardizada no Tape 4.
Mesmo alcance , mesma capacidade de REVO, mesmos optrônicos, mesmo Data Link, mesmo armamento e mesma capacidade BVR.

Eu postei claramente “COMPATÍVEIS”, isso de iguais, foi vc quem postou e quer colocar na minha conta.

Respondo pelo que eu escrevo, não pelo que vc lê

Glasquis7
Reply to  Tutu
16 dias atrás

Mas agora, poderia dizer qual é sua “fonte oficial”, a que disse que um F-16 MLU M4 tem as mesmas prestações de Block 50″

Tem várias fontes, inclusive esta:

https://revistamarina.cl/revistas/2013/4/wunderlich.pdf

Boa leitura

Sem título.jpg
Glasquis7
Reply to  Glasquis7
16 dias atrás

Tem até a Bibliografia pra vc conferir.

Sem t.jpg
glasquis7
Reply to  Tutu
15 dias atrás

Então, leu a fonte ou é daqueles que prefere negar mesmo sendo verdade?

glasquis7
Reply to  Mauro
16 dias atrás

O Chile, durante o governo de Ricardo Lagos, comprou da Holanda 18 F 16. 11 A e 7 B. e os levou pro MLU. Neste MLU foram incorporados uma nova computadora de missão modular F-16 (MMC), novas telas de cristal líquido de Honeywell, HUD, instrumentos compativeis con óculos de visão noturna NVG, um INS (Sistema de Navegación Inercial), GPS, AIFF, FCR e a capacidade de portar os misseis BVR AIM-120C5 AMRAAM. Em 2008 foram comprados mais 18 F-16MLU M4, que já vieram modernizados sob o programa Falcon STAR (Structural Augmentation Roadmap) que aumentou a sua vida útil em 8.000 horas voo a mais.… Read more »

Agnelo
Agnelo
17 dias atrás

Boa noite
O Chile tem uma situação muito particular pra sua FA.
Há reportagens antigas muito boas.
Uma delas saiu na RFA, bem no início daquele veículo.
A FACh perdeu 30% de suas aeronaves e pilotos, se não me engano na década de 70, criando uma doutrina própria de combate aéreo, utilizando os Andes.
Mesmo com os F-5 ainda não modernizados, eram invencíveis em seu céu.
A própria USNavy não conseguiu batê-la.
Ou seja, assim como na terra e no mar, não há Super Trunfo no ar.
Sds

J R
J R
16 dias atrás

Sei não, to achando que vão bater na porta do Salim de novo…

João Bosco
João Bosco
16 dias atrás

Acertada a decisão do subsecretário de Defesa Nacional do Chile sobre o adiamento do negócio. Existem lá, assim como aqui, outras necessidades mais urgentes ( leia-se Coviod-19) para serem combatidas. Quando a situação melhorar e, se valer a pena o gasto, ai sim deveriam fechar o negócio.
Necessidades urgentes vem em primeiro lugar , em qualquer lugar no mundo….

João Adaime
João Adaime
16 dias atrás

Infelizmente nosso atual ministro das Relações Exteriores está mais para ministro das Encrencas Exteriores, comprando brigas desnecessárias com outros países, assim como o próprio chefe dele.
Senão, o governo brasileiro poderia conversar com o governo chileno, envolver Embraer, Enaer, Saab e demais fornecedores para que a FA do Chile adquira o Gripen, com montagem parcial por lá.
Uma negociação em que todos só teriam a ganhar. Isto porque, mais dia, menos dia, os F-16 terão de ser trocados.
Mas como eu disse no início, infelizmente nosso……..

Glasquis7
Reply to  João Adaime
15 dias atrás

Eu acho difícil o Chile operar os Gripens devido á comunalidade. Me explico, o Gripen é um caça que poucos países operam e isto limita as possibilidades de estoques e de sobressalentes no mercado. Por isso o Chile optou pelo F 16 já que o grande número de caças fabricados garante uma boa oferta de materiais, peças, sobressalentes e recursos de modernização. Acho que é muito mais fácil encontrar suporte pro F 16 do que pro Gripen. Além do mais, pessa a recomposição da frota caso tenha perdas num possível conflito, è mais fácil encontrar F 16 disponíveis no mercado… Read more »

João Adaime
João Adaime
Reply to  Glasquis7
15 dias atrás

Prezado Glasquis7
Você não deixa de ter razão. Isto teria de ser pensado muito bem.
Abraço

Camaergoer
Camaergoer
Reply to  Glasquis7
14 dias atrás

Olá Glasquis. Creio que a escolha entre o F39 e o F16 também passe pelo tipo de aquisição. O F16 continua sendo uma das melhores opções para aquisição de caças de segunda-mão pois há uma enorme oferta de aparelhos, inclusive dos excedentes dos EUA. O tipo de financiamento por FMS também seria a melhor escolha para aquisições de aviões novos em compras governo-governo. Por outro lado, caso haja interesse em programas de Offset ou de transferência de tecnologia (mesmo parcial) que envolvam a industria local, acho que a escolha do F39 ou até do Rafale seriam mais adequadas. Creio que… Read more »

Glasquis
14 dias atrás
Last edited 14 dias atrás by Glasquis
jose luiz esposito
jose luiz esposito
14 dias atrás

Para a Torcida do tal COVID , Covid é o Cazzo !

Lucianno
Lucianno
14 dias atrás

150 comentários!! Impressionante como o pessoal gosta do Chile!