Home Defesa Aérea Turquia recebe sistema russo de defesa aérea e antimíssil S-400

Turquia recebe sistema russo de defesa aérea e antimíssil S-400

4247
170

12 de julho – A Turquia recebeu na sexta-feira seu primeiro carregamento de material do sistema de defesa antimísseis S-400 da Rússia, informou o Ministério da Defesa do país.

“O primeiro lote de equipamentos do sistema de defesa antimísseis S-400, que é fornecido para atender às necessidades de defesa aérea e antimísseis da Turquia, começou a chegar à Base Aérea Murted em Ancara”, disse o ministério em um comunicado.

Outro avião deve voar para Ancara com equipamentos em breve, disse uma fonte diplomática à agência estatal russa de notícias TASS.

E uma terceira entrega, que incluirá “120 mísseis antiaéreos de vários tipos” será feita “provisoriamente no final do verão, por via marítima”.

O S-400 Triumph, que entrou em operação em 2007, foi projetado para destruir aeronaves, mísseis de cruzeiro e balísticos, incluindo mísseis de médio alcance. O sistema S-400 pode atingir alvos a uma distância de 400 km e a uma altitude de até 22 milhas.

Ancara assinou um acordo de US$ 2,5 bilhões com o governo russo em abril de 2017 provocando a insatisfação dos Estados Unidos, que havia alertado para as repercussões caso o acordo fosse aprovado.

Desde então, os Estados Unidos ameaçaram impor sanções contra a Turquia e cancelar as vendas de jatos F-35 fabricados nos EUA, já que autoridades federais manifestaram preocupação com o acesso da Rússia à tecnologia de seus aviões de combate.

O vice-primeiro-ministro turco, Fikri Isik, defendeu a compra, dizendo em 2017 como ministro da Defesa que a Turquia precisava de um sistema de defesa antimíssil e havia negociado com diferentes nações. A Rússia parecia “o candidato mais adequado para atender às necessidades do país no momento”, disse ele na época.

“Uma vez que o sistema esteja completamente pronto, ele começará a ser usado de uma forma determinada pelas autoridades competentes”, informou a Al Arabiya.

Os operadores turcos do S-400 planejam treinar membros do serviço militar turco neste mês e em agosto, de acordo com a TASS. Em maio, cerca de 20 membros do serviço turco passaram por treinamento em um centro de treinamento russo.

Sistema S-400 lançando míssil antiaéreo

FONTE: UPI / COLABOROU: Rustam Bogaudinov

170 COMMENTS

  1. Eu mesmo não acreditei que isso iria acontecer. Agora é ver se os americanos cumprirão a ameaça de retirar a Turquia da parceria no F-35.

    • A parte da história que não contam… Os EUA mostraram receio em vender seus sistemas anti-aereos como os turcos queriam… Que era com transferencia de tecnologia !

      E os turcos foram comprar dos russos… Apenas pq concordaram com a transferencia de tecnologia !

      Nada demais ! Os turcos não viraram vermelhinhos… Alias, continuam querendo o F-35… Mesmo com as ofertas de caças russos !

      • Eu não sei qual tecnologia foi transferida, já que nenhuma parte desse sistema esta sendo produzida na Turquia, e inclusive como mostra a notícia o sistema já esta sendo entregue.

        A Turquia escolheu esse sistema por 2 motivos :

        1- A forca aérea deles está equipada com aviões americanos sujeitos à embargos, por exemplo, se a Turquia ataque o enclave curdo.

        2- A maioria dos pilotos de F-16 está presa, por participar na tentativa de golpe de estado e bons pilotos não se repõem de uma hora para outra.

        • Augusto… Obama chegou a até negar a venda dos PATRIOT para a Turquia…

          O próprio TRUMP disse recentemente, que não pode culpar o país…

        • Augusto L.
          Os dois motivos por você enumerados estão corretos. As questões de Estado dois países, Turquia X USA são conflitantes.
          A Turquia está no clube, más não é do clube. Os Estados Unidos querem um estado Curdo que vai ficar na fronteira Turca. Você não precisa agir com correção com um amigo que trabalha para o inimigo.

          • Caro Smichtt.
            É somente olhar o mapa da região e ver quem é quem e o que querem na quele contexto todo. Um estado curdo encravado nas terras do Iraque, Síria e Turquia é realmente um objetivo Americano. O ocidente não confia na Turquia. Muito embora esta tenha uma posição estratégica.

    • Foi uma boa compra sim. Mas para os americanos indiretamente. Em não muito tempo o ditador sai de cena e o equipamento estará sendo estudado pelo ocidentais. E mais uma vez ficará escancarada a defasagem tecnológica do Oriente apesar de toda a propaganda. MIG 25 colado com “super bonder” manda uma lembrança.

      • Igual quando o ocidente pois as mãos no MiG-29 com missil R-73 e mira no capacete da Alemanha Oriental e viram que estavam 10 anos defasados…

    • Que a Turquia se una logo à aliança Rússia-China.
      Está todo fugindo dos EUA como se eles fossem lazarentos.
      Os turcos, que não são bobos, já foram para o outro lado.

      • Se você suspeita que um pais tentou te derrubar, o mesmo país não te entrega o seu maior inimigo que com certeza tentou te derrubar, esse mesmo país arma um grupo que quer ser indepedente de você e esse mesmo país se recusa a te vender uma arma que você precisa. Você chamaria esse país de aliado?

        • Pois é. A Turquia não é um aliado.
          E Endorgan ainda sonha em recriar o império otomano, dominando a Europa.
          Endorgan um verdadeiro ditador.
          Muito confiável…
          Que saia da Otan…

    • Não existe comunismo na Russia (alias eles nem comemoram mais nada do gênero), na China que se diz comunista um empresario tem bem mais garantias e incentivos do que em todo resto do mundo, se não eles não iriam crescer a 7% ao ano.

      Somente poucos países ainda se dizem socialistas, Cuba, Venezuela e Coreia do Norte, ainda assim com o pé na cova.

      De resto isso acaba sim sendo uma grande vitoria para a Russia no cenário geopolítico, pode fechar uma parceria para o Su 57 com a Turquia e a Índia voltando ao projeto inclusive !

      • Munhoz
        Saudacoes.
        Perfeito.
        Tudo é exatamente da forma q vc disse.

        Eu tbm ja citei varias vzs aqui na Trilogia que isso de “comunismo” vindo da Russia nao existe mais. As maiores preocupacoes da Russia hoje sao a Otan nas suas fronteiras, a Mafya Russa e os radicais islamicos no Caucaso.

        A China é uma ditadura estatal voltada para a economia de mercado e os unicos rescaldos de comunismo propriamente dito sao Cuba e Korea do Norte com seus regimes fracassados.

        Na minha visao a Venezuela junto com a Bolivia se colocam entre as naçoes que seguem o “POPULISMO” de extrema esquerda e da mesma forma o governo atual do Brasil e Argentina aderiram ao populismo de extrema direita.

        Em relacao a venda do S-400 para Turkya eu tbm concordo, foi uma vitoria russa mesmo com os EUA pressionando Erdogan. E vai ficar pior ainda dps que Russia e China comecarem a negociar seus produtos sem usar o dólar nas transacoes ou ate usando uma moeda comum.

        • Vocês podem entender muito de áreas militares, mas desconhecem completamente o que é comunismo e como ele funciona. Algum dos senhores já foi de esquerda ou já se deu ao trabalho de ler o que seria e como funciona o comunismo por suas obras? Acredito que se tivessem feito isso provavelmente não falariam tantas besteiras assim. Vou deixar a vocês apenas alguns pontos amplamente discutidos por grupos de esquerda sobre o assunto. O primeiro erro comum de quem não compreende a esquerda é acreditar que onde existe capitalismo não existe comunismo. O comunismo não exige a extinção imediata do capitalismo e do livre mercado, Marx sabia da necessidade do desenvolvimento econômico para a aplicação das suas teorias, inclusive deixa claro que seu uso é necessário para se gerar o capital necessário para a implementação efetiva do comunismo. Enquanto o capitalismo é utilizado como uma fonte de renda para engrandecer o regime comunista, o ideal se mantém em todo o sistema social, onde se seguem metas estritamente comprometidas com a causa socialista, exatamente como a China o faz. Procurem vocês sobre a internacional socialista e todo seus valores renovados sobre as novas diretrizes da última reunião que aconteceu na China, com ampla participação de partidos do mundo todo. Não se pode menosprezar um inimigo que se mantém vivo diante dos olhos de todos. Quanto a Rússia, a história que muito se ouvia dentro do partido comunista do Brasil, o qual fui membro e trabalhei por mais de 10 anos(antes de abandonar a ideologia), é que ao perderem a corrida armamentista para os EUA, eles teriam recuado para o modelo capitalista apenas para se prepararem para uma nova investida, adotariam um novo projeto revolucionário, mas o objetivo ainda seria o mesmo de antes, justamente por isso podemos observar a criação de um novo eixo contra os EUA, formado em sua totalidade por aliados russos. Obviamente que ao passar dos anos muita coisa pode ser alterada, inclusive os planos do passado comunista russo. De qualquer forma, não deveriam menosprezar os russos em sua capacidade de criar tragédias, pois esse parece ser o legado russo para o mundo. Quanto ao assunto, saibam que o comunismo nunca morreu, ele apenas mudou sua forma, a adaptação é algo comum em vírus mortais ao ser humano.

          • Perfeito amigo. O eixo central, “transformar o mundo tornando todos iguais através de um governo central”, permanece intacto independente do sistema econômico vigente em cada país. A China é o maior exemplo disso. Liberdade econômica não se traduz em liberdade “individual”. A esquerda sempre soube disso, mas tem liberal que continua acreditando que o movimento acabou na queda do muro de Berlin…

          • Caro Thiago.
            A competição agora é tecnológica e busca tudo que a tecnologia pode trazer em valores, comodidades e bem estar. Não acredito nesta “onda” de comunismo. Qualquer matuto hoje é “capitalista” com tudo que este regime pode trazer. Todo mundo quer o bem estar. As informações estão ai em abundancia. Não existe mais espaço para mentiras, pois estas tem pernas curtas. Até o conceito de direita e esquerda vai mudar. O povo quer soluções e não meras quimeras.

          • poderia me dar ao trabalho de debater com vossa pessoa acaso não mostrasse seu total parcialismo quando fala “não deveriam menosprezar os russos em sua capacidade de criar tragédias”…

            Atribuir as calamidades do mundo à Rússia quando vc é completamente cego a tudo que os EUA fazem ao mundo é piada de mal gosto…

            Só se pergunte uma coisa pseudo intelectual:

            Quem destruiu a Líbia? quem destruiu o Iraque? quem destruiu o Afeganistão? Quem esta arrasando o Irã e a Venezuela e Cuba?

            Quem se retira de tratados apenas porque acha que deveria ter sido diferente? quem ataca paises sem qualquer apoio de resoluções da ONU? quem apoia e incentiva massacres a civis armados de pedras na Palestina e incentiva anexações de terras ocupadas? posso falar um livro… mas a resposta é uma só: EUA…

      • Olha.. São 2 países que atualmente estão até limitando drasticamente o acesso a internet, para sua população.

        Uma coisa eu sei… Isso não é democracia !

        • Deve esse modelo de Democracia que trump quer quando impoe barreiras economicas a empresas chinesas pq não consegue vender mais barato ne?

          hipócrita…

  2. Não seria algo gravíssimo, dada as ameaças feitas pelos EUA caso a Turquia comprasse esse sistema?
    De toda sorte, é um sistema de defesa aérea formidável.

    • Basicamente os EUA iriam se recusar a vender armas aos turcos e em ultima analise, dificultar a venda de qualquer produto americano para os Turcos. Isso e um erro, pois joga um comprador no colo da concorrência.

        • Nao precisa ser de “Bolinhas”, pode ser até um S-125, aquele mesmo do F-117, o fato de ser furtivo não impede de ser rastreado e abatido, a questão aí é só a distância que isso pode acontecer…

          • E um B-2 , pelo seu perfil de missão e operação, estaria no alcance de um S-125?
            Em nenhum momento disse que alguma aeronave é indetectável! E se não for para usar contra os B-2 e cia, para que esses super, hiper, mega radares quanticos de bolinhas foram concebidos???

        • Você fala como se o f-22 fosse uma coisa de outro planeta, poxa para com essa torcidinha sem nexo. De fato o f-22 é o melhor 5G atualmente, pois já está consolidado, mas isso não quer dizer que não possa ser rastreado e abatido.

          • “Em nenhum momento disse que alguma aeronave é indetectável”
            Você leu a frase acima, que escrevi no meu comentário anterior?? Isso é ser torcidinha? Dizer que um radar com mais de 50 anos pode abater naturalmente uma aeronave 5G é o que? Digo que não pode? Claro que pode….mas, é só ler toda a história do abate do F-117 e ver como ocorreu….

          • Exato, o F-117 foi abatido depois que o operador do S-125 mudou o emissor de ondar eletromagnéticas do radar para enviar ondas longas, sem querer acabo sendo no mesmo momento em que o F-117 abria o porão de carga para lançar suas bombas.

    • Os f-16i deitam e rolam sobre os céus da Síria. O F-22 voando em perfil furtivo nunca vai ser abatido por essa bateria. 1º que essa bateria é uma fonte monstruosa de sinal radar, vai ser abatida muito antes.

      • falou o entendido…

        pq o F-22 não ? pq os americanos dizem que nao derruba e pronto ne? sua ctz em que não abate e tao fundamentada em como dizer que sim…

        acho que, na sua cabeça, o S-400 fica la esperando levar um missel sem fazer nada e que fica sozinho solto no campo sem as proteções de 3 camadas…

    • Diferença na valorização da moeda corrente. o Rubro vale muito menos que o Dollar no mercado então a conversão direta fica assim.

      • Salários são menores e fazem tudo em casa, isso deve diminuir o custo também. Custo de vida na Rússia deve ser menor que na Europa, EUA, Japão…

    • Armamento russo é feito pra ser barato pois os russos sempre priorizaram a quantidade e estão certos. Precisava de 5 t-34 para abater 1 Tiger, mas o soviéticos faziam 9 t-34 enquanto os alemães faziam 1 Tiger. Durante a guerra fria os generais soviéticos tinha que escolher, ter aviões altamente sofisticados em quantidade menor ou muitos aviões com menos tecnologia, escolheram a quantidade. É questão de doutrina militar e foi assim que ganharam a 2ª Guerra.

      • É questão de doutrina militar e foi assim que ganharam a 2ª Guerra.
        ———

        Who told you that? ) From the books of the former German generals?

        One S-400 division is enough to protect half of Turkey and Turkey will have four, so the next time you ask people what and how was

        —-

        Quem te disse isso? ) Dos livros dos antigos generais alemães?

        Uma divisão S-400 é suficiente para proteger metade da Turquia e a Turquia terá quatro, então da próxima vez que você perguntar às pessoas o que e como foi

  3. Negócio é negócio comprou, pagou, recebeu, quem não segue esse conceito é caloteiro.
    Russia e Turquia são dois estados soberano compra de quem quiser de acordo com sua estratégia dentro da geopolítica, o resto é mimimi.

    • Nilton L Junior
      Negócio é negócio comprou, pagou, recebeu, quem não segue esse conceito é caloteiro.
      ————

      This is a big joint Russian-Turkish victory, because the pressure that exerted on Russia and Turkey from the United States and its NATO allies on this contract was unprecedented. This is a unique event, and not only in the field of military-technical cooperation, but in general – for interstate relations. This common victory will certainly bring Moscow and Ankara closer together in the field of military cooperation.

      Secondly, the situation with the S-400 for Turkey has once again confirmed Russia’s reputation as a reliable supplier of weapons. Turkey twice asked to change the terms of the contract. At first, Ankara asked for a loan to secure the deal, and then expressed a desire to speed up delivery times. And both times Russia went to meet. That is, Moscow has confirmed that it always puts the interests of the client at the forefront in matters of the arms trade, takes this very seriously.

      This is a strong signal to those who buy our weapons. He says that we, unlike, for example, the United States or Europeans, do not succumb to pressure, do not turn on “reverse gear”, but work to the fullest. I think this will strengthen our position in the negotiations in the field of military-technical cooperation, for example, with the same Iran.

      At the same time, I believe that the story of the C-400 for Turkey has not ended yet. If for most countries the first delivery is the end of the story, then, unfortunately, this is not the case. The story is not over, but just beginning. It will be completed only when the last batch of the system is delivered, S-400 will take up combat duty in Turkey, and we will receive the money. I hope that it will be like that. Although the situation around the contract is still not easy.

    • Olha tu não leu o contrato de compra e venda então não pode afirmar nada, a não ser que vc seja o Erdogan disfarçado aqui no Blog, sim Rússia e Turquia são soberanos, mas os custos disso ninguém sabe, que os Turcos seja felizes, eu acho um erro, perde mais do que ganha.

  4. A imagem da propaganda Russa é tão boa que tem aeronaves como F-111 e F-117 que nem estão mais em serviço

    E sinceramente.

    E não se deveria se vangloriar por conseguir rastrear e derrubar um B-52. ele é como um elefante dentro da sala da sua casa.

    fora isso. Se tiver S-400 na zona, (durante conflito) B-52 não vai ta voando por la. qualquer um sabe disso.

    Agora a forçadinha com o F-22 e B-2 foi real… seria legal ele mostrar a distancia que consegue derrubar os dois… Acredito que o F-22 consegue soltar uma GBU-39 SDB antes de ser travado por ele. já que o alcance dela pode chegar a 100km +-

    • Victor Filipe
      A imagem da propaganda Russa é tão boa que tem aeronaves como F-111 e F-117 que nem estão mais em serviço E sinceramente.
      __________

      What are you stupid Troll)) This is an image from the Turkish newspaper in 2017

      How are you funny with your paranoia)))


      O que você é estúpido Troll)) Esta é uma imagem do jornal turco em 2017

      Como você está engraçado com sua paranóia)))

    • Como você fala com propriedade, não? por acaso f-22 foi testado em combate? acreditar piamente em algo não torna esse algo verdadeiro, sabia?

        • Se russos e americanos não podem dizer com prova se abate ou não, resta a dedução que ate trump ta fazendo e vc não:

          se os equipamentos russos são ruins, não deveria me preocupar, mas por via das duvidas, vou tentar impedir a venda.

          kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Sim, Victor…..e pela imagem, ele só abate aeronaves dos EUA. Aeronaves como o Typhoon, Gripen, Rafale, etc, são imunes à esse sistema. EUA e Rússia são tão fixados um no outro que o resto nem existe pra eles….

    • DSC
      Я не понимаю неприязни в комментарии Виктора Филиппа. Все, что он сказал, правильно.
      —-

      Bem, leia novamente o que ele disse, se a primeira vez que seu cérebro não consegue entender as coisas básicas!

      Este estudante com seu pensamento paranoico emitiu um cartaz do jornal turco em 2017 para propaganda russa)))

      —-

  5. Desde 4 de abril de 1949 (70 anos), o único país da OTAN a comprar equipamento russo.
    Por que até agora ninguém comentou que a Rússia também terá seu sistema S-400 totalmente analisado e posteriormente até anulado?
    Quais garantias a Turquia poderia ter dado a Rússia ?

    • Antunes 1980
      Desde 4 de abril de 1949 (70 anos), o único país da OTAN a comprar equipamento russo.

      ——–

      Realmente? Diga para a Grécia (TORM1 – S-300 – Navios Bison, diga para a Hungria que este ano recebeu o Mi-24P reparado, Tell Poland que ela compra novo Mi-17 de Putin, conte para as forças especiais dos Estados Unidos que têm novo russo Mi- 17E4 e armas pequenas e metralhadoras, também a Eslováquia, que este ano assina contratos para atualizar seu MiG-29 ou a República Tcheca, que recebeu MI-24P e MI-171 da Rússia, eu posso continuar se você quiser)))

      True ? Tell it to Greece (TORM1 – S-300 – Bison ships, tell it to Hungary which this year received the repaired Mi-24P, Tell Poland that she buys new Mi-17 from Putin, tell it to the special forces of the United States who have new Russian Mi- 17E4 and small arms and machine guns, also Slovakia, which this year signs contracts for upgrading its MiG-29 or the Czech Republic, which received MI-24P and MI-171 from Russia, I can continue if you want)))

      • Segundo os próprios israelenses… Foi com o S-300 gregos que eles aprenderam a encarar/desviar do S-300… O que está sendo util agora nos ataques a Siria !

      • Usa, mas o motivo pelo qual a Grécia tem S-300 é bem diferente. Em suma, o Chipre comprou os S-300 dos russos em meados da década de 90; esta aquisição contrariou a Turquia, que ameaçou destruir estes equipamentos; para desfazer o conflito, a Grécia adquiriu o equipamento dos cipriotas e apazigou a Turquia.

  6. Isso nao é bom.
    É uma pessima ideia colocar um sistema desses nas maos do Erdogan que é tao ruim na Turkya quanto a Familia Saudita na Arabya, qnto os fanaticos Aiatolas no Iran, qnto os talebans no Afeganisthan/ Pakisthan e Netanyahu em Israel.
    Pelo visto a Turkya esta a um passo de se retirar da Otan. O Oriente Medio vai se tornar um barril de polvora. De um lado a pressao dos EUA e Israel apoiados pela Arabya Saudita, Emirados e Quatar e do outro lado uma aliança temerosa entre Turkya, Russia, China e tbm o Iran.
    Isso pq Erdogan se ressente ate hoje por nao ter conseguido colocar a Turkya na UE devido ao seu governo retirar direitos da populacao transformando o país de estado laico em teocracia fundamentalista. Isso é algo que a UE nunca vai aceitar.
    E ainda temos o agravante dos EUA estarem querendo transformar parte do Iraq no Kurdisthan. Isso vai fazer a Turkya se aliar ao Iran (coisa antes impensavel) pq nenhum dos dois vai aceitar a criaçao do Kurdisthan nas suas fronteiras.

    • MGNVS
      Isso nao é bom.
      É uma pessima ideia colocar um sistema desses nas maos do Erdogan que é tao ruim na Turkya quanto a Familia Saudita na Arabya, qnto os fanaticos
      ———–

      Poorly ? This is a super advertisement of Russian weapons and Russia as a supplier!

      because the pressure exerted on Russia and Turkey by the United States and its NATO allies on this contract was unprecedented. This is a unique event, and not only in the field of military-technical cooperation, but in general – for interstate relations. This common victory will certainly bring Moscow and Ankara closer together in the field of military cooperation.

      Secondly, the situation with the S-400 for Turkey has once again confirmed Russia’s reputation as a reliable supplier of weapons. Turkey twice asked to change the terms of the contract. At first, Ankara asked for a loan to secure the deal, and then expressed a desire to speed up delivery times. And both times Russia went to meet. That is, Moscow has confirmed that it always puts the interests of the client at the forefront in matters of the arms trade, takes this very seriously.

      This is a strong signal to those who buy our weapons. He says that we, unlike, for example, the United States or Europeans, do not succumb to pressure, do not turn on “reverse gear”, but work to the fullest.

      • Rustam
        O meu comentario nao tem nada a ver com o comercio bilatetal entre Russia e Turkya, estes sao dois países soberanos e tem todo direito de negociar entre si sem sofrer embargos ou sancoes dos EUA.
        A minha preocupacao é em relacao ao presidente turco Erdogan. Ele é um tirano que esta transformando a Turkya numa teocracia radical. Armamento de alta tecnologia nas maos de fanaticos radicais é uma pessima ideia.
        Erdogan nao é confiavel aos olhos do Ocidente e Vladimir Putin tambem nao deveria confiar nele.

        Rustam… imagine a seguinte situacao: terroristas tchetchenos com armamento de alta tecnologia apontados para Moskow? Entendeu agora?

        • E você não se preocupa com Erdogan. Você sempre tem que se preocupar primeiro consigo mesmo.
          Quanto aos terroristas chechenos. Eles têm conexões na Turquia, mesmo quando Erdogan era um político mesquinho, e a liderança da Turquia era bastante secular. E uma Europa liberal, tolerante e democrática, tal como a Turquia, apoiou o separatismo e o terrorismo na Chechénia e, em geral, em todo o Cáucaso russo. Emissários de Dudayev e Maskhadov viajaram pela Europa e se apresentaram em locais europeus. Um personagem como Ahmed Zakayev tem asilo político no Reino Unido. A imprensa européia “honesta” apresentou informações sobre os conflitos na Chechênia apenas daqueles terroristas.
          Portanto, não tenha medo de Erdogan.

          • Evgeniy (RF)

            ……”Erdogan era um politico mesquinho, e a liderança da Turkya era bastante secular.” ……”Portanto, nao tenha medo de Erdogan.”

            Exatamente.
            Erdogan era um politico mesquinho e a Turkya era secular desde Attaturk, e agora Erdogan é o lider da Turkya e o país esta se tornando uma teocracia radical fundamentalista que pode apoiar terroristas igual a Arabya Saudita faz. Viu so como o mundo da voltas?

          • MGNVS

            Você vê, o ponto aqui não é que a Turquia é secular ou não. Sobre a questão dos militantes chechenos, isso não importa em nada. Como já disse, havia mais militantes chechenos na Turquia, antes de Erdogan, do que Erdogan na Turquia. Ou seja, o acordo com Erdogan, sobre a questão dos extremistas e islamistas no Cáucaso russo, é de maior importância do que a própria forma do regime na Turquia. Isto é, antes de Erdogan era ainda pior. Sim, o estado do próprio Yeltsin ainda desempenhou o seu papel.
            Bem, no oeste, os terroristas chechenos tinham total apoio.
            Por mais estranho que pareça, mas a Turquia secular e pró-ocidental, sobre a questão da paz no Cáucaso russo, é mais perigosa do que a Turquia de Erdogan.
            Ou seja, aqui tudo é um pouco mais complicado do que parece à primeira vista.

      • Cidadão (russo), quanto tu ganha para vir aqui fazer propaganda de seu país e ser grosseiro e agressivo com brasileiros em um blog brasileiro?? Quer ser mal-educado e grosseiro, seja em seu país…..

        • Cidadão (russo), quanto tu ganha para vir aqui fazer propaganda de seu país e ser grosseiro e agressivo com brasileiros em um blog brasileiro?? Quer ser mal-educado e grosseiro, seja em seu país…..

          ———

          Primeiro de tudo, o que faz você pensar que alguém está me pagando? Talvez eu mesmo esteja chorando para tocar o mundo ocidental “livre”?
          Eu não faço publicidade. Você precisa descobrir o que é publicidade e, em seguida, falar sobre o fato de que estou anunciando algo.
          Não há grosseria de mim. Não há necessidade de difamação. Todas as reivindicações expressam o tradutor do Google.

          • Amigo Evgeniy (RF)!
            O colega Flanker direcionou a pergunta para Rustam e jeito “gentil e educado” dele pois esta se comportando num ambiente do blog como urso ou elefante numa loja de porcelana.Devem ser os “raízes de Daguestão” estão fazendo efeito (apesar de desconhecer esta qualidade dos djigits caucasianos).
            Agora , como pode ver , insultar , especular e insinuar ate sobre “serviços pagos” não traz muitos likes para Flanker tb servindo como avaliação de tal comportamento..
            Um grande abraço!

          • ScudB, é isso mesmo! E quanto a eu atribuir serviços pagos à esse cidadão aqui no blog, se deve ao fato de que esses que recebem para escrever, agem da maneira que ele age….e, se não for o caso dele, então é pura falta de educaçào mesmo!

        • Flanker,
          Eu jamais entraria num site de outro país pra insultar os locais ou num site religioso sendo eu ateu ou num site de esquerda sendo eu de direita.
          Concordo com você, mas tem que dar um desconto por conta da diferença de idioma. Talvez a intenção do Rustan ou do Evgeniy não sejam insultar mas o tradutor seleciona essas palavras de forma equivocada.

  7. Do jeito que o topetudo laranja já está falando fino com a Coréia do Norte, é só uma questão de tempo para os EUA entregarem os F-35 aos turcos. Com eleição fungando no pescoço, todo pitbull vira pinscher.

        • Junior
          Acho que “ter dinheiro” vem antes disso daí

          —–

          Money is not a matter of political will!

          55% of the amount Moscow provided Turkey with a loan …

          ———

          O dinheiro não é uma questão de vontade política!

          55% do valor de Moscou desde a Turquia com um empréstimo …

          • Rustam – Brazil would have to pay the loan anyway + interests. Since we´re running a huge deficit, It would be necessary to obtain Congress approval.

    • Meireles
      Não sei o que o Brasil está esperando pra comprar o S-400 também!
      ——–

      This will never happen ! Since a daddy from Washington can punish by putting in a corner

    • O preço de comprar, manter e municiar uma bateria destas daria para comprar e manter uma dezena ou mais de caças de ponta bem armados. Para proteger relativamente uma área seria preciso de varias unidades e outros sistemas de ponto contra ataques maciços de drones, bombas guiadas e misseis. Veja Israel que tem pequena área e centenas de sistemas de defesa e base russa na Síria que tem S1 , S300 e S400 e fez acordo com Israel de náo agressão pois sabe que sistemas de defesas são vulneráveis. Para pais continentais como Brasil, deveríamos ter sistema satélites de alerta, aviões de alerta e controle aéreo em quantidade e uma força aérea com vetores de ponta e com quantidade suficiente.

  8. “Aiiinnn a Turquia vai ser expulsa da OTAN”
    Se sair é pior do que se ficar.
    Pergunte a gregos, búlgaros, romenos, ex-iugoslavos, hungaros e austríacos se eles querem uma Turquia descontrolada de novo.
    .
    Ademais a Turquia não é ocidental e cristã. Nunca será aceita na UE. Só é usada pra tomar conta do Bósforo e Dardanelos, e Erdogan assumiu que isso é pouco. Sem falar da secular questão armênia.
    .
    Então ficou assim : ou o Ocidente trata bem a Turquia ou ela se bandeia para russos e chineses.

      • Eles ainda querem o F-35, mesmo com as ofertas russas… Mas é obvio que irão bandear caso os EUA continuem com as portas fechadas (O que vai acontecer) !

    • A Turquia se esforçou bastante para ser aceita na UE mas os europeus criaram tantas dificuldades que ficou claro que a Turquia não era desejada lá. Pelo ponto de vista da UE a Turquia nao tem muito a agregar ao bloco e dada a união monetária na forma do Euro, a admissão dos turcos acabaria enfraquecendo o bloco…

    • Delfim.
      Perfeito.
      Esse tbm é meu ponto de vista.
      Fiz um comentario parecido com o seu.
      Attaturk criou uma Turkya secular e laica mas Erdogan esta transformando ela numa teocracia radical… e isso é extremamente perigoso.

    • A Turquia já é um caso perdido, claro que segurar a mesma na otan pelo maior tempo possível é bom mas a ruptura já aconteceu, não existe mais o contraponto soviético, a democracia, as liberdades civis já não encaixam mais, some Erdogan e o islã e fica claro que a Turquia já era para o ocidente!
      O S-400 é só a cereja do bolo de um panorama maior.

        • É a economia – quase sempre ela.
          Na época em que o Erdogan foi primeiro ministro, entre 2003 e 2014, o PIB da Turquia saiu de US$ 650 bi e chegou a US$ 950 bi – um excelente crescimento. Mas desde 2015 o PIB da Turquia, ou anda de lado, ou cai. Em 2018 o PIB caiu a US$ 750 Bi – o patamar de 2010. É a mesma história de sempre: desvalorização da moeda, inflação, aumento da inadimplência, aumento do custo de crédito, dificuldade em rolar dívida… Em suma, a Turquia passa por um momento econômico complicado e isso está erodindo a popularidade do Erdogan.

    • Certamente não tem todos os segredos das versões russas, mas que a OTAN vai analisar é uma probabilidade bem grande. Capaz de em pouco tempo estarem fazendo treinamentos com eles.

    • Já treinam com o S300 da Grécia agora vão treinar com o S400 da Turquia, mas isso é uma faca de dois gumes, eu acho que a Turquia errou ao comprar esse sistema pois perde F35

  9. Agora só falta:
    Irã “pedir” o seu.
    Egito/Qatar/Arábia Saudita idem…o choro é livre Patriot.
    SU-57 voando em “algum” pais banhado pelo Eufrates.
    Passa a régua e fecha a conta…Igorevich.

    • Irã pediu e a Rússia não entegou por pressão internacional e pq segundo eles não queriam esquentar as coisas na Região sobretudo com Israel.

    • Putin não fez nada na Venezuela. Não tem um caça russo lá para proteger o Maduro. Mandaram mercenários que podem morrer à vontade sem a Rússia ter obrigação de declarar guerra.

      Não está impedindo absolutamente nada.

      • “Pressionada pelos EUA, Rússia diz que militares ficarão na Venezuela ‘o tempo que for necessário’
        Trump apelou a Moscou para retirar soldados do país sul-americano; governo russo nega operações militares e defende cooperação com Maduro.”
        O Globo e agências internacionais

        • Isso não impede guerra nenhuma. Não atacaram a Venezuela porque seria mais uma guerra sem objetivo alcançável que se transforma em derrota no final.

          É muito diferente do que aconteceu na Síria.

      • JPC3, pra vc Putin não fez nada na Venezuela da mesma forma que a Terra é plana certo? É muito comédia! kkkkk

    • Putin nunca foi aliado para dar bola nas costas… E o ditador Erdogan todos já sabiam que faria isso mesmo. Ele parece estar se lixando para a OTAN e quer mais recriar um tipo de domínio Otomano.
      Aliás, foi durante o governo do Obama (um desastre em termos de Oriente Médio) que o Putin desembarcou na Síria, invadiu a Criméia e o Erdogan subiu ao poder e abafou a rebelião. Quem me parece que andou tomando altas rasteiras foi o Obama.

    • Não atacaram a Venezuela porque iria ser mais um trilhão jogado fora em uma guerra política impossível de vencer.

      Trump se elegeu prometendo tirar os EUA dessas frias.

      Deve ser o Putin quem se deu bem com uma nova corrida armamentista. Os russos quase não reclamam…..

  10. Desempenho dos sistemas HIMADS, baseados em terra, de longo alcance, disponíveis no mundo:
    1- S-300VM/V4: 250 km (400 km?) Rússia
    2- S-400: 250 km (400 km?) Rússia
    3- KN06: 250 km Coréia do Norte
    4- Sky Bow: 200 km Taiwan
    5- Bavar 373: 200 km Irã
    6- HQ-9: 200 km China
    7- Patriot: 160 km EUA
    8- MEADS: 150 km EUA/Alemanha
    9- David’s Sling: 150 km Israel
    10- Sayyad: 120/150 km Irã
    11- Samp-T: 120 km França
    12- KM-SAM: 120 km Coreia do Sul
    13- Type 3: 100 km Japão
    14- Barak 8: 100/150 km Israel

    • Vale salientar que a capacidade de interceptar mísseis balísticos mostra desempenho 4 a 5 vezes menor que o alcance máximo (contra alvos aerodinâmicos). Quanto maior a velocidade do “míssil balístico” (ou do veículo de reentrada) menor é o alcance.
      Só pra ilustrar, se um míssil balístico tático (300 km de alcance) puder ser interceptado a 40 km um míssil de médio alcance (1000 a 3000 km) o seria a 20 km e assim sucessivamente.
      Essa limitação é referente ao reduzido RCS dos veículos de reentrada (quando têm já que mísseis de curto alcance como o Scud chegam aos alvos inteiros) e à alta velocidade.
      Vale salientar que mísseis com função dual (antiaéreo e antibalístico) realizam a interceptação contra mísseis balísticos dentro da atmosfera e tais mísseis são eficientes apenas contra mísseis balísticos/veículos de reentrada com velocidade de até uns 4 km/s.
      *Mísseis balísticos com alcance intermediário e intercontinentais têm velocidade acima de 4 km/s (chegando a 7/8 km/s) e não são interceptados dentro da atmosfera, exigindo interceptadores exoatmosféricos.

      • Amigo Bosco!
        O caso dos mísseis tipo Scud deve ser tratado como um problema clássico num âmbito dos sistemas e complexos AA. E tem pouca coisa a ver com RCS e velocidade (mo primeiro momento pelo menos). Os Scuds (e derivados) estão vindo de …cima. O apogeu da trajetória de ScudB , por exemplo , fica acima de 80km (86 se for exato) e velocidade 1.4…1.5 km/s. Neste caso a bolha ou funil (dependendo do tipo de sistema AA) encolhe drasticamente e isso inclusive explica e eficiência quase nula dos Patriots contra Scuds iraquianos e derivados “dos houtis”. Obs : a eficiência dos Scuds tb é muito questionável devido a EEP na ordem dos 300m por 600m (so o ScudC estava com a margem menor que 50m mas é outro caso).
        Logo , mesmo atingindo um Scud (ogiva de 1t com mais 1t do corpo vindo com 1400 m/s) praticamente dentro do perímetro da área protegida faz o metal chover do céu. Por tanto devem ser implementados os meios específicos (com altitudes de interceptação elevadas) e procedimentos de lançamento múltiplo que podem ser vistos nos videos de PAC-3 da AS defendendo aeroporto e outros pontos importantes. Videos tensos , com bastante informação para analisar e repensar..
        Um grande abraço!

        • Nenhum missil scud atingiu o aeroporto é mais uma fake news dá internet.
          Os misseis que atingiram o solo, não atingiram o aeroporto

          • Aeroportos sao grandes né..Se os restos dos mísseis estão dentro do território do Aeroporto então atingiu(caiu , chegou , ta la). Faltou a precisão (no capital caiu a 1km do terminal), foi parcialmente danificado etc – ok! Mas não vai dizer que viu os videos (postados pelos repórteres e civis nos FB e Tweeter) e não entendeu de que se trata.
            Exemplo de como Voce fala de “fake” : https://www.nytimes.com/interactive/2017/12/04/world/middleeast/saudi-missile-defense.html
            E desde então ja foram dezenas ataques com resultados similares.
            O ultimo caso foi alguns dias atras em Abha com 26 vitimas feridas pois o míssil (dizem que um variante de cruzeiro) atingiu o terminal de desembarque. Sugiro procurar e falar algo devidamente argumentado.
            Um grande abraço!

          • Nao, caíram fora, o Scud tem um Cep enorme, os PAC-3 sauditas miraram só nos que tinham possibilidade de atingir o aeroporto, é o procedimento padrão

          • Os únicos mísseis que atingiram aeroportos ou bases sauditas, foram os mísseis de cruzeiros que os iranianos levaram para os rebeldes Houtis, e atingiram somente aéreas onde não havia cobertura do PAC-2, o responsável pela defesa contra aeronaves e mísseis.

          • ScudB,
            O mundo tá mesmo virado do avesso. rsrs
            Em vez da mídia criticar o lançamento de um míssil contra um aeroporto civil frequentado por gente de todo o mundo eles criticam o fato dos sauditas tentarem se defender e tentam achar “erros” nas alegações oficiais sauditas antes mesmo das chamas do ataque se apagarem. rsrsss
            Seria cômico se não fosse trágico.
            E vale salientar que essa histórias são muito mal contadas.
            Eu por exemplo desconhecia que sobrava tanto de um míssil que reentra na atmosfera como os mostrados pelos sauditas.
            Um míssil balístico com mais de 1000 km de alcance tem apogeu de mais de 200 km de altura e não sobra muito dele pra chegar no chão, ainda mais sem mostrar nenhum chamuscado.
            Vivendo e aprendendo.
            Fato é que a ogiva não explodiu porque senão teriam mostrado a cratera e isso não aconteceu. Será que ela foi interceptada e explodiu no ar?
            Uma ogiva de 1 t caindo e explodindo no solo não teria como ser escondido pelo governo. Cadê ela? Aquelas fumacinhas? Aquele chão chamuscado na pé da pista do aeroporto? Acho que não!!!
            Se ogiva não chegou no solo (e não chegou) eu considero que a interceptação foi um sucesso independente dos destroços caírem em área “protegida”.

          • Mal contados é apelido.
            Sumiram reportagens dos jornalistas e ate relatórios da Jane’s. Sumiram as fotos em alta resolução do aeroporto. Limparam ate histórico no web.archive!
            Interessante (ja que Voce mencionou sobre ogiva) que Quiam tem ogiva menor e mais leve (750 quilos). Alem disso a mixtura explosiva é diferente (menos brisante) da ogiva 8F44 de ScudB que usa mixtura TGAG-5.
            Vai saber o que rolou de verdade?! Meio difícil.
            E isso sem contar ainda com as especulações sobre possível compra de S-400..

          • Vale salientar que pelo site indicado pelo Scud a bateria Patriot não está posicionado tendo em vista a proteção do aeroporto.
            O Patriot protege contra mísseis balísticos uma área diretamente à frente em forma de gota com 30 km de extensão, com área de uns 1000 km².
            Se o míssil passou por sobre os “ombros” do Patriot ele teria que ter sido engajado por outro sistema posicionado mais atrás e não pelo que atirou.
            O míssil para ser interceptado por aquela bateria teria que vir em trajetória muito rasa o que não é comum para um míssil balístico. A bateria Patriot fica de frente para a área que irá proteger. O que fica nas suas costas não é de sua competência.
            Não é demérito do comandante da bateria tentar interceptar um míssil fora da sua área de competência e fora dos parâmetros cinéticos da bateria. Se o míssil foi lançado é porque o sistema aceitou a “missão” e portanto, em tese, a ameaça/alvo estava dentro de seus parâmetros, mas que parece estar errado parece.

          • Pelo esquema e localização dos destroços não foi assim não..
            Os videos tb mostram os cursos de frente. Inclusive um dos MIM perdeu alvo e atingiu o solo fazendo aquela curva escandalosa.

        • Eu não falei especificamente de míssil nenhum e sim generalizei. Mas em relação aos Scuds x Patriot muitos dos seus detratores citam que os mísseis não conseguiram interceptar por conta dos destroços ou da ogiva caírem de qualquer modo. Claro, nenhuma surpresa tendo em vista que os mísseis são “balísticos” e estão numa trajetória descendente “imutável”. Mísseis balísticos de maior alcance, com veículos de reentrada separáveis, podem ser interceptados fora da atmosfera pelo método hit to kill e aí os destroços do veículos de reentrada seriam vaporizados na reentrada ou pelo menos muito diluídos.
          Já mísseis balísticos de curto alcance (até uns 500 ou 600
          km de alcance) são de corpo único, sem RV, e portanto são difíceis de impedir que os destroços caiam porque a velocidade deles não é suficiente para que os destroços após a interceptação sejam vaporizados pela atmosfera.
          Na prática é mais difícil interceptar um míssil balístico tático de corpo único que um míssil de maior alcance, que tem apogeu além da atmosfera e precisa ter um veículo de reentrada resistente à reentrada.
          Os Patriots muitas vezes passavam no alcance letal em relação aos Scuds mas houve falhas de espoletagem devido às velocidades envolvidas e mesmo os que tiveram sucesso na espoletagem ainda restavam os destroços ou a ogiva intacta que caia sobre a cidade.
          Outro problema que se apresentou nos primeiros embates Scuds x Patriot é que não raro os Scuds se desfacelavam em voo e o sistema Patriot trancava num “destroço” do míssil enquanto a ogiva passava.
          Problemas de espoletagem foram resolvidos com ajustes no software e igualmente os problemas de identificação do alvo real. Mas ainda assim permanece a máxima que mísseis balísticos tático (de corpo único) são ossos duros de roer.
          O que se pretende hoje com a interceptação de mísseis táticos é tão somente mitigar seu efeito sobre o alvo e no caso de ogivas químicas, tentar espalhar os agentes químicos numa altitude que possibilite sua dispersão sem atingir o solo. Não se espera que a interceptação faça o milagre de fazer desaparecer os destroços que inevitavelmente, devido às leis naturais (incluindo a gravidade e a inércia) irão cair sobre o alvo.
          Ou seja, onde há o risco de ataque de mísseis balísticos de curto alcance além das defesas antimísseis o seguro manda que aqueles que estão em risco se recolham à áreas seguras .
          Voltando ao Patriot, os detratores logo vociferam contra o sistema alegando que sua taxa de sucesso era mínima mas não levaram em conta que nunca antes tal feito fora realizado.
          *Vale salientar que se o Patriot se mostrou não muito confiável contra mísseis balísticos táticos fato é que os sistemas “S” russos nunca foram usados em situações reais de combate e a única garantia que são essa “brastemp” toda são os próprios russos no melhor sentido do termo “la garantia soy yo”.

          • Não, se mostrou em 91, de lá para ja tornou-se.
            O míssil do PAC-3 é hit-to-kill e o gem-T+ usados nos PAC-2 também hit-to-kill.
            A estudos da Rand sobre o assunto, inclusive um review da operação dos Patriots na guerra do golfo, onde por eles o sistema conseguia 40-50% de sucesso de interceptação com um míssil, o da alta probabilidade de interceptação com salvas de 4-6 mísseis.
            Inclusive os estudos deles mais recentes sobre o PAC-3, deu que o sistema podia interceptar um míssil balístico com uma salva de 2 mísseis.
            Os russos e outros países que dependem boa parte da sua dissuasão em mísseis balísticos que partiram pra tática de desacreditar os sistemas ocidentais, o mesmo há com os aviões stealth.

          • Sim , sabemos do Rand. E os estudos sobre desarmamento , hospitais , agricultura e etc. Eles estudam e escrevem sobre tudo! Mas tb sabemos do Ted Postol..Da uma lida. Recomendo.

  11. Parabéns a Turquia Bela compra, bateu o pé e cumpriu o acordo com a Rússia.
    Provavelmente terá seu F35 o ano que vem.
    E terá um grande poder na região.
    Com o caça de 5° geração mais avançado da atualidade
    E o sistema teoricamente mais completo do momento.

    Minha opinião todo o discurso do EUA foi para induzir a Rússia a venda.
    Assim agora a Otan poderá se beneficiar dos segredos do S400.

    Como prêmio a Turquia receberá seu F35.

    Abraço

      • Pampapoker
        Realmente acho que não é o caso.
        A Rússia não colocará um dedo no F35, no máximo receberá instruções como configurar o sistema que identifica amigo via IFF.
        Quanto Os dados de assinatura de radar acho que a Turquia já terá pleno domínio do s400 quando receber seu F35, assim não terá nenhum russo para coletar estas informações.

        O máximo que pode acontecer é em uma futura modernização eles ter acesso aos dados gravados em algum dispositivo.
        Porém até analisa tudo o F35 já está ultrapassado e o caça de 6 geração estará no ar.

        É minha opinião

        Agora como membro da Otan, primeiro treinamento na região terá todo tipo de técnicos avaliando os dados obtidos pelo s400, e suas frequências que seram utilizadas com muito valor no campo de batalha.

  12. Tio Sam pensará duas vezes antes patrocinar golpe de estado na Turquia novamente agora, igual que fizeram em 2016. Erdogan escapou por pouco naquele ano.

    • Acho que a raiva que o Erdogan tem dos seus ex aliados (EUA) é justamente por isso. Os EUA podem até não ter participado ativamente da tentativa de golpe, mas certeza que eles sabiam que iria acontecer e não falaram nada, diferentemente dos russos que avisaram o Erdogan, no fundo ele tem um divida com os russos, se não fosse os russos, eles provavelmente estaria morto ou em uma cadeia turca

      • É ngm mandou ser um déspota autoritário, se quer ter aliados ocidentais que siga a cartilha ocidental, caso não seja que troque de aliados.

  13. Excelente compra dos turcos e melhor ainda para os russos. Quais serão as consequências? Veremos. Na minha opinião, os turcos receberão sim o F35. Ou é isso ou é jogar os turcos nos braços dos russos. É o parceiro que eles precisam para o Su57.
    E outra coisa, uma coisa é ter um desalinhamento total apenas com Irã na região. Outro coisa é ter um desalinhamento com os persas e com os turcos, que podem acabar por ficarem cada vez mais alinhados com russos e chineses.
    Como fica o jogo de poder na região? Está cada vez mais equilibrado. Por quanto tempo a melhor doutrina de Israel irá desequilibrar esse jogo? Pq em termos de equipamentos, turcos e sauditas estão quase equilibrando as coisas. A sorte de Israel é que árabes, persas e turcos se odeiam mais entre si do que a Israel. No dia que que isso mudar, se mudar, o caldo israelense pode entornar.

    • Mas no caso dos sauditas, eles há anos – décadas – são aliados informais de Israel, a ponto de Israel ter autorizado o Egito a transferir, em favor da Arábia Saudita, ilhas que controlam a entrada do Golfo de Ácaba; alem disso, o príncipe herdeiro que governa o país já reconhece o direito de os judeus terem um país próprio, coisa que antigamente era um tabu.

  14. Turquia mostra força como um país soberano, diz que vai comprar, ignora o mínimo americano e agora recebem os sistemas.

    O Trump pode fazer aquela cara de bund@ dele e o que mais? Morder paninho?

    Nesse ponto, o Brasil tem a aprender com a Turquia, saber impor seus interesses seja a quem for. E a indústria bélica turca nem se fala.

    • Jeff,
      O Trump tem que matar um leão esquerdista por dia e não tá dando a mínima pra Turquia ter adquirido o S400. É capaz de você perder alguns segundos de sono com isso e o Trump não perder nadinha.

  15. Caraca, pelo tamanho do missil acho que se acertar não precisaria nem ter carga explosiva, derruba um avião pelo impacto.
    Em pouco tempo após os treinamentos dos turcos, os Patriot espanhois poderão se retirar da Turquia.

  16. Eu acho que no fim esses s-400 serão estudados pelos EUA para prepararem uma investida contra o Irã e o tiro sairá pela culatra.

  17. Agora, senti que a propaganda russa foi bem tendenciosa no anúncio das capacidades do equipamento: primeiro, só apareceu avião americano na lista que o sistema supostamente pode eliminar; nada de Eurofighter, Rafale, Gripen, aviões chineses, britânicos etc (sei que há geopolítica envolvida, mas dava pra colocar pelo menos algum desses). Segundo, ficou jocosa aquela imensa lista de aeronaves americanas (lembrei logo da nave klingon da galera- eheheh), o que tira um pouco a credibilidade da propaganda. E ainda cometeram uma gafe: não incluíram a orquinha na lista de alvos, deixando implícita uma incapacidade em combatê-lo. Fizeram marketing gratuito para o F-35. 😛

  18. Dependendo da distância até um Igla pode derrubar um B-2, a questão é o quão efetivo esse sistema seria em uma situação real, duvido muito que um F-22 ou B-2 seriam detectados antes das bombas atingirem seus alvos, quanto mais se contarem com o auxílio do Growler.

  19. Sistema que vai acabar saindo caro para a Turquia, essa politica estadista populista adotada atualmente na Turquia, todos nos já sabemos como que acabar…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here