Su-24M Fencer

A versão russa do abate do Su-24M por um F-16 turco

O site do Ministério da Defesa da Rússia apresentou a versão russa dos fatos sobre o abate do avião russo Su-24M efetuado por um caça F-16 sobre a Síria em 24 de novembro.

Segue abaixo a tradução do original em inglês:

“No curso de aparecimento de diferentes versões relativas às circunstâncias do ataque ao avião russo Su-24M realizado pelo caça turco F-16 no céu sobre a Síria em 24 de novembro, o Ministério da Defesa russo, apresenta fatos desta situação sem precedentes em sua deslealdade.

O acidente aconteceu em 24 de novembro com a perda em combate do Su-24M, número de cauda 83, causada por engajamento.

Às 9:15 (MSK) foi designado um ataque a um alvo perto de Kepir-Motlu-Zahiya, localizado no norte da Síria.

Esta tarefa foi atribuída a duas tripulações de aviões Su-24M, incluindo os pilotos tenente-coronel Oleg Peshkov e capitão Konstantin Murakhtin (número da aeronave 83, com carga útil de combate de quatro bombas OFAB-250-270).

Презентация PowerPoint

As tripulações foram designadas para conduzir patrulha de combate aéreo perto Maarrat al-Numan nos níveis de voo de 5.800 m e 5.650 m.

A aeronave decolou da base aérea de Hmeymim às 9:42.

Às 9:52, o Su-24M entrou na zona de detecção da Força Aérea da Turquia e estava sob sua cobertura no decurso de 34 minutos.

Depois de 20 minutos passados desde que a tripulação entrou em sua área de responsabilidade, o centro de comando da base aérea de Hmeymim ordenou que fossem eliminados os militantes da área.

As tripulações bombardearam os dois alvos designados e rumaram para a esquerda para fazer uma nova aproximação para destruição de dois alvos restantes.

Ao realizarem um ataque aéreo em um alvo localizado a 5,5 km ao sul da fronteira turca, às 10:24 a tripulação liderada pelo tenente-coronel Peshkov O.A. lançou bombas no alvo e foi então abatida por um míssil ar-ar disparado de um caça F-16 da Força Aérea Turca, que tinha decolado do aeródromo Diyarbakir da 8ª base aérea, localizada no território da Turquia.

Durante a análise do vídeo da situação aérea provido pelo Centro de Comando da Força Aérea Síria e Defesa Aérea, um alvo aéreo foi flagrado, passando da Turquia em direção à fronteira a uma velocidade de 810 km/h e com rumo de 190 graus.

Depois que o caça turco se aproximou do Su-24M a uma distância igual ao alcance de lançamento do míssil (5-7 km, o que prova que o F-16 estava no espaço aéreo Sírio), ele rapidamente manobrou para a direita, baixou a altitude, e desapareceu do display da situação aérea.

De acordo com os dados de monitoramento objetivos recebidas dos meios de defesa aérea, o bombardeiro russo não atravessou a fronteira turca.

A tripulação da aeronave líder confirma o lançamento de míssil. Após o lançamento e virada à esquerda para o curso de 130 graus, observaram um clarão e um rastro de fumaça branca, que ele relatou ao oficial de controle de voo.

Às 10:25, o oficial de controle de voo registrou que a marca da aeronave Su-24M desapareceu dos radares. Os novos pedidos e os pedidos da tripulação do líder tenente-coronel Peshkov permaneceram sem resposta.

O tempo estimado de chegada de um avião F-16 do aeródromo militar de Dyabakyr de uma posição stand-by no solo até o possível local de lançamento de míssil constitui 46 minutos (15 minutos para a preparação e decolagem, 31 minutos – tempo de voo necessário para se chegar ao ponto de disparo).

Assim, a interceptação de um avião Su-24M da posição de stand-by no solo no aeródromo militar de Dyabakyr é impossível, levando-se em conta o tempo necessário para se aproximar do alvo, pois excede o tempo mínimo necessário para o ataque em 12 minutos.

Презентация PowerPoint

Dados de monitorização objetivos recebidos das estações de radar da síria confirmam a presença de dois F-16 na zona de operações de 09:11 até 10:26h (por 1 h 15 min) a uma altitude de 2.400 metros, o que mostra que a operação foi planejada de antemão e os caças estavam prontos para atacar a partir de emboscada aérea sobre o território da Turquia.

É preciso mencionar que a aeronave de caça parou de manobrar na zona de operações e se dirigiu rapidamente para o ponto de deslocamento 1 minuto e 40 segundos antes da aproximação máxima da aeronave Su-24M para a fronteira sírio-turca. O método de entrada da aeronave F-16 na zona de engajamento (não pela curva de perseguição) mostra que ele foi vetorado a partir do solo.

As ações da aeronave turca após o lançamento de mísseis sobre o território da Síria – curva reduzida com perda de altitude e seguindo sob a linha de alcance inferior dos meios de defesa aérea – evidenciam que as ações da pérfida tripulação foram planejadas de antemão.

Dados de monitoramento objetivos da base aérea Hmeymim e a aeronave líder não registram qualquer pedido feito pela tripulação da aeronave turca para os pilotos russos na frequência pré-arranjada.

A prontidão dos meios de comunicação turcos para cobrir este incidente também é surpreendente.

O ataque com o míssil ar-ar foi feito por um piloto da aeronave F-16 da Força Aérea Turca F-16 às 10:24 e em apenas uma hora e meia o vídeo mostrando a queda do avião de guerra foi publicado no site de vídeos YouTube pela empresa de televisão privada turca. O ângulo do vídeo permite definir o possível local de gravação. Ele está situado na zona controlada pelos grupos terroristas radicais constituídos por pessoas do norte do Cáucaso e as antigas repúblicas da URSS. O operador conhecia antecipadamente a hora e o local, que seria o melhor para gravar a filmagem exclusiva.

O rápido aparecimento de grupos militantes na área da queda e a publicação do vídeo na Internet apenas 1,5 horas após o acidente mostram que os terroristas tinham sido informados com antecedência sobre a provocação e se prepararam para o seu vídeo e publicação dos materiais nas mídias sociais na Internet.

Todos esses fatos mostram claramente a preparação antecipada para derrubada da aeronave e a cobertura desses eventos usando a Força Aérea Turca, grupos armados ilegais e agências de informação da Turquia, juntamente com o apoio ativo dos meios de comunicação.

Desde a assinatura do memorando de entendimento mútuo entre o Ministério da Defesa russo e do Departamento de Defesa dos EUA em 23 de outubro de 2015, o Comando do Grupo Aéreo Russo tomou todas as medidas para evitar incidentes entre aviões militares russos e aeronaves pertencentes aos países da coalizão.

Em conformidade com estes acordos, o Centro de Comando da Força Aérea da Rússia na base aérea de Hmeymim tinha informado aos representantes da Força Aérea dos Estados Unidos sobre as áreas de engajamento e informações de um par de bombardeiros russos Su-24M com antecedência.

É por isso que as declarações feitas por diferentes autoridades da Turquia sobre o fato de que não tinham identificado as aeronaves russas são, no mínimo, confusas.

Além disso, o comando militar turco violou todos os artigos e disposições do direito internacional que regula a defesa da fronteira do Estado no espaço aéreo.

É de salientar que não houve nem desculpas, nem ofertas de ajuda no posicionamento e evacuação da tripulação abatida por parte da Turquia após a tragédia.

Concluindo, é necessário tocar no assunto da operação de busca e resgate conduzida para evacuar o navegador, o capitão Konstantin Murakhtin do local da queda.

Primeiro de tudo, o Comando manifesta a sua gratidão a todos os membros da operação pelo seu trabalho preciso, coordenado, sua tenacidade e compostura demonstrados na situação mais difícil à noite, cercados por terroristas. Seu trabalho ajudou a trazer o navegador ejetado de volta à base.

Assim que o capitão Murakhtin estava seguro, ataques aéreos maciços foram feitos por aeronaves russas e pela artilharia de foguetes síria sobre a área ocupada por terroristas que estavam ativamente procurando por ele.

Em conclusão, deve-se dizer que o Comando das Forças Aeroespaciais está orgulhoso de seus pilotos, técnicos, comandantes e pessoal de manutenção, que realizam missões de combate para lutar contra o terrorismo internacional na Síria.

O Comando deseja expressar suas mais profundas condolências às famílias do tenente-coronel Oleg Peshkov e do soldado Alexander Pozynich, que perdeu a vida no resgate da tripulação.

As famílias dos militares não serão abandonadas à própria sorte e eles receberão toda a assistência necessária.”

FONTEMinistry of Defence of the Russian Federation / Tradução e adaptação do Poder Aéreo

55
Deixe um comentário

avatar
55 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
33 Comment authors
EduardoBrunoCaypiroskaRenato CarvalhoCelso Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Lewandowski
Visitante
Lewandowski

De todos os lados, eu tendo ao russo. É o que até agora está tentando elucidar os fatos. Por mais que não se confie 100% em nenhuma informação, de nenhum dos lados, os russos estão mais empenhados.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Se a turquia mijar fora do penico vai perder uma aeronave pode ter certeza. Eu ainda tinha alguma dúvida se o ataque poderia ter sido executado no calor do momento, mas não, foram planejados e muito bem. Uma curiosidade alguém saberia dizer como ficou os dados de navegação aérea momentos após a queda do su-24 russo na região por meio de sites como o http://www.flightradar24.com ? Gostaria muito de saber, já que li informações de que os russos realizaram ataques de guerra eletrônica na região (ai sim nós podemos ter uma boa ideia das reais capacidades deles). Outra coisa que… Read more »

Douglas Rabelo
Visitante
Douglas Rabelo

Também acredito na versão russa, pois a Turquia até agora não apresentou provas de violação do seu espaço aéreo e a NATO claro só manifestou apoio a turquia sem nem tentar explicar o que aconteceu é muito estranho esse silêncio.

Carlos Crispim
Visitante
Carlos Crispim

Eu fico do lado russo, mas por outro motivo, não tenho dúvida de que o SU24 violou o espaço aéreo turco e que recebeu (mas não ouviu) os avisos para se afastar, o que eu acho é que abater o avião foi uma medida desnecessária e desastrosa do ponto de vista prático e político, não havia a mínima necessidade disso, matou um piloto à toa, uma vida humana se perdeu por vaidade turca, uma besteira, não custava nada deixar pra lá e avisar à Rússia diplomaticamente por outros meios, enfim, o comate ao terrorismo é muito mais importante do que… Read more »

Bosco
Visitante

E será que não foram os russos que armaram para os turcos??

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Bosco, a troco de quê?

Gustavo Borges
Visitante

A meu ver o maior ponto de divergência entre russos e ocidentais é sobre a permanência do Assad no poder. Enquanto isso não for resolvido o Estado Islâmico continuará a tocar o terror na Síria. Já Turquia nada faz para combater o Estado Islâmico. Ela está muito mais preocupada em derrubar o Assad e enfraquecer os curdos. Por esse motivo ela mais atrapalha que ajuda na guerra contra o terror.

Bosco
Visitante

Lewandowski, Estamos vivenciando o “troco” no presente momento. É só observar as possíveis vantagens oriundas dessa política de vitimização da Rússia, que a coloca como paladina da justiça, e coloca um membro da OTAN como financiador do EI. Até esse evento não existia a tese de que os turcos compravam petróleo do EI mas antes mesmo do piloto sobrevivente ser apresentado esta tese já havia se consolidado como se por encanto e nós, simples mortais, temos que acreditar que a Turquia, uma parceira comercial russa de bilhões de dólares, jogou tudo por terra por conta de petróleo do EI, vendido… Read more »

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Bosco,

mas daí crer também que os russos colocariam na berlinda o comércio bilionário entre os dois países para se passar de bonzinho e incriminar os turcos, por causa da OTAN, não me parece muito factível.

Até agora, sinceramente, não sei o porquê a Turquia fez o que fez. Para mostrar aos outros países que ela não está para brincadeira? Para repreender a Rússia pelas invasões outrora indevidas, para castigar os russos pelos ataques ao EI (duvido, pois EUA e França deveriam ser ‘punidos’ tbm).

vplemes
Visitante

Bosco, com todo respeito acho que essa sua tese é querer forçar demais a barra. Não acho que os russos sejam flor que se cheire, mas nesse caso especifico os turcos pisaram realmente na bola. Os interesses turcos estão mais alinhados com os do Daesh do que com os interesses ocidentais. O governo turco esta dominado por um partido “quase” fundamentalista, eles estão extremamente desconfortáveis com o fortalecimento dos curdos, tanto militarmente como politicamente, para eles a existência do Daesh trás mais vantagens do que desvantagens. E para complicar mais ainda, a região onde houve o abata é de turcos… Read more »

Bosco
Visitante

Pois então Lewandowski, vamos ficar sem teorias conspiratórias e acreditar que o que houve foi devido às tensões locais. Eu de minha parte não construo dinossauros a partir de DNA de rã para preencher as lacunas e como bom ateu não preencho os vazios do meu conhecimento com teorias pré formadas. Até onde eu sei o que ocorreu já era previsível tendo em vista os acontecimentos pretéritos. Por várias vezes os russos invadiram. Por várias vezes os turcos avisaram. Um dia houve um fator “X” que mudou o que até então era usual. Isso sempre ocorreu na história humana e… Read more »

Plinio Junior
Visitante

Penso que os turcos queriam dar o troco nos sírios naquele RF-4E abatido pelos sírios há algum tempo, viram um vetor solitário se aproximando da fronteira e imaginaram que o mesmo fosse sírio e o abateram….e deve ficar nisto, uma vez que as desculpas formais do governo turco ocorreram há instantes….

Rogério
Visitante
Member
Rogério
Jose Souza
Visitante

a cada dia se torna claro que os turcos …com ajuda EUA…. fizeram M…

bem como todos sabemos os EUA … com suas invasões Afeganistão, Iraque, “estupro” da Líbia … criação e fomento ativo da chamada “primavera árabe”(que “se esqueceu” da Arabia Saudita(ditadura ferrenha) pais que tem comprovados 10% dos ativos financeiros dos EUA)… são ótimos em CRIAREM conflitos para se beneficiar(geopolítica).

Renato Carvalho
Visitante

Amigos, fora do tópico mas nem tanto.. alguém se habilita a me informar as características das seguintes aeronaves: Tornardo x Su 24 x F111 ?

Macbeth
Visitante
Macbeth

Saindo fora um pouco da minha teoria conspiratória :D(WSJ diz que EUA insta Turquia a fechar a fronteira com a Síria-http://www.wsj.com/articles/u-s-urges-turkey-to-seal-syria-border-1448674401) Eu poderia dizer que a Turquia deu um reprise do abate da aeronave Siria há alguns anos atrás, o qual foi premiado de sucesso e apoio , sendo que a Siria não mais bombardeo a região e a Otan enviou “Patriot “para a fronteira. :)Talvez esse fosse o objetivo do abate ao SU 24 .Uma coisa é certa, os pilotos nas aeronavas são militares treinados e monitorados sobre ordens.O SU 24 não iria entrar no espaço aereo dos turcos… Read more »

Rafael
Visitante
Rafael

Como que o presidente turco não sabia que era um avião russo ??? Então se fosse um americano,inglês ou francês eles mandariam abater ??? Claro que não , o provável é que a Turquia já tinha aumentado o horizonte de radar pra além da fronteira turca , os Russos estavam provocando porque sabiam dos interesses turcos , eles os Russos deviam fazer pequenas incursões de poucos segundos , os turcos se aproveitaram disso alertaram o russo antes deles entrarem em território turco e quanto entraram foram prontamente abatidos. Foi uma emboscada sim , mas como feita pra ser no território… Read more »

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos
carcara_br
Visitante
carcara_br

Se noticia que a Turquia não voará mais sobre a síria, enquanto isso os russos intensificaram os bombardeiros na região e ainda reforçaram suas defesas exponencialmente. Se a intensão era criar uma zona de exclusão aérea ou impedir o bombardeiro na região o tiro da turquia saiu pela culatra.
Imagino que o fechamento da fronteira seja igualmente vantajoso para todos que combatem na síria, mas principalmente para quem combate a maior gama de grupos radicais, que são os russos…

Jacinto Fernandes
Visitante
Jacinto Fernandes

O engraçado é que este mapa agora apresentado pelos russos é completamente diferente do mapa que os russos apresentaram logo após o incidente…

Jose Souza
Visitante

Saiu o pacote de sanções Russas: – A Rússia anunciou um pacote de sanções econômicas contra a Turquia sobre o abate de um avião russo na fronteira com a Síria na terça-feira. Um decreto assinado pelo Presidente Vladimir Putin (em russo), abrange as importações provenientes da Turquia, o trabalho de empresas turcas na Rússia e quaisquer cidadãos turcos que trabalham para empresas russas. O decreto também pede um fim voos charter entre os países para. O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan recusou-se a pedir desculpas para a Rússia. Na sexta-feira, ele acusou Moscou de “brincando com fogo” em suas operações… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

*intenção

Marcelo
Visitante

Que linda foto do Su-24. Já salvei ! Fiquei fã dessa aeronave depois disso tudo. Suas linhas são até bonitas…

Marcos
Visitante
Marcos

A Turquia correu um sério risco de levar um bombardeio nuclear.

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos…

Porque os turcos fizeram isso?

Ora pois… Os próprios russos admitiram que o espaço aéreo turco vinha sendo violado. Aliás, pelo que me consta, esse “procedimento” é rotineiro na região. E terminou que os turcos perderam a paciência… Simples assim… Logo, antes de darmos ares a teorias conspiratórias, nos fixemos nos antecedentes da própria região…

A rigor, a menos que sírios e russos compartilhem dados para IFF com os turcos, não creio que havia mesmo como um piloto ou operador de radar turco saber o que era russo ou sírio…

Ricardo
Visitante
Ricardo

Edorgan já mudou o discurso, disse que foi um triste acidente e que sente muito. É claro que ele está sendo pressionado por empresários turcos que podem perder bilhões de dólares com os russos. A balança comercial entre os 2 países é muito mais favorável para os turcos que os russos. A canalhice da Turquia se baseia no fato de que já estava marcado uma reunião um dia depois com os turcos para acertar todos os mecanismos de evitar contato entre as duas forças aéreas e de anteder as reivindicações turcas como aconteceu com os EUA e Israel. A quem… Read more »

Renato Carvalho
Visitante

ninguém se habilitou…..vou pesquisar no google rs

Carlos
Visitante

Ola’ Senhores; Li alguns comentários aqui e só posso dizer que Vcs tem recebido as informações com algun atrazo. Atravez de incansáveis matérias jornalísticas os russos estão provando para o mundo que os turcos estão tentando colocar em curso uma escalada de açõs para controle de vários territórios além de suas fronteiras, Os russos mostraram que o lider dos rebeldes que mataram o piloto russo antes de tocar ao chão na verdade é turcoç membro da organização turca Lobos Cinza e é irmão do prefeito de uma pequena cidade proxima da fronteira turco-siria. Os russos agora estão tentando colar os… Read more »

Douglas Schuindt
Visitante
Douglas Schuindt

Saudade do tempo em que os comentários eram fechados. Pelo menos não se lia tanta besteira quanto se lê num certo Plano Barril.

Johnatan warp drive
Visitante

Crazy Mode On: E se a Russia ignorasse todos os pontos negativos de uma guerra, chutasse o balde e atacasse Turquia, OTAN revidaria e seria o incio da IIIWW ? Qual seria a posiçao do cone sul diante de tais acontecimentos ?

BrancoF-16
Visitante

Renato Carvalho, visualizei só agora sua pergunta, já estou pesquisando aqui para té ajudar neste questionamento kkk

Jose Souza
Visitante

Renato Carvalho… tentei linkar duas imagens com dados técnicos de ambos……o site não aceita.

BrancoF-16
Visitante

Renato Carvalho, Não sou especialista sendo mero entusiasta do meio militar. Imagino que o comparativo destes modelos, deve ser apenas curiosidade. Não sei se é adequando a comparação entre eles. Mais tenho esse costume de pedir umas comparações no minimo inusitada kkkkkk Vamos lá. F-111 tem varias versões, as que mais me chamaram atenção foi a do F-111F para Comando Aéreo Tático sendo a ultima versão dessa aeronave e a do F-111A Corvo para avião de guerra eletrônica. Tripulação: 2 (piloto e oficial de guerra eletrônica) Comprimento: 23,17 m Wingspan: (asa de geometria variável) Asas estendidas: 19.2 m Asas dobradas:… Read more »

Plinio Junior
Visitante

Seria interessante trabalhar com algumas informações importantes, em 2012 os sírios abateram um RF-4E Phantom iniciando uma série de hostilidades entre ambos, algumas trocas de tiros de artilharia de ambos os lados, em 2013 os F-16s turcos abateram um heli sírio que invadiu território turco em 2 km…em 2014 os F-16s derrubaram um avião sírio que atacava os rebeldes na fronteira…em maio deste ano (2015) os F-16 turcos abateram outro Mi-17 SÍRIO…os russos deveriam saber da situação e marcaram bobeira…ainda acho que os turcos derrubaram a aeronave russa pensando que era uma síria…..

BrancoF-16
Visitante

Continuando Su-24 também tem varias versões, Su-24M (‘Esgrimista-D’) e Su-24m2 (‘Esgrimista-D’) são as 2 principais versões de modernização e de maior numero no inventario. Su-24MR (‘Esgrimista-E’) dedicado a reconhecimento, Su-24MP (‘Esgrimista-F’) inteligência eletrônica (ELINT variante). Su-24M sendo a verção modernizada desse bombardeiro pensado para realizar a penetração a baixa altitude acompanhando o terreno, se utilizando de seus radares e de um auxilio de controle de voo a baixa altitude competente. Características gerais: Tripulação: Two (piloto e operador de sistema de armas) Comprimento: 22,53 m (73 pés 11 pol) Wingspan: 17,64 m estendida, 10,37 m de varredura máxima (57 pés 10… Read more »

Iväny Junior
Visitante
Member

Uma coisa estranha também é que o Su-24 teria meios de se defender de um ataque assim, ou seja, o radar de ataque do f-16 só deve ter sido ligado há esta distancia, dentro da NEZ do sidewinder. O RWR ainda deu tempo dos pilotos se ejetarem. Por outro lado, se a Rússia mantém esta declaração está automaticamente repelida a retaliar, ou, no mínimo, cobrar fortemente um ressarcimento oficial, um pedido de desculpas e uma indenização do governo turco à família do oficial morto. Se uma destas coisas não acontecer, Putin perde todo o “temor” que exerce no mundo ocidental.… Read more »

BrancoF-16
Visitante

Por fim Panavia Tornado e suas versões: Tornado IDS (interdictor / greve) caça-bombardeiro, a supressão das defesas aéreas inimigas Tornado ECR (combate eletrônico / reconhecimento) e a Tornado ADV (variante de defesa aérea) de aeronaves interceptor. Panavia Tornado é das 3 aeronaves mencionadas até agora, é mais capaz para uma variada gama de missões, bem armados, possuindo dispositivos de guerra eletrônica para penetração das defesas inimigas, contando com a capacidade de voo mais elástica em vários perfis, sendo superior ao dos dois modelos citados anteriormente. Características gerais Tripulação: 2 Comprimento: 16,72 m (54 pés 10 pol) Wingspan: 13,91 m, a… Read more »

Edcarlos
Visitante
Edcarlos

Pelo menos para isso tiveram alguma honra! http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/11/turquia-recupera-corpo-de-piloto-russo-morto-apos-derrubada-de-jato.html

É o mínimo que tinham de fazer depois de matarem o piloto de forma covarde enquanto este descia de paraquedas!

Saudações!

Ricardo
Visitante
Ricardo
Mauricio R.
Visitante

Como cansa esse mi, mi, mi russo!!! Provocaram e fizeram por merecer ou já se esqueceram das mais de 2 centenas de civis assassinados no KAL 007??? Se olhem no espelho, se tiverem coragem.

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

Sempre tem um pra dizer da saudade da época dos coments fechados. Quanta bobice. Assim a trilogia ficou muito mais interessante. Como postam poucas matérias por dia, eu entrava bem pouco. Agora, acesso mais. Que continue assim. Nem todo mundo é ixpecialixta…. 🙂

Saudações.

XFF
Visitante
XFF

Lewandowski, comentários fechados não é democrático. Com isso, o audiência no blog vai cair muito e só alguns que poderiam comentar. Com isso, não teremos opiniões diferentes para enriquecer os comentários.
Só veremos Bosco, Vader , Oganza e outros se sentido o dono da verdade…..

carlos alberto soares
Visitante
carlos alberto soares

Bosco 28 de novembro de 2015 at 12:28
Pois é !

Celso
Visitante
Celso

Prestem atencao ao comentario do Carlos……ali esta o veneno da situacao atual pelo lado turco q se mostra oportunista e tenta angariar de volta um antigo territorio q ja foi parte do imperio Otomano. C o esgarcamento da Siria, c certeza 2 ou 3 novos paises poderao surgir e a Turquia vai querer de volta este naco (Turcomanos). Bosco, ja q vc eh ateu e nao constroe DNA de dinossauros a partir de ras…rsrsrsrrsr eh bom q vc saiba tbm q por la nao tem bonzinhos e nem santos a mais de 3000 anos, alias e so pra vc enriiquecer… Read more »

Bosco
Visitante

XFF,
Se você falar mal de mim mais umas vinte vezes eu vou ficar de mal.rsrsss

Lewandowski
Visitante
Lewandowski

XFF
O mal já está feito. Já são os donos.

Saudações.

Renato Carvalho
Visitante

Branco-F16…agradeço sua atenção em me passar essas informações, sou um aficcionado por aviação, não me importando a origem dela, seja Russa, Chinesa, Americana ou marciana…aprendo muito aqui na trilogia, e para os que reclamam dos coments abertos,por favor saiam de suas bolhas de sabedoria e compartilhem do seu grande conhecimento conosco, simples ignorantes admiradores.

Caypiroska
Visitante
Caypiroska

Carlos 28 de novembro de 2015 at 18:39

“Houveram manifestações na Turquia após o governo mandar prender mais de vinte lornalistas e chefes de imprensa depois de divulgarem matéria mostrando o contrabando de armas e petroleo. A Turquia se complicou e muito nesta historia. abços…”
=
Sintomático e revelador para que se dispuser a juntar os pontos…

BrancoF-16
Visitante

Renato Carvalho,
Também me incluo nesse grupo, e posso dizer que sempre aprendo bastante com os comentários dos colegas aqui da trilogia.
talvez você goste de um caso hipotético e maluco que eu sugeri em outro posto aqui do aéreo kkkkk
http://www.aereo.jor.br/2015/11/20/ataque-a-siria-com-tu-160-serviu-de-recado-para-o-ocidente-tambem/

abraços

Bruno
Visitante

Dessa vez, não resta a menor dúvida que os russos tem razão e de forma covarde o su-24 foi abatido uma emboscada bem planejada pelos turcos, estou convicto que a resposta será dura e com toda razão do lado da Rússia ,quem sabe até um ataque aéreo a está base dos caças da Turquia.