Home Noticiário Internacional Índia e França estão perto de finalizar acordo do Rafale, diz porta-voz...

Índia e França estão perto de finalizar acordo do Rafale, diz porta-voz do MD indiano

194
12

Meteor em Rafale - foto Dassault

Ministros da Defesa dos dois países discutiram compra do caça, concordando em acelerar negociações e resolver rapidamente o assunto

Segundo reportagem publicada pelo jornal  Times of India nesta terça-feira, 2 de dezembro, um porta-voz do Ministério da Defesa da Índia disse que seu país está perto de finalizar um acordo para comprar 126 caças Rafale da França. Ainda segundo o jornal, o acordo tem valor de cerca de 12 bilhões de euros (15 bilhões de dólares) e poderá ser a primeira venda externa do caça Rafale, testado em combate.

No momento, o ministro da Defesa da França Jean-Yves Le Drian está visitando a Índia, e encontrou-se com sua contraparte indiana, Manohar Parrikar, na segunda-feira. A informação foi dada pelo porta-voz do Ministério da Defesa da Índia, Sitanshu Kar, que também disse que os dois ministros discutiram todas as questões de defesa entre os dois países e decidiram resolver as mais importantes, incluindo o Rafale, rapidamente.

Uma autoridade francesa, que não estava autorizada a discutir o assunto publicamente, também confirmou que os dois ministros concordaram em acelerar as negociações. A França e a fabricante da aeronave, a Dassault Aviation, vêm tentado há anos vender o jato a um cliente externo.

FONTE: Times of India (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTO: Dassault (em caráter meramente ilustrativo)

VEJA TAMBÉM:

12
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
Iväny Juniorjairo boppre sobrinhoIvanFernando "Nunão" De MartiniMauricio Silva Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcos
Visitante
Member
Marcos

Talvez em 2135 a coisa saia!!!

Diegolatm
Visitante
Diegolatm

Rapaz! Eu escuto essa frase do tema da noticia já fazem 2 anos hahaha

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Isto vai acabar saindo a qualuqer momento, pois os Indianos estão coma janela temporal de manutenção de seus invetário indo para breca e começar um nvo propcesso ia ser um de del, então vai acontecer o seguinte:

Os Franceses vão fingir que concordam,os Indianos vão fingir que acreditam e vão terminar acertando.
Agora que os Indianos vão uma levar trolha no traseiro vão, o preço vai ser algo lá na estratosfera.

Grande abraço

Mauricio Silva
Visitante
Mauricio Silva

Olá.

A Índia tinha (tem) interesse de comprar; a Dassaut (França) tinha (tem) interesse de vender. É somente questão de “aparar arestas” (e que “arestas”…) do contrato. Vai sair, não tenho dúvidas. Quando, ai fica difícil dizer…
SDS.

jairo boppre sobrinho
Visitante
jairo boppre sobrinho

Nunão, Srs

Mas considerando-se o estado da maior parte dos aviões da India(idade), considerando-se a China, ali ao lado, e por ultimo, considerando-se que o Su-50 Indiano, sairá “só Deus sabe quando” (além das possíveis restrições, no que diz respeito ao Su-50 atender as especificações Indianas de quinta geração) – nos parece que a India não tem opção – a mesma tem que adquirir alguma coisa para modernizar a sua FA, e tem que aumentar os seus esquadrões de caça – então, vai ser caro, mas vai resolver.

Abs a todos

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Jairo e Nunão, Além do apresentado por vcs, a Índia tem outros projetos que estão aos tropeços. O HAL Tejas Mk2 seria o vetor a substituir o grande número de MiG21 e a base da IAF está demorando a emplacar. O turbofan Kaveri travou, quando seria uma ótima oportinidade para indianos e franceses chegar a acordos (sólidos) para a SNECMA (fabricante da M88 de porte semelhante) apoiar o DRDO no desenvolvimento final, ou até mesmo novas soluções. O MMRCA (Rafale) é importante para manter e recuperar a capacidade de ataque da IAF, serão 6 (seis) esquadrões de elite, mas o… Read more »

jairo boppre sobrinho
Visitante
jairo boppre sobrinho

Grande Ivan

Concordo 100% com vc!

Forte Abraço

Iväny Junior
Visitante
Member

Senhores, não se iludam. Esse contrato está por um fio muito tênue. Talvez os indianos estejam negociando com voz alta por terem sido extremamente explorados no contrato de modernização dos mirage 2000. Não se admite um custo individual de 65 milhões de dólares por aeronave! O contrato da Indonésia que prevê F-16 atualizado pro block 52 e DOADOS pelos EUA, saiu a 28 milhões a unidade! Então, se a dassault vacilar um pouquinho e não entregar tudo o que pode de ToT e mais um pouco, senão enxugar os lucros… Tem a oferta do Typhoon ali do lado, mais caro,… Read more »

jairo boppre sobrinho
Visitante
jairo boppre sobrinho

Ivany

O seu ponto de vista tb é certo.

O fato é que a India tem que correr, qq coisa é melhor do que está agora – esquadrões de mi-21, mesmo que atualizados, em pleno século XXI, parece algo anacrônico.

Se a India tivesse cancelado os Rafale(que eu tb torço que venda de uma vez por todas, afinal a Dassault merece viver mais um pouco) e comprado algo os Gripen com certeza estaria bem servida.

O fato é que com o gigante ao lado, a India tem que correr!

Abs