sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Gripen: empresas do ABC paulista participam de missão à Suécia

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Gripen NG- foto Saab

ClippingNEWS-PAGrupo de empresas e instituições participantes do projeto APL (Arranjo Produtivo Local) da Defesa do Grande ABC vai participar de missão à Suécia, dos dias 22 a 26. O foco é visitar centros de pesquisa e instalações da Saab, companhia que vai montar fábrica no município, em parceria com a indústria Inbra, de Mauá, para a produção e montagem de aeroestruturas (peças da fuselagem, por exemplo) para o caça Gripen NG, avião-caça que será fornecido à FAB (Força Aérea Brasileira).

Entre os integrantes da missão, uma delas será a empresa Serra Soldadura, de São Bernardo, que atualmente fabrica equipamentos de soldagem para peças do avião KC 390, da Embraer. Segundo o diretor da Serra, Rafael Ronconi, a intenção é buscar aproximação com a companhia sueca, para conseguir fornecer itens à produção do Gripen.

Gripen E em detalhes - legendas em inglês - ilustração Saab

O projeto do APL, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, deverá ainda ganhar o apoio da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), que prepara plano para capacitar indústrias para fornecer para a Saab. Além disso, empresas que participaram de rodadas de relacionamento com a área de compras da Aeronáutica, durante seminário no dia 30 de julho, na Universidade Metodista, têm a chance de conseguir aproximação para atender essa Força Armada.

A coordenação do programa deve enviar os nomes das indústrias consideradas mais promissoras para fornecer à FAB, o que pode resultar em visitas de oficiais às fábricas para conhecer, de perto, os itens que estas produzem. Outro resultado do APL é que deverá haver, no dia 17, assinatura de convênio com a Caixa para acesso a linhas especiais de crédito para capital de giro, com juros de 0,83% para empresas desse ramo e também de outras áreas (indústrias de móveis, têxteis e ferramentarias).

FONTE: Diário do Grande ABC (reportagem de Leone Farias)

IMAGENS: Saab

NOTA DO EDITOR: o título original é “Empresas da região participam de missão à Suécia”

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest

4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.

Bando de inúteis, nem p/ tirarem a Embraer da parada serviram.

Carlos
Marcos

off topic

EDA se apresenta em Brasília!

Rinaldo Nery

Quero ver o que vai acontecer com esse lobby de São Bernardo quando a Marina assumir.

Últimas Notícias

Força Aérea Brasileira inaugura nova estação radar de vigilância aérea em Rondônia

Estação será usada pelo Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) para auxiliar na proteção de fronteiras do Brasil A...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -