Home Noticiário Internacional Fecham-se as cortinas

Fecham-se as cortinas

225
41

Mirage faz último voo hoje, rumo ao museu. Caça francês será substituído pelo Gripen NG, da Suécia, escolhido há duas semanas pelo Brasil

 

domingo aereo AFA 2011 - Mirage 2000C 4 - foto Poggio

Roberto Godoy

ClippingNEWS-PAA festa do adeus foi na segunda-feira, dia 20 – o último voo, será hoje às 10h40, na base de Anápolis, a 140 km de Brasília. O Mirage 2000, de matrícula 4948, vai decolar rumo ao Rio de Janeiro. Chega lá uma hora depois. Pousará para sempre. Foi doado ao Museu da Aeronáutica, seu destino final.

Será pilotado pelo capitão Antonio Augusto da Silva Ramalho, do 1º Grupo de Defesa Aérea. Ramalho se diz “feliz, como piloto, pela honra da missão”. Aos 33 anos, operando desde 2010 os interceptadores Mirage, Ramalho reconhece “o salto qualitativo da aviação de caça brasileira”, com a chegada do novo jato supersônico de tecnologia avançada, o modelo sueco Gripen NG, selecionado dia 18, pela presidente Dilma Rousseff na definição do longo processo F-X2; durou cerca de 20 anos a contar do estudo preliminar e das consultas iniciais.

Encomenda

A possibilidade é de que a expectativa do capitão, seus colegas e, ainda, a da complexa rede da indústria aeronáutica, seja superada. A encomenda inicial de 36 aeronaves, mais o conhecimento sensível – cuja liberação irrestrita é “cláusula pétrea” do acordo -, vai custar US$ 4,5 bilhões. E deve ser seguida de pacotes subsequentes, de longo prazo, até um total de 124 unidades contratadas a longo prazo, coisa de 10 a 15 anos, contemplando um horizonte além de 2030. A previsão pode ser maior, chegando a 160 jatos Gripen NG. O número é considerado o ideal para proteção integral dos pontos estratégicos do País, de acordo com um oficial combatente ouvido pelo Estado. O plano da Força Aérea é substituir a frota atual por um só tipo padrão, capaz de ser configurado de forma personalizada para cada necessidade.

A Marinha está na mesma sintonia. A aviação naval embarcada hoje no porta aviões São Paulo A-12 e, no futuro, a bordo do novo navio dessa classe que vai liderar a 2.ª Frota, no litoral Norte/Nordeste, quer empregar a versão especializada do mesmo avião escolhido para a FAB.

Em Anápolis, na sede do Grupo de Defesa Aérea, a dupla inicial de caças F-5M, que cumprirá a tarefa de proteger Brasília até a chegada dos Gripen, estimada para 2018, está pronta. Vieram de Santa Cruz (RJ) e de Canoas (RS). Na segunda mobilização ao menos um sairá de Manaus.

Os 12 Mirage 2000C/B comprados usados, na França, pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2005, deveriam ter sido aposentados em 2011. A Aeronáutica montou um esquema de manutenção que imobilizou seis caças e manteve no ar o esquadrão remanescente. Até o voo do capitão Ramalho, hoje, o GDA terá somado 10.500 horas.

Em sete anos o supersônico entrou em ação real apenas uma vez, em março de 2009, quando foi acionado para reagir a uma ameaça – um piloto amador, desequilibrado, pretendia invadir o limite da capital. Acabou caindo e morrendo com a filha de 5 anos no estacionamento de um shopping de Goiânia.

FONTE: estadao.com

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
41 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Guilherme Poggio
6 anos atrás

Realmente, Poggio. A comparação é muito interessante, levando em conta que, realmente, os 12 caças do 1º GDA foram recebidos num período parecido: os primeiros em 2006 e os últimos em 2008, levando também em conta que neste ano de 2013 boa parte da carga de horas de voo do esquadrão coube a apenas seis aeronaves.

Uma pergunta interessante: qual teria sido o custo comparativo por cada uma dessas mais de 10.000 horas de voo, do Gripen na Hungria e do Mirage 2000 no Brasil?

Marcos
Marcos
6 anos atrás

Levaram-se vinte anos para tomar uma decisão. Obviamente as aeronaves vieram sendo modernizadas, mas nesse prazo todo muita coisa torna-se obsoleta. Isso deveria ter sido decidido lá atrás e essas aeronaves já deveriam estar operando tem muito tempo. E lá vem o pessoal falando em segundo PA. A Grande Banheira dos Oceanos está no estaleiro não se sabe a quanto tempo, consumindo dinheiro para não fazer nada. Se de fato resolvermos construir um novo Porta Aviões, o atual só servirá para sucata. Quanto à um Gripen Naval, ai, ai, ai… quem vai bancar o custo para depois produzirem um lote… Read more »

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
6 anos atrás

Engraçado agora o estadão está colocando palavras na Marinha…

Este Estadão…

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

“Gilberto Rezende 31 de dezembro de 2013 at 12:54 Engraçado agora o estadão está colocando palavras na Marinha… Este Estadão…” Mas Gilberto, São praticamente as mesmas palavras que você usava quando dizia que somente o Rafale poderia ganhar o F-X2, pois apenas ele, na sua opinião, seria apropriado para os navios-aeródromos de 50.000 toneladas que a Marinha pretende adquirir no futuro. E você também dizia que, como a Marinha iria obrigatoriamente utilizar o mesmo avião da FAB, por questões da END e devido a entendimentos em alguma fase do F-X2 etc, então a questão estaria fechada no Rafale. Se você… Read more »

Vader
6 anos atrás

2o porta-aviões? O Godoy andou fumando cugarrinho do capeta…

Ora Godoy, pára de defecar pelos dedos vai… A mais antiga não dá conta nem de navegar da Guanabara a Santos com seu alvo que flutua…

E o Sr. Gilberto Rezende sempre com a sua já tradicional coerência… Agora que a JACA francesa subiu no telhado a Marinha não vai mais usar o mesmo caça da FAB em sua banheira flutuante, ao contrário do que tantas vezes trollado aqui pelo caboclo…

Almeida
Almeida
6 anos atrás

Já vão tarde!

lujuttel
lujuttel
6 anos atrás

Vader, acho que a jaca CAIU do telhado…

Ozawa
Ozawa
6 anos atrás

Com direito a um breve vídeo, que segundo noticiado, será publicado na íntegra amanhã (01/01/2014). As coisas estão mudando um pouco – ou talvez a aviação (militar e civil) sempre captasse a atenção coletiva – a defesa aérea entrou de vez na pauta do jornalismo não especializado…

http://g1.globo.com/brasil/noticia/2013/12/caca-mirage-2000-faz-ultimo-voo-e-e-aposentado-pela-fab.html

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás

Vai-te trambolho!!!

Santana Denis
Santana Denis
6 anos atrás

Boa comparação Poggio, talvez algo que diferencie o uso seja o fato de que os Gripen da Hungria devem ter voado várias vezes em distâncias menores e os Mirage do Brasil devem ter voado esporadicamente em distâncias maiores levando em consideração que a Hungria é menor em KM² que Santa Catarina.

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

Com certeza o assunto está presente na imprensa mas, ainda são dadas informações equivocadas e/ou imprecisas:

“A aeronave Mirage 2000, do Ministério da Defesa, fez o último voo nesta terça-feira (31) ..”

noticias.uol.com.br/album/album-do-dia/2013/12/31/imagens-do-dia—31-de-dezembro-de-2013.htm?abrefoto=30

E está escrito Força Aérea Brasileira bem grande na fuselagem! rsrsrsrsrrsrs…

Mayuan
Mayuan
6 anos atrás

Bom descanso aos Mirage. Que sejam vendidos e não espetados ou doados e que nunca voltem.

Vader
6 anos atrás

Adeus F-2000. Bom caças, abandonados pela sua fabricante em prol de uma JACA…

Iväny Junior
6 anos atrás

O mirage até que é um bom avião. Mas do jeito que chegou, coitado. Muito obsoleto e com mísseis cegos. Se o padrão aviônico ao menos tivesse nivel -5, ele teria operado datalink e armamentos melhores (python e derby ao invés de magic 2 e 530) e sua viabilidade operacional poderia ter sido até extendida. Não tem mesmo lógica o xavantão servir apenas de “radarzão” “defendendo” o espaço aéreo com magic 2 e canhões 30mm. Consta que o f-5 dispõe de uma capacidade interessante BVR e WVR, e, apesar das limitações de performance, poderá oferecer uma capacidade maior de defesa… Read more »

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
6 anos atrás

Poggio eu ao contrário de TI jamais considerei o F-35 para a MB. Que lógica é essa defender o Gripen baratinho no FX-2 e no caça que vale 2,5 Rafales para a MB ??? E ao contrário de ti SEMPRE defendi o Rafale porque há ali mais caça militar e mais tecnologia a ser absorvida pelo Brasil. Agora se o Brasil adotou o Gripen (eu acho pelo preço) mas oficialmente a versão é que foi porque teremos mais PARTICIPAÇÃO E PROPRIEDADE INTELECTUAL no projeto da aeronave no que desenvolvermos… Qual o sentido de nos recusarmos a desenvolver o Sea Gripen… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

Gilberto, quem falou do F-35B fui eu, não o Poggio. “Qual o sentido de nos recusarmos a desenvolver o Sea Gripen e ter 100& da titularidade intelectual desta versão ???” Recusar? É uma questão de interesse e só. O F-X2 é para a FAB. Se a MB quiser investir no Sea Gripen, tudo bem. Não tenho nada contra, apenas penso diferente e acho que, para o futuro, outras opções podem ser consideradas, caso, por algum motivo, se mude o paradigma de querer porta-aviões com catapulta e aparelho de parada. Além disso, eu escrevi claramente, no comentário acima: “Se for para… Read more »

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
6 anos atrás

NÃO NUNÃO o FX-2 é do governo federal e do ministério da DEFESA, por isso ele diz respeito a FAB e a MB… Para esta sinergia é que os ministerios militares foram extintos e se criou o Ministério da Defesa… Cara você está mais ___________ que parecia F-35B ??? Quer que a MB abandone o PA catobar depois de mais de 50 anos investindo nisso por uma TRAQUITANA voadora como o F-35B que vai matar pilotos as dezenas com aquele sistema de turbina vertical nas costas do piloto e com um alcance ainda mais ridículo que o normal do F-35…… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

Gilberto,

Em algum momento de chamei de doido, louco, ou de alguma forma pejorativa qualquer que contestasse o seu patriotismo?

Vê se toma jeito e aprenda a debater civilizadamente, sem ofender os outros!

Aprenda a respeitar quem tem opiniões diferentes da sua.

Nunca é tarde pra isso. Aproveite, é Ano Novo.

Carcará 01
Carcará 01
6 anos atrás

Nunão, liga não… o Giltiger tá com raivinha pq a jaca dele não ganhou o FX e com isso ele perdeu a ______________ que iria levar…

COMENTÁRIO EDITADO. SOLICITAMOS NÃO FAZER ACUSAÇÕES SEM PROVAS, COM OU SEM IRONIA, AOS DEMAIS COMENTARISTAS, O QUE É EQUIVALENTE A UMA OFENSA.

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

“…Se queres operar o F-35 assina logo a petição paro o Brasil ser o 51º estado dos EUA…”

Cada tecnologia inovadora a seu tempo pagou esse preço até se consolidar.

Quanto eram confiáveis os primeiros caças a jato em relação aos com motores a pistão?

Cada vez mais um personagem do que alguém real, ninguém poderia ser tão tacanho assim de propósito ……

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

Fernando “Nunão” De Martini 1 de janeiro de 2014 at 12:16 Eu penso (opinião totalmente pessoal), isso sim, num futuro uso do F-35A para a FAB e do F-35B para a MB, como opção a se efetivar daqui a uns 10 anos (embora o planejamento para isso deva começar bem antes), quando o reequipamento da maior parte da primeira linha da FAB com o Gripen E/E estiver bem adiantado, e se abra uma janela de oportunidade para reequipar uns dois esquadrões com um caça de quinta geração, perto do final da próxima década. Fernando, eu já acredito que o mais… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

Ah, modera, meu comment deve ter caído no spam. Poderia, por obséquio, liberar?

NOTA DO EDITOR: COMENTÁRIO LIBERADO.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

ATENÇÃO SENHORES, COM LICENÇA:

Quando se fala do FX-2, Gripen ou outro vetor + versão N, por equidade(é com trema?), fazê-lo no PA é razoável e legítimo.

Mas quando soma-se ao assunto acima NAe-São Paulo, futuro(s) PA’s, SB, SubNuc, MB e outros diretamente correlatos a forças navais, direciona-los para o PN, na trilogia é o espaço correto. Tem um tópico recente com mais de 100 post muito interessante “DCNS realiza verificação da catapulta de vante do porta-aviões ‘São Paulo’”.
Pode-se até abrir um tópico ou mais tópicos e lá(PN) debatermos.

“Fecham-se as cortinas” . Abrem-se outras.

Grifo
Grifo
6 anos atrás

Caro Gilberto, em 2012 você mesmo nos disse isto aqui no blog:

Existe um documento brasileiro oficial do Ministério da Defesa que DIZ que a aeronave vencedora do FX-2 será adotada nos DOIS porta-aviões que a MB pretende obter no futuro para que CADA UM seja o Capitânea de uma das duas planejadas frotas Norte e Sul.

http://www.aereo.jor.br/2012/11/07/jornal-frances-destaca-que-brasil-vai-escolher-seu-caca-no-tempo-oportuno/#comment-237799

Porque agora você está aguardando a “manifestação OFICIAL da MB”? Já não existia o tal documento?

Grifo
Grifo
6 anos atrás

Senhores, aproveitando as palavras do Gilberto, alguém sabe se existe realmente algum documento official indicando que a Marinha iria adotar o caça escolhido para o FX-2?

Vader
6 anos atrás

Gilberto, para sua informação: 1. O Rafale M, caça naval que o sr. defende para uso nos PAs da Marinha (???) custa sabidamente mais (20 a 30%) que os 101 milhões de EUROS pagos pela França por seus Rafales C/D “F3”. Levando-se em consideração que HOJE (versão de pré-série) o F-35 B custa por volta de 150 milhões de DÓLARES, isso faz com que o Rafale M seja mais caro HOJE do que o caça stealth STOVL que será a linha de frente dos Marines e de algumas das mais poderosas Marinhas do mundo. 2. Ponha na sua cabeça de… Read more »

Vader
6 anos atrás

3. Suas críticas ao F-35, e ao F-35B em particular são simplesmente infantis. Como é que é? A Royal Navy e a Marinha Italiana, sem falar no USMC, irão confiar numa aeronave que não presta para defender seus interesses? O F-35 é parte então de uma imensa conspiração da LM em associação com os russos, chineses e antiamericanalhas do mundo para destruir o poderio bélico aeronaval da OTAN (tirando a “impoluta” França, que será o único país do mundo a usar Rafale M)??? Ora Giltiger, deixe de ser ridículo… 4. Sua idéia de embarcar Gripen C no A-12 demonstra bem… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

“Vader 2 de janeiro de 2014 at 6:15 # aprovado pelo Congresso Nacional, e a Defesa não ficará, se um dia aquilo chegar a dar algum lucro (e é um grande SE) com um mísero centavo dos royalties, que JÁ foram destinados a saúde e educação.” Caro Vader, “destinados a saúde e educação.” Esqueceu=se colega, destina-se também há: “Propinas, RT’s, Bola, grampo, perú, cadê o meu?, só recebo em espécie, o meu é em barra de ouro, num esquece da minha conta no Panamá” “Vader 2 de janeiro de 2014 at 6:31 # Não gosto do custo dele, mas ….… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

“Rafael M. F. em1 de janeiro de 2014 at 23:34 Fernando, eu já acredito que o mais adequado para a FAB e para o país seria entrar em desenvolvimento conjunto com as loiras no FS2020.” Não vejo problema algum nisso. Pelo contrário. É uma opção muito válida, com vários prós, e que eu apoiaria sem problemas, caso seja o caminho tomado – que aliás é sugerido na END e no Livro Branco. Porém, o mundo gira, as coisas andam, os pensamentos precisam evoluir junto com as opções existentes. Eu levanto aqui uma outra opção. Será que é viável? Será que… Read more »

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

Apenas complementando, e esclarecendo um ponto importante para todos: Essas são questões para debater, e de preferência sem faltar com o respeito nem ofender a inteligência e o patriotismo dos demais debatedores, como infelizmente está fazendo o sr. Gilberto Rezende, que há anos adota a tática de bater e fugir, pra depois voltar agindo como quem não fez nada. Talvez cansado de fazer isso com os demais comentaristas, mesmo com inúmeras advertências que recebeu, começou a esticar mais a corda, atacando os editores do site. Se o sr. Gilberto insistir em agir assim, a porta da rua será a serventia… Read more »

Rafael M. F.
Rafael M. F.
6 anos atrás

Wow!

Gilberto é fera mesmo…

Conseguir fazer o Fernando perder a paciência a ponto de passar uma descompostura em público não é para qualquer.

Vader
6 anos atrás

Carlos Alberto, não discuto mais sobre o PA Foch.

Paciência tem limite.

Abs.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

Caro Vader,

respeito sua posição, mas as viúvas não nos deixam em paz. Feliz 2014 com o Gripen C no opalão, kkkk ….rsrsrs.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
6 anos atrás

“Rafael M. F. 2 de janeiro de 2014 at 11:57 Wow! Gilberto é fera mesmo… Conseguir fazer o Fernando perder a paciência a ponto de passar uma descompostura em público…” Não perdi a paciência não, Rafael. Simplesmente é uma questão de conduta e de regras muito básicas, que servem para todos. E é um assunto tratado à vista de todos, aqui, em público. Também não é uma questão que envolve um único editor do site. Fazemos as coisas em comum acordo. Alguns dizem que somos tolerantes até demais, mas acreditamos que é com tolerância que se consegue colocar pontos de… Read more »

Grievous
Grievous
6 anos atrás

A propósito: Muitos aqui falam dos graves problemas do país e o maior deles na opinião de quase todo mundo é a educação (que o povo não tem educação, que nossa educação precisa de mais investimento, etc, etc, etc), mas há que se dar também o exemplo. Os debates aqui as vezes ficam muito chatos por conta das ofensas constantes e/ou do linguajar ofensivo. Gente escrevendo em caixa alta também não é legal. Nada contra a discussão acalorada de ideias conflitantes, mas seria muito melhor se isso pudesse ser feito de modo menos agressivo. Todo mundo fala mal dos políticos,… Read more »

Antonio M
Antonio M
6 anos atrás

“…foram suspensos e até afastados indefinidamente – e isso unicamente por suas próprias condutas, e nunca por suas ideias, opiniões ou ideologias, como gostam de alegar depois, covardemente, se fazendo de pobres vítimas. …”

Mas é assim mesmo que funciona, é a base da ideologia.

A culpa nunca é deles, sempre é dos outros. Seja militante ou o próprio governante, pois são os donos da verdade, da ética, da honestidade mesmo fazendo tudo errado porém, como a culpa pelo fracasso sempre é atribuído a “fatores externos”, a militância, seus caudilhos e a ideologia fica intocada e imaculada.

joseboscojr
joseboscojr
6 anos atrás

Uau!
O pau quebrando e eu falando de missilzinho!
Rssrsss…

ivanildotavares
ivanildotavares
6 anos atrás

2014 tá “quente” aqui, hen?

Sobre a matéria, que serventia tem agora os Mirage 2000?
Lixo? Um, tudo bem, vai para o MUSAL, e os outros? Serão espetados?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
6 anos atrás

“joseboscojr 2 de janeiro de 2014 at 18:52 # Uau! O pau quebrando e eu falando de missilzinho!” “Fernando “Nunão” De Martini 2 de janeiro de 2014 at 10:45 # como infelizmente está fazendo o sr. Gilberto Rezende, que há anos adota a tática de bater e fugir” Pô o cara tá certo dentro da realidade dele, vejamos: 1.- Menos meios disponíveis; 2.- Carga bélica(paga) menor quantidade e inferior; 3.- Radar, não identifiquei ainda, seria um AN/APQ-72 ? Ou seria um 13-5M Kvantum SRD (‘Quantum’) ? Não sei, deem sua opinião; 4.- Bi-turbina ? Não sabemos ! “Grandão”, pois sua… Read more »