terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Coreia do Sul fará nova rodada de ofertas para o programa F-X3

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

AF-1, Flt 314, LtCol George "Boxer" Schwartz, AIM-120 AAVI Launc

Segundo reportagem da Reuters publicada nesta quinta-feira, 25 de julho, a Coreia do Sul realizará no mês que vem uma nova rodada de ofertas para seu programa F-X3, que visa a compra de 60 caças de nova geração. O processo havia sido suspenso no início deste mês após 55 rodadas em que todos os ofertantes excederam o orçamento de 8,3 trilhões de won (cerca de 7,4 bilhões de dólares). Concorrem a Lockheed Martin com o F-35, a Boing com o F-15 Silent Eagle e a EADS com o Eurofighter Typhoon.

A nova rodada deverá ocorrer na terceira semana de agosto, porém analistas acham pouco provável que o valor desejado pelos sul-coreanos seja atingido. Por sua vez a DAPA (Defence Acquisition Program Administration), organização responsável pelo programa de aquisição, revelou por meio de seu porta-voz Baek Youn-hyeong que, “caso nenhuma oferta esteja dentro do orçamento do projeto após a retomada das ofertas, prosseguiremos com o projeto por meio de revisões ou aumento no orçamento total.”

F-15 Silent Eagle dispara AMRAAM

Outras opções para viabilizar a compra incluem uma aquisição dividida em partes, mas esse tipo de modificação implicaria numa reescrita do programa. Críticas sobre o governo ter acelerado demais as coisas, assim como a eleição presidencial do ano passado, acabaram desacelerando o processo, e analistas acham que a previsão de início de entregas em 2017 não será possível. Cerca de 150 caças F-4 e F-5, que a Coreia do Sul pretende substituir parcialmente com as novas aeronaves, deverão dar baixa a partir de 2015.

Typhoon RAF - foto Eurofighter

FONTE: Reuters (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

FOTOS: USAF, Boeing e Eurofighter (conforme a ordem em que os caças são citados no texto original)

NOTA DO EDITOR: é sempre bom relembrar que o F-X3 (ou F-X III) sul-coreano é a terceira fase de um programa chamado F-X, cujas duas fases anteriores resultaram em compras de caças F-15 norte-americanos, que vêm sendo entregues e postos em serviço ao longo dos últimos anos. Parte da frota de caças F-5 será substituída, segundo o planejamento, pela FA-50, derivado armado do treinador supersônico T-50 Golden Eagle. Para saber mais sobre esses programas, clique nos links abaixo.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Reportagens especiais

A estrela da semana foi o Gripen E, mas a Saab não se esqueceu do Gripen C

Empresa sueca ainda espera conquistar novos clientes para a versão atual do Gripen, nos próximos 5 a 8 anos - Fernando...
- Advertisement -
- Advertisement -