quinta-feira, setembro 23, 2021

Gripen para o Brasil

Hawker divulga comemoração de congressista sobre revisão do LAS

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Nota está disponível em link no site “Mission Ready” que promove o AT-6 da Hawker Beechcraft – segue a tradução do pronunciamento do congressista Mike Pompeo

 –

WASHINGTON, DC— Hoje, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) disse que vai tomar ações corretivas no Contrato de Apoio Aéreo Leve do Afeganistão (LAS), deixando de lado o contrato concedido à Sierra Nevada/Embraer, que teria efeito em 2 de março de 2012. O contrato está agora sob uma investigação do comando para determinar o que ocorreu de errado.

O congressista Pompeo tem sido atuante em incitar a Força Aérea dos EUA a explicar a inexplicável decisão de excluir o AT-6 da  Hawker Beechcraft da competição, deixando um avião estrangeiro como único vencedor. Pompeo tem se engajado em procurar repsotas e recentemente mandou ao secretário de Defesa Leon Panetta uma carta, assinada por outros 23 congressistas, requisitando que o Departamento providencie ao Congresso uma explicação sobre o porquê da USAF ter excluído a  Hawker Beechcraft da competição. Pompeo, cujo Quatro Distrito Congressional de Kansas é a casa da Hawker Beechcraft e considerada a “Capital Aérea do Mundo”, enviou o seguinte pronunciamento após receber as boas novas:

“Eu aplaudo a Decisão da Força Aérea dos Estados Unidos por finalmente começar a remover o véu de segredo a respeito do contrato LAS. Por meses, eu tenho advogado que a Hawker receba uma explicação completa e justa sobre o porquê de ter sido subtamente excluída deste contrato. Tenho dito consistentemente que algo não cheira bem nesse assunto, e estou feliz por ter seguido meus instintos em lutar pela Hawker Beechcraft e pelos empregos que ela gera no Kansas. Hoje, nós celebramos esta vitória e a restauração de uma longamente esperada competição justa e aberta”, disse Pompeo.

O site do congressista, acessível pelo link do site promocional do AT-6, também disponibilizou links para três cartas que ele escreveu ao secretário de Defesa Leon Panetta (textos em inglês). A carta  mandada em 6 de fevereiro deste ano, assinada por ele e outros 23 congressistas, pode ser acessada clicando aqui. Para acessar outra carta de 15 de dezembro de 2011, clique aqui. E clique aqui para outra carta foi mandada em 9 de novembro.

Pompeo também mandou carta ao secretário da USAF Michael B. Donley em 30 de novembro passado, que pode ser lida clicando aqui.

FONTE / FOTO: site mission ready (que promove o AT-6 nos EUA)

NOTA DO EDITOR: voltando à tradição de comentários musicais do Poder Aéreo às notícias (ao menos para amenizar com bom humor as notícias não muito boas para a maioria), a batalha vencida pelo congressista “Pompeu”, não sei por que, me lembrou que o jovem “César” acabou vencendo a fatura final – não que sobrevivesse muito tempo para comemorar, é claro. E, falando em Júlio César e outros assuntos correlatos, veio à mente uma composição de Raul Seixas e Paulo Coelho, que dá um conselho a César (veja abaixo…). Mas e você leitor, acredita que no fim das contas a Sierra Nevada / Embraer, que perderam essa batalha, podem ganhar a guerra? Já respondi outro dia a um leitor que acreditava em Coelho da Páscoa, então faz sentido dizer que ainda acredito. Mas vocês não precisam acreditar em mim, eu não sou astrólogo! Eu não sou astrólogo!

- Advertisement -

4 Comments

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carcará 01

Essa é uma tipica venda casada… Pelo menos nao nos enganam com “transferencia irrestrita”… Sim, sei qual é a transferencia que os “bleus’ estão interessados de verdade…

Mauricio R.

Será no mínimo curioso, se a USAF refizer a concorrência em termos francos e abertos e o ST vencer novamente.

masadi45

Alguém em sã consciência acreditava que essa corja iria fechar com a Embraer? kkkkkkkkkkkkkkkkkk Se fizeram essa cretinice , imaginem o que não fariam depois que escolhêssemos, por acaso , o F-18. Mas será que uma empresa que dizem ser a 3ª no mercado de aviação e, despontado como entre as 100 do mercado de defesa, sequer previu algo assim? Realmente acreditaram e, continuam a acreditar nessa espécie de gente? O que fica disso tudo é a total falta de palavra de segurança jurídica que tem um país que faz o que quer , demonstrando tamanha arrogância e desprezo pelas… Read more »

marciomacedo

Bem, aconteceu o que já era esperado desde o início. Era mesmo muito difícil a Embraer levar essa. Com issso, está mais pavimentado ainda o caminho para o Rafale na FAB. Pode ser que Tio Sam ainda tire um coelho da cartola. Mas está difícil.

Últimas Notícias

Eve, da Embraer, e Bristow firmam parceria para desenvolver operações de UAM com pedido de até 100 eVTOLs

Melbourne, Flórida, 23 de setembro de 2021 – A Eve Urban Air Mobility, uma empresa da Embraer, e a...
- Advertisement -
- Advertisement -