sexta-feira, maio 14, 2021

Gripen para o Brasil

Táticas de combate aéreo: ‘Head on Attack’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Este é o primeiro de uma série de vídeos da Força Aérea da República da Coreia (ROKAF) com manobras táticas de combate aéreo que o Poder Aéreo vai disponibilizar aos seus leitores.

Na manobra tática empregada em combates 2×1 dentro do alcance visual, um elemento de F-5E Tiger II enfrenta um MiG-21. No “merge”, os aviões cruzam num “head on” e depois partem para a jogada ensaiada.

O líder do elemento sobe para fazer outro cruzamento com o MiG, enquanto o ala faz a curva por baixo para atrair o inimigo. Quando o MiG vê o ala, procura encaudá-lo, o que dá a oportunidade para o F-5 líder mergulhar e engajá-lo. Fim do jogo.

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

Até o surgimento da série teen, o F-5 foi provavelmente o melhor caça para dogfight feito pelos americanos. E mesmo assim, durante os exercícios AIMVAL/ACEVAL nos anos 70, o F-5E deu uma canseira nos caças maiores, chegando a placares de destruição mútua em combates dentro do campo visual, com todos usando o mesmo modelo do Sidewinder (que era melhor que qualquer míssil infravermelho russo da época).

Rinaldo Nery

Não foi uma entrada em counter flow?

Reportagens especiais

Saab Press Trip 2019 – parte 2

Entrega do primeiro Gripen E brasileiro Por Guilherme Poggio Linköping é uma cidade pequena para os padrões brasileiros (possui cerca de...
- Advertisement -
- Advertisement -