Home Aviação Civil Simulador de voo do Phenom 300 é qualificado pela FAA, ANAC e...

Simulador de voo do Phenom 300 é qualificado pela FAA, ANAC e EASA

759
4

Ferramenta de treinamento de última geração já é utilizada por clientes em Dallas, EUA

O primeiro simulador de vôo do Phenom 300 da Embraer CAE Training Services (ECTS) foi qualificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), pela Federal Aviation Administration (FAA), dos Estados Unidos, e pela Agência Européia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA). A ferramenta de treinamento de última geração localizada no Centro de Treinamento SimuFlite da CAE em Dallas, Estado do Texas, EUA, já está sendo utilizada por clientes para qualificar pilotos do Phenom 300.

“Tenho muita satisfação de anunciar que o primeiro simulador de vôo do Phenom 300 está totalmente operacional, servindo aos nossos clientes”, disse Márcio Fernandes, Gerente de Treinamento de Clientes da Embraer. “Esta é uma importante conquista para a nossa estratégia de longo prazo de apoiar a crescente frota e mostra nosso compromisso de oferecer treinamento de alto nível para nossos operadores.”

Este é o terceiro simulador de vôo da ECTS a oferecer treinamento de pilotos para clientes Phenom e o primeiro dedicado ao Phenom 300. Os outros dois simuladores apóiam as operações do Phenom 100 e foram certificados no segundo semestre de 2009. Um deles também está localizado em Dallas e o outro no centro da CAE em Burgess Hill, no Reino Unido.

A ECTS (www.embraer-cae.com) é uma joint-venture entre a Embraer, fabricante de aeronaves mundialmente reconhecida, e a CAE, provedora de soluções para treinamento em aviação. Tal associação combina os produtos inovadores da Embraer com a avançada tecnologia em simulação, ferramentas para treinamento e rede de apoio da CAE no intuito de oferecer a pilotos e técnicos de manutenção instruções passo-a-passo por meio de atividades teóricas, de simulação e práticas.

Sobre a CAE

A CAE é líder mundial no fornecimento de tecnologias de simulação e modelagem e de soluções integradas de treinamento para a indústria de aviação civil e forças de defesa em todo o mundo. Com receita anual superior a C$ 1,5 bilhão (dólares canadenses), a empresa conta com mais de 7 mil empregados em 75 localidades e centros de treinamento em 20 países. A CAE tem a maior base instalada de simuladores de vôo para aplicações civis e militares e dispositivos de treinamento. A rede mundial composta por 29 centros para a aviação civil e militar treina mais de 75 mil integrantes de tripulações por ano. A companhia também oferece software de modelagem e simulação para vários segmentos do mercado e, por meio da divisão de serviços profissionais, fornece assistência a clientes com as mais variadas necessidades em termos de simulação.

Fundada em 1947, a empresa tem sede no Canadá. Com clientes em mais de 100 países, conta com a maior cobertura mundial entre todas as empresas do setor de equipamentos e serviços para simulação e treinamento do mercado. As exportações correspondem a 90% da receita anual da CAE, que tem ações negociadas nas bolsas de Toronto e de Nova York (TSX: CAE; NYSE: CAE). Dedicada à inovação, a CAE destina cerca de 10% de sua receita anual para pesquisa e desenvolvimento. Para mais informações, visite www.cae.com.

FONTE: Embraer

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
rogerio
9 anos atrás

O brasil tem capacidade de desenvolver simuladores de vôo que surpresa

Mauricio R.
Mauricio R.
9 anos atrás

“A ferramenta de treinamento de última geração localizada no Centro de Treinamento SimuFlite da CAE em Dallas, Estado do Texas, EUA,…”

“…a avançada tecnologia em simulação, ferramentas para treinamento e rede de apoio da CAE…”

O simulador é produto da CAE.

Galileu
Galileu
9 anos atrás

Rogerio,
o Brasil não tem capacidade de desenvolver simuladores, não tem nenhum na aviação civil e militar, nos mesmos moldes desses da CAE.

dBotura
dBotura
9 anos atrás

Alguem saberia me dizer se a Embraer tem algum plano de montar estes simuladores no Brasil, para atender, Africa e América do Sul????????