Home Indústria Aeroespacial Gripen NG demo voa na Índia para a disputa do MMRCA

Gripen NG demo voa na Índia para a disputa do MMRCA

258
81

Gripen NG demo - foto Gripen International

Nesta terça-feira, 25 de maio, a Saab divulgou informe sobre a primeira aparição internacional do Gripen NG demo, participando da fase final dos testes de avaliação, na Índia, da competição para a nova aeronave de combate de porte médio do país (MMRCA – Medium Multi- Role Combat Aircraft). Até o momento, a aeronave já realizou 135 voos de teste na Suécia.

Segundo Eddy de la Motte, Diretor da Campanha do Gripen na Índia, “esse acontecimento mostra a experiência e a alta capacidade tecnológica que a Suécia agrega ao desenvolvimento e fabricação de um avião de caça desse calibre. Diversos pilotos de outros países já voaram e avaliaram o Gripen NG demo na Suécia, incluindo pilotos do Brasil e da Índia, e estamos confiantes de que essa aeronave atende, ou excede, todos os requerimentos operacionais levantados pela Força Aérea Indiana.”

Ainda segundo a empresa, as condições duras da Base Aérea de Leh, a 3.300 metros de altitude, no Himalaia, provaram não ser páreo para o caça sueco, que passou nos ensaios de alta altitude.

O informe da Saab acrescenta que o Gripen NG demo é a plataforma voadora que está sendo utilizada para treinar e desenvolver novas tecnologias e características incorporadas no Gripen NG. E finaliza afirmando que o Gripen NG foi especialmente desenvolvido para atender aos requerimentos operacionais de países como Índia e Brasil, que demandam um caça de nova geração com raio de combate e persistência ampliados significativamente, assim como maior carga paga e capacidade supercruise (voo em velocidade supersônica de cruzeiro).

FONTE: Saab FOTO: Gripen International

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
81 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MatheusTS
MatheusTS
10 anos atrás

Saio do papel xD
I agora qual a desculpa dos rafalistas?

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

OLá,

Então a “Coxa de retalhos” diz que voo na India. Isso que é se pode dizer que é voar em cima da hora e ainda com o modelo antigo.

Vamos ver o que os Indianos irão dizer, a Saab obviamente falou que foi muito bem.

Só vale como curiosidade, já que não compradores ou pedidos para o avião.

Abraços,

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

MMRCA (Medium Multi- Role Combat Aircraft) eu desejo na FAB um HMRCA ( High Multi-Role Combat Aircraft).
Um outro FX para um Medium seria ideal…, mas precisamos de um High primeiramente.
[]s

latino
10 anos atrás

Olha ele ai ; para mim a melhor escolha GRIPEN NG -BR .

sds

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

“…Só vale como curiosidade, já que não compradores ou pedidos para o avião. …”

O que sobra para o Rafale, cuja fábrica trabalha em 3 turnos até nos finais de semana para atender os pedidos.

rsrsrsrsrs!!!!!

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

O conceito de médio e pesado é variável. Para nós que operamos F5, como principal vetor, o NG tem uma capacidade muito superior. Para os indianos que operam Flankers, o NG é um avião médio. Seria interessante o NG como projeto caso o Brasil fosse sócio da Índia, o que daria a tão procurada escala de produção. O problema é sempre a SAAB e as suas eternas promessas mirabolante. É prometido um avião aqui e outro lá. Ter escala somente de estrutura e motores vai nos trazer o mesmo problema do AMX. Pessoalmente desconheço qualquer acerto entre os dois países,… Read more »

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Eu pensei em High mesmo, the High End, High Technology, mas o Heavy é mais adequado, estou de acordo. A Índia com seu território continental como o do Brasil adota os SU30 Heavy + os Mediums (Tejas, MIG29, Mirages, futuro MMRCA). Poderíamos (claro, se os recursos suportassem) ter este mesmo entendimento no Brasil. Neste momento espero que o FX2 não morra. Torço para uma solução para o FX2, seja ela qual for. Também não desjo ver a FAB enganada, seja pelo Governo, seja por interesses internos de empresários, seja pelos Lobbies. Desejo que um dia os pilotos que voaram os… Read more »

Ricardo_Recife
Ricardo_Recife
10 anos atrás

Vai começar a sessão de desespero dos Mártires de Jaca

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Já existem mais 80 Rafales voando. Se vale supor que a India comprará o NG vale supor que comprará o RAFALE.

1) 36 Aqui;
2) 190 Na França com pedidos confirmados;
3) 126 na India;

Abraços,

Abraços,

Marco Antonio Lins
10 anos atrás

Srs.

Alguem poderia me expicar porque não aceitamos o Sukhoy?

Problemas politicos ou tecnicos ou tecnicos ? Eu pergunto porque vcs vivem mais perto dos acontecimentos e tem grandes conhecimentos
nesta area!

Abs

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Ed a sua neurose é hilária..

Relaxa cara…

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Marco Antonio Lins disse:
25 de maio de 2010 às 13:08

Digamos que sejam os dois motivos.

Rodrigo Marques
Rodrigo Marques
10 anos atrás

Marco Antonio Lins,

“”Alguem poderia me expicar porque não aceitamos o Sukhoy?””

A alegação foi a não transferencia de tecnologia, o mesmo argumento aplicado aos submarinos.

Aí a França veio, topou a transferência e levou tudo ( inclusive o FX2) 😉

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

‘…Se vale supor que a India comprará o NG vale supor que comprará o RAFALE…”

Claro que vale. Se faz uns 20 anos que a Dassault supõe que vai vender o Rafale, a esperança é a última que morre. …

Edu Nicácio
10 anos atrás

Será que a escolha dos motores GE F-414 para o HAL Tejas indiano impicaria na escolha do Gripen NG ou F/A-18 Super Hornet como vencedor do MMRCA?

Os indianos fazem questão de economia de escala? Seriam 120 + 126 turbinas (Tejas e Gripen) ou 120 + 252 turbinas (Tejas + F-18 SH)… É uma questão a se pensar…

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

‘…Se vale supor que a India comprará o NG vale supor que comprará o RAFALE…”

Até aí isso vale p/ F-16; F-18; Typhoon e Mig-35.

Pedro
Pedro
10 anos atrás

Poxa, por mais que eu tento não consigo parar de me estressar(pena que sou viciado e toda vez que conecto na internet venho aqui),quando leio á respeito dos concorrentes do nosso programa de reaparelhamento de nossa força aérea aqui na trilogia. Está parecendo programa policial de 5ª categoria, por causa dessa estúpida discussão, de qual caça é o melhor,mais barato,maior autônomia,tem acordo estratégico,não saiu do papel,vamos sofrer embargos e blábláblá. Entre os rafalemaniácos, os gripeiros,hornets(olha só, até nomes nós temos ganho) e que nada vai fazer mudar a escolha de nossao gorverno(seja por qualquer um dos 3, ou até um… Read more »

Elenilson
Elenilson
10 anos atrás

Deu…lá vem as gripetes…ficam todas arrepiadinhas com uma notícia dessas…mas olhem que interessante. O NG é o avião da Mulher Maravilha. Já o NG DEMO é o do Frankenstein…

grifo
grifo
10 anos atrás

Será que a escolha dos motores GE F-414 para o HAL Tejas indiano impicaria na escolha do Gripen NG ou F/A-18 Super Hornet como vencedor do MMRCA?

Se os rumores estão corretos, e os dois caças que passaram sem problemas pelos testes em Leh foram justamente os dois que usam a F-414, me parece que essa seria a escolha óbvia para o Tejas.

Pedro
Pedro
10 anos atrás

Cont. Respeito a opinião alhei e quero que respeitem a minha, assim como sei que uma discussão e confronto de idéias é o ideal de uma democracia. Mas descambar para termos pejorativos(quase ou se não chingamentos) e se ater a discussões do estilo:” Meu avião tem um turbina e custa mais barato”, ” o meu têm duas turbinas e maior autonomia”, ” o meu é melhor e mais fabricado”. Somos adultos e não crianças. Abraços mais uma vez á todos. Inimizade é uma coisa que nunca tive e não é agora que quero arruma-la por meio da internet. E falo… Read more »

GSV
GSV
10 anos atrás

Boa tarde amigos!

Será que nosso ministro da defesa tomou a vacina da H1N1 e não vai pegar Gripen nunca???

Piadas toscas a parte vejo nesse “projeto” NG uma boa oportunidade ao Brasil. Se é ou não o melhor Vetor existente ninguém sabe, pois seu desenvolvimento ainda não está finalizado.

Uma pergunta off topic: A SAAB tem planos para desenvolver sua Turbina?

Forte abraço!

GSV
GSV
10 anos atrás

“Se é ou não o melhor Vetor existente ”

Para a FAB é claro!!!

Vader
Vader
10 anos atrás

Éééééé, pois é… Mas foi voando pro Himalaia como? Com suas asas de papel e turbina de papelão? 🙂

Vamos ver qual a próxima desculpa da rafalechada… Como essa bossa de FX2 não vai sair mesmo, melhor aguardar o que dirá a avaliação na Índia para tirar sarro das rafaletes que apecham o Gripen como LIFT, avinhaunzinhu, e coisas do gênero…

Sds.

M1
M1
10 anos atrás

Acordem…. ninguém no mundo inteiro vai comprar a jaca. Ninguém…. pode dar SU, F16, SH18 e talvez GRIPEN NG, mas essa jaca é impossível. Se eu fosse o Lobin, eu iria para Índia fazer uma Proposta para comprar de caças conjunta. Essa sim, seria uma jogada boa. O Brasil até poderia comprar mais, pois pela escala daria muito mais certo e se a empresa vencedora não cumprir o contrato ela iria arranjar problema com DUAS NAÇÕES e para empresa daria muito mais conforto nesse cenário de instabilidade financeira mundial. Agora, como eu não sou o Lobin…. fica essa bagunça ae… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Linda foto do Demo!

Menos “Gripetes”… menos… rsrsrs

Rodrigo, é por essa razão e outras que o NG tem tudo para ser um novo AMX! tomara que não seja este o caminho! mas antes isso do que nada!…
apesar de as vezes eu ficar irritado, e desejar, da boca pra fora, que a FAB fique com F-5M forever! vou ficar contente com qualquer um dos 3, pois sei que num futuro próximo ainda, se no esforçarmos como nação, ter muito mais…
QUERO MESMO É FORÇA AÉREA!

Sds!

Galileu
Galileu
10 anos atrás

Agora é tarde a aeronáutica caiu no conto do vigário…….

É impressão minha ou o NG tá voando, como?? Ele foi voando até a Índia, como??

Nossa….. o NG tá usando o Iris-T e o outro acho que é o AIM-120, mas logo essa porcaria dará lugar ao meteor, melhor míssil BVR.
Pra quem não sabe até a Matra desistiu ou está pensando em desistir do Mica IR, afinal nem a frança vai continuar a comprá-lo.

E se depender do Brasil, estão ferrados, meia dúzia de mica Ir não mantém linha alguma ahahahhaha

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

E o Rafale com somente dois operadores, utilizando versões distintas vai ser um novo AMX..

E olhe que eu já chamo a bicha francesa de AMX francês faz tempo.

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Hehehehe

Pobres grinpezeiros, ainda acreditam em tudo que a Saab diz, e no sucesso do NG hehehehe. Vamos ver, o Gripen NG já perdeu a concorrência na Dinamarca e Suécia, já perdeu aqui no Brasil, e esta mais que certo que os indianos ou escolher o Mig-35, e a Suécia só vai comprar umas 32 unidades do NG, quer dizer, isso se eles encontrarem um a quem vender, pois se não o encontrarem, não vão comprar nenhum. Nem o próprio país de origem quer o avião da mulher maravilha hehehehehehe, também ele nem existir existe hehehehehehehehe.

Chora grinpezada.

Vader
Vader
10 anos atrás

O fato senhores (e nem discuto mais isso aqui atualmente: tal discussão tinha sentido antes do fatídico 7 de setembro de 2009), é que estive olhando no site da Gripen International e senti profundamente, de novo, que perder essa oportunidade de desenvolver em conjunto com a SAAB o Gripen NG será uma tremenda duma pena. O Brasil perderá uma oportunidade rara de ter em seu inventário e, além disso, ser co-desenvolvedor, co-produtor e co-proprietário de um projeto inigualável em termos de América Latina. Ou então que alguém me prove que há aeronaves mais poderosas que o Gripen C na AL… Read more »

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Eu chamo o Grinpe NG de AMX2, mais acho que como o Rodrigo falou ai, o pão frances ta muito mais nessa categoria, o NG ta abaixo dela, pois absolutamente ninguém o quer, só os pilantras da Saab tentam empurrar sem sucesso para os outros. Senhoras e senhores, o NG é e sera o maior fracasso da historia da aviação militar, sim pois o AMX pelo menos opera em dois países, o NG não operara em nenhum, nem mesmo na Suécia. Só os grinpezeiros de plantão acreditam que ele será um grande sucesso hehehehehehe.

Vader
Vader
10 anos atrás

Ah, o detalhe interessante sobre o MMRCA é que não apenas o Gripen NG concorre como projeto: o favoritíssimo na questão logística, MiG-35, é também um projeto em desenvolvimento, longe de ser finalizado. E que corre ainda muito mais risco de não passar do papel do que o Gripen NG. Pelo que andei pesquisando, há fundado temor na IAF pela aquisição do MiG-35, porque isto criaria uma extrema dependência do material bélico russo, tendo em vista os Su-30MKI e o T-50. Isso mina consideravelmente as chances do MiG-35 na disputa, lembrando que a Índia não é como o Brasil, e… Read more »

Wilhelm Canaris
Wilhelm Canaris
10 anos atrás

Vader disse:
25 de maio de 2010 às 14:24

Na sua opinião o Gripen NG (va lá) confrontaria sem problemas os F-16 Chile, Mig 29 Peru ou os SU do chaveco?

Abrs

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

“…Gripen NG demo voa na Índia para a disputa do MMRCA…” Seria a notícia mentirosa? Seria a IAF recheada de incompetentes e corruptos se escolherem o Gripen NG? Os defensores do Gripen em sua maioria esmagadora não se referem ao Rafale de maneira tão infantil. Batem (eu pelo menos) na tecla do seu preço e custo da hora de voô e com diversos argumentos já comprovados que é praticamente impossível baixar tais valores inclusive, que seu preço não baixa mesmo a partir de declarações da Dassault e governo francês. E qum defende o Gripen não quer a compra de um… Read more »

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Vader O Brasil perdeu sim uma grande e rara oportunidade de participar em projeto fantástico, mais não foi com o projeto da Saab, foi com o projeto da Sukhoi para o PAK FA T-50, o projeto do Gripen NG nunca foi grande coisa, apenas seria uma aeronave de exportação da Saab. Já o T-50 será uma amar fabulosa, rival absoluto do F-22 pelos próximos 40 anos( já que o projeto chinês de 5ª geração só deve rivalizar mesmo é com o F-35), uma oportunidade única e que já se firmou com a Índia, se o Brasil perdeu tal oportunidade com… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Wilhelm Canaris disse:
25 de maio de 2010 às 14:51

“Na sua opinião o Gripen NG (va lá) confrontaria sem problemas os F-16 Chile, Mig 29 Peru ou os SU do chaveco?”

R: No esquema de defesa em rede (R-99) da FAB? Com pilotos bem treinados (voando)? Com bons armamentos (A-Darter, Meteor, etc.)?

SEM A MENOR SOMBRA DE DÚVIDA!

Sds.

Vader
Vader
10 anos atrás

X-nobe disse:
25 de maio de 2010 às 14:55

______________________

Tem mais: essa joça desse T-50 se um dia virar alguma coisa vai ficar muito, muito, muito, MUUUUUUITO atrás do F-22 e, perto do futuro vetor de superioridade aérea (F-35) dos EUA, (e da OTAN) vai dar até pena…

Abs.

Ricardo_Recife
Ricardo_Recife
10 anos atrás

O novo AMX da história é o Rafale. Vejam as semelhanças. Apenas dois países vão usar e vai custar o dobro dos outros para comprar. Contudo, ao contrario do AMX que é pau para toda obra, a jaca somente vai voar em datas comemorativas. Vander concordo plenamente contigo, perder o Gripen NG e entrar com os dois pés na jaca “francesa será um golpe que a FAB talvez jamais se recupere…”. Estou doido para saber qual foi o avião no MRCA que precisou de cinco tentativas para voar porque o motor não pegava no ar rarefeito do deserto. Eu sei… Read more »

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Vader

_____________________, só porque a joça que você defende virou um fracasso, é a mais pura verdade, só vocês os grinpezeiros são ingênuos ao ponte de acreditar em Papai Noel se a Saab afirmasse que ele existiria. Se quer ficar bravo com alguém, fica com quem não quer compra o avião da mulher maravilha, como o governo Brasileiro, e todas as outras nações que não quiseram comprar o NG, incluindo a própria Suécia hahahaha. Se o NG é um fracasso vai fazer o que.

EDITADO PELO MODERADOR

Lobo
10 anos atrás

Edcreek disse:

“Então a “Coxa de retalhos” diz que voo na India. Isso que é se pode dizer que é voar em cima da hora e ainda com o modelo antigo”.
Edcreek, com o devido respeito, apenas buscando contribuir, é couxa de retalhos ao invés de coxa.
Poderia ser cochar, no sentido empregado na marinha, mas aí seria com ‘ch’.
Vou te cochar, por exemplo. Antes que pensem mal de nós, significa ajudar.

Do amigo,

Lobo

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

1.Tem mais: essa joça desse T-50 se um dia virar alguma coisa vai ficar muito, muito, muito, MUUUUUUITO atrás do F-22 e, perto do futuro vetor de superioridade aérea (F-35) dos EUA, (e da OTAN) vai dar até pena…

Se o T-50 for uma droga, entam o que será o NG que você tanto defende? Não vai ser melhor nem que um aviãzinho de papel.

Lobo
10 anos atrás

Edcreek isto é que é solidariedade, fui ajudar e errei feio, perdão caros colegas, professor Logo pisou na jaca. Anotem: colcha-de-retalhos.

Eta lobo, fique esperto.

Fred
Fred
10 anos atrás

“”Francisco AMX disse:
25 de maio de 2010 às 14:13
Linda foto do Demo!

Menos “Gripetes”… menos… rsrsrs

Rodrigo, é por essa razão e outras que o NG tem tudo para ser um novo AMX!””

VOCE NÃOPODE COMPARAR OS SUECOS AO ITALIANOS.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Coxa, colcha, coucha…

Cuidado para vocês não acabarem se encoxando kkkkkkkkkk

Braincadeira, amigos..

Só para relaxar.

Fred
Fred
10 anos atrás

X-nobe disse:
25 de maio de 2010 às 15:17

Suas insinuações são coompletamente infunfadas. Voce pare que esta como “espirito de porco”.
O Debate estava sério até voce nos encher com essa abobrinhas

Lobo
10 anos atrás

Que razão comercial levou a LM a não oferecer ao Brasil a versão que agora oferece à Índia???
Alguém consegue achar uma explicação?
Seria um caça mono (reator) e custos interessantes.
Ofereceram uma versão bastante inferior.

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

O CA dava preferência ao F16 com opções de F35 no futuro, mas a short-list foi montada para favorecer a bicha francesa.

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá, Eu puxei o bonde da “coxa” a culpa é minha LOBO. Rodrigo sem essa, só porque moro em Campinas, preconceito! Falado serio, a concorrencia na India será ganha por Russos ou Americanos: 1) Os EUA estão tentando um aproximação maior com eles e literalmente “abrirão as pernas”, estamos falando de mais 100 unidades, e o peso politico dos EUA; 2) Os Russos são parceiros historicos e a tendencia de Su-35 é forte, além da falicidade de logistica já que em breve terão mais de 200 SU-30, e tem a questão do peso politico da Russia; 3) Os outros concorrentes… Read more »