quarta-feira, outubro 20, 2021

Gripen para o Brasil

Reino Unido deverá reduzir frota de caças

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres


Entre os cortes, estão 120 Tornados e 53 Typhoons

A United Press International (UPI), com informações do jornal Daily Telegraph, noticiou nesta quinta-feira, 12 de agosto, que a revisão dos planos estratégicos e de defesa britânicos trará um significativo corte no número de armas e tropas do Reino Unido. Os maiores cortes dessa revisão, esperada para os próximos meses, serão na RAF (Royal Air Force – Força Aérea Real).

Os cortes, entre 10 a 20% do orçamento de defesa, atingirão centenas de tanques, dúzias de caças a jato, cinco navios e até 16.000 pessoas, numa contribuição aos cortes de orçamento gerais do país.

Para a RAF, isso significará 7.000 pessoas e 295 aeronaves a menos, deixando o Reino Unido com menos caças do que em qualquer época, desde 1914. Aproximadamente 120 caças-bombardeiros Tornado deverão ser desativados, porque sua atualização seria muito cara. Quanto ao Eurofighter Typhoon, o corte será de 53 unidades, para que a frota do modelo atinja o máximo de 107 aviões.


Outras forças

O Exército Britânico perderá 5.000 militares e até 40% de seus veículos blindados, incluindo os Chalenger 2, Warrior e os obuseiros autopropulsados. O total de tropas deverá cair para 100.000.

A Marinha Real deverá ter dois submarinos nucleares cortados, além de três navios anfíbios e mais de 2.100 oficiais, marinheiros e fuzileiros. O programa de mísseis nucleares estratégicos Trident ainda está sob debate.

O informe da UPI, no entanto, acrescenta que um porta-voz do Ministério da Defesa Britânico, em nome do Secretário de Defesa Liam Fox, declarou que “decisões duras terão que ser tomadas mais que o complexo processo da revisão da estratégia de defesa e segurança será concluída no outono (do Hemisfério Norte), e que especulações sobre sua versão final, nesse estágio, são completamente sem fundamento.”

FONTE: UPI FOTOS: RAF

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

56 Comments

Subscribe
Notify of
guest
56 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner

AH AH AH AH AH !! ( de novo) !!! Ora ora então os galantes ingleses estão em decadência… se alguem duvidava da decadencia dos EUA, agora nao venham defender a hegemonia britânica.
É a realidade, os britânicos tem uma economia menor que a alemã e mesmo assim tem maiores forças armadas na ativa. Não vão mais aguentar.
Tadinha da Otan, que peninha que eu tenho deles…vou até derramar uma lágrima pelo meus grande amigos ingleses… ah ah ah !!!
Mas lamento pelos EFAS, são excelentes aviões, pena que virão em numero reduzido.

Leandro

É…tá todo mundo duro…
Será que não há nada dos Britânicos que não possa ser aproveitado por aqui?

lucas

pelo jeito que andam as coisas os brics vão virar a otam do futuro.

robert

e o f-35? e os dois porta avioes?

bem que esses 53 typhoon poderiam vir a preço de banana pra cá…

Biel

É hora dos argentinos irem as compras e se prepararem para recuperar as ilhas Malvinas , as armas poderiam vir de Israel, uma vez que os ingleses embargaram a venda de armas para o estado judeu e acredito eu que o governo israelense adoraria dar o troco.

Otus scops

Wagner

a decadência de Inglaterra é imaginação tua. vai a Londres.
os gastos militares são obscenos em todo o mundo e concordo que se reduza, chama-se downsizing, menos mas melhor.
mas continua uma potência temível.

Lucas
explica lá o que é que o Brasil tem em comum coma a Rússia, ou a Índia com a China??? tanta azia…

Luis

Reduzir os Tornados, tudo bem. Mas reduzir os EF2000?

PS: hora boa para o Brasil comprar alguma coisa da Alemanha e/ou Inglaterra.

Gabriel from reu

Typhoons de segunda mão… quem vai comprar? é óbvio que eles não vão tirar de serviço e estocar ou destruir… vão vender. Mas a pergunta é: A quem?
Brasil podia “chegar junto” nos warrior ou nas artilharias, as peças que temos, francamente…
Grande feirão inglês, bota fora, queima total heheheh

Biel

Quem estava interessado nos Typhoon eram os chilenos !
Se os ingleses fizerem um preço legal eu acho que os veremos alguns Typhoon na AS operando ao lado de alguns F-16 na mais moderna força aérea sul americana

HMS_TIRELESS

Impresionante como as vezes aparece por aqui gente_____________ como esse tal de Wagner. Deveria haver um filtro anti _____________ Mas voltando ao assunto isso são rumores ainda. Não creio que a frota de Tornados seja desativada pois eles são os responsáveis pelo ataque a longa distância da RAF. Imagino que talvez o número seja reduzido. Creio que sim a força de Harriers seja afetada e talvez a aquisição de 22 A400M seja cancelada.

COMENTÁRIO EDITADO POR ATACAR OUTRO LEITOR.

MODERE O LINGUAJAR. PRIMEIRO AVISO.

Vitor

Quem vai ocupar esse vacuo militar? Eu ainda nao acredito que a humanidade esteja preparada pra viver desarmada mundialmente por há muita diferença e ódio no mundo. Índia e China estao com o poderio militar em acensão mas seus investimentos nao parecem ser para projeção de poder igual o ingles e americano. Só quem viver verá.

Luis

53 EF2000 Tranche 1(?) (UK) + 20 EF2000 Tranche 1 (Itália) = 73 EF 2000 usados no mercado. Dariam 18 para cada GDA e sobrava 1 (GDA 2/3/4 a serem criados).
comment image

OTAVIO PETITA

Agora é hora que cancelar o FX-2 e formar esquadrões de EF-2000 com preços de ”banana” Adquirir : # Pelo menos 36 Typhoon e se possivel 72 # Pelo menos 120 Chalenger 2 e se possivel 240 Imaginem só formar entre 3 e 6 esquadras/batalhões ! Otus scops disse: 13 de agosto de 2010 às 19:36 Wagner a decadência de Inglaterra é imaginação tua. vai a Londres. os gastos militares são obscenos em todo o mundo e concordo que se reduza, chama-se downsizing, menos mas melhor. mas continua uma potência temível. Lucas explica lá o que é que o Brasil… Read more »

Wagner

HMS_TIRELESS cuide de seus comentarios, ok ?

Wagner

Otus scops

A Decadencia deles é visivel. Claro que continuam a ser militarmente temiveis, mas ainda assim estão em declinio. Se nao estivessem, nao estriam cortando gastos.
Decadencia é decadencia. Queda é outra coisa.

E os ingleses estão com a economia estagnada, seus gastos soa insustentaveis. Isso se chama decadência.
E pór mim que decaiam mesmo.

defourt

Se eles estão em decadência qual o nome para nós estes anos todos?

Esquisito um mundo onde as pessoas torcem para que outras entrem em decadência…

Ainda nem vimos o pré-sal e já estamos arrotar caviar?

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mortadela

defourt

Desculpem!
A tempo: …a arrotar caviar. [seria o correto]

Vaaalney

Olha aee Brasil, tragam alguns Tornados para cá, eu e minha câmera fotográfica ficaríamos muito gratos!

Luis

Segundo a Wikipedia, a RAF tem 53 EF Tranche 1, 67 T2 e 40 T3. Total de 160 Typhoon. Seriam os T1 que seriam postos à venda.
Dos 28 que a Itália possui, 20 seriam postos à venda.
http://en.wikipedia.org/wiki/Eurofighter_Typhoon

Total de 73 (por enquanto), e possivelmente subindo!

lucas

Otus scops

e o que que a inglaterra tem haver com a frança, com os estados unidos ? e por ai vai, são povos com culturas diferentes assim como os brics.

Clésio Luiz

O engraçado disso tudo era o pessoal falando da esmagadora quantidade de Typhoom vendidos frente ao nº de Rafales. Se falava em “mais de 600 aeronaves já vendidas”, quando na realidade não deve chegar a pouco mais da metade. O mercado de exportação? Será suprido com unidades ou de segunda mão ou com encomendas canceladas.

Não que eu ache que a situação do Rafale vai de vento em popa, longe disso, mas aquele futuro brilhante do Typhoon ficou para trás. Quem tem chances agora de se tornar o projeto europeu mais bem sucedido é o Gripen.

Tito Lívio

Ihhhhhhh… já vi que essa OTAN não passa de um bando de BRINCALHÕES!

derrotados pelo bolso… kkkkkkk
Tudo fogo de palha, precisam dos ianques pra tudo, até para dividir os momentos “felizes” de uma falta de grana.

Sem contar que o urso do outro lado da Europa não precisa mover um único soldado para intimidar essa “coalizão da liberdade”, basta fechar a torneira…rs

Luis

Segundo, novamente à Wikipedia, são 559 EF2000 encomendados, contando com 186 já em operação em 6 países.

Não sei porque Noruega, Finlândia, Dinamarca e Holanda entraram no projeto do F35. São países pequenos, sem ambições internacionais, investindo em um projeto que cada vez mais extrapola os custos (e alguns países já pensam em pular fora). O Gripen NG serviria perfeitamente para eles.

zorann

Não acredito que comprar Tornados e EFs usados sejam uma boa opção. Ainda acredito que o NG seria a melhor opçaõ para nossa FAB. Como segunda opção, elegeria o Super Hornet. Com produtos de origem americana sempre teremos opções mais acessíveis para futuros upgrades ou através dos próprios fabricantes, ou através de nossa industria nacional, ou ainda quem sabe com a ajuda israelense.

Um abraço a todos…

Antonio M

“…E pór mim que decaiam mesmo….”

E que “ascendam” China, Coréia do Norte, Irã, Venezuela e congêneres?!?!? Aí sim veremos o que é viver em “decadência permanente” ……

NOTA DOS EDITORES:
SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE NAS QUESTÕES DE DEFESA.

Asimov

@Lucas

França e Reino Unido são vizinhos e têm uma história milenar de convivência e guerras e desde a I GM são aliados.

Os EUA e o Reino Unido nem precisa esplicar.

EUA e França…a França apoio as Guerra de Independência dos EUA. A Estátua da LIberdade foi um presente francês. França e EUA são aliados desde a I GM. Os EUA apoiaram a França em suas guerra coloniais (Argelia, Vietnã, etc.).

Os 3 são aliados militares e membros da OTAN.

[]s

Asimov

explicar…rs

Mario Blaya

os cortes são fato ou apenas contabeis para constar do ano fiscal? a crise ainda e forte no norte, mas não é a primeira que enfrentam. Em pouco tempo eles retornam a normalidade imperial de sempre, estão demobilizando equipamento gasto e que precisariam de manutenção maior. Comprar isso seria o mesmo que dar milho para porco, um desperdicio.

Outro, ponto, quem é ameaça para a OTAN nos proximos 5 anos em termos de poderio aereo? podiam encostar todos os caças que não haveria risco algum.

Pedro

Poxa… tão cortando tudo. Será que temos um dinheirinho sobrando ou um eventual dinheiro siando do bnds, para comprar esses equipamentos? Uns Eurofighter Typhoon, Chalenger 2 e quem sabe algúns navios em ótimo estado de conservação e idade. Tamo aí mandando brasa.

ABraços.

Nick

A pindaíba continua terrível na Europa. Temos de aproveitar agora, e barganhar o que puder.

Como compra de oportunidade , 36 Typhoons seria uma ótimo gap filler, não fosse seus custos operacionais.

[]’s

Sol

RAF, Ruim Air Force !!

Apenas 107 EuroFIASCO…

O melhor avião do Poodles vai ser o F-35 da EUA (AESA, multi-missão). Patético!

Raptor

Sim! Senhores… Eles estão em dificuldades, porém seguros (Libra). Estão revendo a balança de poder e redimensionando todo o tratado de defesa em um mundo pós OTAN e com a inclusão de novos sócios e readmissão de antigos. Isto fatalmente, irá provocar a transferência de poder (e as armas em si) de países hiper armados para os sub armados (América Latina é um exemplo gritante) buscando-se um equilíbrio maior de forças dentro do próprio bloco ocidental. Não é nem um pouco inteligente rir da desgraça alheia, principalmente, quando os do Norte, são os maiores consumidores do mundo. Existem também limites… Read more »

Robson Br

O império deles foi construído na base da escravidão e do saque. Hoje não tem mais espaço para isso. Tem ex-colônia com poder econômico e militar. O que eles ainda possuem é resultado de anos de acumulos dos saques das reservas extativistas e minerais da África, Asia e América. É o início do fim mesmo. Quanto a alguns aqui, não pode falar em sobras que já ficam todos assanhados e dizem: mandam para cá, pois servem para nós. ETA povinho medilcre. NOTA DOS EDITORES: SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE… Read more »

Thomas

O problema la e’ a total falta de interesse em gastar dinheiro em armas, o desinteresse de acompanhar a política externa dos EUA devido ao alto custo em dinheiro que isto implica. Alias, isto se aplica a Europa toda.

Nao e’ muito diferente do que acontece aqui no Brasil.

Antonio M

“…O império deles foi construído na base da escravidão e do saque….”

E o da ex-URSS feito com o quê? Bolsa-família e muito carinho?!?!

E o império chinês está sendo feito do quÊ?!??! Com o pior nível do capitalismo, o capitalismo selvagem e de Estado.

Inveja mata …..

NOTA DOS EDITORES:
SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE NAS QUESTÕES DE DEFESA.

fabio

Antonio M

Tem gente que pensa que ditadura é
só de direita,
Você foi perfeito.

Sobre UK
Tenho uma amiga morando lá Ela é funcionaria publica Esta com medo de ser demitida ou rebaixada de cargo por causa da crise

Sobre os typhoons
e a vida útil desses já em uso?

Challenger

O Reino Unido é menor que o Estado de São Paulo, então pra que tanto Poderio militar?

Dalton

“então pra que tanto Poderio militar?”

O Reino Unido é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU…portanto é imperativo um minimo necessário na
sua capacidade militar.

Provavelmente este numero “5” será aumentado futuramente, mas o Reino Unido deverá continuar como permanente até porque não se pode esquecer de uma hora para outra toda uma Historia desta grande nação… teve coisas ruins no passado, mas teve muita coisa boa
também, aliás atire a primeira pedra a nação que tem um passado imaculado.

abs

HMS_TIRELESS

Creio que aqueles que gargalham ao falar de uma suposta decadência da Grã-Bretanha são certamente pessoas ansiosas para prestar reverência aos Chineses e que adoram gritar a plenos pulmões “viva Chavez” “viva Ahmadinejad”

NOTA DOS EDITORES:
SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE NAS QUESTÕES DE DEFESA.

Mario Blaya

e engraçado ver as torcidas organizadas defendendo qual pais e o melhor preparado para ser o dono do mundo, nada como suditos devidamente amestrados!

NOTA DOS EDITORES:
SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE NAS QUESTÕES DE DEFESA.

Luiz Eduardo

Manda uns 48 EF-2000 pra cá por preço de banana uai, assim teremos tempo para definir o F-X2, 3, 4, etc… 😛

Luiz Eduardo

Biel disse:
13 de agosto de 2010 às 19:51

O Chile não fará novas aquisições por enquanto, todo seu dinheiro está voltado para reconstruir seu pais ainda durante anos – e estão muito bem nessa area na AS com seus F-16 por enquanto…

Sds.

Cal

O fim deles pode servir para trazer nossa ascenção, a final o dinheiro não desaparece, ele apenas troca de mãos!

NOTA DOS EDITORES:
SUGERIMOS A TODOS QUE A DISCUSSÃO DEIXE DE FOCAR A QUESTÃO “POLÍTICO-IDEOLÓGICA-IMPERIALISTA-TEORIA DA DEPENDÊNCIA-VIRALATISTA-ETC” E FOQUE NAS QUESTÕES DE DEFESA.

THIAGO

HMS tireless, Creio que muitos assim como eu, nao são apologistas de Chavez, nem da senhora China ou do Irã, mas que tambem nao simpatizam com UK, assim como o senhor mesmo nao simpatiza com estas ditaduras citadas. A Inglaterra ( reino unido se preferirem), nunca fez nada de bom a ninguem, a nao ser quando tivesse algum interrese em jogo. Foi uns dos paises a destruir a AFRICA, roubando suas riquezas, dividindo para conquistar, colocando amigos e inimeigos em fronterias artificiais e etc… Inclusive o Brasil sofreu muito devido a eles, como na epoca vitoriana quando eles declararam “guerra”… Read more »

Hugo

Entre Rafales e Typhoons, prefiro os últimos. Seria uma oportunidade ímpar de se adquirir excelentes aeronaves por um preço razoável. Mas infelizmente duvido muito que isso possa acontecer. Por um simples fator: “transferência de tecnologia”. Eles podem oferecer o EF-2000 pela metade do preço, mas sem TT o Brasil não vai aceitar.

OTAVIO PETITA

Temos que abraçar pelo menos 36 EF-2000 msm que não tenham TT,nem se for para quebrar um galho,vejamos que a compra dos Mirage 2000 também não teve TT. Do mais seria muito ótimo se vendessem 72 unidades (formaríamos 6 esquadrões) e quando um projeto de sexta geração como o Neuron (do meu ponto de vista a europa tende a falir economicidade o que levaria á menos investimentos em pesquisa e resultaria em produtos menos sofisticados ou sem escala de produção) comprariamos e assim pular a quinta geração.Essa subistituição seria em torno de 2020 e 2030,o que daria em torno de… Read more »

Fábio Mayer

Os argentinos que não fiquem ouriçados… mesmo com os cortes, a Inglaterra ainda dá um caldo neles, digno de considerar-se humilhação!

O que está claro é que TODOS os países terão que limitar seus gastos militares. Talvez haverá uma ou outra exceção, mas o fato é que os custos militares cresceram desordenadamente nas ultimas duas décadas e isso chegou ao limite…

Otus scops

OTAVIO PETITA depois dessa explicação, um brilhante exercício de ignorância e clichés, pergunto-te uma coisa, se os ricos deixarem de ter dinheiro para comprar onde pensas tu que vais vender? desde quando é que os mais pobres ficam mais ricos quando não há riqueza? se calhar devias começar a fazer uma coisa que não tens hábito, raciocinar. lucas essas perguntas-resposta são confrangedoras. revela uma ignorância incompatível com a arte da guerra, a qual é exemplarmente tratada nesta trilogia de sites, o melhor em língua portuguesa. defour perfilho integralmente do teu pensamento. o que me entristece por aqui às vezes nem… Read more »

Ozawa

É apenas uma readequação do aparato bélico diante de mandatárias questões orçamentárias que podem afetar toda a nação. E só. Haverá ainda um bom número de unidades aéreas, navais e terrestres de alto nível de modernidade, ou seja, no estado da arte, e principalmente um bom número de técnicos aptos a desenvolver e produzir “n vezes” mais, se e quando, a conjuntura político-estratégica infringir os interesses do Reino Unido. E a comparação de seu aparato militar com anos idos, recai em outra discussão, como no blog naval acerca da inferioridade da USN com os tempos da II GM… Hoje, com… Read more »

Jorge Nunes

Do jeito que a coisa anda o typhoon pode acabar virando outro tapa buraco por aqui…

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -