Home Noticiário Internacional Esquadrão de Tornado da RAF treina nos EUA para o Afeganistão

Esquadrão de Tornado da RAF treina nos EUA para o Afeganistão

265
16

13sqntornado - foto 3 RAF

O Ministério da Defesa do Reino Unido informou que o 13 Squadron da RAF (Royal Air Force – Força Aérea Real) está participando do exercício Green Flag, na Base de Nellis da USAF (Força Aérea dos EUA), numa preparação intensiva para operações no Afeganistão. A base de operações normal do esquadrão, equipado com caças-bombardeiros Tornado GR4, é Marham, em Norfolk (Inglaterra), onde opera a Maram Wing (Ala), uma das maiores e mais atarefadas alas da RAF.

O deserto que cerca a base 13sqntornado - foto MoD UKproporciona 15.000 milhas quadradas (38.850 km2) de espaço aéreo com condições similares às encontradas na província de Helmand, no Afeganistão. Além disso, o fato de Nellis servir de base de operações para mais esquadrões do que nenhuma outra base em solo norte-americano, proporciona uma experiência de trabalho em um ambiente multinacional que o esquadrão encontrará no Teatro de Operações Afegão.

O Comandante de Ala (Wing Commander) Howard Edwards, do 13º esquadrão, veterano com mais de 100 missões operacionais sobre o Iraque, destacou no informe a necessidade de treino noturno para uso de óculos de visão noturna (night vision googles), num ambiente que pode ter montanhas beirando os 4.500 metro de altura, tornando o ambiente realmente escuro.

13sqntornado - foto 4 RAFNo mesmo esquadrão está o novato tenente (Flight Lieutenent) Oliver Harbridge, que saiu do treinamento há apenas seis meses e vai para sua primeira missão em linha de frente, com muito a aprender. Ele destaca o fato de estarem treinando com tropas em terra que são as mesmas que estarão no Teatro de Operações Afegão, junto com o 13Squadrom. No total, oito Tornados do esquadrão estão em Nellis. No Afeganistão, as aeronaves vão cumprir tanto missões de ataque quanto de reconhecimento, rendendo uma outra unidade da Ala Marham que opera hoje em Kandahar.

link vídeo Tornados RAF treinam nos EUA para Afeganistão

FONTE / FOTO / VÍDEO (para ver o vídeo, clique na imagem acima): RAFMinistério da Defesa do Reino Unido

VEJA TAMBÉM:

16
Deixe um comentário

avatar
15 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
11 Comment authors
Bruno Rocha(IN) FuryJustin CaseRodrigoEdcreek Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Challenger
Visitante
Challenger

Os Tornados, aí firmes e fortes.

Para os Britânicos, deve ser muito bom treinar, em um espaço aereo tão grande, ao invés do apertado e congestionado espaço aéreo Europeu.

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

O Tornado ainda impôe respeito. Sempre gostei deste avião. Lembro do fascículo n. 2 de “AVIÕES DE GUERRA” e do poster interno.

Almeida
Visitante
Almeida

E tem gente aqui que acha que uma missão dessas não é considerada de combate só porque eles não vão encontrar oposição aérea…

RJ
Visitante
RJ

Ninguém criticou ainda a RAF por não usar os deltas de bigode (Typhoon)???

Quando a França usa os Mirage2000 o povo lasca críticas ao Rafale.

Ricardo
Visitante
Ricardo

O Tornado GR4 ainda é o melhor avião de ataque completamente operacional da Europa. Durante anos foi a espinha dorsal de ataque da Inglaterra, Alemanha e Itália com a capacidade de levar 18000 libras em carga paga. É capaz de levar bombas PaveWay, Joint Direct Attack e LGB. Em 2008, o Air Forces Monthly nomeou o Tornado como o melhor avião militar da Europa durante o último quartel do século XX, hoje eles dão este título ao Typhoon. A RAF tem quase 200 Tornados e 58 Thyphoons. Concordo com Nunão, a prioridade da RAF é substituir F-3 (59). Nas missões… Read more »

Challenger
Visitante
Challenger

Belo comentario Nunão, só esqueceu de dizer que ele tmb é bonitão.

Só a titulo de comparação. Qual é mais caro de operar o Tornado ou – F-18C/D?

Edcreek
Visitante
Edcreek

OLá,

RJ parabens pela lembrança, porque a França testou um novo equipamento no Mirage-2000 D , é porque o RAFALE tem graves problemas de geração de energia. O extranho é que mesmo com esse suposto problema a França continua produzinho o caça e tem um pedido total 180 unidades, ainda falando que o F-3 está totalmente homologado.

Agora quando a Inglaterra faz teste no bom e velho Tornado para o Afeganistão ao invês do Typhoon, todo mundo acha bonito.

Dois pesos duas medidas….

Abraços,

RJ
Visitante
RJ

Edcreek, pelo que ouvi falar, o problema do Rafale não foi geração de energia, e sim integração elétrica. Depois de resolver esse problema no M2000, será mais fácil descobrir como montá-lo no Rafale sem problemas.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

A diferença entre os franceses é ingleses é simples:

Os ingleses nunca falaram que vão substituir todos os tipos pelo Typhoon até porque eles tem o F-35 chegando e que ocorrerá um mix entre os dois tipos, que substituirão toda a frota de Tornados e Harriers.

http://www.raf.mod.uk/equipment/f35jointstrikefighter.cfm

Já os franceses continuam integrando novos sensores no avião deles que realmente funciona e que deveria ser substituído pelo Rafale, que além de ter os microprocessadores americanos, deve ter Windows 95 rodando dentro dele para dar tanto pau de integração.

Compra a trolagem francesa quem quer… 😉

Justin Case
Visitante
Member
Justin Case

# Rodrigo em 31 mar, 2010 às 12:24 disse: “A diferença entre os franceses é ingleses é simples: Os ingleses nunca falaram que vão substituir todos os tipos pelo Typhoon até porque eles tem o F-35 chegando e que ocorrerá um mix entre os dois tipos, que substituirão toda a frota de Tornados e Harriers. http://www.raf.mod.uk/equipment/f35jointstrikefighter.cfm Já os franceses continuam integrando novos sensores no avião deles que realmente funciona e que deveria ser substituído pelo Rafale, que além de ter os microprocessadores americanos, deve ter Windows 95 rodando dentro dele para dar tanto pau de integração. Compra a trolagem francesa… Read more »

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Atualizam enquanto planejam utilizá-los por anos, amiguinho.

O que não é o caso teórico dos seus ídolos franceses, que falam algo e fazem outro e ainda tem trouxa aqui neste país que defende.

Edcreek
Visitante
Edcreek

Olá, Fala Rodrigo ;-), Então veja a programação de substituição dos caças Mirage-2000 sendo que o modelo D é dos mais novos. Esse caça vai até 2025, me diz qual é o problema em integrar um sistema novo em 2010 sendo que o caça vai até 2025 ? faltão ainda 15 anos para aposentadoria, isso não faz sentido! A realidade é que o programa de integrações do RAFALE está em dia, apesar da torcida contra basta buscar o cronograma do projeto, está lá 2008/2009/2010(em ordem 2008, utilização do padrão F-3 em 2009 Integração de AM-39, missel nuclear ASPM-A,pod Recon NG,… Read more »

(IN) Fury
Visitante
(IN) Fury

A reclamada geral do pessoal da ação do Rafale no Afeganistão é que eles somente podiam lanças bombas inteligentes se tivessem apoio de outros aviões,como os Mirage 2000. Coisa que parece foi resolvida no Rafale F-3. O Tornado, cuja produção acabou em 1998, não precisa de ajuda nenhuma para isto. Faz tudo sozinho.
Outra coisa importante, o Rafale somente têm homologado armas francesas e a GBU-12. O Tornado lança qualquer arma de fabricação européia e norte-americana, isto lhe fornece uma grande vantagem operacional no teatro de operação. Neste quesito o Rafale ainda tem muito a desejar, inclusive do Gripen.

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

O Afeganistão é um terreno, ou melhor, um espaço muito “bom” para treinar aeronaves.

E os nossos Super Tucanos? Vão comprar mesmo se eles não levarel o F-X2?

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

Challenger em 30 mar, 2010 às 20:08 “Para os Britânicos, deve ser muito bom treinar, em um espaço aereo tão grande, ao invés do apertado e congestionado espaço aéreo Europeu.” É uma triste controvercia para nós, pois temos um “verdadeiro “vácuo” aéreo” no norte e nordete do Brasil, mas não temos verba suficiente para nos dar ao luxo de treinar com mais vezes e aperfeiçoar as tecnicas. Chalanger, sabe se o treinamento da FAB é nos simuladores reais (!!!) ou no PC com mouse e teclado mesmo? Olha que eu desconfio disso pois já vi piloto de avião comercial treinando… Read more »