quarta-feira, junho 23, 2021

Gripen para o Brasil

F-16 venezuelanos interceptam P-3 americano

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F16_0678_Cruzex_2008_(Golz)

vinheta-clippingCARACAS – O presidente Hugo Chávez disse que mandou dois caças F-16 interceptarem um avião militar americano que teria violado duas vezes o espaço aéreo venezuelano na última sexta-feira, o que chamou de “provocação” nos céus da nação sul-americana.

Brandindo uma foto do avião, que ele descreveu como um P-3, Chávez disse que o sobrevôo foi a última incursão no espaço aéreo venezuelano por parte dos militares dos EUA, a partir de suas bases em ilhas do Caribe da Holanda e da vizinha Colômbia.

Não houve resposta imediata do Departamento de Defesa dos EUA ou a Casa Branca.

Separadamente, Chávez anunciou uma desvalorização da moeda pela primeira vez desde 2005. O presidente disse que moeda da Venezuela, o bolívar, agora terá duas taxas, dependendo do uso, 2,60 por dólar para transações consideradas prioritárias pelo governo ou 4,30 por dólar para outras transações. A taxa de câmbio atual da moeda oficial definida pelo governo é de 2,15 bolívares por dólar.

Sobre a intercepção de avião, Chávez disse que os F-16 acompanharam o avião americano afastando-o, após duas incursões com duração de 15 e 19 minutos cada.

A ameaça de intervenção dos EUA tornou-se um elemento central do discurso político de Chávez e um grito de guerra para os seus defensores.

Já os adversários dizem que o presidente está exagerando na ideia de uma ameaça externa para distrair os venezuelanos de problemas domésticos, tais como uma recessão e inadequação dos serviços públicos. Chávez surpreendeu o mundo diplomático em dezembro, quando acusou a Holanda de cumplicidade na ação potencialmente ofensiva contra o seu governo, através da concessão de acesso das forças americanas em suas ilhas, perto da Venezuela.

O governo holandês diz que a presença dos EUA é apenas para combate ao narcotráfico e operações de vigilância sobre as rotas de contrabando do Caribe.

FONTE: The Wall Street Journal / FOTO: Alexander Golz

NOTA DO EDITOR: Os venezuelanos perderam uma ótima oportunidade de mostrar seus Su-30MKV aos americanos. Para os que duvidavam das condições de voo dos F-16 bolivarianos, tá aí a resposta. Se bobear, estão voando mais que os Sukhoi.

- Advertisement -

18 Comments

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Cps

Certas coisas eu não sei porque que o Blog dá espaço… Um animal que nem esse Cháves? Ichhh… Isso num vale a pena nem publicar.

Sds.

cinquini

Felipe Cps,

O Blog dá espaço para todos os loucos!
Não esquenta não 😉

Abração

Cinquini

Francisco AMX

Poh, agora os velhos F-16 voam mais que os SU-30, novos? tá bom… tempos atrás tinha gente que dizia que os F-16 deles não voavam mais, dae apareceu 4 para brincar por aqui… tb falavam que os SU-30 não tinham mísseis BVR, agora se sabe que pelo menso os R-27 estão presente… tem um alcance efetivo de 100km! contra 40/50 de nossos derbys… um piloto do 14 me falou que tinha bizu que os SU-30 estavam recebendo acessoria direta da Russia, com treinamento e pilotos russos… daqui a pouco tem até mercenário russo voando… mas, vai ver que estão no… Read more »

Francisco AMX

E tem mais, dtonam os pilotos da Venezuela como se todos fossem o Chaves… os caras voam F-16 a um tempão! e nós? agora que começamos a brincar de guerra moderna e tem gente que acha que a FAB destroi tudo na AL… uma pena este pensamento!

cinquini

Um passarinho me falou que os pilotos venezuelanos ainda estão passando pelo treinamento operacional, “dizem” que as aeronaves estão operacionais mas os pilotos não.

Mas o importante nessa notícia é o fato dos F-16 interceptarem rapidamente uma “ameaça hostil”, fazendo uma comparação com o 11 de de setembro, o primeiro avião a decolar quando houve o atentado foi um F-16 e o mesmo estava desarmado! O piloto chegou a comentar que se fosse preciso ele jogaria a sua aeronave contra a aeronave sequestrada.

Parabens a FAV pelo nível de prontidão de suas aeronaves! (Y)

Abraços,

Cinquini

ZE

Caro editor, parabéns por esse ótimo blog! Com muito arrepio e divertimento, vejo muitas pessoas postado aqui sobre a ameaça venezuelana. Nenhum, mas nenhum país da América do Sul tem a mínima capacidade de invadir e manter terras conquistadas ao Brasil. Tal capacidade, provavelmente, eles jamais a terão. A Venezulea, como é óbvio, não é exceção. Ela é mais da regra. O Senhor Chávez acaba de desvalorizar sua moeda. Não precisamos ser videntes para saber que, ter dois câmbios no país, não dará certo. Vai haver fiscal do Sarney (digo, do Chávez)nos pastos, nos supermercados, nas fábricas… Como é esperado-não… Read more »

casag

Engraçado que êles já foram bem mais confiáveis que nós.
Tanto que lhes venderam os F-16’s. Aliás, não sei se estão embargando peças para a FAV, não. Este aí, parece bem cuidado.

Ao que me consta a Venezuela continua a ser o maior exportador de petróleo para os EUA e estes, claro, os maiores clientes.
Necessidade mútua.

Linda a pintura deste F-16. Este, não sei a variante, talvez seja o avião mais bonito entre os contemporâneos.

Sds.

HUMUNGUS

O Chapolim Colorado é uma piada de mau gosto mesmo, fuma um baseado e fica vendo coisas…

motta_eiras

Estou errado ou o simbolo da FAV não é obra de photoshop??

Francisco AMX

olha.. os SU-30 não estão lá a uns 3 ou 4 anos? pois é… neste tempo dá pra aprender a falar russo se se dedicar…

ZE, eu pelo menos não falo que o Chaves possa fazer qualquer coisa contra nós, mas por isso vamos permitir que nossas FAs fiquem devendo? acho que não! vamos ficar contando com o ovo no C… da galinha eternamente? acha que doutrina se conqusita da noite para o dia?

Felipe Cps

Cinquini: deixa eu ver se entendi, vc acredita MESMO que os EUA tentaram invadir a Venefavela? 🙂

Sds.

cinquini

Felipe, eu não acredito nem na Venezuela nem nos EUA 😉
A verdade é a primeira vítima quando há conflito 😀

Abraços

Humberto

Tenho uma teoria aqui.. Estas “invasões” são corriqueiras, os paises fazem para testar o nível de cobertura e o grau de prontidão (e obviamente o tempo de resposta dos caças), é um jogo de gato e cachorro, agora, qual é a vantagem dos militares Venezuelanos usar o seu melhor e mais avançado caça para fazer uma interceptação destas? Vão entregar de bandeija os tempos, frequencia de sinais para os gringos ? Creio que não..E no mais, de repente os F-16 estavam mais perto que os Su e por isto foram usados.. Mas uma coisa é interessante, mesmo com esta tal… Read more »

andrepoa

Uma boa sugestão de matéria, é explicar como a Venezuela consegue manter esses F-16 no ar. Como eles estão conseguindo reposição das peças, sera tipo o que fez o Irã para manter os F-14? Outro detalhe é como está o armamento destas aeronaves?
Abraço a todos.

João Paulo caruso

Acho boa essa teoria de que os venezuelanos não quiseram mostrar seus flankers. È dificil saber que tipo de equipamento de inteligência eletrônica esses P-3s levam. Embora os modelos sejam padronizados é certo que existem modificações desconhicidas do público em geral. Não sei qual P-3 era, mas deve ser a versão SIGINT que é bastante eficiente na análise de sinais.

João Prestes

Comentário ridículo do editor… aff. tenha paciência.

grifo

“Uma boa sugestão de matéria, é explicar como a Venezuela consegue manter esses F-16 no ar. Como eles estão conseguindo reposição das peças, sera tipo o que fez o Irã para manter os F-14?”

Estão conseguindo a reposição das peças diretamente dos EUA. A Venezuela não está sob embargo comercial e os EUA declararam já repetidas vezes que o contrato está sendo (e será) cumprido.

Theo Gatos

Ver os F-16 do Chavez voando só me coloca uma pulga a mais atrás da orelha quanto à seriedade dos americanos nas promessas para o nosso FX-2, não estou desqualificando o F-18 SH em si, para escolher os americanos como parceiros militares num projeto tão grande precisamos ter muita cautela… E sobre uma invasão ao Brasil, é claro que eles não farão isso, mas não significa que a distância militar entre nós não diminuirá gradativamente se mantivermos este ritmo de desatualização e desprestígio das nossas Forças Armadas. Agora que ele pode dar uma boa dor de cabeça ao Brasil militar… Read more »

Reportagens especiais

Infográfico: Caças a jato da Europa Ocidental – 1944 a 2003

A ameaça da União Soviética obrigou as nações da Europa Ocidental a desenvolverem continuamente seus aviões de combate No infográfico...
- Advertisement -
- Advertisement -