sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Lula sinaliza que concluirá ainda neste ano compra de aviões-caça

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

vinheta-clippingO presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou na noite desta quarta-feira que deixará para seu sucessor resolver sobre a compra de 36 aviões-caças para renovar a frota da FAB (Força Aérea Brasileira). O presidente afirmou que a demora para em fechar a negociação é porque o negócio leva em consideração a soberania nacional e não apenas o preço das aeronaves.

“Pode ser esse ano, obviamente que não posso deixar [para o próximo governo]. O governo passado já deixou para mim. Quando entrei em 2003 tinha que tomar essa decisão, mas acontece que eu tinha que escolher ou combater a fome ou comprar avião e eu preferi combater a fome no país. Por isso, que não dei prioridade”, disse.

O presidente rebateu as críticas de que o governo estaria optando pela aeronave francesa, que é considerada a proposta mais cara. “Essa questão do caça não é uma questão comercial comum, não é um acordo eminentemente econômico, vou comprar um porque é mais barato, estamos tentando mostrar para a sociedade brasileira que estamos discutindo a soberania do nosso país, inclusive a tecnológica. Obviamente, que entra a questão do custo e as propostas estão colocadas em cima da mesa e o ministro [Nelson] Jobim [Defesa] tem a determinação de fazer as discussões com quem deva fazer até que a gente construa uma coisa que vai caminhar para os finalmente”, afirmou.

A Aeronáutica entregou na semana passada o relatório final com avaliação técnica e manteve o ranking antecipado pela Folha para a compra dos 36 caças por até R$ 10 bilhões: o Gripen NG em primeiro lugar, o F-18 da Boeing norte-americana, em segundo, e o Rafale, da Dassault francesa, em terceiro. O francês é o preferido de Jobim e de Lula, que defendem negócio com a França porque o país é seu “parceiro estratégico”, com o qual assinou grande acordo militar em 2009.

Lula disse ainda que está preocupado em fazer o melhor negócio porque o país alcançou outro patamar. “Mas agora o Brasil ganhou outro perfil. Além da Amazônia poderosa, com relevância no mundo pela questão climática, temos a nossa amazônia azul: são 8.000 quilômetros de costa marítima e ainda com o pré-sal lá dentro. Portanto, aumenta muito a nossa responsabilidade para cuidar dos interesses nacionais. Agora, queremos nos transformar em uma nação grande economicamente, tecnologicamente e em uma nação que tenha no âmbito da defesa o tamanho da própria importância da nação brasileira. É assim que a gente vai agir”, disse.

O presidente reafirmou que ele dará a palavra final, mas sugeriu que pode ouvir o Conselho de Defesa nacional e o Congresso. “Vou contar uma coisa: o único que ficou em silêncio até a gora foi eu. E fiquei em silêncio porque sou eu quem tenho o poder de decidir e quem tem esse poder tem mais responsabilidade, não fala o que quer, fala o que pode. Portanto, disse hoje ao ministro da Defesa que ele vai apresentar um relatório e que a partir disso tomarei a iniciativa de convocar o Conselho de Defesa, poderei tomar a iniciativa de provocar um debate no Congresso Nacional”, afirmou.

FONTE: Folha Online

- Advertisement -

171 Comments

Subscribe
Notify of
guest
171 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Felipe Cps

“Vou contar uma coisa: o único que ficou em silêncio até agora foi eu” (sic)

Ah, é verdade, tem razão, Vossa Excrescência no 7 de setembro estava caladinho como uma tumba… 🙂

Antonio M

“…O governo passado já deixou para mim. Quando entrei em 2003 tinha que tomar essa decisão, mas acontece que eu tinha que escolher ou combater a fome ou comprar avião e eu preferi combater a fome no país. Por isso, que não dei prioridade”, …” Como sabem e muitos já explicaram de novo (vou explicar de novo, quem sabe LuLLa está lendo agora!) , a compra dos caças não tem nada a ver com verbas governamentais e sim com empréstimos que devem ser viabilizados pelo fabricante e de acordo com as entregas que obivamente não seriam em 2003, 2004, 2005… Read more »

Felipe Cps

Da coluna do sempre criticado mas sempre lido Jânio de Freitas, na FSP: “O recente caso envolvendo Oi/Telemar/BrTelecom, em que empresários fizeram um multibilionário negócio proibido por lei, mas já certos de que Lula mudaria a Lei de Telecomunicações para favorecê-los, fica não só na história do governo Lula, mas na biografia verdadeira de Lula. O negócio da compra de submarinos franceses, com a participação até da empreiteira Odebrecht (contratada na França para burlar a necessidade de concorrência aqui), está embrulhado em sombras, dólares e euros. Mas o negócio com os caças Rafale fala por si e pelo dos submarinos.A… Read more »

RAFAEL

É dose, se eu fosse a SAAB já teria me retirado dessa história toda, ( por exemplo, associem-se a India ), que está a muito tempo querendo realmente desenvolver tecnologia pr´pria e independente, estamos entreagndo tudo para um mesmo fornecedor, trocamos 6 por meia duzia, falta de respeito é o mínimo, nunca vi uma coisa dessas, o comprador admite publicamente que vai comprar o modelo X e fica enrolando os demais, a única coisa que não fecha nesse rolo todo é o motivo de ainda não ter sido anunciada a compra dos Rafales.

Diêgo Luiz

Até que fim ele se pronunciou, acredito que ele não vá deixar de lado a decisão logo após terem sido revistas as propostas da lei sobre os direitos humanos e na qual o próprio cedeu em parte ao que os militares estavam reivindicando, espero muito que nós e pelo bem da nação tenhamos o FX-2 finalizado antes de março(Onde começa oficialmente a propaganda eleitoral).

AJX

Ele não podia comprar os aviões para a defesa aerea, mas comprou um Airbus novinho pra poder viajar com mais comodidade.Não é um paradoxo curioso.

Felipe Cps

RAFAEL em 14 jan, 2010 às 10:34:

“a única coisa que não fecha nesse rolo todo é o motivo de ainda não ter sido anunciada a compra dos Rafales.”

É porque eles ainda estão negociando a “comissão” com os franceses…

Sds.

Luan

Pultz!

Sabia que era ilusão minha.

Devia ter bebido demais naquele 7 de set.Acabei escutando vozes do além.

Interessante tbm é que ele PODE ouvir o conselho de segurança,e não que vai,ja que deveria.

[]’s

professor

Caros amigos não sou especialista e sim um curioso sobre o assunto, mas tenho ouvido e lido tanta coisa que cada vez fico mais em duvidas Ex: Segundo reportagem da revista IstoÉ,para tentar emplacar o Gripen NG, a Saab contratou o brigadeiro reformado Fernando Cima, ex-coordenador da Copac na primeira edição do FX. Com ascendência sobre muitos oficiais, Cima é sempre recebido na FAB com a reverência que sua patente impõe, com direito até a continência dos próprios membros da comissão. Outro contratado pelo fabricante sueco é o engenheiro Anastácio Katsanos, que foi vice-presidente militar da Embraer. 2° Ex:No dia… Read more »

PilotoVirtual

Professor, vc tocou em um assunto do FX-2, expecificamente o Grippen NG e seus componentes que não tinha me tocado. Achei que só o motor é que era americano, o resto sueco. Acho que o Gripen NG seria mais uma armadilha para quem quer tecnologias. Mesmo o Rafale deve ter alguma tecnologia estrangeira, mas deve ser dos três caças, o que menos deva ser estrangeira à França.

th98

aproveitando a oportunidade de postar XD
Se o debate for pro congresso bem fez a SAAB que procurou o presidente do senado, o “SENHOR SARNEY”

Vitor

Respondendo ao professor acima: o Brasil só vai absorver tecnologia, independente de qualquer aeronave, sobre aquilo que o Brasil for capaz de absorver. Por exemplo, se o Brasil não tem nenhuma empresa capaz de absorver a tecnologia de turbinas de aviões, quem é que vai aprende-la? Mas eu tambem tenho duvidas por exemplo, não acredito que o Brasil vá deter a tecnologia por exemplo dos circuitos integrados que envolvem o avião. Por acasa eles passariam a tecnolocia de processadores para nós? Caso isso fosse feito, quem aprenderia e será que poderia ser usado para criar processadores civis e os primeiros… Read more »

Rodrigo Marques

Eu só quero saber dos armamentos agora. Já está decidido desde 7 de Setembro pelo Rafale…

jsilva

Sobre o Jânio Quadros, pura questão política. Esse senhor chegou a dizer que a compra dos submarinos franceses era 10 vezes mais cara que a dos alemães, simplemente pegou o valor dos 4 Scorpenes, do sub nuclear, e do novo estaleiro e comparou com o valor de um único sub alemão que iríamos comprar anteriormente. Ele não quer entender que os principais fatores na decisão da FAB foram preço, custo operacional e logístico. Totalmente legítimo e normal, mas o Estado Brasileiro não pode de abrir mão de um plano mais abrangente apenas por isso, a proposta francesa inclui um pacote… Read more »

João Augusto

“Vou contar uma coisa: o único que ficou em silêncio até agora foi eu” (sic)

Ah, é verdade, tem razão, Vossa Excrescência no 7 de setembro estava caladinho como uma tumba… 🙂 [2]

Realmente… o brasileiro tem memória curta então fodas né? XD

Caipira

“Pode ser esse ano, obviamente que não posso deixar [para o próximo governo]. O governo passado já deixou para mim. Quando entrei em 2003 tinha que tomar essa decisão, mas acontece que eu tinha que escolher ou combater a fome ou comprar avião e eu preferi combater a fome no país. Por isso, que não dei prioridade”, “Vou contar uma coisa: o único que ficou em silêncio até a gora foi eu. E fiquei em silêncio porque sou eu quem tenho o poder de decidir e quem tem esse poder tem mais responsabilidade, não fala o que quer, fala o… Read more »

Caipira

jsilva em 14 jan, 2010 às 11:41

“…Ou será que Lula está comprando uma briga desta apenas porque simpatizou com Sarkozi?”

Será que Sarkozy não ofereceu algo(R$) muito atraente para o ParTido?

Giordani RS

Tenho percebido que no F-X2 as paixão estão acima da Razão. Tem uma revista nacional especializada em aviação militar que fez uma matéria sobre o F-X2 na qual, UM LEITOR LEIGO(daqueles que emitem opinião sem ao menos saber por que o avião voa), após ler o artigo, fica convencido de que o Gripen é o melhor. Folheando a revista, quem é o principal anunciante? A Saab…o fato é de que tanto o F-18 quanto o Gripen remetem a uma dependência tecnologica do EUA e não pensem que o Rafaele também não partilhará desta. O brasil como a eterna nação do… Read more »

Giordani RS

Só corrigindo: “A Paixão”…computador portátil é isso aí…

Rafael

De o Rafale é o melhor dos três caças,e no quesito transferencia de tecnologia é a melhor opção,os defensores do grippen só alegam custos e mais nada,custo disso,custo daquilo,olhem esse trecho da reportagem da BBC,imprensa estrangeira é outra coisa : Supondo uma transferência total de tecnologia e preços semelhates para os três, eu ficaria com o Rafale da França por ser o melhor caça Joel Hayward, reitor do Royal Air Force College http://pbrasil.wordpress.com/2010/01/12/guerra-nos-ceus-analistas-comparam-aspectos-tecnicos-de-cacas-na-lista-do-brasil/ Agora quanto ao colega que disse que o Governo está negociando a comissão está desatualizado,eles estão tentanto reduzir o preço,não entendo como alguém defende algo que não… Read more »

Augusto

Que bom que está historia está no fim! O Presidente está certo em definir pelo Rafale pois precisamos de DEFESA DE VERDADE e não de miras ambulantes. Como comprar um caça que nem tem um Radar pronto (só para 2018) que hj em dia é 60% de um caça? O Felipe cps e outros saudosos direitistas querem mesmo um novo AMX2 que foi espetacular para Embraer e uma porcaria para nossa defesa, isso Felipe é fato não essa conversinha sua que tudo mundo chavista e ladrão, estuda uma pouco a estoria do AMX, raciocina e depois comenta, ok? Se o… Read more »

Felipe Cps

Giordani, aproveite e corrija o “Rafaele” (nome de mulher) para “Rafale” (lufada). 🙂

Sds.

sr.ricardo

Para ser sincero, a grande vantagem que eu via no Gripen é o seu valor de compra ” p r e s u m í v e l m e n t e ” baixo em relação aos concorrentes. Digo ” p r e s u m í v e l m e n t e ” porque é recorrente o casso de caças de “baixo custo” se tornar uma fortuna(!) e o JAS-39E nem é idealizado como caça de baixo custo. Aos Felipe Cps, Antonio M, vocês bem que poderiam criar um blog anti-Lula. É que vocês – talvez… Read more »

jsilva

professor em 14 jan, 2010 às 10:58, Excelente pergunta, o motor por exemplo, que pouquíssimos países detem tecnologia(inclusive em menor número do que os que tem sub nuclear) é de tecnologia americana. “SAAB CONTRATOU o brigadeiro reformado Fernando Cima, ex-COORDENADOR da COPAC na primeira edição do FX. Com ascendência sobre muitos oficiais, Cima é sempre recebido na FAB com a reverência que sua patente impõe, com direito até a continência dos próprios membros da comissão. Outro contratado pelo fabricante sueco é o engenheiro Anastácio Katsanos, que foi VICE-PRESIDENTE militar da EMBRAER.” Eu não acredito que esse seja o motivo da… Read more »

Francisco AMX

Este Janio de Freitas é um demagogo, não diferente dos que ele ataca! tudo virou jogo comercial e de poder! interesses! a maior vítima disso é o melhor caça o Rafale! mesmo se levar, será sabotado! e criticado por colegas e pela imprensa vendida, que são todas diga-se de passagem… e assim aconteceria com os outros 2… porém eles não estão no mesmo nível do Rafale como vetor… não mesmo! Acho que agora enchi o saco de FX-2, e vou começara torcer para a FAB ficar de F-5M, e quando mudarem todos estes caras que mandam lá, quando começarem a… Read more »

Felipe Cps

Augusto em 14 jan, 2010 às 11:59: “e não de miras ambulantes” Acho q vc quis dizer “alvos” neh? 🙂 “Como comprar um caça que nem tem um Radar pronto (só para 2018) que hj em dia é 60% de um caça?” Parceiro, vá se informar, o radar AESA do Rafale está tão pouco operacional quanto o do Gripen (Selex Galileo). Com o agravante de o Rafale ter de ter alvos em solo iluminados por Mirage 2000… “estuda uma pouco a estoria do AMX, raciocina e depois comenta, ok” Já estudei, e quem conhece mais do que eu e você… Read more »

Felipe Cps

sr.ricardo em 14 jan, 2010 às 11:59:

Sr. Ricardo, se vc não gosta, pode pular meu comentário então. Mas não ouse querer me caçar a palavra, por fineza.

Sds.

sr.ricardo

Alguém já leu sobre a integração de sistemas de voo e de armas que SAAB está fazendo no NG ? O projeto é de deix-los totalmente independentes. Isso aparentemente é bom pq você pode vender o mesmo caça e usar armas de “qualquer” origem. Mas isso n’ao parece coisa de produto de prateleira ?

CMG Omicron

Bom, temos que tirar o chapéu que o excelentíssimo conseguiu dar o pontapé no nosso subnuc, agora, espero uma maior eficácia do nosso itamaraty em pressionar o governo francês para derrubar os subsídios. Rafale demonstra ser um excelente vetor, o problema é nossa pseudo-parceria e a falta de força, argumento e decisões corretas sobre que nações apoiar para uma melhor imagem na C.I. por parte dos nossos ministros Amorim e Jobim, porque nosso excelentíssimo tem o mesmo papel que a Elizabeth no governo britânico.

Augusto

Concordo com o Giordani RS, a FAB se encontra hj nesta situação não apenas pela culpa de governos passados mas pelo seus erros tb, se vc parar para pensar o Governo atual tem 8 anos mas os problemas da FAB vem desde do final do governo militar (será que os militares eram chavistas franceses naquela época tb!?) com varias compras e projetos ruins (caso AMX) que consumiram muito dinheiro e tempo da FAB. Ela podia no primeiro FX ter sido humilde e comprado f16 que nem o Chile, oras, este dá para manter não é ? Assim teríamos um caça… Read more »

CMG Omicron

Acho que as únicas compensações que virão da parceria serão receitas de baguette e croissant… Se quiser incrementar o molho tem que esperar o mid-life upgrade dos mesmos…

Espero que nossos padeiros consigam montar as receitas com trigo brasileiro, comer com manteiga nacional, não pagar dois baguettes para ter um, etc…

jsilva

Augusto em 14 jan, 2010 às 11:59,

Resumindo é isso aí, muito bem colocado.

Felipe Cps

sr.ricardo em 14 jan, 2010 às 12:10: “Mas isso n’ao parece coisa de produto de prateleira ?” Amigo, como que se consegue criticar uma coisa dessas? O Gripen NG será o único caça que permitirá o uso de armamento americano, francês, europeu, russo, brasileiro, israelense, sul-africano… Com o Rafale, a conta “dolorosa” vai ser a do armamento, não a do caça em si. E armamento francês é reconhecidamente tão caro quanto o restante de seus produtos bélicos. Ainda que a Dassault consiga, via subsídios (francês adora um bom subsídio governamental, rsrs) abaixar o astronômico preço de seu caça (coisa bem… Read more »

sr.ricardo

Felipe Cps, “Sr. Ricardo, se vc não gosta, pode pular meu comentário então. Mas não ouse querer me caçar a palavra, por fineza.” Acho seus comentários técnicos até interessantes, mas acho que um pouco de razoabilidade lhe dariam mais crétido. “Os EUA tem uma lei que impede as empresas do pagamento de “por fora” em licitações bélicas. ” Essa lei é bem nova ? CF-105 Arrow, Lavi, Osório, Nimrod AEW&C, o Tucano para a USAF, o KC da Airbus p/ a USAF, ache que essa lei é pra inocente acreditar. Afinal Lobby lá não é crime, é até justificativa para… Read more »

Augusto

Um debate interessante para se fazer neste site seria como resolver o problema dos aposentados das forças armadas pois não dá para o terceiro maior orçamento do União estar com 80% de sua receita comprometida com pessoal que não esta na ativa e nem ganhar muito mais tb. Assim nem com o PIB dos EUA nós conseguiremos um força com poder de nos defender

Eduardo

Quer queiram que não. Ganhou RAFALE. Uma aeronave completa, não uma parte de um sistema NCW como é o caso do gripen. o pior é que existem certos indíviduos ultra-conservadores com uma mentalidade beirando o Fascismo, que tendem a politicalizar qualquer ação do governo ora em voga, DEMOCRATICAMENTO ELEITO. Ou os Srs. acham que não há conselheiros das mais altas comendas endossando a escolha dessa aeronave? mais da METADE da ESG apóia essa escolha e apoiam o governo. Porém. ainda temos que aguentar os filhotes dos linhas duras, com suas visões embotadas e ainda no século XX. Á esses, o… Read more »

jsilva

Leiam a entrevista da BBC, é opinião de quem entende, principalmente sobre qual é o melhor caça, coisa que era de conhecimento de todos mas quando começou a guerra dos lobbys foi esquecida por todos e virou o pior caça.
” Em um conflito a primeira vítima sempre é a verdade.”

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/01/100111_cacasbrasileiros_vdm.shtml

Fly Man

Querendo ou não esse FX-2 decola, independente do vetor, mas ja esta certo que a vitória do Rafale é inquestionável, aja visto que as palhaçadas do nosso governo ja não são surpresa para ninguém.

Se estão pensando que o senado é a salvação dessa “manha”, podem esquecer,o nosso senado é um mar verde, ja sabemos o que o senado quer, o mesmo que os acessares (jobim, amorim) querem.

É melhor que passar uma vergonha mundial e não levar nada.

Fly Man

Felipe Cps em 14 jan, 2010 às 12:22

Já era de se esperar o problema com as armas, veja os nossos F-5, AMX, os Rafales vão com os mísseis do F-5 (do século passado) se é que vai levar alguma coisa.

Felipe Cps

Augusto em 14 jan, 2010 às 12:19: “Ela podia no primeiro FX ter sido humilde e comprado f16 que nem o Chile” Parceiro, quem compra armamento é o Chefe do Executivo, não foi a FAB que quis ou não quis comprar esse ou aquele, nem a FAB que cancelou o FX. A FAB queria mesmo era o Gripen, que era tão barato de operar quanto o F-16, e como o NG ganhou mas não levou… “torra uma grana nos F5 que nem a Jordânia quer” Campeão, vá se informar, quem paga pelo F-5, Mirage, F-22, ou qualquer coisa que venha… Read more »

sr.ricardo

Felipe Cps,

” “Mas isso n’ao parece coisa de produto de prateleira ?”
Amigo, como que se consegue criticar uma coisa dessas? ”

Se você observar com mais calma, verá que não é uma crítica, é só uma pergunta rapaz. Na verdade melhor que uma integração para nós e a integração para posssíveis compradores dos “nossos NG” que fossem exportados. Ma s aí faço outra pergunta, e essa sim me preocupa, se a SAAB se “isenta” da integração de armas, como esta será feita ? Ou, como a SAAB pode garantir todas as integrações propostas ?

Alex Pereira

Oi pessoal!
Sou leitor assíduo do blog, e fiz uma charge
sobre a escolha do Rafale.
Quem quiser visitar:
http://alexpereiracartoons.blogspot.com/2010/01/l-amour.html

Grande abraço!
Alex

http://alexpereiracartoons.blogspot.com

Max

Qual o problema de se depender tecnologicamente de um pais como os EUA? O Japão faz isso, Israel, Coreia do sul e muitos outros países o fazem e apostam até sua sobrevivência no material Americano , principalmente Israel que diz que a primeira guerra que perderem será a última (e seria mesmo)! Qual a vantagem dessa dependência maciça de um único fornecedor como a França?( que já deixou vários clientes na mão nos momentos mais críticos (por coincidência Israel foi um deles). Será que a França vai repassar centenas de bilhões de Euros pra qualquer pais que comprar apenas 36… Read more »

Augusto

Felipe cps não ache que eu quero te ofender não mas quero mostrar que não adianta vc reproduzir o que a Veja e a folha diz pois elas representam vários lobbys no nosso Pais (não que seja errado mas tira o seu poder de informação)se vc diz apenas que o tudo é errado neste pais, vc apenas esta jogando fora a oportunidade de uma discussão seria. Eu tb não concordo com tudo que o governo faz mas isso não me impede de reconhecer as coisas boas tb e não adianta querer ver o chavismo em tudo, o que alias é… Read more »

Thierry

https://i11.servimg.com/u/f11/14/71/37/38/705610.jpg

new picture for you Felipe Dark Vador,why not?! can help to relieve tension psychologically or other he he (unless you have that at home then so good and forget my post)

carl94fn

Lamentável que colegas façam insinuações sem provas que de nada tem ave com o F-X2, esse governo pode não se aquilo, mas foi quem mais investiu em nossas forças armadas e que mais fez o país crescer os números estão aí para cada um forma sua própria opinião. E o professor esta correto um avião que tem apenas 36% de tecnologia que realmente pode garanti não é o mais indicado para um país que deseja absolver a mesma, o SH pode se um bom avião, mas a tecnologia que eles passarão é dita como a “necessária” assim é difícil entender… Read more »

A-Bomb

Augusto em 14 jan, 2010 às 11:59: “Como comprar um caça que nem tem um Radar pronto (só para 2018) que hj em dia é 60% de um caça?” Parceiro, vá se informar, o radar AESA do Rafale está tão pouco operacional quanto o do Gripen (Selex Galileo). Com o agravante de o Rafale ter de ter alvos em solo iluminados por Mirage 2000…” Mas que se que diabo de Radar é esse do Rafale? Como vai fazer então? Vai vir 36 Mirage 2000 de Brinde? 🙂 Vão comprar outro caça para ataque em solo? Esse problema ja deve ter… Read more »

sr.ricardo

jsilva em 14 jan, 2010 às 12:36,

MEUS PARABENS PELA SUA COLABORAÇÃO – OBRIGADO !
detalhe que fez o comentário é britânico, não ganha nem perde como F-X2.
Aliás, a SAAB e a BAe não tinham um acordo/parceria nas vendas/desenvolvimento do Gripen ?

Augusto

Se a FAB tem vetores de defesa tão bons assim ou que nos protegem tão bem assim pq não comprar uns 50 f5 usados e abrir uma linha para mais AMXBR assim teríamos um numero alto para fazer graça no 7 de Setembro. Minha critica do Grifen é que ele é como o AMX: já nasce morto, até colocar toda a tecnologia nele, desenvolver tudo já estaríamos em 2040 até lá rezaríamos para ninguém se enroscar conosco.Eles gastão bilhões para desenvolver e nem a força deles vai comprar? Pelo menos a França compra o deles não é? E desenvolver um… Read more »

grifo

“Um debate interessante para se fazer neste site seria como resolver o problema dos aposentados das forças armadas pois não dá para o terceiro maior orçamento do União estar com 80% de sua receita comprometida com pessoal que não esta na ativa e nem ganhar muito mais tb.”

Isto, vamos começar o debate. O que é que você propõe?

Enquanto isto, vamos comprar um caça que caiba no nosso orçamento.

Reportagens especiais

Roll out do Gripen E: vídeo da Saab e fotos do Poder Aéreo

- Fernando "Nunão" De Martini Acima, vídeo disponibilizado pela Saab mostrando o ponto alto da cerimônia de roll-out (apresentação) do primeiro...
- Advertisement -
- Advertisement -