segunda-feira, outubro 3, 2022

Gripen para o Brasil

Eve anuncia primeira simulação de mobilidade aérea urbana da América do Norte em Chicago

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br
  • Simulado visa entender como os passageiros da área metropolitana de Chicago poderão vivenciar uma jornada completa de mobilidade aérea urbana mais silenciosa e sustentável, incluindo pontos de contato com serviços durante o trajeto
  • Testes começam em meados de setembro, com voos matinais e vespertinos durante a semana, disponíveis para quem quiser experimentar o futuro da mobilidade aérea urbana por meio do veículo elétrico de decolagem e pouso na vertical, o eVTOL

MELBOURNE, Flórida, 23 de agosto de 2022 – A Eve Holding, Inc. (Eve) (NYSE: EVEX; EVEXW) realizará sua primeira simulação de Mobilidade Aérea Urbana (UAM) na América do Norte, usando um helicóptero fornecido pela Blade Air Mobility, Inc. (NASDAQ: BLDE) (Blade) em preparação para a chegada da aeronave elétrica de pouso e decolagem vertical (eVTOL). O objetivo da empresa é estudar as operações, serviços terrestres e jornada dos passageiros, bem como as necessidades do operador do eVTOL, criando conexões mais acessíveis e rápidas para o centro de Chicago. A Eve fará a simulação de UAM em Chicago, Illinois, durante três semanas, começando com testes em solo em 12 de setembro e voos de passageiros no dia 14. Após a simulação, a cidade de Chicago obterá conhecimento sobre a infraestrutura e o ecossistema necessários para permitir o lançamento e o crescimento de longo prazo esperado para a UAM na região.

“A simulação da operação do eVTOL em Chicago nos permite estudar como as pessoas irão vivenciar este serviço e entender todos os requisitos do ecossistema para nossos produtos e serviços, ao mesmo tempo que apresentamos o benefício da mobilidade aérea urbana em uma das cidades mais importantes e populosas da América do Norte”, explica André Stein, co-CEO da Eve. “Estamos finalizando os preparativos para executar essas simulações de forma eficiente e sustentável e esperamos ajudar a preparar Chicago para receber uma solução de transporte com emissão zero”, completa.

A Eve irá realizar os testes de solo no Vertiport Chicago, um heliporto no centro da cidade, simulando requisitos de serviços, infraestrutura e equipamentos para o eVTOL. Na infraestrutura de UAM, um vertiporto é uma área com estrutura usada para pouso, decolagem e operação de aeronaves eVTOL.

“Para a Eve, é fundamental entender e endereçar, por meio desses projetos que envolvem parceiros e a comunidade, os principais desafios associados aos mais importantes pilares do ecossistema de mobilidade aérea urbana. Nossa proposta reúne todos os públicos de interesse e conta com diferentes visões e pareceres para estruturar e entregar as melhores soluções”, disse Luiz Mauad, vice-presidente de Serviços e Operações de Frotas da Eve.

Para esta simulação, a Eve formou um consórcio de parceiros, incluindo a Blade, Republic Airways, Halo Aviation, Vertiport Chicago, Village of Tinley Park, Village of Schaumburg, ACCIONA, SkyWest, Inc. e Speedbird Aero. Um helicóptero representando o futuro eVTOL da Eve transportará passageiros das instalações da Vertiport Chicago para dois helipontos localizados a noroeste e sudoeste de cidade. A primeira rota irá conectar o vertiporto de Chicago e o heliponto municipal de Schaumburg, e a segunda rota, o vertiporto de Chicago e o heliporto de Tinley Park, em Illinois. Os voos foram colocados à venda hoje no aplicativo e site da Blade. Para reservas e mais informações , visite www.blade.com.

Siga a Eve no Twitter: @Eveairmobility

Abordagem holística para o ecossistema de UAM

A Eve está dedicada a acelerar o ecossistema de UAM ao redor do mundo. Em novembro de 2021, a companhia realizou o primeiro simulado no Brasil, conectando a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim – RIOgaleão. Essa iniciativa, que agora acontece em Chicago (EUA), está colaborando para que toda a indústria possa, num futuro próximo, democratizar o acesso do público ao novo modal de transporte aéreo por meio de inovações disruptivas e preços mais acessíveis. Atualmente, a Eve possui a maior e mais diversificada carta de intenção de compra do mercado com mais de 2 mil pedidos, de 22 empresas do setor.

Sobre a Eve

A Eve se dedica a acelerar o ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana (UAM). Beneficiando-se de uma mentalidade de startup, apoiada por mais de 50 anos de experiência aeroespacial da Embraer S.A. e com um foco singular, a Eve está adotando uma abordagem holística para o progresso do ecossistema UAM, com um projeto avançado de eVTOL, uma rede global abrangente de serviços e suporte e uma solução exclusiva de gerenciamento de tráfego aéreo. Desde 10 de maio de 2022, a Eve está listada na Bolsa de Valores de Nova York, onde suas ações ordinárias e bônus públicos são negociados sob os códigos “EVEX” e “EVEXW”. Para obter mais informações, visite www.eveairmobility.com.

Sobre a Blade

A Blade é uma plataforma tecnológica de mobilidade aérea urbana movida, comprometida em reduzir as viagens, fornecendo alternativas econômicas de transporte aéreo para algumas das rotas terrestres mais congestionadas nos EUA e no exterior. Hoje, a empresa utiliza predominantemente helicópteros e aeronaves anfíbias. Seu modelo ativo leve, juntamente com sua infraestrutura exclusiva de terminal de passageiros, foi projetado para facilitar uma transição perfeita para Aeronaves Elétricas Verticais (“EVA” ou “eVTOL”), permitindo mobilidade aérea de baixo custo para o público, silenciosa e com zero emissões. Para obter mais informações, visite www.blade.com/investors.

DIVULGAÇÃO: Embraer

- Advertisement -

11 Comments

Subscribe
Notify of
guest

11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
A C

Eh melhor a EMB andar rapido porque a competicao nos EUA estah bastante acirrada inclusive buscando amplos recursos do Departamento de Defesa.

https://www.axios.com/2022/08/18/evtols-flying-taxis-supersonic-military

Sobre o teste em si, se voce estiver na area, por $150 voce faz um voo de helicoptero de 15mins com realidade aumentada.
https://www.blade.com/chicagoxp

Last edited 1 mês atrás by A C
EduardoSP

Pois é, toda semana tem alguma notícia desse e-vtol mas protótipo mesmo que é bom, necas-de-pitibiriba.

Fernando EMB

Está no cronograma meu amigo. Tenha paciência. Empresa séria desenvolve produto para ser certificado. E não põe protótipo no ar para satisfazer forista.

Thiago Pires

Melhor comentário: tem forista que calado é um grande engenheiro aeronáutico!

Sensato

Fora que a certificação desse tipo de aeronave ainda não é um terreno totalmente mapeado, algo que não contribui pra acelerar o projeto. Isso tudo posto, me parece que a Embraer está caminhando muito bem nessa estrada e terá um ótimo produto.

A C

Sou torcedor pelo sucesso da EMB no empreendimento pois teve uma visao de futuro brilhante e partiu para a acao. O processo eh demorado, caro e envolve novos conceitos em diversas areas. Alem disso, a tecnologia automota e regulamentacoes precisam ser definidas, aprovadas e validadas.

Falando em futuro, hah algumas iniciativas bastante interessantes de “cidades do futuro” ou “cidades inteligentes” onde solucoes eVTOL fazem parte do conceito. Pensando nesse aspecto, talvez Brasilia possa ser um bom ponto de partida de eVTOL no Brasil.

Alguns exempls
https://www.neom.com/en-us
https://earth.org/bill-gates-smart-city/
https://www.cnn.com/style/article/tencent-shenzhen-net-city/index.html
https://www.woven-city.global/

Sensato

Até onde tenho lido, o foco é em cidades maiores, mais populosas e congestionadas como SP e RJ, no Brasil, ou NYC, Tokio ou as capitais principais da Europa.

Walsh

Por um lado acho muito legal a Embraer esta nessa ponta de lança tecnologica, por outro lado me dá certa apreensão imaginar que logo, logo nossas cidades vão ter taxis aéreos voando sobre nossas cabeças. Imagina parte do transito de São Paulo caindo em vc… cruzes…

Sensato

Pela quantidade de pessoas que morrem anualmente em acidentes de trânsito, não me parece que estejamos seguros atualmente.

Rommelqe

Uma curiosidade: a EMBRAER também não divulga o GRIPEN F39 por quê? Afinal também produz parte substancial desta aeronave e esse comercialização poderia favorecer muito o retorno financeiro da EMBRAER.

Rommelqe

Sorry, este comentário era direcionado ao post “Embraer promove portfólio de Defesa e Segurança na Tailândia”.

Últimas Notícias

Maioria dos C-130H da USAF está ‘groundeada’ por problemas nas hélices

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) "groundeou" (proibiu o voo) a maioria de seus aviões C-130H Hercules (e...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -