sábado, maio 28, 2022

Gripen para o Brasil

Força Aérea Real Australiana recebe o primeiro C-130J Hercules atualizado

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O primeiro C-130J Hercules da Força Aérea Real Australiana atualizado para o hardware e software padrão do Block 8.1 chegou à base da RAAF em Richmond.

O Hercules foi atualizado pela Lockheed Martin nos Estados Unidos com o apoio da Força Aérea dos Estados Unidos, enquanto os 11 C-130J Hercules restantes da RAAF serão modificados pela Airbus Australia Pacific em Richmond.

A atualização do sistema Block 8.1 também inclui melhorias de segurança na aeronave para os aviadores do esquadrão nº 37 da RAAF.

A atualização inclui alterações nos sistemas de navegação da aeronave, o que garantirá maior precisão durante as aproximações de pouso, principalmente na região da Ásia-Pacífico e partes remotas da Austrália e ao entregar carga em uma zona de lançamento.

O block 8.1 também garantirá que a frota C-130J Hercules da RAAF esteja em conformidade com os mais recentes regulamentos mundiais de gerenciamento de tráfego aéreo e introduzirá sistemas atualizados de identificação de amigos ou inimigos para voar em operações da coalizão.

O capitão do grupo James Badgery, oficial comandante do Escritório do Programa de Sistemas de Transporte Aéreo, disse que a atualização seria essencial em futuras missões do Hercules.

“O block 8.1 tornará mais fácil para as tripulações operarem o Hercules em uma variedade de ambientes complicados, desde o espaço aéreo civil em torno dos aeroportos até os aeródromos na linha de frente”, disse o capitão Badgery.

“As tripulações do Hercules costumam ser as primeiras a entrar em cena em tempos de crise, evidenciado pelo apoio prestado durante o transporte aéreo de Cabul em agosto, e o Block 8.1 garantirá que a frota possa continuar voando essas operações com segurança.”

“A Airbus Australia Pacific já iniciou a primeira atualização local de uma aeronave para o padrão Block 8.1 em Richmond, e a frota restante será modificada à medida que for necessária uma grande manutenção programada.”

A RAAF introduziu sua frota de 12 C-130J Hercules para serviço em 1999. Capaz de levar aproximadamente 120 passageiros ou até 20 toneladas de carga, o Hercules fornece uma capacidade de transporte aéreo tático médio para a Força de Defesa Australiana entre os menores C-27J Spartan e maior C-17A Globemaster III.

FONTE: Departamento de Defesa da Austrália

- Advertisement -

33 Comments

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Matheus

A Austrália já pensa na substituição do Hércules. Estão avaliando o C-390, A400M e o C-2 Japonês. E claro, o próprio Hércules. Na torcida pelo C-390, agora em fevereiro tem o Singapore Air Show que a Embraer já confirmou presença. Poderia mandar o KC-390 pra marcar presença na região e fazer uma visitinha na Austrália.

Maurício.

Matheus, na minha opinião a Austrália é praticamente um estado americano, portanto, eu acho muito difícil dar o kc-390 por aquelas bandas.

ZEUS

A coleira da Austrália está firme nas mãos e nas lábias de EUA e UK.

Será uma tremendíssima surpresa se mesmo que gostem de outra aeronave, não fecharem com a LM.

Carlos Crispim

Aqui no Brasil não usamos coleira, mas compramos a refinaria Pasadena do americanos pagando ágio 10X mais do que valia e ainda pagamos $3Bi para encerrar o processo na justiça e não punir ninguém…Os americanos agradecem essa “soberania” brasileira e viva os australianos!

ZEUS

O Brasil não precisa que lhe ponham coleiras.

Enquanto a extrema esquerda meteu a mão com gosto e vontade, enchendo não só seus bolsos mas também os dos estadunidenses com uma voracidade jamais vista, a extrema direita voluntariamente bate continência para a bandeira deles diz “i love you” par o ex presidente deles e lhes dá concessões econômicas que ferram os agronegócios e indústrias brasileiras em troca de nada a não ser a fantasia de ser aceito como um igual com posições de status inúteis como aliado extra otan.

Estes caras são todos umas vulgívagas traidoras da Pátria.

Luiz Trindade

E enquanto isso na República das bananas continuam aparecendo salvadores da pátria prometendo o que já fora prometido antes mas juram que agora cumprem! Já viram esse filme antes?!?

André Macedo

Eles aceitaram um contrato com termos extremamente vagos como do AUKUS, sem prazo, sem preço, sem definir exatamente o que seria construído na Austrália (um país com pouquíssima experiência na área nuclear), e ainda deram um fora nos franceses que já tinham um acordo sólido, acho que já temos a resposta.

Jadson S. Cabral

Isso sem falar que a Austrália já foi foi laboratório para explosões nucleares americanas, né? Nunca vi submissão semelhante

Jadson S. Cabral

Não adianta. Esperar que Austrália e Canadá vão adquirir equipamentos de outras nações em detrimento do americano é loucura. Só se os EUA permitirem. Só se os EUA, por algum motivo, fossem ganhar com isso. Aliás, nesse bolo aí pode colocar a Colômbia também.

Welington S.

Mandar um KC-390 para o Singapore Air Show? Sempre que a EMBRAER confirma presença em Air Show’s, ela não leva o KC-390 e o A-29ST, por exemplo?

Sincero Brasileiro da Silva

Pelo andar da carruagem somente a FAB irá operar o kc390, e mais ninguém.

Flamenguista

Discordo…caro sincero….O kc 390 é o futuro. A despeito da pressão geopolítica dos americanos, creio no sucesso internacional da aeronave, uma vez que, ela é o futuro dos operadores de c 130, mais cedo ou mais tarde.

Camargoer

Caro Sincero. Os EUA são o único país a operar o F22 e a Rússia a única a operar o Tu22. Por décadas, a França foi a única a operar o Rafale. E daí?

Pablo

Bom, a FAB não em Portugal, é?

Adriano Luchiari

Brasil,Portugal e talvez República Tcheca!

Welington S.

É muito, mais muito cedo pra você dizer isso, Sincero! Com um certo tempo, os C-130 que hoje operam em várias forças aéreas pelo mundo, passaram a ter custos elevados para sua manutenção, modernização e etc. Será justamente nesse tempo, que o KC-390 entrará com força. Então, relaxa, pegue sua pipoca e assista.

Joe

KC390 é um fracasso total e completo, apesar de ser uma ótima aeronave. Nem o Brasil faz compras grandes para servir como vitrine, imagine o resto. Vão comprar o que americanos e europeu falaram pra comprar. Ainda mais agora que não temos governo, só um bando de aloprados causando confusão.

Pablo

Fracasso total? O avião ainda certificações a fazer e ja tem clientes na Europa.
Comentário editado. Troque ideias sem agredir o interlocutor.

Last edited 4 meses atrás by Alexandre Galante
Welington S.

É a galera emocionada. Imediatistas. Acha que é assim que funciona. É cedo pra dizer um besteirol desse.

André Macedo

Você só errou na parte do fracasso “total e completo”, realmente sem pedidos suficientes pra justificar uma linha de produção séria o projeto vai muito provavelmente morrer, fora a concorrência contra uma das aeronaves mais produzidas do mundo (C-130), já testada e aprovada, fora o soft power americano etc… Poderíamos conseguir alguma coisa a mais com a diplomacia, mas considerando a política externa ridícula do atual governo, eu não teria esperanças nisso.

Andrey

Política externa boa era do desgoverno ,estariamos vendendo,ou melhor doando via BNDES,para Bolivia,Cuba Venezuela,Nicaragua,CN,Talibán Guiné,Irã.

André Macedo

Sim, como a “caixa preta do BNDES” que seu presidente gastou milhões pra abrir em auditoria e não encontrou absolutamente nada? Kkkkkkkk você fala “era do desgoverno” como se não estivéssemos em um. E de onde diabos você tirou o Talibã? Do seu chapéu de alumínio?

André Macedo
Pablo

Mas isso nao justifica o investimento de obras que o Brasil fez nesses paises ditatoriais e depois levou calote!!
Ainda tem a cara de pau de dizer que lutaram contra a ditadura aqui no país. Se achavam tao ruim, se sentiram na pele, jamais apoiariam mundo a fora!!!

André Macedo

Os EUA se dizem os bastiões da democracia e patrocinaram dezenas de golpes pelo mundo, ainda hoje apoiam regimes autoritários como os sauditas, isso nunca foi critério.

Pablo

Ta mas o que o EUA tem a ver com assunto??? Nao estamos falando do Brasil ???

Last edited 4 meses atrás by Pablo
José de Souza

Leia de novo a reportagem, e pare de repetir essas bobagens.

O tempo em que repetir mentiras só porque gostaria que fossem verdades já passou.

Está amplamente mostrado e provado que os investimentos continuam dentro de seu envelope contratual com os pagamentos feito nos tempos acordados

Pablo

Essa é a ótima política externa que teve aqui.
“Relembrar é viver”
http://noticias.r7.com/economia/calote-cuba-e-venezuela-devem-r-35-bilhoes-ao-bndes-04082021

Nem vou falar da “excelente” compra de uma refinaria, dos “legados” de copa do mundo e olimpíadas.

Last edited 4 meses atrás by Pablo
André Macedo

Realmente foi uma jogada ingênua ter confiado tanto nesses países com a situação fiscal de ambos, mas 3,5 bilhões é bem pouco comparado com os 17 BILHÕES em dívidas que Bolsonaro quer perdoar dos ruralistas que devem cerca de 40 BILHÕES ao Estado, tudo isso com o agronegócio sendo o único setor que realmente lucrou durante a pandemia. https://exame.com/economia/ruralistas-podem-obter-anistia-de-divida-de-r-17-bilhoes/ https://www.camara.leg.br/noticias/555256-MUDANCA-EM-PROJETO-PODERA-ASSEGURAR-ANISTIA-DE-DIVIDAS-COM-O-FUNRURAL Depois disso negou auxílio aos pequenos produtores rurais enquanto concedeu benesses aos grandes ruralistas e vetou INTEGRALMENTE auxílio aos micro e pequenos empresários na renegociação de dívidas (aparentemente os ruralistas ricos estão com dificuldades, mas os micro empresários não). https://www.brasildefato.com.br/2020/08/29/bolsonaro-veta-beneficio-para-pequenos-produtores-mas-libera-benesses-para-o-agro… Read more »

Pablo

Perdoar dívidas ate outros governos fizeram, inclusive dilma e lula. A diferenca é que eles perdoaram dívidas externas, de paises que compraram e não pagaram. Esse perdão foi com a justificatica de “estreitar” relações econômicas. Assim até eu gostaria de estreitar.
E esses 40 bilhões não e nada perto dos mais de 60 gastos na copa do mundo e olimpiadas pra querer mostrar ao mundo que gastamos o que nao tínhamos em troca benefícios que nao vieram!

André Macedo

Mais vago que seu comentário só o próprio vácuo do espaço, Dilma perdoou dívidas de 900 milhões de dólares de 12 países africanos, Lula perdoou dívida de 331 milhões, não chegam nem perto do valor que Bolsonaro vai liberar pra ruralista rico fora as outras benesses que ele já concedeu. “Curupaco, curupaco, copa do mundo, ICMS, guvernadores…”

Last edited 4 meses atrás by André Macedo
André Macedo

Comentário com a profundidade de um pires, se juntar as dívidas perdoadas por Lula e Dilma não chega a 1 bilhão, o valor que seu presidente quer liberar pros ruralistas ricos é 17 vezes maior.

Camargoer.

Caro Pablo. Recomendo acessar a página do BNDES para verificar a situação dos financiamentos de exportação de serviços. Lá você vai encontrar que quem recebeu o financiamento foram as empresas brasileiras para contratar pessoal, serviços e bens no Brasil, além de encontrar informações sobe como o BNDES é ressarcido pelo seguro firmado na assinatura do contrato. https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/transparencia/consulta-operacoes-bndes/contratos-exportacao-bens-servicos-engenharia

Últimas Notícias

Ucrânia diz ter derrubado mais um caça Su-35 da Rússia sobre a região de Kherson

“Hoje, 27 de maio, por volta das 14h00, um caça MiG-29 da Força Aérea das Forças Armadas da Ucrânia...
- Advertisement -
- Advertisement -