segunda-feira, agosto 2, 2021

Gripen para o Brasil

Lockheed Martin oferece o jato de combate F-16 à Ucrânia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Lockheed Martin, a maior fabricante de defesa do mundo, ofereceu à Ucrânia a nova aeronave de combate multifuncional F-16 Block 70/72 para modernizar sua força aérea.

A Ucrânia quer comprar caças novos ou usados ​​para substituir a frota de aeronaves antigas de fabricação soviética. A Força Aérea Ucraniana possui atualmente uma frota de interceptadores Sukhoi Su-27 Flanker e aeronaves MiG-29 Fulcrum.

De acordo com a Lockheed Martin, a empresa pode fornecer novos caças à Ucrânia ou modernizar aeronaves de combate de segunda mão.

Conforme observado pela empresa, o F-16 é o caça de 4ª geração comprovado em combate mais bem-sucedido do mundo. Até o momento, 4.588 F-16s foram produzidos e há aproximadamente 3.000 F-16s em operação em 25 países.

Em conjunto com a Força Aérea dos EUA e vários clientes F-16 de Vendas Militares Estrangeiras, a Lockheed Martin certificou mais de 3.300 configurações de transporte e lançamento para mais de 180 tipos de armas e equipamentos. A experiência da empresa como integradora de armas permitiu que o F-16 fosse um dos caças multifuncionais mais versáteis de todos os tempos.

Cinco países escolheram a versão mais recente do Bloco F-16 70/72 por essas razões e muito mais. A produção do F-16 Block 70/72 começou em Greenville, Carolina do Sul, em 11 de novembro de 2019. O início da produção de Greenville coincide com a demanda crescente e significativa por novos F-16s de produção em todo o mundo.

Os F-16s de nova produção incluem recursos avançados, como o radar AESA APG-83, cockpit modernizado com novos recursos de segurança, armas avançadas, tanques de combustível conformais, motor de desempenho aprimorado e vida útil estrutural estendida líder do setor de 12.000 horas. Mas o mais importante é que os novos F-16s também incluem o comprovado Sistema Automático de Prevenção de Colisões com o Solo (Auto GCAS), que salva vidas, garante que os pilotos voltem para casa em segurança.

A empresa também oferece um pacote de modernização de caças usados, a fim de trazer suas capacidades de combate para a configuração do F-16 Block 70/72.

F-16 Block 70/72

Cockpit do F-16 Block 70/72

FONTE: Defense Blog

- Advertisement -

85 Comments

Subscribe
Notify of
guest
85 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings

Mais um ‘filão’ para a LM explorar.
Países falidos.

Andre

E o número de clientes mig e sukoi segue caindo…

Jagdverband#44

Triste né camarada kings.
Ver uma ex república comunista comprar equipamento dos malvados dói na alma
tempos difíceis…

Camargoer

Caro Jagder. Para mim, dói mais ver uma guerra entre a Russia e a Ucrânia, algo que obviamente não interessaria a nenhum dos dois países.

Jacinto

O desempenho da economia russa é pior do que a da Ucraniana.
Em 2011, o PIB da Ucrânia era de US$ 153 Bi e em 2019 era de US$ 163 bi – uma queda de 6%.
Mas em 2011, o PIB da Rússia era de US$ 2 trilhões, e em 2019 era de US$ 1,7 trilhões, o que corresponde a uma queda de 15%.

Camargoer

Olá Jacinto. Creio que não dá para comparar uma economia de US$ 160 bllhões com uma de quase US$ 2 bilhões. Pelos seus números, a Ucrânia tem uma economia que representa 10% da economia russa.

Bruno

hahahah mais uma venda para maior indústria bélica do mundo !

JuggerBR

O que deve pegar pra Ucrânia é que os russos devem estar dificultando a manutenção e peças, por outro lado, deve ser muito mais caro manter os caças americanos…

jonas123

Existem outros fornecedores de peças. Tanto que muitas das peças eram originalmente produzidas na Ucrânia.

Marcelo

xi, ai o caldo entorna…nao acredito que os russos permitam isso acontecer sem algum tipo de represalia. O que eu estava esperando acontecer seria a Ucrania desenvolver um caca leve proprio. Eles tem tecnologia para isso, pois fabricam todos os componentes vitais, inclusive motor e radar.

Last edited 1 mês atrás by Marcelo
A6MZero

Capacidade em tese eles tem afinal a indústria aero local é desenvolvida.

Mas o que joga contra são os custos afinal desenvolver uma aeronave do zero custa muito dinheiro ainda mais para um país preso em meio a um conflito.

O outro problema é o tempo de desenvolvimento que eles também não possuem.

Agora se os Ucranianos vão ter condições de comprar e operar aeronaves novas ou se no fim vão recorrer ao mercado de usados é a grande questão…

Marcelo

concordo que o momento para terem iniciado um desenvolvimento autoctone ja’ passou, mas um fornecimento de armas avancadas como essa pode ser o estopim de algo muito maior…e perigoso.

A6MZero

Não acredito em uma reação maior, a Rússia pode protestar ou aumentar o fornecimento de equipamentos para os ditos separatistas ou ate mesmo estacionar tropas na região contestada, mas uma grande escalada é difícil…

A Ucrânia não tem condições de levar um combate de grande intensidade com a Rússia e a Rússia tem muitas questões externas e internas pendentes uma guerra de grande escala não seria interessante para nenhum dos lados no momento.

O mais provável é evoluir para um conflito congelado com eventuais escaramuças fronteiriças.

Teropode

Mas isto tudo só por terem comprado uns caças ?

A6MZero

Sim eu realmente acredito que não vá dar em nada, quando muito uma nota de protesto feita pela Rússia, aumento de tropas ou fornecimento de equipamentos seria a reação extrema e improvável e escalada do conflito é um cenário muito mas muito improvável.

Last edited 1 mês atrás by A6MZero
Ted

Como represália poderia doar 2 baterias de S500 para Cuba.

Marcos Cooper

Uma catástrofe mundial por causa de uns poucos caças? Menos,bem menos…

Teropode

Seria pior para a Rússia se a aquisição for de Rafales , ai sim seus Su57 teriam um espinho enorme atravessando a garganta de um lado ao outro .

Camargoer

Caro Marcelo. O único modo da Rússia interferir na Ucrânia seria oferecer caças melhores a preços inferiores, contudo considerando o conflito entre os dois países, isso seria incomum.

Pedro Bó

Será que a Boeing vai oferecer o SH ou alguma variante do F-15?

Gabriel BR

Seria uma ótima aquisição

Antunes 1980

E o Gripen NG?

Está sendo cotado para substituir a frota de aeronaves antigas Su-27 Flanker e MiG-29 Fulcrum?

comment image

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
GFC_RJ

Nem f…do.
Não pela capacidade da aeronave, mas porque os caras precisam bem mais dos EUA/OTAN do que gostariam.

Antunes 1980

E os 70% dos componentes dele não.são fabricados por países da OTAN?

comment image

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
737-800RJ

Sim, mas a aeronave foi desenvolvida e é produzida por um país que não é membro da OTAN. Concordo que o Gripen E é uma grande opção, já que toda sua concepção foi pensada para combater caças russos, mas é aquele negócio: muitas vezes aquisições militares são mais compra de apoio militar de uma potência do que qualquer outra coisa…

Thiago A.

Os EUA são os únicos capazes de mobilizar a OTAN em bloco, o único país que quando diz “vamos ” os outros seguem, resmungando mas obedecem rsrs . E mesmo quando não querem, os EUA começam e os outros se agregam.

“são fabricados por países da OTAN”
já por ai podemos ver quanta autonomia os suecos possuem .

Teropode

Uai , faltou a bandeira brasileira aí , ou não tem ?

Joli Le Chat

Não estaria faltando uma bandeirinha do Brasil neste diagrama?

Alisson Mariano

Esse diagrama do Gripen C e não do Gripen E.

Thiago A.

Pra dizer a verda estão faltando muitas bandeiras aí… O radar do C por exemplo é britânico ou parceria com uma empresa britânica. Já no E é Raven da Selex/ Leonardo portanto italiano.

Gabriel BR

FMS

J R

Falta a Suécia um componente que a Ucrânia precisa d+, que é apoio político de peso, uma venda de caças F-16, mais do que um caça, passa essa uma mensagem.

Hellen

Um país que fabricava todo tipo de equipamento militar de varios tipos (helicoptero,armas nucleares ,tanques,mig-29,su-30)largou tudo ( deixou suas empresas a propria sorte ) para entrar na otan e na uniao européia e agora passou a ser cliente do ocidente e comprador de produto pronto !!!!
Político é um raça que nao vale nada !!!!
So vc olhar o que fizeram na privatizacao da Eletrobrás aqui no brasil e ainda colocaram 40 bilhoes de jabuti para o para povo pagar !!!!

Last edited 1 mês atrás by Hellen
Antunes 1980

Ucrânia foi pressionada pelo ocidente a entregar todas suas ogivas nucleares para Rússia.
E toda sua industria militar foi sucateada.
Por suas péssimas decisões, a Ucrânia merece estar passando por esta situação.

Régis

“E toda sua indústria militar foi sucateada”.

Isto me lembra um certo país…

Hcosta

Pois, qualquer país merece ser invadido…
A culpa é da Rússia que ainda pensa que a Ucrânia é uma colónia sua.

É o que dá pertencer à “esfera de influência russa”.

Jadson Cabral

Na cabeça de vocês as coisas são muito simples. Mas a realidade era que a Ucrânia não tinha nenhuma capacidade financeira de manter todo o arsenal que tinham em mãos e parte daquilo teria com certeza caído em mãos erradas. Eles simplesmente não tinham escolha

Adriano Madureira

Exatamente ! Será que a Ucrânia teria grana para modernizar e manter 1.240 ogivas nucleares?!

Antunes 1980

E prrcisava manter “todo” o arsenal?
Esta desculpa deve ser a mesma que os políticos ucranianos deram ao seu povo.
Pensando em soberania e segurança, com uma Russia ao lado; se desfazer de armamentos nucleares é uma insanidade sem tamanho.
E hoje com a Ucrânia perdendo a Criméia e as regioes ao leste, prova que estas ações defendidas por você foram um desastre para a Ucrânia.

Last edited 1 mês atrás by Antunes 1980
Adriano Madureira

Antunes,as ogivas estavam no fim da vida e precisavam ser modernizadas para continuarem em serviço, os ucranianos não tinham grana, assim como Bielorrússia, e Cazaquistão, que abriram mão de suas ogivas… o tempo de vida de muitas das ogivas nucleares armazenadas nas repúblicas soviéticas venceria em 1997. As instalações de armazenamento estavam, na época, lotadas e sua manutenção e desmantelamento seguro exigiam recursos financeiros e tecnológicos significativos. Nenhum país da CEI tinha recursos para tanto.  O Cazaquistão repassou seu arsenal sem fazer barulho em 1992,em troca, porém, recebeu equipamentos militares e investimentos. A Bielorrússia assinou um acordo sobre a retirada… Read more »

Ted

Alguém sabe onde foi parar o arsenal nuclear da África do Sul?

JuggerBR

Um grande país com vocação pra produzir alimentos e suprimentos básicos, com uma indústria que foi largada em troca de nada…
A diferença entre lá e cá é uma visita de Hitler e décadas de ocupação russa, no mais, tudo igual.

Antonio Palhares

O detalhe é que tudo pertencia a União Soviética. E a Ucrânia pertencia a esta. Quando a Ucrânia saiu. Perdeu o que tinha. Igual a qualquer país da OTAN, se sair perderá tudo e ainda fica com uma tremenda dívida para acertar.

EduardoSP

Fabricar é uma coisa, ter o conhecimento é outra. O Brasil fabrica um monte de coisas, mas será que sabemos desenvolver essas coisas?

Hcosta

Verdade, todos os países de leste que entraram na UE começaram a regredir economicamente e socialmente.
Isto se considerarmos que regredir é igual a evoluir….

Mais vale ter uma economia fechada como a Rússia que fabrica tudo e dependente do preço do petróleo…

Peter Nine Nine

Estava a escrever um comentário espetacular e apaguei tudo sem querer…. pena.

carcara_br

Em geral países que entram na UE saídos da esfera de influencia russa de fato passam por um downgrade na sua indústria de defesa. Ficam mais inseridos na cadeia produtiva e recebem algum nível de injeção tecnológica, contudo produzem equipamentos de segunda linha ou componentes de menor valor.

Hcosta

Existe um menor foco na indústria de defesa e ainda bem. Em vez de viverem com medo escolheram prosperar. As prioridades são outras. Mas não me parece que a situação seja algo de muito diferente em termos qualitativos em relação ao tempo da guerra fria. Quantos países da cortina de ferro teriam uma indústria de defesa desenvolvida em vários sectores? Faziam blindados, AK´s e pouco mais. A indústria de defesa sofre com a herança soviética e com a concorrência de empresas muito mais fortes e com uma larga vantagem na pesquisa/desenvolvimento. Mas entre ter uma indústria de defesa grande e… Read more »

carcara_br

Olá costa, pra mim a principal diferença que nos tempos de guerra fria existia a promessa de uma URSS que avançaria seus tanques sobre toda Europa, hoje existe a Rússia, o caso ucraniano é emblemático porque não se trata de um país pequeno, foi parte do cérebro e uma eventual integração não seria tão simples são motores aeronáuticos, mísseis e tecnologia aeroespacial, é um pensamento bastante “imediatista” abrir mão de tudo isso, vamos admitir que não era uma unanimidade nem na própria ucrânia. Esse avanço meio sonso europeu é bastante irresponsável porque ele não se limita a integração econômica, claro… Read more »

Last edited 1 mês atrás by carcara_br
Andre

Por outro lado, o IDH sobe bastante.

carcara_br

não estou negando os benefícios, nem a capacidade de atração.

Nilo

Mais um selo lacrador americano, quando não europeu, a indústria aeronaútica ucraniana que definha.
Quer fazer parte da Otan, não faz. Quer fazer parte da União Europeia, não faz. Quer fazer parte da milionária indústria de fornecimento de gás dos russos para europa, ……rsrsrsrsr.
Um pais que levanta a bandeira europeia, americana, enquanto a sua esta a meio mastro, acreditam em sandices, pediram para ser lacrados, só não tira uma lasca quem rasga dinheiro, isso, europeus e americanos não fazem.

Last edited 1 mês atrás by Nilo
Andre

Bem por ai…vemos como os países bálticos, a Polônia, Hungria, Croácia, República tcheca estão todos tão ruins. Olha o IDH desses países, coitados…

A Ucrânia deveria seguir o exemplo do Quirguistão….

Nascimento

O IDH desses países é similar ao russo, logo derruba sua teoria de que adentrar na UE é garantia de alguma coisa… A Suiça e Rússia também não entraram e são desenvolvidas…

mapa do idh na europa:comment image

Hcosta

A Rússia só fica à frente da Bulgária dos países da UE.
E estamos a comparar com um país continental com 140 milhões de pessoas e com muitos recursos naturais.
Mas, mesmo assim, estes países de leste e que fazem parte da UE têm crescido ao longo dos anos ou acha que estavam melhores quando faziam parte da União Soviética?

Andre

O tal do rio nilo disse “Um pais que levanta a bandeira europeia, americana, enquanto a sua esta a meio mastro,” e todos esse países que antes faziam parte da urss ou estavam sob controle da urss, e agora estão na ue e so. Influencia americana, hoje tem IDH melhores que da Rússia.

A melhora da qualidade de vida das ex colônias soviéticas foi gigantesca após o fim da influência russa nesses países.

Last edited 1 mês atrás by Andre
Charles

O Cockpit do F-16 Block 70/72 não parece “meio” desatualizado? Por mais avançado que seja o avião, com todas suas tecnologias, caberia aqui um Cokkpit mais moderno…

DSC

Os Block 70/72 tem um cockpit mais conservador sim, mas lembro que o “F-21” oferecido à India tem uma grande tela touchscreen:
comment image?w=625

https://pbs.twimg.com/media/D_kfZHHUYAAcitf?format=jpg
comment image
comment image
comment image?w=625

Last edited 1 mês atrás by DSC
Marcelo

nao acho…a tela grande no pedestal central e’ nova. Nao fica devendo nada ao Rafale por exemplo, sendo que a configuracao e’ bem parecida.

Peter Nine Nine

Amigo, não seja assim.
Uma coisa não tem haver com a outra, trata-se de métodos e opções.
Um “single-screen” e um multi-screen pouco ou nada tem haver com as capacidades ou tecnologias embarcadas. Trata-se de uma escolha de como se quer ter a informação projetada ao piloto, nada mais.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Em termos de custo de operação, não há caça atual ainda em linha de produção mais barato que o F-16.

Luís Henrique

Gripen E, Gripen C, JF-17, Tejas, FA-50 e provavelmente o J-10.

pangloss

Pensei que a nomenclatura F-21, inventada para a India, iria substituir a original F-16.
Pelo jeito, o truque não enganou: a aeronave é a mesma, seja qual for o nome dado.

Almeida

Prefiro muito mais os nossos Gripen

Tallguiese

Pronto lá vem o tio Sam com seu FMS de novo affff …. assim nao vai vender A-29, KC-390, gripem não! Nao estou falando da Ucrânia em si mas da situação em geral de vendas militares! Concorrência difícil com eles!

JuggerBR

Os norte-americanos estão nessa desde a primeira Guerra Mundial, sabem tudo sobre negociar armas…

Nilton L Junior

Eu queria ver o governo da Ucrânia dizer para o governo da RF, repoem as peças dos meus caças ou o nosso governo vai fechar o registro dos gazodutos que levam gaz da Russia para Europa.

Teropode

Por que fariam isto ? Os russos estão obrigando os europeus a comprarem seu gás ? A Europa destesta o gás russo e quer se livrar dele ? A resposta é não , gás barato , vem de uma nação estável . Por que deveria a Ucrânia fechar as válvulas ? 🤔

paulo cesar

Normal.
Iam comprar de quem?
Da Rússia, China, Europa?
Os EUA são a influência dominante na Ucrânia, hoje.
Só têm este caminho.

Tamandaré

Países geopoliticamente relevantes são farinhas do mesmo saco; Com a vizinhança, mão pesada, ameaças e imposições. Com países mais distantes (e vizinhos de seus adversários), boas ofertas, apertos de mão, acordos e financiamentos. Posto isto, entendo que para a realidade dos ucranianos a opção mais viável hoje seja de fato se integrar à Europa (e por tabela à OTAN e EUA). Em que pese sabermos que não há santos nesse jogo, mas se eu fosse ucraniano não ia querer mais nem embaixada russa no meu país (figura de linguagem – hipérbole). Assim como, por exemplo, iraquianos, iranianos, sírios, líbios etc.… Read more »

Jodreski

Putin deve estar pulando de felicidade depois de tomar nota dessa notícia….

carcara_br

Seria o primeiro país a possuir e operar caças americanos de linha de frente na fronteira russa?
Lógico que isso vai provocar muita insatisfação da parte russa, mas os americanos ainda podem colocar o F-35 na mesa se assim desejarem.
Estão sendo implacáveis na política de isolamento Russo, isso pode precipitar movimentos mais incisivos na fronteira com a Ucrânia.

Franklin Apaza

É muito triste ver a Ucrania chegar a esse ponto.

A melhor opção seria os Gripen E/NG

Comprar caças americanos seria capitular a sua “soberania”.

Franklin Apaza

Eu sei bem disso.. Más por acaso a venda dos Gripen E vem com as mesmas concessões que os F-16 americanos?!

NÃO.

Antonio Palhares

A OTAN é o melhor negocio para a industria de alta tecnologia dos USA. Um cliente fica vinculado “ad eternum”. Pagando caro.

Jacinto

Tecnologia é conhecimento e nada tem tanto valor agregado quanto conhecimento.

Salomon

Que grande oportunidade para o Brasil.

Jacinto

É curioso um brasileiro tratar a Ucrânia como um país quebrado ou falido, porque a rigor, a situação econômica do Brasil evoluiu na última década de forma pior do que a ucraniana. A Ucrânia chegou em 2011 com um PIB de US$ 163 bi e fechou 2019 com PIB de US$ 153 bi – ou seja uma queda de 6% do PIB.
Mas o Brasil? O PIB do Brasil em 2011 foi de US$ 2,6 trilhões, mas chegamos em 2019 com um PIB de R$ 1,84 trilhões – uma queda de 28% do PIB.

Caio

Jacinto você está comparando um pub mais de oito vezes superior. Nada né filho, mesmo com toda lambança moral o PT, pelo menos conseguiu aumentar PIB e renda nesse período, se não tivessem feito m….. Poderíamos estar melhor ainda.
A Ucrânia por outro lado só teve com corruptos , mafiosos e interferência externa( PUTIN) nesta última década.
Com muits bandidos mandando no país ( igual oa Brasil) e mais problemas ( PUTIN) já tinha me jogado no colo dos EUA) OTAN Há muito tempo.

Last edited 1 mês atrás by Caio
Jacinto

Primeiro: a questão não é o tamanho da economia mas seu desempenho, e na comparação entre 2011 e 2019 o desempenho da economia brasileira foi claramente pior do que a da Ucrânia. O que, na verdade, não surpreende, porque o desempenho da economia brasileira nos anos 2010´s foi um dos piores do mundo. Os economistas chamam a década de 80 de “década perdida”, mas a década de 2010 foi ainda pior do que a década de 1980. É uma nova década perdida. Segundo: Eu realmente não sei de onde você tirou esta idéia de que no período de 2011 a… Read more »

Caio

Eu e que me pergunto de onde sai está sua “” informação”” por que do site do IPEA ao da CIA, tem todos.os números sobre os números do PIB. É só dar uma olhada.

Jacinto

Os meus dados eu tiro do site do Banco Mundial. Mas pelo visto, você é aquele tipo que compara valores nominais de PIB e se esquece de ajustar a inflação do período, como se os 69% de inflação (IGPM) acumulada entre 2011 e 2019 não fosse nada.

Caio

No site do banco mundial tem a mesma coisa João teimoso.

Tadeu 54

Acho difícil sair negócio, a Ucrânia tem graves problemas financeiros, agora usados pode ser….

Luiz Trindade

Putin deve estar tão feliz na Rússia…

Últimas Notícias

Aeronave P-3AM Orion completa 10 anos de incorporação à FAB

A data marcou a modernização da Aviação de Patrulha, pois o modelo possibilitou a detecção, localização, identificação e, até...
- Advertisement -
- Advertisement -