sábado, julho 31, 2021

Gripen para o Brasil

IMAGENS: Primeiro voo do caça Rafale F3-R com mísseis Meteor de combate

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Como parte da nova configuração do Rafale F3-R, a Força Aérea e Espacial francesa (Armée de l’Air et l’Éspace) realizou seu primeiro voo operacional com um caça equipado com mísseis MBDA Meteor de combate, para engajamentos além do alcance visual (BVR).

O Meteor é um BVRAAM guiado por radar ativo, superior a outros mísseis de seu tipo, e capaz de atacar alvos aéreos de forma autônoma, dia ou noite, em todos os climas e em ambientes severos de guerra eletrônica.

O sistema de propulsão ramjet do míssil dá ao Meteor seu desempenho de alta velocidade e a energia para derrotar alvos rápidos e em movimento a uma distância muito longa. O caça Gripen C/D com a Força Aérea Sueca em 2016 foi o primeiro caça do mundo a operar com o míssil Meteor.

O programa Meteor é uma das colaborações de defesa mais bem-sucedidas da Europa e vê o Reino Unido, a França, a Alemanha, a Itália, a Espanha e a Suécia unirem-se para criar um fator de mudança para o combate aéreo. A Saab é parceira no programa Meteor em conjunto com a Prime Contractor MBDA UK.

O novo padrão Rafale F3-R da Dassault traz novos recursos nas áreas de inteligência, comunicação, engajamento e comando. A integração do míssil ar-ar de longo alcance Meteor e o pod de designação a laser Talios de nova geração são as principais inovações, além de outros desenvolvimentos, principalmente quanto ao software.

O padrão F3-R também inclui a instalação de um Sistema Automático de Prevenção de Colisão com o Solo (AGCAS) e várias melhorias no radar RBE2, sistema de guerra eletrônico Spectra, pod Reco NG e sistema de navegação inercial.

AIM-120 versus Meteor

- Advertisement -

36 Comments

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bavarian Lion

Em que pese muitos detratores ao longo do tempo, principalmente acerca de seus custos, o Rafale é um ótimo caça.

O Meteor vai ampliar as já boas capacidades do Rafale no cenário BVR (o mica-rg já é um ótimo míssil), e contribuirá para uma grande integração de defesa na Europa.

Kemen

O desenvolvimento dessa versão custou em torno de 1 bilhão de Euros. Nela foram introduzidas grandes melhorias nos sensores e sistemas, o radar é o RBE 2 (AESA), foi introduzido o POD designador Thalios, o homing a laser ar-terra Safran AASM. Sem dúvida melhorou muito, a versão F 4 promete ser melhor ainda pois permitira aos varios Rafale operarem como uma rede.

2Hard4U

Operação em rede já estava presente desde os Gripens C/D.

Kemen

Sim, com certeza.

Roberto

Com a adoção do meteor como fica o programa Mica ? ele o MICA é bem inferior aos seus concorrentes AIM 120 e o Derby israelense ?

Bavarian Lion

O mica é superior ao Derby, e tem uma No escape zone semelhante ao AIM 120 D, embora o alcance máximo deste seja maior.

O mica continua sendo vendido e equipando a força francesa, e agora a egípcia. Também é uma arma formidável, e pode continuar a ser utilizada em conjunto com o Meteor, assim como ainda é utilizado o AIM-7 sparrow junto do AIM 120.

Ulisses

Inclusive na foto o Rafale está equipado com dos mica IR, dois mica guiados por radar e dois meteor.

Roberto

Qual a fonte que o MICA é superior ao DERBY ?

Flanker

Pelo que se acha em uma busca rápida, o MICA tem um alcance de pouco mais de 80 km e o Derby ao redor de 60 km. O DerbyER teria mais de 100 km. Quanto às capacidades de manobra e de CCME só procurando com mais calma.

Pedro ESIE

Preze mais pelos estudos que a busca por fontes.

Rommelqe

Sim Roberto, compre um Mica , um Meteor e um Rafale (ou Gripen) e estude a diferença entre eles! Preze por seus estudos e jogue fora qualquer fonte!

DSC

“O mica é superior ao Derby, e tem uma No escape zone semelhante ao AIM 120 D, embora o alcance máximo deste seja maior.…” Não é bem assim… 1) É impossível o MICA RF/IR ter uma NEZ semelhante à do AIM-120D. O AIM-120D está numa outra liga mais acima, sendo superado pelo METEOR apenas em alcance máximo e NEZ. O “D” nem deve/precisa ser aqui mencionado. Em termos de alcance máximo e com certeza NEZ também, até mesmo os AIM-120C-5/6/7 já são superiores a qualquer míssil BVR ocidental, que não seja o METEOR ou o AIM-120D/C-8. 2) O MICA tem… Read more »

Last edited 4 meses atrás by DSC
Teropode

O Rafale se torna mais indigesto para seus adversários , o dragão vigoroso terá que atuar debaixo das saias da defesa aérea xings se não quiser ir prá panela . Rafale , tenho prazer em contemplar sua majestade . A FAB comprou 3 Meteors acredito que seja pra fazer engenharia reversa 🤔

Flanker

3 Meteors? Não entendi. Poderia discorrer sibre isso?

MMerlin

Primeiro a ideia de reorganizar estados e províncias da América do Sul visando a criação de novos países. Agora diz que FAB compro 3 meteor para fazer engenharia reversa. Amigo, você consegue ir longe nas viagens…

Barak MX para o Brasil

A FAB comprou mais de 100 Meteors. Foi noticiada numa feira de armas.

Barak MX para o Brasil

E duvido muito o Brasil fazer engenharia reversa nesse míssil. É o míssil de ponta da Europa e e deve ser muito bem fiscalizado pela MBDA.

Kemen

A FAB comprou em 2019, 100 misseis Meteor que ainda não foram entregues.

2Hard4U

Todos que acompanham os fóruns militares com seriedade e sem viés ideológico, sabem que foram 100 unidades.

Gamayun

E pensar que já poderíamos ter um esquadrão destes a pleno vapor hoje em dia. Enfim, teremos que esperar um caça com FOC em 2026.

Marcelo Bardo

Pleno vapor, entenda por parado no hangar por falta de verbas…

Wellington Góes

Isso acontece com F-5s e nem por isso se mudam os problemas de gestão do orçamento… Então o problema não é o vetor, se caro ou barato, mas como gerenciam os recursos disponíveis… Temos que cobrar é a mudança de mentalidade dos gestores e não porque se quer uma força aérea com efetiva capacidade de combate… Se for pra ter um caça apenas para bancar aeroclube, então que se feche a força…

Luis Carlos

Sempre achei o Rafale uma maquina fantástica, uma plataforma muito interessante.
Com esse mix de misseis com certeza ele se torna um adversário ainda mais perigoso.

Last edited 4 meses atrás by Luis Carlos
joel eduardo soares

Boa tarde Senhores procede?
Abraços!
MBDA assina contrato de 200 milhões de euros com o Brasil para fornecer 100 mísseis Meteor
https://www.aereo.jor.br/2019/06/09/mbda-assina-contrato-de-200-milhoes-de-euros-com-o-brasil-para-fornecer-100-misseis-meteor/

MMerlin

Isto foi noticiado a bastante tempo e, teoricamente, procede.

Wellington Góes

Pra se ver… Acertamos o pagamento, conforme cotação na época, de mais de 860 milhões de reais, para continuarmos a ser meros importadores de armamentos inteligentes… Detalhe, sem sequer um caça efetivamente operacional, que por ventura já necessite de tal equipamento… Depois nossos oficiais da alta cúpula da força, quando a água bate na bunda (como os estranhamentos com a Venezuela um ano e meio atrás), reclamam de não termos equipamentos e autonomia na produção, quando necessário… Quase 1 bilhão de reais gastos no exterior, sem qualquer obrigação de Offset, ToT, ou qualquer outra contrapartida… Fora os outros armamentos que… Read more »

Flanker

O Meteor, para armar o Gripen, é o melhor que poderia se fazer. Entretanto, concordo na parte da administração. Sei que vc não gosta do Rossato e seu Comando, mas ele enxugou várias estruturas e extinguiu várias outras. Agora, o Bermudez as está reativando…todas elas!!

Wellington Góes

Então… Particularmente não tenho porque não gostar dos comandantes Saito e Rossato, acredito que sejam boa pessoas… Agora com relação aos seus comandos… Aí a coisa muda, foram desastrosos para a capacidade autóctone da indústria nacional, de combate do país e da própria FAB… Foram comandos sofríveis… Uma visão pragmática destorcida, ou falso pragmática… Mas não sou favorável ao inchaço de pessoal e sim uma melhor distribuição espacial da força… Enfim, são outras questões.
Até mais!!! 😉

Tomcat4,2

Rafale, ainda belo e agora mais letal !!!

smichtt

off topic: Quais seriam estes aviões? “Defesa pede dois aviões para ajudar a combater pandemia, mas economia nega” Fonte O Antagonista 5/3/21

Luis
Flanker

Os aviões que foram muito comentados aqui algumas semanas atrás . Dois Airbus A330MRTT da RAF.

Marcelo Mendonça

Aparentemente 2 A330 MRTT ex RAF

smichtt

Obrigado a todos pelas respostas.

Gabriel BR

Baita avião!

Glasquis7

Um off: acaba de morrer Olivier Dasault.

Últimas Notícias

Teste do míssil hipersônico AGM-183A da USAF falha pela segunda vez

Em 28 de julho, o míssil foi acoplado com sucesso ao bombardeiro B-52H, mas quando foi feita uma tentativa...
- Advertisement -
- Advertisement -