Home Aviação de Caça BR Aviation realiza primeiro abastecimento do novo caça Gripen

BR Aviation realiza primeiro abastecimento do novo caça Gripen

2865
33

BR Aviation supre todo o querosene de aviação demandado por essa frota. Apresentação oficial ocorreu no dia 23 de outubro, na comemoração do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira

A BR Distribuidora participou de um momento histórico da aviação militar e nacional ao realizar o primeiro abastecimento do novo caça F-39E Gripen da Força Aérea Brasileira (FAB). Por meio de sua unidade de negócios BR Aviation, a companhia fez, em setembro, o primeiro suprimento em solo brasileiro, com cerca 4.000 litros de JET PLUS (querosene de aviação aditivado), equivalente à metade da capacidade da aeronave.

A operação de abastecimento se repetiu nos preparativos para a apresentação oficial do Gripen, em Brasília, realizada na sexta-feira (23/10/20), quando foi comemorado o Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira.

Principal fornecedora de combustível para a FAB, a BR Aviation tem ampla experiência em abastecimentos dos caças Northrop F-5E/F Tiger e também McDonnell Douglas A-4 Skyhawk (da Marinha), estando, assim, qualificada para essa missão junto ao mais moderno integrante do sistema de defesa militar brasileiro.

Até 2024, 36 caças Gripen serão entregues pela fabricante sueca SAAB à FAB. Eles ficarão sediados na Base Aérea de Anápolis (GO), local onde a BR Aviation suprirá todo o querosene de aviação demandado por essa frota.

Gripen

O modelo brasileiro do Gripen consegue voar 4.387 km entre os extremos do país (do Monte Caburaí/RR ao Chuí/RS), sem necessidade de ressuprimento. Medindo 14,1 metros de comprimento e 8,6 metros de largura, o caça multiemprego é uma aeronave de última geração que atinge mais de duas vezes a velocidade do som (2.470km/h), e suporta até nove vezes a força da gravidade durante manobras.

O caça conta com modernos sistemas embarcados, radar de última geração e capacidade para empregar armamentos de fabricação nacional. Com suas armas teleguiadas, o Gripen pode atacar e destruir alvos aéreos, marítimos e terrestres, 24 horas por dia, em qualquer condição meteorológica, sendo capaz de levar até 6.5 toneladas de armamentos, incluindo mísseis de médio e longo alcance e bombas guiadas a laser.

BR AVIATION

Líder no mercado brasileiro de combustíveis para aviação, a BR Aviation está presente em mais de 90 aeroportos, em todo o território nacional, operando dentro dos mais exigentes padrões nacionais e internacionais de procedimentos de manuseio de produtos e especificações de instalações de equipamentos. A unidade da BR Distribuidora atende à aviação comercial, executiva e frota agrícola com um amplo portfólio de produtos e serviços. Mais informações em: www.br.com.br/braviation.

FONTE: jornaljoseensenews.com.br

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
1 mês atrás

Que bom que vai ter querosene! rsrsrsrsrs

Kemen
Kemen
Reply to  Rinaldo Nery
1 mês atrás

Todas as aeronaves movidas a turbina, exceto o SR-71, geralmente usam um combustível chamado Jet A (basicamente querosene). Existem outros tipos de combustível de aviação, como o Jet B, de menor eficiência. Esse querosene tem agregados anti congelantes e anti oxidantes.__ Interesante o teste feito em março de 2017, por um Gripen C com turbina RM12, que fez uma demonstração aérea usando o biocombustivel CHCJ-5, comprado pela USA Navy da empresa ARA, que tinha sido aprovado para um teste limitado, isso mostrou ser possivel substituir o combustivel normal por esse biocombustivel.

Up The Irons
Up The Irons
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Kemen, eu sei que você postou na boa, com fins didáticos, mas esse cara aí de cima tem mais hora de voo que urubu e saca do assunto! 🤣

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  Kemen
1 mês atrás

E ?

RENAN
RENAN
1 mês atrás

Nossa que ótimo ganhamos o tanque cheio da concessionária

Agora a dúvida é saber se ele não vai engasgar com a batizada nacional.

E se a bomba marcou 4000 e na verdade só caiu 3000 l no tanque.

Como acontece nos postos nacionais

RENAN
RENAN
1 mês atrás

Isso sem tanque externos?

“O modelo brasileiro do Gripen consegue voar 4.387 km entre os extremos do país (do Monte Caburaí/RR ao Chuí/RS), sem necessidade de ressuprimento”

RENAN
RENAN
Reply to  Alexandre Galante
1 mês atrás

Obrigado

DSC
DSC
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Não.

4000+km é o “ferry range”/alcance de traslado do caça.
Ou seja, o máximo de tanques de combustível externos e sem nenhum armamento.

http://www.aereo.jor.br/wp-content/uploads/2010/06/IMG_0430.JPG

https://army-tech.net/forum/index.php?attachments/range_960-jpg.6476/

Last edited 1 mês atrás by DSC
Justin Case
Justin Case
1 mês atrás

Olá, amigos.
.
Em termos de desempenho do combustível, este é padronizado pelas características físicas oficialmente requeridas para cada tipo de combustível.
Acontece que, para alcançar essas características físicas, as refinarias usam aditivos químicos diversos, dependendo do tipo de petróleo trabalhado e dos processos internos. Isso altera os resíduos da combustão e o tipo da “fumaça” gerada (mais ou menos densa, mais clara ou mais escura).
Abraços,
.
Justin

Kemen
Kemen
Reply to  Justin Case
1 mês atrás

Ainda bem que combustivel e lubrificantes de aviação é coisa de se tomar muito cuidado com a qualidade obtida, já o GLP… aja… no fim do botijão mancha a boca do fogão de petróleo.

Marcos10
Marcos10
1 mês atrás

Os motores do F18, os mesmos desse daí, utilizam querosene com outros aditivos. É só lembrar que nos ataques contra a Líbia – também conhecido como “uma grande lambança”, os suecos foram pegos de surpresa quanto ao combustível.
Esse motor recebe querosene normal?

Justin Case
Justin Case
Reply to  Marcos10
1 mês atrás

Bem lembrado, Marcos10.
Há alguns aditivos que podem ser adicionados pelo próprio operador, como anticongelantes, por exemplo.
Abraço,
Justin

Grozelha Vitaminada Milani
Grozelha Vitaminada Milani
Reply to  Justin Case
1 mês atrás

Bardal …. STP ….

angelo
angelo
1 mês atrás

No futuro será flex….kkkk

Justin Case
Justin Case
Reply to  angelo
1 mês atrás

Para dizer a verdade, já é, Angelo.
Motores a jato, desde sua origem, conseguem operar com muitos tipos de combustível, desde gasolina de aviação até biocombustíveis.
Problemas: eficiência energética, custos, emissão de poluentes…

Justin

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Justin Case
1 mês atrás

Lembro que o PT6-25C, do T-27, pode voar com gasolina de aviação, limitado a um número X de horas. 100, eu acho.

Melkor
Melkor
1 mês atrás

Não vejo a hora de ver a notícia do primeiro flanelinha que passou o rodo no canopi do Gripen BR.

Up The Irons
Up The Irons
1 mês atrás

“Medindo 14,1 metros de comprimento[…]”
Essa medida, se não estou falando bobagem, se refere ao Gripen C. Lembro que a versão E ganharia quase 1 metro de comprimento devido ao seu alongamento para comportar mais combustível.

RENAN
RENAN
1 mês atrás

Em relação ao míssel RBS 15 f qual seria o máximo que o Gripen consiga entregar, não sei se é possível levar um tanque esterno e um míssel deste, ou quem sabe dois, mas o máximo que poderia engajar um alvo partindo de uma base costeira.
Sem confronto aéreo apenas disparar contra uma fragata que não consiga ter defesa anti aérea acima de 100km

sj1
sj1
Reply to  RENAN
1 mês atrás

MíssEl ?!

Grozelha Vitaminada Milani
Grozelha Vitaminada Milani
1 mês atrás

Nossaaaaaahhhhh.

E limpou o parabrisa? Passou pretinho nos pneus? Completou a água do esguicho do parabrisa? Checou o óleo? O nível do fluído de freios? Verificou a água do radiador com aditivos? Calibrou os pneus?

Que bom. Já temos assuntos para diversos post.

Que falta de assunto não …

Matheus
Matheus
Reply to  Grozelha Vitaminada Milani
1 mês atrás

Porta é a serventia da casa.

Grozelha Vitaminada Milani
Grozelha Vitaminada Milani
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Mande o endereço …. vamos tomar Grozelhas juntos ….

Salomon
Salomon
1 mês atrás

Independente de ironias e viralatismo, vale a notícia. Foi dado o tipo de combustível e características do fornecedor, são informações interessantes e desconhecidas do público. Na minha ignorância nem desconfiava quem fornecia pros Skyhawks. Repito, vale a notícia.

Luiz Antonio
Luiz Antonio
Reply to  Salomon
1 mês atrás

Desculpe, essa notícia vale para que? O que acrescenta de novidades no setor aéreo?

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  Luiz Antonio
1 mês atrás

Também me faço a mesma pergunta.

Salomon
Salomon
Reply to  Luiz Antonio
1 mês atrás

Ora, para registro, e ainda tem muita informação. No mínimo vale para pascácios utilitaristas extravasarem sentimentos.

Mayuan
Mayuan
1 mês atrás

A matéria tem título mas ainda assim tem gente que se dá ao trabalho de entrar e ler só pra reclamar que não é notícia.

Se não é notícia, pra que leu inferno? É só não entrar nem ler, segue pra outra e vai aporrinhar outros.

Esqueçam o meteoro. O mundo acabará em gente chata!

Rodrigo M
Rodrigo M
Reply to  Mayuan
1 mês atrás

Mayuan,

Desconfio que nem Freud conseguiria explicar essa geração chata (para não dizer outra coisa) de hoje em dia.

Funcionario da Comlurb
Funcionario da Comlurb
Reply to  Mayuan
1 mês atrás

Vai tomar um banho de agua fria rapaz, vc ta muito nervoso

Mayuan
Mayuan
Reply to  Funcionario da Comlurb
1 mês atrás

Não é nervosismo não prezado. É que em toda postagem sempre entra um monte pra falar besteira. Dá pra adubar um latifúndio com a quantidade de matéria fecal que o pessoal despeja aqui. Cansa. Não me admira que ótimos debatedores que tínhamos aqui aparecem cada vez menos.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
1 mês atrás