Home Abate Caça Su-30 é abatido acidentalmente por um Su-35 na Rússia

Caça Su-30 é abatido acidentalmente por um Su-35 na Rússia

6060
150

Segundo fontes, o avião foi acidentalmente abatido por um caça Su-35 que voava com ele durante uma missão de treinamento. Em vez de disparar fotos, o Su-35 deu um tiro real por algum motivo desconhecido

O caça Sukhoi Su-30 que caiu na região de Tver no dia 22 de setembro na Rússia foi derrubado acidentalmente por outra aeronave de combate, segundo fontes da TASS e REN TV.

Segundo a emissora de TV, o Su-30 realizava o voo de treinamento junto com o caça Su-35. De acordo com o plano, ele deveria fazer um ensaio fotográfico – para fotografar a aeronave perseguida pela câmera após entrar no alvo. Em vez disso, porém, o Su-35 disparou um tiro de um canhão.

A REN TV afirma que uma avaria técnica pode ser a razão para isso. O canal 112 do Telegram esclarece que os investigadores não descartam um tiro espontâneo ou erro dos serviços técnicos de solo, que não desativaram o canhão.

Os pilotos conseguiram ejetar e o caça caiu em uma área arborizada, de acordo com a TASS, perto da vila de Dornikovo, no distrito urbano de Vyshnevolotsk. Uma comissão do Distrito Militar Ocidental foi ao local do acidente para estabelecer as causas do acidente.

O caça Su-30 foi criado no final dos anos 1980 e está em operação desde 1992. A aeronave foi projetada para ganhar supremacia aérea, destruir alvos aéreos, terrestres e marítimos, inclusive à noite e em condições meteorológicas difíceis.

É operado além dos sistemas aeroespaciais russos na China, Índia e outros países. São conhecidos cerca de 19 casos de acidentes com essa aeronave desde 1999, incluindo o mais recente.

Na aviação russa, o acidente anterior com uma aeronave desse tipo ocorreu em maio de 2018. Um caça caiu no mar, após decolar da base aérea de Khmeimim. Ambos os pilotos morreram.

O Su-35 é um caça pesado moderno da geração 4++, que é um produto da profunda modernização do Su-27. Seu desenvolvimento foi realizado após o colapso da URSS e fez seu primeiro voo em 2008. Está a serviço desde 2014.

FONTE: rbc.ru

Subscribe
Notify of
guest
150 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Turatti
Fernando Turatti
1 mês atrás

“caiu na vila o peixe fuzila”
Pensem no maluco que ao invés de bater foto, abateu um caça de primeira linha. Sorte que os envolvidos ejetaram em segurança.

RPiletti
RPiletti
Reply to  Fernando Turatti
1 mês atrás

Equipe de solo que irá pagar o pato…

Marcos R
Marcos R
Reply to  Fernando Turatti
1 mês atrás

Normal, russos fazendo rusisses… Segue o jogo.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
Reply to  Marcos R
1 mês atrás

Russos sendo russos…. tudo normal por lá!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Rafael Coimbra
1 mês atrás

Serviu de exemplo para os americanos.
Onde tem Su-35 é melhor sair fora.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Marcos R
1 mês atrás

Viu do que os pilotos dos F-22 se livraram?

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Kings, você é um brincante

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Poder de fogo, velocidade e manobrabilidade.
Difícil se contrapor a esse conjunto.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sim….os pilotos dos outros países estão todos escondidos debaixo de suas camas…nem dormem….e qiando dormem, sonham com o bicho papão Su-35…..

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Basta você ter poder de fogo, velocidade, manobrabilidade e furtividade.

E ainda por cima a melhor relação empuxo-peso (1:43) do mercado. Aí só resta ao piloto do Su-35 tirar uma foto (suspeita, frise-se) do F-22 dando tchauzinho depois de interceptá-lo para enganar incautos como você

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Outro dia eu li um artigo que o Su57 tem o mesmo RCS de um SH limpo….

É tiro ao pato

Brummbär
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

O SU-57 tem superfícies inclinadas e serrilhadas para redirecionar a energia do radar. É mais suave e simplificado com menos descontinuidades. O F-18, com exceção das caudas em V, e as entradas não tem outras superfícies inclinadas, não há forma trapezoidal nas asas ou baias e está cheio de descontentamento. É impossível para um F-18 se equiparar ao RCS do SU-57. A física não abre exceções apenas porque algo é da América. As curvas de 90 graus devem ser evitadas em prol de uma boa furtividade, e o F-18 está cheio delas.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Ele se voluntariou para ser cobaia da vacina chinesa em SP e está delirando..

Emmanuel
Emmanuel
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

O Su qualquer coisa nem vai ver o que matou ele Kings.
Ele brilha mais que árvore de Natal num radar inimigo, caso você não saiba.

IBIZ
IBIZ
1 mês atrás

Podia ser pior. Podia ter sido abatido por um MIG-21! Imagina a vergonha do fabricante! KKKK!

Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
1 mês atrás

Imagina o que não faz apenas uma rajada desse canhão… O piloto é bom de tiro. Ainda bem que conseguiram ejetar.

Camargoer
Camargoer
1 mês atrás

Olá Colegas. Agora sabemos apenas um Sukhoi é capaz de abater outro Sukhoi. O verdadeiro “Sukhoi killer”.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Afirmação de torcedor, completamente desconectada da realidade….

Ademais, cumpre lembrar que um Su-35 brilha como árvore de natal no EOTS do F-35.

Last edited 1 mês atrás by Hank Voight
Sergio Machado
Sergio Machado
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Falou um piloto experiente de F35, profundo conhecedor dos sistemas. 😁
Cada um…🤦‍♂️

Last edited 1 mês atrás by Sergio Machado
Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Falou mais um torcedor, que certamente acha que o Sukhoi é o melhor só porque faz o “cobra de pugachev”

Cada uma…..

Mauro Cambuquira
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Aff… Tenha dó!

Wagner
Wagner
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Você é piloto?

Lala Croft
Lala Croft
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

era só rir da piadinha

Flanker
Flanker
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Conhece o termo “brincadeira”?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Caro Hank. Era apenas uma piada sobre o Sukhoi derrubando outro Sukhoi. Teria sido este o primeiro Su-30 abatido na história? Teria sido este o batismo de fogo do Su-35? O problema é que a piada perde a graça quanto tem que ser explicada.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Esse é um caso de piada sem graça desde o nascedouro

Camargoer
Camargoer
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Olá Hank, considerando o fim trágico do Su-30, seria uma piada mais apropriada para um abatedouro que um nascedouro.

Adrianosold
Adrianosold
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Hank,acredito que você quis dizer que o SU-30 brilha como uma árvore de natal, o SU-35 apesar de não ter características furtivas é bem mais discreto que o SU-30,sei lá ambos são belos alvos.

Teropode
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Mais do mesmo , hummmm.

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Ademais, cumpre lembrar que um Su-35 brilha como árvore de natal no EOTS do F-35″
Assim como o F35 vai brilha como uma árvore de natal no OLS-35 do Su-35…
https://defense-arab.com/vb/attachments/132389/

DSC
DSC
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

LOL Isso não é verdade. O F-35 é um jato bem mais pequeno que o Su-35 e com bastantes características/soluções/medidas de redução de assinatura IR (design/formato do bocal do motor, pintura/revestimento especial pra isso, uso do combustível para resfriamento, etc…). E o AN/AAQ-40 EOTS do F-35 é um sensor IR superior e bem mais avançado que o OLS-35 do Su-35. https://tecnomilitar.wordpress.com/2019/09/17/irst-o-radar-termico-dos-cacas/ E essa imagem desse link não é do IRST do Su-35, até porque Flankers e F-35s nunca se cruzaram em operações/missões de combate no OM por exemplo. Essa imagem vem deste video aqui: https://youtu.be/AzyH0M4C8TY Isso foi filmado no Farnborough… Read more »

rprosa
rprosa
Reply to  DSC
1 mês atrás

O EOTS não tem muita relação com o t6amanho da aeronave, mas sim com a temperatura dos gases que que le expele pelas turbinas, bem como pelo calor gerado pelo atrito da fuselagem, assim se um caça e mais aerodinamico gera menos atrito e consequentemente menos calor, da mesma forma se o caça tem um sistema de mascramento de gases ele terá menos refelexo IR. E tudo que não podemos dizer do F-35 e que ele e um exemplo de formas aerodinamicas, vez eu sequer pdoe voar em velçocidade siupersonica, pois seu arrasto prejudica as superficies moveis do caça e… Read more »

DSC
DSC
Reply to  rprosa
1 mês atrás

Não invente.

Eu apenas salientei o menor tamanho reduzido do F-35 como uma de suas vantagens em assinatura IR, pois regra geral, quanto mais pequena a aeronave, menor o arrasto aerodinâmico, o atrito com o ar. Logo menos calor será criado/gerado do que o que acontece em caças bem maiores como o Su-35.

“…

E tudo que não podemos dizer do F-35 e que ele e um exemplo de formas aerodinamicas, vez eu sequer pdoe voar em velçocidade siupersonica, pois seu arrasto prejudica as superficies moveis do caça e apropria estrutura.”

What??

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  rprosa
1 mês atrás

“E tudo que não podemos dizer do F-35 e que ele e um exemplo de formas aerodinamicas, vez eu sequer pdoe voar em velçocidade siupersonica, pois seu arrasto prejudica as superficies moveis do caça e apropria estrutura.”

Qual a fonte? Sputnik, Southfront ou Avia.pro?

Brummbär
Reply to  DSC
1 mês atrás

“E essa imagem desse link não é do IRST do Su-35, até porque Flankers e F-35s nunca se cruzaram em operações/missões de combate no OM por exemplo.”
Mas eu não disse que essa imagem era do OLS 35.
Eu usei esta imagem para mostrar que, apesar das medidas de redução de assinatura IR, o F35 ainda tem uma assinatura de calor alta.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

Não queira emendar a burrada que você escreveu minha cara hiena sino russa!

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Apenas provei que o F35 vai brilhar que nem uma árvore de natal para qualquer caça que possua um IRST.
“hiena sino russa”
O simples fato de vc tentar me ofender, sem usar qualquer argumento mostra que eu estou certo e que não cometi nenhuma burrada.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

Querer comparar um sistema como o EOTS, que em testes detectou um míssil balístico a 600NM de distância, com o OLS-35 do Su-35 e ainda usar uma imagem de um F-35B tirada a curtíssima distância de um FLIR como se fosse o IRST do Su-35 de um site árabe chnfrim é o típico expediente desonesto e burro que caracteriza as hienas sino russas

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Eu acho engraçado que quando os russos afirmaram que o T14 tinha um radar com 100km de alcance, os americanofilos so sabiam falar que aquilo era bestera, sputinice, propaganda… mas quando os americanos falam que o EOTS tem 600NM de alcance vcs apenas acenam com a cabeça e dizem “OK”?! Mas é muita cara de pau… Não importa a distância em que a imagen foi tirada, se foi utilizado um FLIR ou o site de onde eu tirei a imagem, tudo isso não muda o fato que o F35 tem um assinatura de calor absurdamente alta, maior até mesmo do… Read more »

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

Minha cara hiena, o fabricante do EOTS demonstrou que detectou o míssil balístico a 600mn, ao contrários dos russos, que fazem propaganda e não provam…..

E ao contrário do que você falou a distância importa sim pois àquela distância do FLIR o adversário do F-35 certamente estaria na defensiva pois foi detectado antes. A propósito, o gripen da segunda foto estava em potência militar ao contrário do F-35, que estava em potência máxima.

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

“fabricante do EOTS demonstrou que detectou o míssil balístico a 600mn” Aqui está a imagem do suposto ocorrido: http://sistemasdearmas.com.br/ca/irstdasbalistico.jpg Agora me prove que este missil esta a 600mn. “A propósito, o gripen da segunda foto estava em potência militar ao contrário do F-35, que estava em potência máxima.” Achismo seu, nada naquelas imagens demonstra que o F35 estava em potência maxima e o Gripen não. E quanto a essa história de “hiena sino-russa”, deixa e lhe dizer uma coisa, eu não discordo de vc por ser russofilo, mas sim porque vc tem uma estupenda habilidade de sentar em cima de… Read more »

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

“Agora me prove que este missil esta a 600mn.” The video generated by DAS (……youtube.com/watch?v=e1NrFZ…) during the flight test has been magnified 10 times to allow clearer viewing of the rocket. Unlike other sensors, DAS detects and tracks the rocket at horizon-break without the aid of external cues. DAS algorithms continuously track the rocket through first-stage burnout, second-stage ignition, across DAS sensor boundaries, and through the rocket’s second-stage burnout at a distance of more than 800 miles. The video also shows DAS’ detecting and tracking the rocket’s first-stage re-entry. Uma correção, eu me referi ao EOTS mas na verdade o… Read more »

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

https://youtu.be/e1NrFZddihQ
https://youtu.be/qF29GBSpRF4
https://www.northropgrumman.com/what-we-do/air/an-aaq-37-distributed-aperture-system-das-for-the-f-35/
Nem no site da Northrop Grumman e em nenhum dos videos feitos por eles, o alcance é citado.
” Tu-160 “deixou o F-35 para trás” ou o Southfront publica que “um S-200 sírio danificou um F-35I”
Eu não acredito em nenhuma dessa afirmações, assim como não acredito que o DAS tenha um alcance 600mn, pelo simples fato de que em nenhum desses casos existe prova do ocorrido…
“Tá se olhando no espelho?”
Não, apenas descrevendo o modo como você comenta…

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

“DAS algorithms continuously track the rocket through first-stage burnout, second-stage ignition, across DAS sensor boundaries, and through the rocket’s second-stage burnout at a distance of more than 800 miles.”

Esse trecho foi extraído de um vídeo da Northrop Grumman, cujo link eu postei acima. Vai continuar brigando com os fatos?

Brummbär
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Você está mentindo, coloquei o link do seu video no google e não deu em nada, coloquei no youtube eo 1 video que apareceu foi esse aqui:
https://youtu.be/e1NrFZddihQ
E em nenhum momento do vídeo o alcance é citado…

Flanker
Flanker
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

Um radar com 100 km de alcance em um carro de combate, que opera ao nivel do solo? Serve pra que? Para proteção contra ataques aéreos?

Brummbär
Reply to  Flanker
1 mês atrás

“Um radar com 100 km de alcance em um carro de combate, que opera ao nivel do solo? Serve pra que? Para proteção contra ataques aéreos?”
Sim já que uma das maiores ameaças a um MBT vem dos ataques aéreos, e claro partindo do pressuposto de que tenha 100km de alcance, alcance que eu também não acredito que ele tenha…

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Brummbär
1 mês atrás

A distancia influencia sim, e muito. afinal quanto mais longe menor a sensação de calor captada. se distancia não tivesse influencia você a temperatura do sol aqui na terra seria de 5500 graus célsius. e eu sei, isso e uma comparação bem estrema, mas o mesmo se equipara, quanto maior a distancia, por mais tempo o calor se dissipou. isso dificulta achar a fonte do calor.

Brummbär
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

A questão não essa Victor, a questão é outras aeronaves, em distâncias similares, demonstram uma assinatura de calor menor, OLS-35 já é capaz de detectar uma aeronave convencional a 50km, agora imagina a que distância ele ira detectar o F35.
Não sei se vc sabe, mas alguns materiais RAM atuam convertendo a energia do radar em calor.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Esse comentário vc tirou da boca do piloto russo que colocou o F-22 na mira do Su-35 dele.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Se você fala daquela fotinha suspeita que o piloto russo tirou depois que foi interceptado pelo F-22 eu sinto muito mas só fanáticos como você se deixam enganar.

Sinto muito…..

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Será que em uma situação de combate ele conseguiria colocar o F-22, que estava pacifico e sem preocupações, na mira? Ou você realmente acha que o piloto do F-22 estava preocupado? Todos sabem que não ia dar em nada.

rprosa
rprosa
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Vale lembrar que o AN/ AAQ-40 Electro-Optical Targeting System (EOTS) somente é instalado nos F-35 Block 4, nos modelos anteriores o EOTS e carregado num cabide de armas, da emsma forma segundo estimativas o alcance do EOTS do F-35 e de 100km para o IRST e de 40 km para imagens, de forma que se o F-35 depender do EOTS para abater o SU-35 ja estará no alcance do radar do SU-35

DSC
DSC
Reply to  rprosa
1 mês atrás

Mais uma vez, repito. Não invente.

Nunca houve isso de EOTS transportado externamente num cabide debaixo da asa.

O AN/AAQ-40 EOTS foi/está instalado nos F-35, por baixo do nariz, desde o inicio, desde sempre.
O caça foi pensado, criado e desenvolvido desde o início com esse sensor instalado internamente, debaixo do nariz.

No Block 4 o F-35 terá um novo EOTS mais avançado e mais capaz. Apenas isso.

DSC
DSC
Reply to  DSC
1 mês atrás

https://www.lockheedmartin.com/en-us/products/f-35-lightning-ii-eots.html “The Electro-Optical Targeting System (EOTS) for the F-35 Lightning II is an affordable, high-performance, lightweight, multi-function system that provides precision air-to-air and air-to-surface targeting capability. The low-drag, stealthy EOTS is integrated into the F-35 Lightning II’s fuselage with a durable sapphire window and is linked to the aircraft’s integrated central computer through a high-speed fiber-optic interface.As the first sensor to combine forward-looking infrared and infrared search and track functionality, EOTS enhances F-35 pilots’ situational awareness and allows aircrews to identify areas of interest, perform reconnaissance and precisely deliver laser and GPS-guided weapons. Lockheed Martin has delivered more than 300… Read more »

Last edited 1 mês atrás by DSC
rprosa
rprosa
Reply to  DSC
1 mês atrás

voce leu o que vc postou, pois no paper da própria LM diz que o Advanced EOTS somente sera instalado nos F-35 de Block 4, valendo afirmar que o EOTS primário do F-35 era inferior aos Lockheed Martin Sniper ATP-SE e Northrop Grumman LITENING-SE, alem de não ter confiabilidade sendo que nas prórias palavras da LM o novo Advanced EOTS economizará cerca de 1 bilhão de dólares apenas em manutenção do equipamento aos usuários do F-35, mas pode conetstar a própria LM

rprosa
rprosa
Reply to  DSC
1 mês atrás

Porque voce não consulta o paper da própria LM, o qual esta diponível na rede mundial de computadores, mas como você não se baseia em fontes e prefere apenas desprestigiar os cometários segue o jogo e siga a cartilha do HMS Tireless, pois o mal dos americanofilos e ser como aquele menino dos sobrinhos do athaide que sempre falava que “os americanos são muito melhores”, assim apenas para espancar sua rasa dissertação pesquise pelo EOTs do F-35 que voce vai encontar o paer da LM, quem sabe voce também conteste a informação do próprio fabricante.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  rprosa
1 mês atrás

Você se esquece que o RCS do Su-35 é bem maior que o do F-35 ou seja, quando o F-35 estiver no radar do caça russo esse há muito já havia sido detectado pelo APG-81 do caça da LM

rprosa
rprosa
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Sim Hank o RCS e muito maior, isso não há dúvida, só que não podemos afirmar que o fato do SU-35 ser detectado primeiro e sinônimo de que seja abatido, pois o SU-35 e dotado de extrema caopacidade ECCM ea kill ratio do AIM-120 contra aviões de 2 e 3ª geração não superou os 60%, ou seja o fato do F-35 carregar somente 4 misseis AIM-120 pode deixa-lo desarmado num combate com uma caça que pode carrgar ate 12 misseis dos mais variados tipos.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  rprosa
1 mês atrás

Você fala da “extrema capacidade de ECCM” do Su-35 mas também se esquece que o F-35 possui uma capacidade de ECM que pode perfeitamente anular as capacidades do caça russo. Quanto à capacidade de mísseis a esmagadora maioria dos dogfights foi vencida por quem atirou primeiro ou seja, ao ter essa vantagem certamente será o vencedor, não é à toa que o maior às da era do jato ( o israelense Giora Epstein) teve como sua maior vantagem uma anomalia da visão que o permitia enxergar um caça a uma distância maior que outros pilotos. Por fim você esquece que… Read more »

oswaldo
oswaldo
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Nada a ver hein?

Camargoer
Camargoer
Reply to  oswaldo
1 mês atrás

Caro Oswaldo. A graça da situação é que sem querer, a Sukhoi encontrou um slogam de venda insuperável “Só um Sukhoi para derrubar um outro Sukhoi”, mas quando é preciso explicar a piada, ela já perdeu a graça.

Wagner
Wagner
Reply to  Camargoer
1 mês atrás

Kkkkkkkkkkkk

Era piada, não?

Camargoer
Camargoer
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Olá Wagner. O mais engraçado foi o pessoal levar a sério.

JOHN PETER
JOHN PETER
1 mês atrás

Aposto q era o mister Bean no Su-35 a serviços de sua majestade.

GFC_RJ
GFC_RJ
1 mês atrás

1o kill de um SU-35?

antonio
antonio
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

resta saber se vao pintar o abate na aeronave kkkk

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  antonio
1 mês atrás

Deveriam, mas os russos não são conhecidos pelo senso de humor….

Brunow
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Os Britânicos pintaram o Jaguar no Phantom…

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Brunow
1 mês atrás

Boa Brunow!
Voltando ao tema que lambança dos russos!!

Maurício.
Maurício.
Reply to  antonio
1 mês atrás

Antônio, o F-16 belga que “abateu” outro F-16 belga recebeu a sua killmark, os russos poderiam fazer o mesmo.
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRK2wnMUg15AeJoHEyZOgIHkwbXsK1uFlmWsw&usqp=CAU

Camargoer
Camargoer
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Olá Maurício. Bom humor sempre foi sinal de inteligência.

Andre
Andre
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

Droga, eu ia falar isso….hahahahah

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Segue o jogo, acidentes acontecem. Ainda bem que ninguém perdeu a vida no incidente.

Obs.: Uma única balinha de canhão derrubou um Su-30??? O dia que me perguntarem sobre o que é um “tiro certeiro” vou dar como exemplo esse abate do Su-30. Vai ter pontaria assim lá na… Russia.

Brunow
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Uma rajada com um 30mm é bem mais que “uma balinha”..
Informações não confirmada oficialmente, mas confirmada por “envolvidos” na situação afirmam sobre a “demolição” do estabilizador do Su-30M2 no incidente, talvez esta foi a sorte da tripulação, pois se acerta na área do Cockpit estariam mortos..

Mas por outro lado a relatos oculares que presenciaram o incidente, afirmam que após a ejeção dos pilotos a aeronave se estabilizou e continuou a voar, pode ser que foram precipitados..

Na imagem no local da queda houve destruição, mas é possível que a mesma ocorreu depois da queda com o fogo:
https://ibb.co/XtymJmD

Last edited 1 mês atrás by Brunow
Dario
Dario
Reply to  Brunow
1 mês atrás

Isso me recorda o caso do F-106 conhecido como “Cornfield Bomber”, que entrou em parafuso e foi abandonado pelo piloto. O aparelho se reestabilizou, continuou voando e ainda pousou com certa suavidade numa plantação sendo depois recuperado.
Essa tecnologia os russos ainda não dominam.

Pedro
Pedro
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

O poder de fogo desses canhoes de 30mm que os Russos usam é algo fantastico. O NR-30 que era o antecessor do GSH-30-1 (mas mais focado em ataque ao solo e abater bombardeios) tinham uma potencia por projetil que era mais do que o 2,7 do ADEN e do DEFA! Não a toa que o efeito balístico do GSH-30-2 do Su-25 é o mesmo que o de um tiro do canhao do A-10, sendo ele um canhao muito menor e mais leve.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Comparar o projétil do NR-30, que equipava o Mig-19 e as primeiras versões do Mig-21, com o projétil do GAU/8 do A-10 é forçação de barra amigo, embora de fato fosse muito potente.

Pedro
Pedro
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Leia direito…..quem tem tal força é o GSH30-2 do Su-25 e Mi-24F. O projetil do canhão russo é ate mais pesado que o americano. No que tange a avariar uma blindagem, a masa do projetil tende a ser mais importante ate que a sua velocidade inicial. O Gau-30 usa uma chuva de projeteis para picar a blindagem e nao necessariamente perfura-la ou avaria-la com poucos disparos. Agora sobre o NR-30, qdo se desenhava o A-10 um dos requisitos era justamente uma arma de cano que fosse mais forte a esse canhao, ou seja, ele era o benchmarketing a ser batido… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Canhões de caça atiram pouco mais de uma dezena de muniçoes em cerca de um 1 segundo.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Só lembre que o canhão é de 30 mm o que pode ter usado munição explosiva ou fragmentada apenas uma pode fazer um grande estrago num avião que de aluminio e com varios sistemas, pelo que foi dito ele atingiu o leme (não sei ao certo) isso basta para derrubar um avião.

Last edited 1 mês atrás by Mirade1969
Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

Até um tiro de 12,7 mm no lugar certo derruba um caça, seja lá qual for, salvo o A-10 é claro…rs!

Carlos p silva
Carlos p silva
1 mês atrás

É a tecnologia Russa. Esqueceram de virar uma dos 5000 botõezinhos…

Last edited 1 mês atrás by Carlos p silva
Agressor's
Agressor's
Reply to  Carlos p silva
1 mês atrás

Pelo menos esse ai pode voar na chuva ou em qualquer condição meteorológica adversa, numa boa.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Carlos p silva
1 mês atrás

E o excesso destes botõezinhos analógicos até que pode ser benéfico pra tornar o caça menos vulnerável a ataques ECM. Dizem que esta foi uma das vantagens do Mig-25.

Rafael M. F.
Rafael M. F.
Reply to  Agressor's
1 mês atrás

O radar do MiG-25 era valvulado. No começo provocou risadas e incredulidade, mas o riso acabou quando descobriram que isso permitia ao interceptador russo ter um radar com potência superior a 100kW, potência que queimava qualquer contramedida do seu tempo apenas pela força bruta.

sagaz
sagaz
1 mês atrás

“Em vez de disparar fotos, o Su-35 deu um tiro real por algum motivo desconhecido”
Vodka?

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

O piloto do SU-35 depois do incidente foi convidado a tomar um chá no Kremlin com o Putin, resta saber se ele pegará a xícara certa…

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Se perigar ele será elogiado pelo Putin e ainda promovido pois não é qualquer piloto que consegue enquadrar um Su-30 e ainda por cima derrubá-lo a tiros de canhão.

Nesse caso quem vai pagar o pato será a equipe de manutenção, que esqueceu de desmuniciar o canhão.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Acho que não pois um su-30 custa muito caro e o contribuinte não gostaria de saber que vão ter que pagar para comprar outro.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

O piloto do Su-35 não teve culpa e sim a equipe de manutenção, que não desmuniciou o canhão. Portanto serão esses que pagarão o pato.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

Eu acho que o contribuinte russo não tem muita escolha…

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Sincero Brasileiro da Silva
1 mês atrás

Nah! Como dito acima, é o pessoal no solo que vai se ferrar.
Não quero ser mau compreendido, mas pilotos parecem que nunca erram.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Carlos Ravara
1 mês atrás

Não é por nada não mas é a equipe de solo que devia ter desmuniciado o canhão, no mínimo testado a câmera. Testado a câmera, antes do vôo …

Carlos Ravara
Carlos Ravara
Reply to  Alexandre Cardoso
1 mês atrás

Alexandre Cardoso

Por favor, releia meu post.

Ersn
Ersn
Reply to  Carlos Ravara
1 mês atrás

Oficial não comete erro se tiver um praça para ser culpado.

Camargoer
Camargoer
Reply to  Ersn
1 mês atrás

Olá Ersn. E se o praça tiver um estagiário por perto….

A6MZero
A6MZero
1 mês atrás

Falha do piloto ? da equipe de solo? mas os russos não são imunes a erros ?

O dificil de entender é pq o canhão da aeronave estava municiado se era apenas um ensaio fotográfico ?

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  A6MZero
1 mês atrás

Alguém que deveria vistoriar o serviço não fez direito. simples assim. Tem que ver a quem era responsável pela verificação final. Deve ter um procedimento seguro disso pois não é uma coisa que acontece todos os dias.

Leandro Arent
Leandro Arent
Reply to  A6MZero
1 mês atrás

A verificação do canhão estaria ou não, incluída na checagem do piloto antes do vôo?

Carlos Alberto Lorenzini Bastos Junior
Carlos Alberto Lorenzini Bastos Junior
1 mês atrás

Sinto que cabeças iram rolar, chegando aos ouvido de Putin.

ROBERT E S SMITH
ROBERT E S SMITH
1 mês atrás

…. interessante é notar que o texto afirma que foi apenas “um” tiro é a aeronave não resistiu…. não seria uma rajada?.. mesmo assim ou foi um tiro de “sorte” que atingiu algo vital ou o Su-30 é meio frágil ….

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  ROBERT E S SMITH
1 mês atrás

É um canhão de 30 mm projetado para derrubar outro avião só não derrubaria o Su-30 se ele fosse blindado ai ele não voaria pois ia ficar muito pesado. Um canhão destes perfura blindagem leve, não há avião que resista a uma rajada dele.

ScudB
ScudB
Reply to  ROBERT E S SMITH
1 mês atrás

Foram disparados 5 projeteis.

Paulo V S Maffi
Paulo V S Maffi
1 mês atrás

Como disse o escorpião ao sapo após picá-lo no término da travessia: “não leve à mal, essa é a minha natureza!”

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 mês atrás

Muito bom esse canhão, GSh-30-1 de 30mm. Conseguir derrubar um caça do porte do Su-30, que pesa 18T vazio, com apenas uma rajada, é porque o bicho é potente…

Matheus Mascarenhas
Matheus Mascarenhas
1 mês atrás

A pergunta é: vão ou não reconhecer esse evento como um abate do piloto do SU 35?

Fernando OP
Fernando OP
1 mês atrás

Abatidos por engano pelos amigos turcos, abatidos por engano pelos amigos sírios, abatidos por engano por eles mesmos!!! Não importa onde, não importa por quem: algum avião russo será abatido por engano! Inimigos pra que?!?! Kkkkkkkk!!

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Fernando OP
1 mês atrás

Turcos não são amigos de ninguém ,muito menos dos EUA e da OTAN…..

Sírios são incompetentes por natureza, vide todas as vezes que perderam para os israelenses no campo de batalha….

Incidentes de fogo amigo acontecem em qualquer lugar do mundo….

Portanto meu amigo menos, bem menos…

Flanker
Flanker
Reply to  Hank Voight
1 mês atrás

Os aviões decolam para uma missão de tiro-foto com os canhões municiados? Isso nao pode ser considerado fogo amigo, pois nem deveriam estar municiados/armados….

ScudB
ScudB
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Sim, municiados (por varias razões) mas fisicamente desabilitadas e com os conectores elétricos desengatados.
O piloto nao tem como verificar isso em voo.
Neste caso claramente houve uma negligência do pessoal de serviço.

Flanker
Flanker
Reply to  ScudB
1 mês atrás

Não vejo razão para voar com munição, visto que, teoricamente, ela não poderia ser utilizada. Carregar peso sem necessidade……e pra provocar um acidente…. como agora.

ScudB
ScudB
Reply to  Flanker
1 mês atrás

Amigo Flanker! São varias razões (como falei). Se Vc não vê não significa que , mesmo adotados com padrão na aviação de controle do espaço aéreo , não devem ser usados. Esta maquina em questão (numero 22 vermelho) esta fazendo parte do grupo de alerta e estava com projeteis a bordo. A outra (Su-30M2 numero 60) também(!!!) estava municiada com 150 projeteis. Pelos procedimentos esta absolutamente normal e questão de peso tem nada a ver com situação. Ao contrario : este peso faz o treinamento parecer mais próximo do combate real. Tanto que abate aconteceu no topo de figura acrobática… Read more »

Flanker
Flanker
Reply to  ScudB
1 mês atrás

Obrigado pela resposta….se são aeronaves envolvidas com o que vc citou, se justifica estarem municiadas. Isso reforça mais ainda o erro grotesco dos envolvidos. Abraço!

Maurício.
Maurício.
Reply to  Fernando OP
1 mês atrás

Fernando, os russos sempre são abatidos por engano, já os americanos, são sempre por “falhas mecânicas”…rsrsrs

Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

Recentemente um tanque T-90 foi atingido num treinamento na Rússia e agora abatem um SU-30, próximo vão afundar um barco? Tá complicado esses treinamentos.

ScudB
ScudB
Reply to  Fabio Araujo
1 mês atrás

um tanque T-90 foi atingido num treinamento na Rússia
Tem certeza? Alguma fonte do ocorrido? Ou Vc esta confundindo com incidente com dois Abrams envolvidos?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  ScudB
1 mês atrás

Não, isso realmente aconteceu, foi noticiado em todo canto, um T-90 foi atingido por um míssil durante um treinamento

ScudB
ScudB
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Blz.. E as fontes?

Vergonha de vocês
Vergonha de vocês
1 mês atrás

Cade o Antoniokings??

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Vergonha de vocês
1 mês atrás

Foi pra Russia cuidar da saúde do piloto abatido.

Marcio
Marcio
Reply to  Vergonha de vocês
1 mês atrás

foi chorar no Sputnik

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Ainda bem que não morreu ninguém, mas além de lamentavel é cômico kkkkkkkk.
Como podem continuar acontecendo disparos acidentais assim? A pouco tempo um F-18 disparou um missil que por sorte não atingiu nada, o SU-30 teve menos sorte. Quando se lida e trabalha com qualquer arma todo cuidado e atenção deve ser tomado, um principio básico..

Andre
Andre
1 mês atrás

Depois da história do T72 e do T90 (ou foram os T80?) errarem alvos durante apresentação, agora essa…

imagino a lagrima escorrendo nas viúvas da URSS e dos tempos em que era super potência.

Depois falam dos árabes…talvez o problema eram os instrutores russos…

Kemen
Kemen
1 mês atrás

Andei pensando um pouco mais, como se pode instalar uma câmera para fotografar outro avião em vôo no sistema de disparo do canhão e não testar antes a câmera.__ Acho estranho isso, imagine se fossem fotografar um avião da OTAN na fronteira da Letônia e o abatecem, teriamos o começo de mais uma guerra?

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Kemen
1 mês atrás

Para quê testar essa câmara, só porque foi instalada no sistema de disparo do canhâo?????????????? O que poderia acontecer de errado????? Bem, quem fez isso, agora sabe.

Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Carlos Eduardo Broglio Gasperin
Reply to  Kemen
1 mês atrás

O melhor comentário. Com tantos protocolos e checagens essa história está mal contada. Acredita quem quer.

melissa
melissa
1 mês atrás

kkkk

Santiago
Santiago
1 mês atrás

Modo irônico on: Quando li a notícia “Caça SU-30 é abatido” pensei que já era o Gripen-E fazendo a festa! sqn

Agressor's
Agressor's
1 mês atrás

Viu, pra quem compra a propaganda dos concorrentes americanos de que estes caças russos não passam só de embuste, olha ai, tomem cuidado!

Rodrigo Maçolla
Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Isso que chamo de uma Foto Bombástica !! , Brincadeira a parte, inda bem que os pilotos ejetaram

Agressor's
Agressor's
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Foto certeira!

Rommelqe
Rommelqe
1 mês atrás

O que é intrigante neste episódia – além de, logicamente ser lastimável – é: por qual razão estaria um novissimo SU -35 fotografando um nem tanto assim SU-30? Não seria o contrario? Se era uma mera seção publicitária, vc precisa do caça mais poderoso em operação na Rússia, municiado, para fazer algumas fotos? Claro que há outras razões plausíveis e que não sejam tratar-se de uma vetusta seção de fotos, tais como, por exemplo, aquelas obtidas em um treinamento realista, ou outras destinadas a formalizar ações de combate ou principalmente (aposto nessa) um teste de um novo sistema de imageamento… Read more »

ScudB
ScudB
Reply to  Rommelqe
1 mês atrás

Não foi uma sessão de fotos não! Foi um voo de treinamento com dogfight e engajamento. Tal técnica é usada desde SGM para provar abate. Tem nada a ver com fotos promocionais ou de propaganda. Os técnicos fizeram a cag…da e o piloto (que pela instrução deveria fazer um tiro de teste antes de aproximação) – outra. Como resultado – uma palhaçada no estilo russo : espetacular e entupida ao mesmo tempo.
Um grande abraço!

filipe
filipe
1 mês atrás

Pelo menos estão treinando o Su-35 para combates reais, nem que seja abatendo os outros modelos da sua propria Força Aerea, pelo menos estão treinando, esses pilotos já teram experiência de combate. Agora a Venezuela que se cuide , uma vez que opera Su-30.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  filipe
1 mês atrás

Os pilotos da Venezuela não teriam força nem para apertar o botão de disparo.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER
FABIO MAX MARSCHNER MAYER
1 mês atrás

Bem dizia o Vicente Matheus que, quem está na chuva, é pra se queimar!

Acidentes, erros, falhas, mesmo as que causam prejuízos gigantescos como este, são normais em todas as forças aéreas.

Infelizmente.

Caravaggio
Caravaggio
1 mês atrás

Troque a chamada “Caça Su-30 é abatido acidentalmente por um Su-35 na Rússia” por Caça F-16 é abatido acidentalmente por um F-22 nos EUA”, e pense nos comentários que viriam. Adianto dois:

  • Fake news
  • Os editores da Trilogia são todos petistas.
Last edited 1 mês atrás by Caravaggio
Ari Levinson
Ari Levinson
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

Você está querendo criar uma polêmica onde não há espaço, sinto muito…..

Andre
Andre
Reply to  Caravaggio
1 mês atrás

Talvez você devesse, em sua fantasia, utilizar: f15 silent Eagle abate f15 strike eagle, apenas para ficar mais de acordo com os aviões envolvidos.

Você poderia fantasiar tbm com coisas do passado recente também:

F14 iranianos evitam missões de combate aéreo em regiões patrulhadas pelos mig25 iraquianos

Ou

Sistema de controle de tiro do t62, com seu revolucionário sistema de mira noturno, se mostra muito superior aos velhos centurion israelenses e sírios retomam as colinas de golan.

Marcio
Marcio
1 mês atrás

Esse ferro velho russo…

JSilva
JSilva
Reply to  Marcio
1 mês atrás

Ah… como muitas FA’s queriam ter um ferro velho assim (Su-30SM,Su-35S,Su-34)…rsrs

Marcelo-SP
Marcelo-SP
1 mês atrás

A gravação do aúdio dos pilotos:
Piloto SU-30: Tira a foto aí, Psiiit!!!
Piloto SU-35: Xá comigo, ô da poltrona!!!

Vampire
Vampire
1 mês atrás

Todas as duas torcidas, a rorcida russa e a torcida americana são nocivas a essência das reportagens, só deveria haver uma torcida, a dos aviões, essas belas máquinas voadoras, agora, torcidas à parte, usar o F-35 como comparação de qualquer coisa é dar um tiro de 25mm no pé. Se tomar jato d’água derrete, se voar mais de alguns minutos em vôo supersônico desmancha, se voar em tempestade explode, etc… Recomendo sinceramente à torcida americana se quiser zoar a torcida russa, usem exemplos melhores, pelo amor dos deuses.

Wagner
Wagner
1 mês atrás

Só há um avião capaz de vencer o Su30: o Su35. Kkkkkkkkk

MGNVS
MGNVS
1 mês atrás

Olhem o lado positivo dessa situacao: ninguem morreu… e… agora sabemos que o canhao funciona… e bem. huahuahuahua

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Toda a zuera é necessária..

Dito isto..

Vamos a pergunta séria..

Pelo que eu entendi..

Foram fazer um dogfight combinado e quando o Su30 entrou no HUD do canhão, o cara do Su35 disparou e o canhão estava municiado.

Foi isto ?

Se foi o Putin ganhou mais um “voluntário” para testar a a vacina russa.

Edson Parro
Edson Parro
1 mês atrás

Isso sim é que é “treinamento”! O “caçador” estava com munição real.
Só para os fortes.

Last edited 1 mês atrás by EParro
Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Su-35 1 x F-35 0

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

O Su-35 derrubou um F-35? não foi o que vimos, portando seu placarzinho aí tá furado companheiro!