Home Aviação Comercial 737 MAX: FAA e Boeing concluem testes de voo para recertificação

737 MAX: FAA e Boeing concluem testes de voo para recertificação

1626
16

A FAA e a Boeing concluíram hoje (1 de julho) os testes de voo de certificação no Boeing 737 MAX.

Durante três dias de testes nesta semana, os pilotos e engenheiros da FAA avaliaram as mudanças propostas pela Boeing em conexão com o sistema de controle de voo automatizado na aeronave.

Embora a conclusão dos voos seja um marco importante, várias tarefas chave permanecem, incluindo a avaliação dos dados coletados durante esses voos. A agência está seguindo um processo deliberado e levará o tempo necessário para analisar minuciosamente o trabalho da Boeing.

Levantaremos a ordem de aterramento somente depois que os especialistas em segurança da FAA estiverem convencidos de que a aeronave atende aos padrões de certificação.

As tarefas restantes incluem:

  • Validação do JOEB e revisão do FSB – O FSB (FAA) e o Joint Operations Evaluation Board (JOEB), que inclui parceiros internacionais do Canadá, Europa e Brasil, avaliarão os requisitos mínimos de treinamento de pilotos. O FSB emitirá um projeto de relatório para comentários públicos, abordando as conclusões do FSB e do JOEB.
  • Relatório final do FSB – A FAA publicará um relatório final do FSB após analisar e abordar os comentários do público.
  • Documentação final do projeto e relatório TAB – A FAA analisará a documentação final do projeto da Boeing para avaliar a conformidade com todos os regulamentos da FAA. O Conselho Consultivo Técnico de várias agências (TAB) também analisará a submissão final da Boeing e emitirá um relatório final antes de uma determinação final de conformidade pela FAA.
  • CANIC & AD – A FAA emitirá uma Notificação de Aeronavegabilidade Continuada para a Comunidade Internacional (CANIC), notificando as ações de segurança pendentes e publicará uma Diretiva de Aeronavegabilidade (AD) que aborda os problemas conhecidos de aterramento. A AD aconselhará os operadores sobre as ações corretivas necessárias antes que a aeronave possa retornar ao serviço comercial.
  • Revogação da ordem de aterramento pela FAA – Isso marca a liberação oficial da aeronave, aguardando a conclusão pelos operadores do trabalho especificado na AD, juntamente com qualquer treinamento necessário.
  • Certificados de aeronavegabilidade – A FAA manterá sua autoridade para emitir certificados de aeronavegabilidade e certificados de exportação para todos os novos aviões 737 MAX fabricados desde o aterramento. A FAA fará análises pessoais e individuais dessas aeronaves.
  • Programas de treinamento para operadores – A FAA analisará e aprovará programas de treinamento para todos os operadores da parte 121.

FONTE: Federal Aviation Administration

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jadson Cabral
Jadson Cabral
3 meses atrás

Tomara que dê tudo certo, mas parece que a Boeing ainda vai sofre um bocado nesse processo. Não sei, mas tudo indica para uma demora na normalização das viagens aéreas. Tudo indica que as cias aéreas vão ter que se adaptar com aeronaves menores e bem mais eficientes. E é aí que a Embraer larga na frente

JuggerBR
JuggerBR
3 meses atrás

Vai longe ainda, e no final várias questões importantes terão que ser respondidas:
Haverá demanda para as aeronaves prontas e encomendadas?
Haverá pessoas dispostas a pagar passagens pra voar nessa aeronave?
Haverá liberação pelas outras “FAA” mundo afora?
Poderá a Boeing sobreviver depois desse pesadelo?

Victor F.
Victor F.
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Sobre haver pessoas dispostas a pagar passagens para voar nessa aeronave, eu penso que a enorme maioria das pessoas sequer sabe o nome da fabricante da aeronave em que voa, quanto mais se estão voando num Boeing 737-400, -800 ou Max 8.
Obviamente, haverão pessoas que se interessam pelo assunto ou que, movidas pelo medo, podem se recusar a voar nas aeronaves, mas acredito serem uma minoria sem muita relevância.
Só para lembrar, brasileiros voaram de Focker 100 com as cores da Avianca até 2015…

Last edited 3 meses atrás by Victor F.
Theo Gatos
Theo Gatos
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Conheci muita gente que se negava a voar no Fokker 100 da TAM, pagando o preço que fosse a diferença pra voar na época de VARIG ou outras… . Não sei se esse tipo de comportamento impactou de fato na aposentadoria do Fokker 100 da TAM ou não, mas quando começaram a questionar a Avianca do porquê de ter adotado o nome de Mk28 (do projeto) e não Fokker 100, José Efromovich, presidente da Avianca disse “As pessoas me perguntam por que MK-28. Porque é meu, chamo como quero”, ou seja, se usasse Fokker 100 bem capaz das vendas de… Read more »

Rafael Cordeiro
Rafael Cordeiro
Reply to  JuggerBR
3 meses atrás

Respondendo algumas perguntas (de acordo com minha opinião, claro): 1 – A Boeing perdeu por volta de 300 pedidos do 737 Max, porém a carteira contemplava por volta de 4000 aeronaves, ou seja, a demanda ainda existe e é grande, mas a pandemia pode cortar mais alguns pedidos dessa carteira; 2 – Como já respondido pelo JuggerBR, a maioria das pessoas não fazem ideia do modelo de aeronave em que irão voar, percebo isso na minha própria família e quando converso com amigos que muitos nem percebem que existe o modelo da aeronave no momento de compra da passagem, sendo… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
3 meses atrás

Essa certificação vai valer mais que uma nota de três reais.

RenanZ
RenanZ
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Claro, FAA e Boeing não possuem engenheiros e especialistas competentes, eles precisam te chamar…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  RenanZ
3 meses atrás

Vai lá.
Viaje vc nesse avião e boa sorte!

RenanZ
RenanZ
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Sou piloto de 737, farei com muito prazer

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  RenanZ
3 meses atrás

Continuo com o mesmo pedido.
Que vc tenha boa sorte.

Theo Gatos
Theo Gatos
Reply to  RenanZ
3 meses atrás

Na minha época de Counter Strike jogado em LAN Houses onde jogávamos uns contra os outros ali mesmo, a galera gritava eufórica um “Na Jacaaaa!!” depois de uma dessas!! Enquanto a vítima só via a mensagem de “headshot” na tela….

Hahahahahahaha

A C
A C
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Meu caro Antonio, Ficou comprovado que alguns executivos da Boeing tomaram decisoes equivocadas (para dizer o minimo) e que custaram centenas de vidas. Mas uma coisa podemos ter certeza: o corpo tecnico da companhia eh extremamente competente. Dah mais uma olhada nos olhos deste senhores da 1a foto e nao me parece que eles estao ali arriscando suas vidas com inumeros testes, testando limites somente por diversao. Estes testes sao muito abrangentes e orgaos reguladores do mundo todo estao de olho. Pode ter certeza de que se uma virgula estiver fora do lugar, ou uma explicacao verbal nao-convincente, a Boeing… Read more »

GripenBR
GripenBR
3 meses atrás

Espero que realmente só certifiquem quando o avião for srguro. Vi muito especialista passando pano pra este avião ainda quandondo dos acidentes. No mais, não voo nessa jorça. Eles empurraram as centenas desses frankensteins estocados de qualquer jeito. Esse avião é o Lockheed F-104 Starfighter dos aviões comercias. Deveriam criar outro. Mas foram longe demais pra admitir.

Control
3 meses atrás

Srs
A FAA já perdeu a moral neste caso e seu parecer será aceito não como um parecer técnico correto mas sim como resultado de lobie da Boeing. è provável que a coisa se complique se houver dependência de parecer de entidades europeias e chinesas.
Sds

Satyricon
Satyricon
3 meses atrás

Todos saíram chamuscado desse episódio, a Boeing mais do que todos, mas não foi a única. A FAA tem sua (enorme) parcela de culpa e, quero acreditar que fará seu dever de casa bem feito dessa vez. Sua reputação internacional depende disso.
Logo, não acredito que venham a deixar brecha. Mas já me enganei antes.

Meira Ricci
Meira Ricci
Reply to  Satyricon
3 meses atrás

De que serve reputação internacional da e para a FAA? Eles tão pouco se lixando com o que pensam ou dizem, mas sim com o quê estará voando sobre a cabeça dos norte-americanos, simples assim!

Last edited 3 meses atrás by Meira Ricci