Home Aviação de Transporte O avião de transporte Yun-20 da China possui um grande potencial

O avião de transporte Yun-20 da China possui um grande potencial

6740
150

PEQUIM — Desde o início da epidemia de COVID-19, as grandes aeronaves de transporte Yun-20 (ou Y-20) da China, produzidas domesticamente, realizam missões no exterior por muitas vezes, fornecendo sucessivamente suprimentos anti-epidêmicos ao Paquistão, Tailândia e outros países.

Recentemente, o avião fez seu primeiro voo para a Rússia para transportar a Guarda de Honra do Exército de Libertação Popular (PLA) para participar do desfile militar realizado na Praça Vermelha de Moscou. O especialista militar Chen Hong disse que, no futuro, o avião de transporte Yun-20 certamente aumentará significativamente a capacidade de combate das tropas do PLA.

Um sólido apoio à Força Aérea do PLA

Na guerra moderna, com zonas de guerra mais amplas e ritmo de guerra mais rápido, países de todo o mundo estão tentando fortalecer a resposta rápida e as capacidades de entrega de longo alcance de suas tropas, para transportar rapidamente suas tropas e armas para áreas em necessidade urgente e economizar tempo para o reforço das tropas de acompanhamento. Sob essa situação, as forças armadas de todos os países estão ansiosas para adotar aeronaves de transporte pesado em larga escala.

Segundo informações de Tang Changhong, projetista-chefe do Yun-20, o peso máximo de decolagem da aeronave é de 220 toneladas e a capacidade máxima de carga é de 66 toneladas.

“Para construir uma moderna Força Aérea do PLA com forte capacidade de combate, é absolutamente necessário adotar grandes aeronaves de transporte como o Yun-20, cuja velocidade é mais de três vezes a dos trens de alta velocidade e mais de 20 vezes a velocidade do transporte marítimo. Ele pode reunir todas as unidades de combate no menor tempo possível, contribuindo muito para o rápido envio de tropas e aumentando a capacidade de combate”, disse Chen Hong.

Ele ainda possui um grande potencial de desenvolvimento

“O avião de transporte Yun-20 é bastante promissor para desenvolvimento futuro”. De acordo com a introdução de Chen Hong, a aeronave de transporte Yun-20 atualmente é movida por motores russos D-30KP-2, que provavelmente serão substituídos pelo WS-20, o motor a jato de grande escala de nova geração desenvolvido localmente. Cada motor pode fornecer mais de 15 toneladas de empuxo.

“Nos últimos anos, a tecnologia de pesquisa e desenvolvimento de motores de caça da China alcançou um desenvolvimento superior, rompendo os gargalos inimagináveis. Novos motores como o WS-20 também serão usados ​​para equipar as grandes aeronaves de transporte militar da China no futuro próximo e desempenhar um papel mais proeminente”, adicionou Chen Hong.

Além disso, o Yun-20 também pode ser adaptado como avião-tanque ou aeronave antissubmarino. Com uma carga útil de até 66 toneladas, pode se tornar um posto de combustível aéreo, para cooperar com os caças com habilidade nas operações de reabastecimento aéreo. Como aeronave antissubmarino, pode transportar uma variedade de equipamentos antissubmarino leves e pesados. Com suas vantagens de peso pesado, longa resistência e longo alcance, seu desempenho será mais poderoso.

Atualmente, a Força Aérea da China (PLAAF) precisa urgentemente de aeronaves de transporte Yun-20. Chen Hong disse que, tendo em vista o objetivo atual da China de construir uma força aérea estratégica, são necessárias pelo menos várias centenas de Yun-20s. “Isso marca um progresso magnífico na história da Força Aérea da China. Acredito que haverá aeronaves ainda mais avançadas para equipar a Força Aérea da China no futuro”, acrescentou Chen.

FONTE: China Military Online

Subscribe
Notify of
guest
150 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Karl Bonfim
Karl Bonfim
1 mês atrás

Com esses motores e o nariz “finos” ficou parecendo uma mistura de C-17 com IL-76!

Wellington Góes
Wellington Góes
1 mês atrás

Entre o IL-76/78 e o Y-20, ambas aeronaves ainda em produção, além de não ser tão caras assim em relação o C-17, optaria pelo Y-20 como possível aeronave de transporte estratégico da FAB (se ela, por ventura, pensasse em algo do tipo, acabando com a síndrome de Aeroclube).
É moderna e possui um payload maior… Além de quê, os chineses poderiam receber o pagamento em commodities…
A FAB deveria começar a pensar nesse tipo de aeronave, ao invés de ficar com picuinhas por causa de aeronaves de transporte leves com EB ou MB.
Minha opinião!

Mauro
Mauro
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Genial.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Uma dúzia de aviões de transporte estratégico seria mais que suficiente para a FAB. Idealmente, seria projetado pela Embraer. Mas como o colega mesmo disse, a FAB não tem pretensões de faze-lo. Infelizmente nada mais pesado que um Guarani poderá ser transportado em caso de necessidade, como um MBT por exemplo.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Equipamento chinês no Brasil… eu não tô questionando a qualidade, mas se você enxerga essa possibilidade, parece não conhecer todo o contesto geopolítico em que vivemos.
Pra simplificar, esqueça!

Matheus
Matheus
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

comment image

Te apresento o Vital de Oliveira, fabricado na China.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Matheus
1 mês atrás

Não é uma comparação viável, Matheus. O projeto do navio, bem como seu maquinário é de origem comercial, e não militar. Tanto que é um navio de pesquisa hidrográfica. O recheio eletrônico, por exemplo, foi instalado em Singapura. Tendo essa origem, é muito fácil fazer a manutenção do navio simplesmente cotando os inúmeros fornecedores locais para peças de reposição e trabalhos de manutenção nas obras vivas. Já o Y-20 é um cargueiro estratégico militar puro, que conta com tecnologias militares próprias do país de origem (+ Rússia), ou seja, demanda uma linha logística completamente diferente e única para sua operação.… Read more »

kaleu
kaleu
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Exatamente, sem chance !!!!

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Ou quem sabe haver um toma lá – dacá…

Adquiririamos algumas unidades, mas eles também comprariam alguns KC390 ou outro produto…

Hellen
Hellen
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

O kc-390 nao tem jeito por que o congresso e o pentagono veta,o recheio do aviao e todo americano !!!!

mendonça
mendonça
Reply to  Hellen
1 mês atrás

ou seja,não fabricamos avião nenhum, fabricar um casco ,uma embalagem ,qualquer país com um pouco de industria ,como metalurgica ,plástico e borracha ,consegue produzir.
quero ver produzir equipamentos sensíveis ,eletrônica …

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  mendonça
1 mês atrás

A China tem muitos aviões com recheio Americano também, descontando exceções.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  mendonça
1 mês atrás

Qualquer país fabrica??? Me diz quantos países no mundo conseguem fazer a asa de um E190-E2, quantos países fabricam um trem de pouso e quanto países conseguem pegar tecnologias de várias empresas ao redor do mundo e desenvolver a aeronave mais eficiente da sua categoria… se é tão fácil assim eu quero saber porque todo mundo não está fazendo…
Partindo do seu pressuposto a Boeing, a Airbus e tantos outros fabricantes não fabricam aviões, tudo o que eles fazem é juntar peças que outras empresas fabricam. E você, se quiser, pode fazer um novo jato ainda melhor que o deles

Lucianno
Lucianno
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Melhor não! Depois eles copiam o KC390 e irão vender com outro nome por menos da metade do preço (afinal usar mão de obra escrava deixa tudo barato né)

Raduga
Raduga
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Acho que sua mente também foi escravizada. Até parece que a China não pode projetar um cargueiro na mesma categoria que o millennium.

Rival Sensor
Rival Sensor
Reply to  Raduga
1 mês atrás

Até por que o K-390 não tem nada de original, basta ver o C-2, desenvolvido pela Kawasaki Heavy Industries.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Rival Sensor
1 mês atrás

Não fala assim, pensa que é o KC-390 é Chines… sabe como é que é… são as leis da fisica e aerodinamica.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Rival Sensor
1 mês atrás

Só que este é maior e mais pesado que o KC-390.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Raduga
1 mês atrás

Eles já tem um em mente com a Rússia, mas, só pra uso local.

Joli Le Chat
Joli Le Chat
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Os “escravos” chineses estão com renda maior que os “livres” brasileiros.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Joli Le Chat
1 mês atrás

Só as elites né, o povão mesmo fica escondido das estatística.

Lucianno
Lucianno
Reply to  Joli Le Chat
1 mês atrás

O povão chines passa tanta fome que estão tendo que comer até morcego!

Marcilio lemos de Araujo
Marcilio lemos de Araujo
Reply to  Lucianno
1 mês atrás

Não lembro onde lí a reportagem onde a boeing, já aventava a possibilidade de “aumentar” o KC um pouquinho será tecnicamente possível, com a palavra o Fernando Emb.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Marcilio lemos de Araujo
1 mês atrás

Ouvi da própria Embraer, porque o KC foi projetado também visando futuramente uma versão mais esticada.

Lu Feliphe
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Muito improvável que a Força Aérea opere uma aeronave chinesa.

Andrew Martins
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Cara, eu não vejo a FAB necessitando desse tipo de aeronave e ela também até o momento não manifestou interesse em aeronaves desse porte. Se porventura isso acontecer algum dia é mais provável que a FAB busque uns 3 C-17 na reserva da U.S.Air Force

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Andrew Martins
1 mês atrás

Também acho, os KC-390 são mais baratos de operar e dão conta das demandas.

Obs.: Nem falo dos motores…

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

São do consórcio Europeu IAE international Aero Engines.

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Cara, você é gênio!

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

O problema, é que a manutenção seria difícil, porque todo material usado na FAB é ocidental, depois, a FAB não tem intenções de comprar grandes aviões tão cedo, principalmente agora que tem o KC- 390, avião que ajudou desenvolver com alto investimento e na medida certa para as necessidades da FAB, medida que a própria FAB determinou.

Last edited 1 mês atrás by Marcos Bastos
Marcos
Marcos
Reply to  Wellington Góes
1 mês atrás

Eu já acho que a FAB deve pensar em mais aeronave de caça ao invés de aeronaves de carga, se as outras Forças querem aeronaves de carga deixem que gaste nisso e a FAB que pense em mais caças.

MMerlin
MMerlin
1 mês atrás

Enquanto as industrias chinesas não resolverem problemas de logística, como reposição de peças e transporte (acreditem, eles também tem problemas de produção) , vai ficar difícil negociação do equipamentos militares foram da sua zona de controle.
O mercado é diferente mas pode servir de exemplo: quem tem um Cherry ou JAC fica na mão por três meses esperando um farol, que é um peça básica em qualquer estoque. Isto ocorre devido a prioridade dada pela fabricante, que é para vendas, utilizando praticamente toda a linha para repor esta área.

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Não sei de onde vc tirou isso.
Tenho um Chery Tiggo e, apesar de me dar pouquíssima manutenção, nunca tive problemas para encontrar peças.
Vc encontra até no Mercado Livre.
Além do mais, muitas peças da parte mecânica são produzidas também para carros de outras marcas, como Toyota.
Conta outra.

Diogo
Diogo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Eu achava que Tonho Rei tivesse um Riquixá…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Diogo
1 mês atrás

Tenho Chery, Xiaomi, Huawei, Gree e por aí vai.
Tudo de boa qualidade e com excelentes preços.
kkkkkk

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Você pode ser louco, mas não é burro.
E não precisa forçar tanto a barra, vc faz por merecer o contra-cheque todo mês.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
1 mês atrás

Isso foi para desmistificar esse tipo de informação plantada para criar ‘conceitos’ equivocados.
E eu posso afirmar com conhecimento total de causa, porque eu tenho um carro chinês que me deu pouquíssimo problema.
Se vc entrar em fóruns de proprietários de quaisquer marcas de carros, terá reclamações quanto ao atendimento e entrega de peças.
Portanto, menos.

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Isso, menos! Menos China totalitária, e mais mundo livre…

Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Nada projetado na Rússia?

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Fanatismo é mesmo uma tristeza…E reclama de quem passa pano pros EUA rsrsrsrsrsrs

Marco
Marco
Reply to  Diogo
1 mês atrás

Na verdade ele tem um Lada mas está parado por falta de peças rsss.

MFB
MFB
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tonho, você anda de mercedes todo dia, quer enganar quem?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MFB
1 mês atrás

Antes da pandemia, eu ia de Mercedes todos dias para o trabalho.
Tinha até motorista, mas dava carona para um montão de gente.

Fabio
Fabio
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Descobrimos a profissão do Antonio Reis, cobrador de Ônibus kkk

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio
1 mês atrás

No Rio não tem mais cobrador de ônibus.
E lembre-se,.
Tudo na vida é passageiro, menos o motorista.
kkkkkk
Em tempo. Na verdade eu vou trabalhar de Metrô.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Comparar peça de carro com peça de avião, principalmente avião militar, é brincadeira, depois, isso é um caso à parte.

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

CLARO que você tem um Chery Tiggo! De que outro país teu fanatismo insano te faria comprar um carro?

Marco
Marco
Reply to  Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Ele tem um Lada parado há anos por falta de peças

Mateus Ribeiro Alcantara
Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

Eu acho curioso a galera que critica tudo que vem da china, indiscriminadamente, inveja? A verdade é que na década de 60 a gente estava muuuuito a frente deles e hoje já não conseguimos nem comer poeira… Parabéns aos chineses, apesar de odiar o sistema de governo deles.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

Pois é. Não produzimos metade do que eles hoje fabricam. Tampouco simpatizo pelo sistema chinês mas não se pode negar que a vontade deles em avançar em todas as áreas possíveis é imensa.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Filipe Prestes
1 mês atrás

Na China se trabalha até 14 horas por dia com salários baixos, sem qualquer lei trabalhista, e com mão de obra farta, tá na cara que vão produzir muito e de baixo custo. Por isso se diz que é trabalho quase escravo.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Marcos Bastos
1 mês atrás

Marcos, a pesquisa (e o incentivo fiscal que se dá a ela) que antecedem em muito a produção é de fato o que diferencia os chineses de nós. Não investimos em P&D nem a metade do quê os chineses investem. Não é uma mera questão reducionista de chão de fábrica.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

É gente que ainda está no século 19 em relação a China.

Mazzeo
Mazzeo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

O problema não é esse, o problema é que a china acha ainda é o reino do meio, que foram ungidos por Mao e todos devem se curvar a eles.
Estamos vendo apenas a preparação para o inicio de uma era expansionista da china, eles estão criando sua própria “doutrina Monroe” com um século de atraso.
Estão na fase de preparar o seu “big stick” pra depois usar ele em quem não se adequar a sua vontade.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Mazzeo
1 mês atrás

Sem duvida

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Não em tudo.

Mauro
Mauro
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

Topa morar na China ou só elogia de longe?

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Mauro
1 mês atrás

Nossa !!!!! Que capacidade argumentativa, hein ?!?!
O login é seu ou do papai ?
hahahahahahahahaha

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Ricardo da Silva
1 mês atrás

Quem deu deslike deve ter a mesma “capacidade argumentativa” ! hahahahahaha
De repente usa o login do papai, também !
hahahahahahaha

Mateus Ribeiro Alcantara
Mateus Ribeiro Alcantara
Reply to  Mauro
1 mês atrás

Leia denovo o que eu escrevi. Realmente sua capacidade de leitura está muito aquém do necessário para um bom debate.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Mauro
1 mês atrás

Sem dúvida, ultimamente sua fontes de informação precisam ser atualizada, existe muitos brasileiros que estão vivendo e morando por lá.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Fala o nome deles!!

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Marcos Bastos
1 mês atrás

Pega a lista que a FAB trouxe e faz sua pesquisa, preguiçoso

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

Inveja.
Este sentimento perverso e danoso. Até para quem o sente e pratica.
Porém. A caravana Chinesa está passando.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Essa foi na veia como se dizia nas antigas.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Antonio Palhares
1 mês atrás

Você deveria pensar seriamente em morar lá.

Antônio Palhares
Antônio Palhares
Reply to  Marcos Bastos
1 mês atrás

Eu vivo muito bem aqui no Brasil. Que é o meu país. Cuja bandeira eu fiz juramento solene como Fuzileiro Naval. O que não me impede de ser equilibrado e bem informado

leonidas
leonidas
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

A questão com a China na minha opinião é simples. Uma nação como o Brasil será necessariamente um alvo a ser destruído ou rebaixado a um “Eunuco” por uma nação como a China. Somos naturalmente um inimigo a sua influência junto a AL. Os EUA só não acabaram com o Brasil por razões históricas como anexar metade do México no Séc 19 e distancia razoável, pois os EUA só vieram a ser uma verdadeira super potência apos a 2º Guerra e a rivalidade com a União Soviética já não permitia voo solo para eles ou qualquer outra potência, não havia… Read more »

Last edited 1 mês atrás by leonidas
Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  leonidas
1 mês atrás

Você torce pra quem?

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Mateus Ribeiro Alcantara
1 mês atrás

Você conhece tudo que vem da China? Na 25 de março tá cheio de produtos chineses, que não primam pela qualidade.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
1 mês atrás

Ta aí uma coisa que eu não entendo porque as forças armadas brasileiras nunca investiram. Motores a jato. Não me parece barato nem fácil, mas nós desenvolvemos outras coisas que têm tanta dificuldade quanto… Poder equipar os gripens e várias outras aeronaves com um motor nacional e poder exportar seria ótimo

Fernando EMB
Fernando EMB
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Você não deve ser deste planeta né??

JuggerBR
JuggerBR
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Tem menos países fabricantes de motores a jato do que países com bomba nuclear… Pra você ver como é difícil esse desenvolvimento.

Jadson Cabral
Jadson Cabral
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

E eu imagino que isso se dê por vários motivos, desde a necessidade de países terem bombas atômicas até o fato de já existirem vários fabricantes de motor em bem consagrados que desenvolvem motores extremamente confiáveis. Mas você não vai me convencer de que é mais fácil dominar todo o ciclo do urânio e fazer uma bomba que desenvolver um motor a jato

Aleandro Signori
Aleandro Signori
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

O maior obstáculo reside em nossa tecnologia de materiais que carece de … tecnologia. Os motores são “facinhos”, a tecnologia necessária aos componentes – que deverão suportar centenas de ºC – é que complica um pouquinho …

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Aleandro Signori
1 mês atrás

O CTA já tem um em desenvolvimento secretamente, ouvi dizer.

MÁRIO FILHO
MÁRIO FILHO
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Jadsom deixa te contar uma estória , o Brasil agrícola tá usando semente de sorgo e milho desenvolvidos na Bolívia , maior produtividade , isso mesmo desenvolvidos na Bolívia , nem pra isso tivemos capacidade .

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  MÁRIO FILHO
1 mês atrás

Isso não significa necessariamente incapacidade, talvez seja por outro motivo.

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  Jadson Cabral
1 mês atrás

Que eu saiba, isto já está sendo feito secretamente no CTA, mas, não sei como está.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Nesse site de spott tem a chegada desse pássaro

https://www.youtube.com/watch?v=vIh2VQpsYkI

Brunow
1 mês atrás

O grande problema da China são os motores, enquanto na Rússia o PS-90A-76 entrou em série, a China tem que se contentar com os antigos D-30KP-2 ou com o AL-31FN para seus caças. E não adianta dizer que o WS-20 entrou na série, pois os fatos dizem o contrário, matéria de janeiro 2020: “A mídia chinesa relata que a Rússia está completando o fornecimento de 463 motores turbofan D-30KP-2 para equipar os bombardeiros estratégicos chineses N-6K e as aeronaves de transporte Y-20. Na Rússia, esses motores são instalados em duas versão do avião IL-76 a TD / MD. O primeiro… Read more »

Sincero Brasileiro da Silva
Sincero Brasileiro da Silva
Reply to  Brunow
1 mês atrás

Quem me dera se os problemas do Brasil fosse apenas os “motores”…

Pedro
Pedro
1 mês atrás

IL-76 Chines que mesmo sendo muito mais novo, em pouco agrega. Seria o mesmo que copiar um Chevette dos anos 70 e colocar uma central multimidia nele e afirmar que é algo novo.
Se for para a FAB ter um aviao de transporte pesado, que a escolha seja entre o IL-76 e o C-17 avioes ja realmente testados e com grande capacidade, robustos e que vao ficar em uso por anos a frente.

Peter nine-nine
Peter nine-nine
Reply to  Pedro
1 mês atrás

?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro
1 mês atrás

‘Seria o mesmo que copiar um Chevette dos anos 70 e colocar uma central multimidia nele e afirmar que é algo novo.’

Seria o mesmo que ocorre com F-16 Block 712, o F-15 XYR53 e o F-18/ZFW ?

Andre
Andre
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sim, além de ser o mesmo que ocorre com o su35 e o mig35. Diferente do que ocorre com o j20, o f35 e o f22. Desde que a Rússia deixou de ser URSS não conseguiu colocar um novo projeto de avião de caça em operação, e já se foram mais de 30 anos, ficando atrás da China

João Adaime
João Adaime
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Caro Pedro
O C-17 não é mais fabricado desde 2015.
Abraço

Brunow
Reply to  João Adaime
1 mês atrás

Foi fabricado até o ano passado (se não me engano), a última unidade foi para a Força Aérea Indiana.

João Adaime
João Adaime
Reply to  Brunow
1 mês atrás

Caro Brunow
A Índia assinou em 2011 a compra de 10 C-17. Eles foram entregues a partir de 2013 até uma data que não lembro. No ano passado os indianos pediram mais seis, porém como a linha de produção estava encerrada desde 2015, a Boeing só pode entregar mais um. Como ela fez isto eu não sei.
Apenas lamento que a gente tenha perdido a oportunidade de encomendar pelo menos uns três desses.
Abraço

JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Não dá pra negar que é bonito…

Ricardo Barbosa
Ricardo Barbosa
1 mês atrás

A julgar pela manchete, nitidamente promocional e ufanista, parece que o Poder Aéreo entrou na mesma onda da Band, de parceria com as instituições atreladas ao PCC, o chinês e não o paulista.

Luis Marcello
Luis Marcello
Reply to  Ricardo Barbosa
1 mês atrás

Tenho esta mesma impressão ! Estão se esforçando pra agradar os xing links , deve ser matéria paga também !

MMerlin
MMerlin
Reply to  Luis Marcello
1 mês atrás

Como eu postei em outro comentário, em um artigo similar, a China é a maior patrocinadora, tanto de forma direta quanto de forma indireta, da Internet. E isto envolve desde de propaganda de produtos chineses até publicação de artigos daquele país, expandindo a chance de prioridade de exibição em ferramentas de busca. E isto reflete em aumento no valor recebido por ferramentas como Google e Facebook. Hoje em dia estão deixando de lado até o principio básico do jornalismo, que é a liberdade de expressão, para defender (não neste artigo que é uma propaganda mas em outros já publicados) um… Read more »

Last edited 1 mês atrás by MMerlin
Falken666
Falken666
Reply to  Ricardo Barbosa
1 mês atrás

Nãaaaaoooo. Matéria super imparcial e confiável. Já vem até com a chancela (Xings/Tartar) de credibilidade. Vai na fé. 🙂

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Esses motores não me parecem muito econômicos. muita fumaça saindo deles geralmente indica um alto consumo…

Lucianno
Lucianno
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Bem observado!

E tem mais, se ampliarmos a segunda foto vemos que no canto inferior direito tem uma pecinha caindo.

Heli
Heli
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Os motores são o calcanhar de Aquiles desse projeto. Os atuais são basicamente uma copia dos Soloviev D30 que equipam os Il-76 russos, que voou nos anos 70. Um motor de projeto do final dos anos 60 (semelhante ao Pratt & Whitney JT8, dos anos 60). Tanto é que os russos reequiparam seus novos Il76 com o motor PS90A (que, diga-se de passagem, é semelhante ou inferior ao GE CF6 que equipam os Boeings 767 e 747 desde inicio dos anos 80). E nao vejo os WS20 como nenhuma maravilha. No entanto a aeronave cumpre seu papel, entrega a carga,… Read more »

Solskhaer
Solskhaer
1 mês atrás

Parece o nosso futuro KC-390 (B)ombado!!!
Acho que foi o café que tomei! 🙁

Bardini
Bardini
1 mês atrás

O avião de transporte estratégico que a FAB precisa a mais de uma década, se chama KC-X2. . Desde os tempos da incompetenta Dilma, esse programa estratégico é postergado pelo Governo. Bonozaro chegou faz tempo e fez porcaria nenhuma, para resolver essa situação. O leasing do 767 já se foi e NADA. . No mais, continuo a dizer o que já falei: A FAB não vai ter como sustentar 28/30 KC-390, se colocar na conta 36 Gripens ou mais que isso, os caríssimos H225M, os Black Hawk e etc. É uma conta que não vejo como pode fechar… . Vai… Read more »

JSilva
JSilva
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Se isso vier a acontecer não se pode operá-los por meio de rodízio, por exemplo, operando 18 e deixando os outros 10 na reserva, mais ou menos como a África do Sul fez com seus Gripens um tempo atrás?

Akois
Akois
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Bardini, acredito que existe demanda para os KC’s na FAB, e são necessários, cabe dizer que dinheiro existe, mas como é comum, falta planejamento, organização e controle melhor, muitas contas são verdadeiros “buracos negros”. Para a FAB o bom senso seria adaptar aviões comerciais, para transporte estratégico, existem muitas opções e empresas que fazem esse serviço, com um custo muito menor, do que a compra de uma aeronave específica para esse fim.
Para nosso uso, precisamos apenas de transporte, carga e reabastecimento, a única diferença para aeronaves especialmente construídas, seria o transporte pesado de blindados, MBT’S, com rampa traseira.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Concordo Bardini, o KC-X é o caminho á seguir, e deveria ser prioridade.
Se não conseguirmos isso agora, não conseguiremos mais, pois o número de aeronaves relativamente novas desativadas nessa pandemia é realmente assombroso.
Cavalo arreiado…

Lu Feliphe
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Concordo, isso deveria ser uma prioridade.

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Bardini
1 mês atrás

Concordo Bardini, desde a saída dos KC-137 a FAB ficou órfã de um vetor de transporte estratégico, algo acima da capacidade dos C-130s e KC-390, e em diversos momentos esta necessidade se mostrou evidente, faz muita falta…

Este vetor chinês é interessante, mas precisa de rodagem de projeto, produção e operacional , sem contar o pós venda chinês que precisa melhorar.

E também tenho sérias dúvidas que a FAB efetive a encomenda prevista de KC-390, não ficaria surpreso em algo abaixo das 20 unidades.

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
1 mês atrás

Só me surpreende ainda não terem anunciado a versão cisterna ou AWACS . . . .

Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Ricardo da Silva
1 mês atrás

A plataforma AWACS chinesa é uma das melhores do mundo, acredito que eles não rasgariam dinheiro apenas para ter uma versão AWACS do Y-20. O que há um rumor de que está sendo desenvolvido uma variante de reabastecimento do Y-20, pois essa área ainda é deficitária para os chineses e certamente irão expandir essa capacidade enquanto forem aumentando a quantidade de aeronaves em serviço pelo PLAAF e com a entrada do H-20, precisariam de todo o esforço logístico necessário para extrair o máximo desse componente estratégico. O método para fazer uma versão de reabastecimento seria os mesmos dos russos II-78… Read more »

Luiz
Luiz
1 mês atrás

Achei o trem de pouso bem subdimensionado pelo porte e peso da aeronave,impressão minha?

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Baita avião

RENAN
RENAN
1 mês atrás

O Brasil precisa de uns 6 C-5 Galaxy ou o AN 124, isso nos daria uma excelente capacidade estratégica

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  RENAN
1 mês atrás

comment image

Só 6 C-5 Galaxy?! Gostaria de saber de onde sairia a grana para bancar essas senhoras gordinhas…

Se C-17 já seria uma aeronave cara,quem dirá o Galaxy.
comment image

São aeronaves para levar grandes contingentes militares,MBTs e outros tipos de equipamento,projetar poder de modo rápido pelo globo…
comment image

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  RENAN
1 mês atrás

Vamos nos contentar com algo mais razoável mesmo…
comment image

Last edited 1 mês atrás by ADRIANO MADUREIRA
RENAN
RENAN
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Adriano tudo bem? Olha defesa não é barato, mais caro é necessitamos e não ter, faz anos que falo aqui isso, e sempre citei desastre natural como exemplo de necessidades de uma aeronave de nível global. Durante o início do corona vírus vimos o Brasil padecer pois suas compras foram retidas nos EUA, se tivesse estes gigante era só ter ido buscar, não íamos precisa se importar se o tio San iria comprar nosso produto ou não. Quando vale 61 mil mortos ? Até hoje São Paulo não recebeu seus respiradores. A importância estratégica deste tipo de transporte é indiscutível,… Read more »

Junior
Junior
Reply to  RENAN
1 mês atrás

O C-5 é uma aeronave extremamente cara de operar e manter (até mesmo para a USAF) e bastante complicada, tiveram e ainda tem diversos problemas, nenhum país além dos EUA opera essa aeronave e deixou de ser fabricada já tem tempo, não imagino o Brasil ou qualquer outro país operando essa bicho

RENAN
RENAN
Reply to  Junior
1 mês atrás

Pode ser o AN 124
É necessário ter a disposição um recurso logístico
Podemos fazer é comprar unidades civis com capacidade similares e fazer modificações para uso militar mas acredito que o molho ficaria mais caro que o peixe.
Pois é necessário aeronaves que possam ser reabastecida em vôo e que possa receber. Kit de reabastecimento.

Temos que nos preparar para o pior assim quando alguma coisa acontecer estaremos prontos e parecerá algo simples.

Acrecento também 12 unidades do Mi26

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  RENAN
1 mês atrás

O Brasil não tem necessidade e demanda estratégica pra isso, nem dinheiro pra manter super cargueiros como este.

Last edited 1 mês atrás by Marcos Bastos
Adson
Adson
1 mês atrás

Via FMS, 5 C17, Tá resolvido. Exemplo: 20 Leo 1A5 entregues em Boa Vista em um dia.

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
Reply to  Adson
1 mês atrás

´Manter C-17s certamente não seria tão barato,mesmo se as compras fossem via FMS… Entre as seis aeronaves mais caras da USAF,o GlobeMaster III é o top 4 ! Seu custo unitário é de USD328 milhões de dolares. é uma aeronave formidável,já mostrou seu valor em varios momentos: Joint Endeavour, Operations Allied Force, Iraqi Freedom, Enduring Freedom. participou dos esforços de assistência humanitária após o terremoto de 2010 no Haiti e as inundações de 2011 no Paquistão.  Em 1998, oito C-17 completaram o maior lançamento aéreo da história da missão, voando mais de 8.000 milhas náuticas dos EUA para a Ásia… Read more »

Adson
Adson
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Ricardo, o problema do custo é enorme, e talvez intransponível, mas a posse de um ativo tão importante em caso de necessidade provasse muito barato. Teríamos que ter de maneira “quase” que na reserva.

RENAN
RENAN
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

Achei muito barato
Pode poupar milhares de vidas dos brasileiros em caso de necessidades
Bastava um operacional para buscar a China os respiradores e não tinhamos
Quantos dos 61 mil mortos morreu por falta dos equipamentos, quanto vale a morte de um pai uma mãe uma filha ?

Marcos Bastos
Marcos Bastos
Reply to  RENAN
1 mês atrás

É mais barato alugar do que comprar, usa-se durante as tragédias, depois, quando passar, devolve-se. A FAB não iria investir milhões ajudando a produzir o KC-390, pra depois gastar mais o que não tem pra comprar esses gigantes que teria pouco uso para as nossas necessidades, mas, daria um enorme custo de manutenção. Bobagem. Depois, são quadrimotores, esses estão cada vez mais obsoletos e rejeitados.

Last edited 1 mês atrás by Marcos Bastos
Fabio Araujo
Fabio Araujo
1 mês atrás

É uma máquina impressionante, seria bom ter alguns gigantes destes operando por aqui.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Motores… sempre os motores

Matheus Santiago
Matheus Santiago
1 mês atrás

Algumas fotos da aeronave:

1.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

.

2.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

..

3.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

4.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

….

5.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

…..

6.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

……

8.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

…….

9.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

………

10.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

……….

11.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,

12.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
1 mês atrás

Detalhes:

13.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,

14.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,

15.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,

16.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,

18.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,,

19.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,,,

20.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,,,,

21.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,,,,,

22.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

,,,,,,,,,,

23.jpg
Matheus Santiago
Matheus Santiago
Reply to  Matheus Santiago
1 mês atrás

;

24.jpg
Tomcat4,2
Tomcat4,2
1 mês atrás

Nem precisam começar com o , ahhh a FAB poderia comprar;
1- não compramos certos equipamentos militares de China ou Rússia pelo nosso alinhamento e opção,além da doutrina a qual passa pelo ferramental de manutenção,mais voltada a equipamentos ocidentais.
2- agora com o Kc-390 é um pulo a Embraer espichar o bichão e aumentar sua capacidade.

m. wolf
m. wolf
1 mês atrás

melhor que comprar avião chines é ir no mercado de aviões comerciais de grande ´porte como B767 e A330 que estão sobrando por causa da pandemia.

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Algum forista poderia por favor compartilhar alguma confirmação de venda de aeronaves chinesas para clientes externos?

Marcio AR
Marcio AR
1 mês atrás

Bela aeronave, porém se não fosse a ajuda russia nada disso existiria na china, pois a maioria dos projetos são baseados e/ou aperfeiçoados de equipamentos russos, ou seja são excelentes aperfeiçoadores de projetos russos na maioria, e quando tentam projetar algo novo do zero sempre da problema, exemplo do C919 que houve um erro infantil de calculo da capacidade do motor. Em resumo a china ta queimada junto ao USA e Índia, devido ao regime totalitário implementado de PCC/CCP, assim a china está se isolando politicamente do mundo, e a lista pode aumentar. Resumo da opera CCP/PCC é o câncer… Read more »

Antonio Renato Cançado
Antonio Renato Cançado
1 mês atrás

Parece ser um grande avião. Obviamente copiado, um ‘mix’ entre o C-17 e o Il-76, mas parece bom…