Home Aviação Militar Vazamento de combustível é o mais recente problema do KC-46 da Boeing

Vazamento de combustível é o mais recente problema do KC-46 da Boeing

2314
21
KC-46 e F-16

O problemático avião-tanque Boeing KC-46A Pegasus agora enfrenta outro grande defeito: seu sistema de combustível vaza excessivamente. Isso ocorre quase um mês depois que a Força Aérea dos EUA deixou claro que não usaria seus KC-46 existentes para reabastecimento aéreo, sua missão fundamental, exceto em uma emergência absoluta.

Isso ocorreu devido a problemas já sérios existentes, especialmente com o complexo Sistema de Visão Remota que os operadores de boom (lança de reabastecimento) usam para ver o que está acontecendo na parte de trás da aeronave enquanto se conecta à aeronave receptora.

A Força Aérea dos EUA anunciou que definiu o vazamento do sistema de combustível do KC-46A como uma deficiência da “Categoria I” em 30 de março de 2020. Os problemas da categoria I são problemas que impediriam a aeronave de executar uma ou mais missões principais. O serviço também disse que havia tomado conhecimento do vazamento em julho de 2019 durante um teste, mas inicialmente o classificou como um problema menos grave.

“A Força Aérea e a Boeing estão trabalhando juntas para determinar a causa raiz e implementar ações corretivas”, de acordo com comunicado da USAF. “O Escritório do Programa KC-46 continua a monitorar toda a frota de KC-46 e aprimora os testes de aceitação do sistema de combustível para identificar possíveis vazamentos na fábrica onde eles podem ser reparados antes da entrega”.

VÍDEO DE 2016

FONTE: The War Zone

21
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
rui mendesKemenMarcos10JoãoClésio Luiz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ricardo Barbosa
Visitante
Ricardo Barbosa

Entrega pro pessoal da IAI que eles consertam em 30 dias.

Carlos Campos
Visitante
Carlos Campos

Ia falar a mesma coisa

Carlos p silva
Visitante
Carlos p silva

Joga lo lixo, recicla e faz respirador…

Sergio
Visitante
Sergio

Não !!!!! Esta reciclagem pode ser toxica…..

Jhon
Visitante
Jhon

O que está acontecendo com a Boeing? demitiram os engenheiros e colocaram estagiários, os cara desprenderam fazer avião! O fracasso subiu a cabeça.

EB75
Visitante
EB75

Triste isso ! Boeing quem diria que um dia chegaria a esse ponto…

willhorv
Visitante
willhorv

É….eu me pergunto como podem estar fazendo tanta merda! Jogar fora anos de competência e eficiência!
Só pode ser sabotagem, política do menor preço em detrimento da qualidade, margem extremamente apertada nas tolerâncias, falta de CQ…..sei lá. É muito sério isso.
Diria até que é caso de intervenção do estado e segurança nacional.

Sergio
Visitante
Sergio

Manda para um ferro velho para reciclar e fazer tampinhas de cerveja…..

Ayron
Visitante
Ayron

Este sujeito vou molestado por um Yanke.
Certeza.

RockShooter
Visitante
RockShooter

O problema é que o Yanke não deixou telefone nem email!!

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Para mim isso não é novidade alguma, pois entendo que esses resultados adversos acontecem com mais frequência do que imaginamos, a diferença é que hoje em dia a transparência na divulgação dos fatos são mais rápida e globais, com a advento da internet as noticias voam. E não se iludam quem acha que isso só acontece com a Boeing de hoje em dia, veja a Mitsubishi com seu cargueiro, vejam os problemas enfrentados pela Airbus com o A400. Na verdade todos tem muitos problemas com para desenvolver seus produtos, apenas os chineses não divulgam nada sobre problemas, mas ai nos… Read more »

angelo
Visitante
angelo

Manda o KC 390. Esse funciona…kkkk

Edson
Visitante
Edson

Não sei o que está acontecendo com a Boeing, mas ou eles param pra pensar e fazer grandes mudanças na companhia ou será o inicio do fim para eles. Desejo sorte na recuperação.
Coincidentemente, a propaganda que apareceu ao lado da matéria é de um remédio de dor de cabeça e enxaqueca.
Irônico.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Entrega pro pessoal da IAI que eles consertam em 30 dias.

Marcos10
Visitante
Marcos10

O problema não está na engenharia, mas nas novas tecnologias. Se você disponibilizar pessoal, tempo e dinheiro suficientes, o resultado na Boeing e IAI serão os mesmos. Outro ponto está relacionado não com a Boeing, mas com subcontratos.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

É só um problema de junta: Junta tudo e joga fora!Agora deixando de lado a brincadeira a Boeing precisa fazer uma restruturação da área de engenharia.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Por isso comprou a EMBRAER….

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

A USAF já viu que a bomba não vai ter concerto tão cedo, então já abriu as portas para quem devia ter vencido a concorrência em primeiro lugar:

https://www.flightglobal.com/fixed-wing/us-air-force-wants-to-use-private-in-flight-refuelling-tankers-in-two-years/137599.article

João
Visitante
João

Nossa, de acordo com o site a USAF espera que os problemas do KC-46 sejam resolvidos somente em 2023.

Kemen
Visitante
Kemen

A USAF deveria solicitar proposta emergencial para uns dois A330 MRTT para não ficar sem reabastecedor até resolverem o problema, além do mais a Boeing iria se apressar na solução do problema. O susto de uma possivel concorrência agilizaria a Boeing, afinal nos USA a concorrência aberta e livre sempre foi a alma do negócio.

rui mendes
Visitante
rui mendes

É tão livre, que a Airbus foi preterida por pressão da Boeing junto do congresso, quando o KC30 da Airbus tinha já sido o escolhido.