Home Aviação de Ataque Finlândia inicia testes de caças em janeiro de 2020

Finlândia inicia testes de caças em janeiro de 2020

4087
32

O programa de substituição de caças HX (HX-FRP, HX significa substituição do Hornet com aeronaves candidatas X) entrará na próxima fase, chamada HX Challenge, onde os respectivos fabricantes levarão seus aviões de teste à base aérea finlandesa Tampere/Pirkkala. Cada fabricante terá cinco dias para executar todos os cenários de teste necessários.
O período de teste para os respectivos fabricantes é definido da seguinte forma:

  • 09-01/17-01-2020: Eurofighter Typhoon
  • 20-01/28-01-2020: Dassault Rafale
  • 29-01/06-02-2020: Saab 39 Gripen NG
  • 07-02/17-02-2020: F-35A Lightning II
  • 18-02/26-02-2020: F/A-18 Super Hornet

O objetivo do Programa de Substituição de Caças HX da Finlândia é substituir a frota de aeronaves de caçaS F-18C/D Hornet da Ilmavoimat (Força Aérea Finlandesa). A vida útil planejada dos F-18C/D Hornets terminará em 2030. As aeronaves foram comissionadas entre 1995 e 2000. Pedidos de informações foram enviados durante o período governamental 2015-2019.

As aeronaves de combate multifuncionais das quais foram recebidas respostas foram Boeing F/A-18 Super Hornet, Dassault Rafale, Eurofighter Typhoon, Lockheed Martin F-35 Lightning II e Saab 39 Gripen NG. No segundo semestre de 2019, foi enviado um pedido mais detalhado aos respectivos fabricantes.

A segunda fase das negociações terminará em 2020, quando serão solicitadas ofertas finais aos fabricantes. O governo tomará uma decisão sobre o sucessor do Hornet em 2021.

FONTE: Ilmavoimat – Flygvapnet – Força Aérea Finlandesa

32
Deixe um comentário

avatar
15 Comment threads
17 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
25 Comment authors
Francisco AMXGabriel BRMauricio R.Satyricongiovanni Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Filipe Prestes
Visitante
Filipe Prestes

Torço para que dê Gripen apesar de ter em conta que o SH é também um candidato muito forte para a Ilmavoimat

teropode
Visitante

Rafale ou SH, entregar F35 lá é temeroso.

Entusiasta Militar
Visitante
Entusiasta Militar

Tambem torço pelo Gripen por ser diferente dos demais, uma jogada ousada da Finlândia
mas, acho que o SH seria a escolha mais tranquila por causa do uso do F-18 pelo País.

Adriano RA
Visitante
Adriano RA

Resta-nos esperar por detalhes desses testes e ver se a SAAB terá condições de participar, levando em conta o nível de desenvolvimento dos protótipos que estão sendo ensaiados. Algum novo Gripen E saindo do forno, após o brasileiro?

ALEXANDRE
Visitante
ALEXANDRE

Eu acho q vai dar é f35

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Chances de escolha:

F-35A Lightning II- 50% (único de quinta geração)
F/A-18 Super Hornet- 20% (já possui histórico de utilização pela Finlândia)
Eurofighter Typhoon – 10% (alto custo de operação e atualização)
Dassault Rafale- 10% (alto custo de operação e manutenção)
Saab 39 Gripen NG- 10% (mono turbina e menor dos vetor)

Denis
Visitante
Denis

Há outros fatores a se considerar. Por exemplo: o F-35 é bem carinho de operar.

giovanni dos santos pereira
Visitante
giovanni dos santos pereira

Não mais que os bimotores Typhoon e Rafale

Denis
Visitante
Denis

E tem o revestimento stealth, que custa um milhão de rins por cada retoque, e cuja vida útil é mais curta que um coice de bacorinho. Mas os que você citou também custam os tubos. Por isso, acho que F/A-18 seria o mais equilibrado para o caso em questão, e talvez o Gripen tivesse uma boa chance, visto a proximidade dos dois países.

Allan Lemos
Visitante
Allan Lemos

Aposto que eles receberão a última aeronave antes do Brasil receber a primeira.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Aposto que você nunca viu o cronograma de entregas do Gripen e nem as notícias que são divulgadas sobre a produção do caça.

Marcos R.
Visitante
Marcos R.

Extrai já estão um mês atrasados, a primeira já foi entregue, está auxiliando nos testes de certificação.

Marcos Andrey
Visitante
Marcos Andrey

Tem caboclo que tem prazer em postar m….!!

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Apesar de escrito aqui que o F-35 é um fortissímo candidato por ser o único de quinta geração pesa contra o mesmo o histórico de problemas enfrentado pelo mesmo. Porém como também rola um lobby muito forte pelos bastidores, tudo é incerto. Infelizmente concordo com que escreveram que o Gripen é o que menos tem chance, apesar de bater de frente com todos, ele é monomotor (O único de todos) e isso pesa para países que operam bimotor. Mas vamos esperar… Peguem sua pipoca e assistam…

giovanni
Visitante
giovanni

Todos os problemas já foram superados, e quanto aos seus concorrentes, todos estarão obsoletos em pouquíssimos anos…

Satyricon
Visitante
Satyricon

Luiz,
“ele é monomotor (O único de todos) e isso pesa para países que operam bimotor”.
Pense por um segundo no que vc escreveu…

Robsonmkt
Visitante
Robsonmkt

Não é o único pois o F-35 também é monomotor.

Robsonmkt
Visitante
Robsonmkt

A Finlândia tem proximidade política e cultural com a Suécia mas também tem longa tradição de uso do F-18 americano. Acho mais difícil para o Rafale e o Typhoon. A relação custo x benefício aponta para o F-18 e Gripen, mas a extensa fronteira com a Rússia que está cada vez mais ousada em seus voos sobre a fronteira podem fazer pender a balança para o F-35, apesar de este não ser talhado para a missão de interceptação. Acho que o aparelho mais equilibrado seria o Gripen E/F.

Rico Zoho
Visitante
Rico Zoho

10 anos antes dos Hornets darem baixa. Isto se chama planejamento.

Ferreras
Visitante
Ferreras

Fora o poder de negociação por não estar com a corda no pescoço.

Andre Magalhaes
Visitante
Andre Magalhaes

Aposto 20 pila ou 20 mangos (não sei a moeda de vcs…kkk) na continuação da plataforma Hornet.

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Torço pro Gripen, mas acredito que vai dar SH nessa.

bjj
Visitante
bjj

Acredito que os favoritos serão o Gripen e o SH. O SH por questões óbvias, e o Gripen pelo menor custo de aquisição e manutenção, proximidade física com a Suécia que deve garantir alguma vantagem logística e/ou operacional, histórico de operação de aviões suecos pela Finlândia (com o Draken), além de ter sido projetado basicamente para aquele cenário com a mesma ameaça em comum.

Maurício.
Visitante
Maurício.
Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

2004
Ah, se soubessem que ainda tinha muita novela pela frente antes dessa “reta final”…
Queria ler essa revista, só pra saber qual era o caça em que tinham apostado como favorito na época.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Willber, eu tenho essa revista, geralmente eles ficavam em cima do muro, a revista tinha patrocínio de todos os finalistas do F-X, ficaria chato apontar um favorito, mas eu acho que no fundo eles apostavam no Mirage 2000BR por causa da parceria com a Embraer.

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

Imagino uma pessoa de 2004 dizendo que, em alguns anos, o Gripen venceria o F-16 e o SH.

Mauricio R.
Visitante

O da esquerda inferior perdeu pro da direita superior, contrariada a Embraer trabalhou pra melar o certame.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

F/A-18 Super Hornet.

Mauricio R.
Visitante

A briga se dará entre os 3 de cima, mais exatamente entre o do centro e o da direita.
Esse da esquerda é um fanfarrão, qndo a coisa apertar ele dará um jeitinho de escapulir.
Os 2 de baixo estão ai somente pra figuração.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Estou torcendo para dar Gripen

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Olha… agora com o preço do F-35 em queda, com a grande probabilidade de escala de produção sem precedentes nos jatos pós anos 80, desde o F-16, só não compraria, se autorizado for, o F-35, um país que não sabe resolver sua defesa…